TRT da 2ª Região é autorizado a abrir novo concurso público

Foto: Marcos Santos/USP/Divulgação
Publicado em Deixe um comentárioTribunal Regional do Trabalho

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), com jurisdição em São Paulo, foi autorizado a abrir novo concurso público. As chances serão para técnicos e analistas judiciários, que hoje recebem R$ 6.708,53 e R$ 11.006,83, respectivamente. A assessoria de imprensa do órgão não soube informar quando o novo edital de abertura será lançado, mas, de acordo com a seleção passada, há grandes chances do novo regulamento ser aberto no segundo semestre de 2018, já que a validade dos certames anteriores se encerrará neste período.

 

Outra pista que podemos presumir com base na seleção passada é a relação quantidade de vagas X convocações de aprovados. E a análise é muito positiva! Isso porque em 2013 foram abertas 329 vagas de provimento imediato, além de formação de cadastro reserva, e, ao longo da validade do concurso (que foi de quatro anos, já houve prorrogação), o TRT-2 convocou nada menos que 1.603 classificados. Ou seja, quase quatro vezes a mais que o número de chances oferecidas inicialmente.

 

Na ocasião, os salários variaram de R$ 4.635,03 a R$ 9.188,20. As chances foram para analista nas áreas judiciária (para formados em direito), administrativa (para qualquer curso superior) e apoio especializado (que exigia cursos específicos para áreas como tecnologia da informação, medicina, psicologia, entre outras).  A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi a banca organizadora.

Os cerca de 119 mil candidatos inscritos foram submetidos a prova objetiva e redação. Houve ainda prova prática para o cargo de técnico, área administrativa, especialidade segurança.

 

Mais vagas em São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) está com o período de inscrições aberto para outorga de delegações. São 165 vagas, sendo que dois terços delas são destinados a provimento. Pode participar da seleção que tem formação superior em direito ou quem tem certidão de exercício por 10 anos de função em serviço notarial ou de registro. Veja como participar aqui.

Autorizado concurso para a Secretaria de Finanças de São Paulo

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Do CorreioWeb – A Secretaria de Finanças e Desenvolvimento Econômico de São Paulo está próxima de abrir um novo concurso público. O certame já foi autorizado, o próximo passo é a nomeação de uma comissão que escolherá a empresa responsável pela organização da seleção.

 

A autorização foi feita para provimento de 20 cargos vagos de analista de planejamento e desenvolvimento organizacional na área de ciências contábeis. Ainda não há uma previsão de publicação do edital.

Último concurso

Em 2014 foi aberta seleção com 198 vagas para candidatos com nível superior, organizada pela Cetro Concursos. Do total de vagas, 10 foram para deficientes e 40 para negros, sendo 20 para homens e 20 para mulheres.

 

Foram 100 vagas para o cargo de especialista em administração, orçamento e finanças públicas I, na área de ciência contábeis, com remuneração de R$ 2.507,3 com carga de 40h semanais. Concorreram graduados em ciência contábeis com registro no conselho de classe. Para auditor fiscal, foram 80 vagas para a área de gestão tributária e 18 para área de tecnologia da informação. Os salários chegavam a R$ 13.931,34 para uma carga horária de 44h semanais.

 

A seleção contou com prova objetiva para ambos os cargos e prova dissertativa para o de auditor fiscal.

 

Veja mais: SAP/SP: novo concurso público com 393 vagas é autorizado

 

SAA/SP abre concurso público com 156 vagas para todos os níveis 

 

Governo de São Paulo autoriza novos sete concursos para a Polícia Civil

Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Publicado em Deixe um comentáriosegurança

Do CorreioWeb – Foi publicada no Diário Oficial de São Paulo a autorização para a realização de sete novos concursos públicos para a Polícia Civil do estado, com 2.750 oportunidades, ao todo. O próximo passo é a definição da comissão organizadora para a publicação do edital.

Para nível médio serão 1.100 chances, para os cargos de agente de telecomunicações (300), agente (400), papiloscopista (200) e auxiliar de papiloscopista (200), com remunerações que variam de R$ 2.793,60 a R$ 3.451,78, além de adicional insalubridade no valor de R$ 634,78.

Graduados podem concorrer para investigador (600), escrivão (800) e delegado (250). Os vencimentos variam de R$ 4.194,76 a R$ 10.142,55.

Com a contratação do efetivo, o Governo investirá mais R$ 15,5 milhões por mês no pagamento dos salários dos policiais civis.

Na última quarta-feira (1/11), o governador do estado nomeou 1.240 novos policiais civis para reforçar o efetivo da instituição. Segundo a PC, os processos selecionariam policiais para 2.301 vagas, entretanto, foram chamados 3.937 candidatos, ou seja, um total aproximadamente 71% maior que o previsto inicialmente.

