Concurso INSS: diretor de Gestão de Pessoas afirma que vagas serão de nível médio

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, INSS, Sem categoria

“Tudo indica que não haveria tempo suficiente para alteração legislativa, por exemplo, e que continuará sendo um cargo, por ora, de nível médio”, afirmou Paiva

Diretor de Gestão de Pessoas do Instituto Nacional do Seguro Social, da Perícia Médica Federal (INSS), Jobson de Paiva, afirmou que o concurso autorizado para o órgão será de nível médio, mesmo com as movimentações que visam a mudança do nível de escolaridade. “O que há e como está colocado na Lei, é um cargo de nível médio. Então, tudo indica que não haveria tempo suficiente para alteração legislativa, por exemplo, e que continuará sendo um cargo, por ora, de nível médio”, afirmou Paiva. A informação foi dada durante entrevista ao canal do professor Deodato Neto.

Durante a entrevista, o diretor também comentou sobre as provas e a convocação dos aprovados. Segundo ele, há uma possibilidade do certame ser composto por redação. Em relação às disciplinas o diretor ressaltou que a autarquia daria um enfoque na matéria  Direito Previdenciário. Ele também revelou que terá curso de formação pela primeira vez “Nosso ministro quer mais qualificação nessa entrada, então sim, esse vai ser o primeiro concurso de técnico do INSS com curso de formação”.

Leia também: Concurso INSS: especialista da dicas para se preparar para a prova antes mesmo do edital

Concurso INSS: confira como foi o cronograma da última seleção

Concurso do INSS: especialista aponta as expectativas para o certame

Por fim, o INSS prevê nomear os aprovados nesta seleção para 2023. Segundo, Jabson o período eleitoral deste ano, impossibilita a nomeação ainda este ano. É válido lembrar que há uma previsão de que a banca organizadora seja definida no prazo de 60 dias, ou seja, a empresa escolhida poderá ser anunciada até agosto deste ano. A informação foi comunicada pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. Contudo, o projeto básico, estima-se que este processo dure apenas 23 dias.

O concurso do INSS,  foi autorizado no dia 13 de junho. Há uma previsão de que a banca organizadora seja definida no prazo de 60 dias, ou seja, a empresa escolhida poderá ser anunciada até agosto deste ano. A informação foi comunicada pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. Contudo, o projeto básico, estima-se que este processo dure apenas 23 dias.

O órgão tem aval para o provimento de 1.000 oportunidades nas carreiras de técnico do Seguro Social do quadro de pessoal do Instituto, que exige certificado de conclusão do do ensino médio. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o salário inicial é de R$ 6,5 mil. O certame foi solicitado ao Ministério da Economia  em abril deste ano, no qual era esperada a autorização de 7.575 vagas sendo 6.004 para técnico e 1.571 para analista.

Último Concurso

No último certame foram convocados 950 (150 Analistas do Seguro Social e 800 Técnicos do Seguro Social) candidatos aprovados, dentro do número de vagas ofertadas no concurso. O Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi o organizador.

O concurso contou com o recorde de 1.087.804 inscritos. Do total, 1.043.815 candidatos se inscreveram para o cargo de técnico do seguro social e Brasília foi a cidade com o maior número de participantes em todo país, com 35.136 concorrentes para 10 vagas (cerca de 3.513 por chance).

Os outros 43.989 concurseiros tentaram o cargo de analista do seguro social, para formados em serviço social, e a cidade de São Paulo teve a maior concorrência, com 2.655 inscritos a três oportunidades (o que equivale a 885 por vaga). De acordo com o edital do concurso, os salários variam de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, respectivamente, e as chances são para lotação em todo Brasil, sendo 5% reservadas a pessoas com deficiência e 20% para negros.

Quem tem graduação em serviço social disputou o cargo de analista do seguro social, são 150 oportunidades. Já para nível médio o posto oferecido foi o de técnico do seguro social, com 800 chances disponíveis.