Último concurso
A última seleção organizada pela PCSP aconteceu em 2014, para os cargos de investigador (1.384) e escrivão (788), com remuneração de R$ 3.160,08. Para papiloscopista (103), auxiliar de papiloscopista (113) e delegado (129), os certames aconteceram em 2013, e contaram com salários de R$ 2.848,36, R$ 2.278,05 e R$ 7.516,02, respectivamente.

Para os cargos de agente de telecomunicações, a seleção aconteceu em 2011 e contou com 220 vagas e remuneração de R$ 2.682,38. Já para agente, o certame foi em 2012, quando foram oferecidas 391 vagas e salários de R$ 2.278,05.

Veja mais: Novo concurso público com 393 vagas é autorizado para o SAP/SP

SAA/SP abre concurso público com 156 vagas para todos os níveis

CRF de São Paulo anuncia lançamento de concurso público

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Do CorreioWeb – O Conselho Regional de Farmácia de São Paulo vai abrir novo concurso público e já escolheu a banca responsável pela seleção, será o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan).

 

Ainda não há, porem, uma previsão de quando será lançado o edital, mas já se sabe que as oportunidades serão de nível médio e superior, e as taxas de inscrição vão variar de R$ 56,88 a R$ 71,88, respectivamente. Segundo a secretaria de gestão de pessoas do órgão, a seleção será para todos os cargos, mesmo que para cadastro reserva.

 

Última seleção

Em 2013 o órgão realizou concurso para formação de cadastro reserva de nível médio e superior, para os cargos de agente administrativo, analista de suporte, consultor farmacêutico, designer gráfico, farmacêutico fiscal e jornalista. A banca foi organizada pelo Instituto Nosso Rumo.

 

Para nível intermediário os salários eram de R$ 1.677,65 e para graduados, de R$ 4.862,29. Ambos são com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

 

Os candidatos de todos os cargos foram submetidos à provas objetivas, que foram realizadas nas  cidades de Registro, Sorocaba e São Paulo. Já os candidatos aos cargos de consultor farmacêutico, farmacêutico fiscal e jornalista passaram também por uma prova discursiva.

 

Uma etapa prática foi aplicada somente aos cargos de analista de suporte e designer gráfico. Houve ainda a avaliação de títulos e experiência profissional para os cargos de analista de suporte, consultor farmacêutico, designer gráfico, farmacêutico fiscal e jornalista.

 

Veja também: Seduc de São Paulo recebe autorização para abrir concurso com 1,4 mil vagas

Governo de São Paulo anuncia mais de 2,4 mil vagas para PMSP

Divulgação/PMSP
Publicado em 1 ComentárioConcursos

Do CorreioWeb – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin anunciou, em evento para entrega de viaturas na última terça-feira (25), que autorizará a abertura de dois novos concursos para a Polícia Militar do estado. Segundo a assessoria do governo, serão dadas três autorizações para a PM. A primeira trata da abertura de concurso público para provimento de 221 alunos oficiais. A segunda, sobre concurso para 2.200 novos soldados, e a última trata da redução de tempo para promoção ao posto de 2º tenente, que hoje é de um ano, e de acordo com o novo texto, passaria a ser apenas seis meses.

Oficial

Para concorrer ao cargo de oficial é necessário ter Ensino Médio completo, idade mínima de 17 e máxima de 30 anos, estatura mínima de 1,55m para mulheres e 1,60m para homens e ter boa saúde. É permitido ter tatuagem, desde que a mesma não faça alusão a condutas ilícitas, a simbologia não seja conflitante com os valores policiais-militares e ela não esteja visível na hipótese de uso de uniforme operacional de verão.

A remuneração inicial do cargo de aluno-oficial da PM é de R$ 2.946,54. Com a conclusão do Curso de Formação de Oficiais (CFO) e o término do estágio probatório, o candidato se torna 2º tenente, com remuneração de R$ 6.417,06.

Soldado

Para participar do concurso de soldado, o candidato deverá preencher todos os requisitos de oficial, além de ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de categoria B.

O candidato começa com o cargo de soldado de 2ª classe, ganhando R$ 2.992,54. Após a conclusão do curso de formação e o término do estágio probatório, o aluno é promovido a soldado de 1ª classe com remuneração de R$ 3.312,18.

Novo concurso com 5.400 vagas é autorizado em São Paulo

Foto: Reprodução/PMSP
Publicado em Deixe um comentárioautorização, carreira militar

Do CorreioWeb – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, autorizou a abertura de processo seletivo para a Polícia Militar (PMSP). O concurso ofertará 5,4 mil vagas para o posto de soldado de 2ª classe. O salário inicial é de R$ 2.357,76, mais adicional de insalubridade no valor de R$ 571,51.

 

Mulheres e homens, entre 17 e 30 anos, poderão se inscrever. A altura mínima é de 1,55 m e 1,60 m, respectivamente. É necessário ter o nível médio concluído, estar em dia com as obrigações eleitorais e não ter antecedentes criminais. Também é exigida carteira de habilitação nas categorias B e E.

 

A seleção será por meio de prova escrita, teste físico, exames de saúde e psicológico, além de análise de validade dos documentos e títulos apresentados pelos candidatos. Os aprovados participarão de curso superior técnico de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, com duração média de um ano, na Escola Superior de Soldados (ESSd).

TRE/SP realizará seleção para cargos de nível médio e superior

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Do CorreioWeb – O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE/SP) vai abrir novo concurso público para o preenchimento de vagas de nível médio e superior. De acordo com a assessoria do órgão, os cargos devem ser os mesmos da última seleção – técnico e analista judiciário. A Fundação Carlos Chagas já foi escolhida como a empresa organizadora do processo seletivo, mas ainda não há data prevista para a publicação do edital de abertura.

 

O último concurso para o TRE/SP foi realizado em 2012 e ofereceu 111 oportunidades, com remunerações entre R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39. As jornadas de trabalho eram de 40 horas semanais, exceto para analistas judiciários na especialidade médica – com cargas de 20 horas por semana.

Alckmin sanciona lei que permite a entrada de ‘baixinhos’ na Polícia Militar

Foto: AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA
Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Da Agência Estado – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), sancionou na sexta-feira, 23, projeto de lei, de autoria do Executivo que padroniza as regras para ingresso na Polícia Militar – antes, as regras estavam espalhadas por uma série de decretos e portarias separadas.

Uma das mudanças é que caiu a estatura mínima para ingressar na corporação. No caso dos homens, de 1,65 para 1,60 metro. No caso das mulheres, de 1,60 para 1,55 metro. Para prestar os concursos de ingresso na carreira, o candidato só poderá ter entre 18 e 26 anos – exceto para exercer funções de oficial da saúde e músico da PM, cuja idade máxima sobe para 35 anos.

A Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 do IBGE aponta que a estatura média do brasileiro entre 20 e 24 anos é 1,73 metro. Da brasileira na mesma faixa de idade, 1,61 metro.

O texto determina ainda regras para ingresso na carreira como “ter boa conduta social, reputação e idoneidade ilibadas” e “possuir higidez física e mental”.

Há ainda um artigo que garante a mulheres grávidas que passaram no concurso o direto frequentar os cursos específicos depois do período de gravidez, caso haja recomendação médica que a afaste das funções.

Para o governo, a nova lei vem para padronizar as formas de acesso à PM e caminha no sentido de criar uma “carreira única” na corporação. Na PM de São Paulo, o sujeito aprovado no concurso de praça em geral começa na patente de soldado e passa por cabo até terminar como sargento.

Se o concurso é para oficial, a primeira patente é tenente, e o policial pode ascender para capitão, depois major e chegar a tenente-coronel – patente máxima dos oficiais da ativa.

Ministério Público de São Paulo vai lançar concurso

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

O procurador-geral de Justiça de São Paulo determinou que seja instituída comissão para abertura de um novo concurso para o Ministério Público estadual (MPSP). O cargo será o de auxiliar de promotoria III, na especialidade motorista. O número de vagas ainda não foi divulgado.

 

O último concurso para o posto foi aberto em 2011, pelo Instituto Brasileiro de Formação Capacitação (IBFC). O vencimento inicial na época foi R$ 2.564,85. Puderam participar candidatos com ensino fundamental completo. O concurso contou com provas objetivas (português, matemática e conhecimentos específicos) e prova prática.

Governador autoriza abertura de quase 5 mil vagas em São Paulo

Foto: Du Amorim/A2 Fotografia
Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos Públicos

Lorena Pacheco – Que São Paulo é conhecido por oferecer muitas vagas no serviço público isso já sabemos, mas parece que o estado quer sempre se superar. Desta vez, o governador Geraldo Alckmin autorizou num só dia 4.939 oportunidades destinadas à Secretaria de Educação. De acordo com despachos divulgados no Diário Oficial local, serão abertos 2 mil cargos para professores, 1.878 para diretor de escola, 990 para agentes de organização escolar e 71 para agente de serviços escolares. As oportunidades serão oferecidas em processos seletivos simplificados com contratos temporários de, no máximo, 12 meses.

 

Leia também: Quem fraudar cotas em concursos de São Paulo pode ser denunciado por servidores