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Concurso INSS: deputado inclui proposta de emenda que prevê nível superior em todos os cargos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal, INSS, Sem categoria

Proposta de emenda de autoria do deputado Luis Miranda (Republicanos-SP) prevê exigir nível superior em todos os cargos das seleções do INSS

O Deputado Luis Miranda (Republicanos-SP), propôs emenda à Medida Provisória nº 1.113/2022 que visa a exigência de nível superior em todos os cargos em seleções do Instituto Nacional do Seguro Social, da Perícia Médica Federal (INSS). Caso a proposta seja aprovada, modificará o nível de escolaridade da carreira de técnico do Seguro Social que possui a autorização de um certame que poderá ofertar 1.000 oportunidades.

Veja aqui a proposta na íntegra!

“O ingresso nos cargos da Carreira de Gestão e Controle de Benefícios Sociais de que tratam o inciso II do art. 5º e o art. 5º-A far-se-á no padrão inicial da classe inicial do respectivo cargo, mediante concurso público de provas ou de provas e títulos, exigindo-se curso superior concluído, em nível de graduação ou equivalente, observados os requisitos fixados na legislação pertinente” Art. 4º da proposta de emenda.

Segundo o deputado esta preposição se justifica pela necessidade que o órgão de uma “atenção especial” diante o déficit no quadro de servidores e consequentemente seus empecilhos, o descumprimento do acordo celebrado com o Ministério Público Federal, além do descumprimento de decisões judiciais e a fila do INSS de processos aguardando análise.

Reunião

Na última quinta-feita (23/6), a Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS) em reunião com o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), no qual foram reivindicadas os compromissos firmados Acordo da greve que durou 62 dias.

Dentre as pautas estão o Projeto de Lei da Carreira do Seguro Social como Carreira Típica de Estado em que o FENASPS afirma “ministro informou que é necessário realizar articulação com o Ministério da Economia para envio para Casa Civil. Oliveira adiantou que na próxima semana haverá uma reunião para encaminhamento dessa pauta”.

Autorização

O concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS),  foi autorizado no dia 13 de junho. Há uma previsão de que a banca organizadora seja definida no prazo de 60 dias, ou seja, a empresa escolhida poderá ser anunciada até agosto deste ano. A informação foi comunicada pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. Contudo, o projeto básico, estima-se que este processo dure apenas 23 dias.

Leia também: Concurso INSS: especialista da dicas para se preparar para a prova antes mesmo do edital

Concurso INSS: confira como foi o cronograma da última seleção

Concurso do INSS: especialista aponta as expectativas para o certame

O órgão tem aval para o provimento de 1.000 oportunidades nas carreiras de técnico do Seguro Social do quadro de pessoal do Instituto, que exige certificado de conclusão do do ensino médio. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o salário inicial é de R$ 6,5 mil..O certame foi solicitado ao Ministério da Economia  em abril deste ano, no qual era esperada a autorização de 7.575 vagas sendo 6.004 para técnico e 1.571 para analista.

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Concurso INSS: veja as atribuições da carreira de técnico do Seguro Social

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, INSS, Sem categoria

Remuneração que pode chegar a R$ 4.886,87 e nível médio como requisito são atrativos deste certame

O concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS),  foi autorizado no dia 13 de junho. O órgão tem aval para o provimento de 1.000 oportunidades nas carreiras de técnico do Seguro Social do quadro de pessoal do instituto. Veja as principais atribuições da carreira, segundo o último certame.

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social. 950 candidatos foram aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. Saiba mais!

De acordo com o edital, é função deste servidor: “realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica; coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS”.

À época para a carreira de técnico do Seguro Social foi ofertado um salário de até R$ 4.886,87, no qual é composto pelo vencimento básico, além da GAE (Gratificação de Atividade Executiva) e GDASS (Gratificação de Desempenho de Atividade do Seguro Social), para uma carga horária de 40 horas semanais.

Leia mais: Quase 1.700 mil vagas autorizadas! Veja o que estudar para os concursos da Receita Federal e do INSS

Concurso INSS: especialista da dicas para se preparar para a prova antes mesmo do edital

“Esse é um concurso que exige escolaridade nível médio para cargo de técnico do seguro social e que tem remuneração que inicia em cinco mil e quatrocentos reais podendo chegar no final da carreira em mais de oito mil reais”.  afirma o professor de direito previdenciário do Gran Cursos Online, Fernando Maciel. Além disso, ele também cita a estabilidade no emprego e financeira que servidor público possui, além de uma possibilidade de chamar um quantitativo maior do que autorizado posteriormente, visto o déficit do quadro de pessoal e a grande demanda.

Requisitos

Em relação aos requisitos, além de nível médio completo é exigido: 

  • “Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse; 
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; 
  • Cumprir as determinações deste edital e
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse”. 

*Estagiária sob supervisão de…

Concurso do INSS: especialista aponta as expectativas para o certame

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, INSS, Sem categoria

INSS é autorizado a realizar concurso público com 1.000 vagas

O concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS),  foi autorizado no dia 13 de junho. O órgão tem aval para o provimento de 1.000 oportunidades nas carreiras de técnico do Seguro Social do quadro de pessoal do Instituto.

O professor de direito previdenciário do Gran Cursos Online, Fernando Maciel, afirma que a expectativa é de esse concurso seja muito concorrido, com mais de um milhão de inscritos. “O último concurso que teve menos de mil vagas já tivemos esse quantitativo, então esse certamente vai se aproximar e quem sabe superar dois milhões de inscritos”, afirma Maciel.

Como atrativos o professor cita a alta remuneração. “Esse é um concurso que exige escolaridade nível médio para cargo de técnico do seguro social e que tem remuneração que inicia em cinco mil e quatrocentos reais podendo chegar no final da carreira em mais de oito mil reais”. Além disso,   são destaque a estabilidade no emprego e financeira que servidor público possui, além de uma possibilidade de chamar um quantitativo maior do que autorizado posteriormente, visto o déficit do quadro de pessoal e a grande demanda.

Leia também: Concurso Receita Federal: especialista analisa expectativas sobre o novo certame

Concurso Senado: bancas têm até última semana de julho para enviar proposta

PMDF: “Previsão é que concurso ocorra ainda este ano”, afirma Ibaneis

Aprovados no concurso da PCDF promovem campanha de doação de sangue

ANTT faz solicitação para novo concurso; expectativa é ofertar 363 vagas

Há uma previsão de que a banca organizadora seja definida no prazo de 60 dias, ou seja, a empresa escolhida poderá ser anunciada até agosto deste ano. A informação foi comunicada pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. Contudo, o projeto básico, estima-se que este processo dure apenas 23 dias.

“Do último concurso foi o Cebraspe, ainda é uma forte concorrente para realizar esse concurso, mas recentemente a FGV também vem crescendo e vem ganhando aí cursos de âmbito nacional, então estaríamos dividido entre Cebraspe e FGV com uma probabilidade maior de ser a banca Cebraspe”, ressalta o professor.

Em relação as provas, o projeto básico estima que pode ser aplicada em até quatro meses após a publicação do edital. Para se preparar, Fernando orienta buscar uma orientação especializada, por exemplo, através de cursos preparatórios que já tem todo um material desenvolvido, profissionais com experiência na matéria. Veja aqui mais dicas de como se preparar para este concurso!

Leia também: Quase 1.700 mil vagas autorizadas! Veja o que estudar para os concursos da Receita Federal e do INSS

Mais de cinco anos sem concurso

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social. 950 candidatos foram aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. De acordo com o edital, os salários eram de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, com lotação em todo o Brasil. Saiba mais!

Leia também: Concurso INSS: especialista da dicas para se preparar para a prova antes mesmo do edital

Receita Federal também recebeu aval

Após quase dez anos sem realizar uma seleção pública, o concurso da Receita Federal está oficialmente autorizado. O documento que autoriza o certame foi publicado no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (13/6).

Segundo a portaria autorizativa, serão oferecidas 699 vagas para analistas e auditores. O quantitativo de vagas será distribuído da seguinte forma:

Cargo Escolaridade Remuneração Vagas
Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Nível Superior R$21.487,09 230
Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil Nível Superior R$12.142,39 469
Total 699

Além do longo tempo sem editais publicados, o concurso da Receita Federal chama  a atenção dos concurseiros por causa das remunerações e benefícios. Para o cargo de auditor, por exemplo, a remuneração atual é de R$21.487,09 já somada com o auxílio-alimentação de R$458.

Já a carreira de analista oferece remuneração mensal de R$12.142,39. Todos os selecionados serão contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia. Saiba mais aqui!

Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes.

Greve dos peritos do INSS chega ao fim e reivindicação de novo concurso é acatada

Publicado em Deixe um comentárioGoverno federal, INSS, Ministério da Economia, Sem categoria

“Promoção imediata de concurso público para recomposição dos quadros da carreira, cuja defasagem chega a 3 mil servidores”, diz trecho da reivindicação dos peritos do INSS

Acaba a greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) após um acordo assinado por representantes do governo e da Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP)A greve durou 52 dias. Em nota a ANMP afirmou: “o resultado do movimento foi extremamente favorável para a categoria, pois representou a reconquista de várias prerrogativas subtraídas nos últimos 2 (dois) anos e a obtenção de diversos ganhos novos”.

Dentre as reivindicações acatadas destaca-se a oferta de forma imediata um concurso público, no qual disponibilize vagas para o quadro da carreira. De acordo com o trecho da reivindicação publicado no Termo do Acordo há um déficit de 3 mil servidores.

“O Ministério do Trabalho e Previdência se compromete a acompanhar a evolução da tramitação do pedido de concurso para o INSS e a diligenciar para que haja a flexibilização de vagas para a Perícia Médica Federal no mesmo certame”, indica a cláusula 17ª do Termo de Acordo.

O atendimento foi retornado na última segunda-feira (23/5), “trabalharemos para normalizar nosso atendimento o mais rápido possível nas agências de todo o país. Estamos focados em agilizar as análises e concessões de benefícios dos segurados”, disse o presidente do INSS, Guilherme Serrano.

Sobre a solicitação do certame

O INSS solicitou ao Ministério da Economia a realização de um novo certame. O órgão almeja disponibilizar 7.575 vagas sendo 6004 para técnico e 1.571 para analista. Não há previsão de lançamento de edital, e o INSS ainda aguarda resposta do ministério.

*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes

Concurso INSS: especialista da dicas para se preparar para a prova antes mesmo do edital

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Dicas de estudo, Governo federal, INSS, Sem categoria

Especialista aponta suas expectativas para o possível concurso do INSS. Solicitação do certame foi enviada ao Ministério da Economia.

Por Raphaela Peixoto*-  O professor de direito previdenciário do Gran Cursos Online, Fernando Maciel, afirma que o possível concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)  pode “representar o maior concurso do nosso país” dada “a remuneração bastante expressiva aliado ao quantitativo de vagas que nós temos”, justifica Maciel.

A expectativa do presidente do INSS, José Carlos Oliveira, também é alta. Em que resposta ao requerimento de informação, de autoria da deputada Chris Tonietto (PSL RJ) afirma, “a expectativa é que o desempenho desse ano seja ainda melhor do que o do ano anterior, mesmo sabendo que a força de trabalho disponível diminuirá …”.

Fernando também destacou como novidade, “a cobrança de regime próprio de previdência, ou seja, o regime de previdência dos servidores públicos, pois após a reforma da previdência, cada ente federativo vai ter um único órgão gestor do regime próprio dos servidores. E no âmbito federal o INSS foi designado como sendo esse órgão gestor”.

É válido ressaltar que a solicitação para a realização do certame ainda está aguardando resposta do Ministério da Economia. Foram solicitadas 7.575 vagas, sendo divididas nas seguinte áreas:

Técnico do seguro social – nível médio – R$5.447,78

  • áreas: Análise Reconhecimento de Direito RGPS (2.938 vagas), Combate à Fraude (734), Serviço de Apoio ao Reconhecimento de Direito (216), Serviço de Atendimento de Demandas Judiciais (40), Serviço de Cobrança Administrativa (34), Análise Reconhecimento de Direito RPPS (46) e Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (1.996).

analista do seguro social – nível superior – R$8.357,07

  • áreas: Serviço Social (463 vagas), Reabilitação Profissional (702) e Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (406).

Confira algumas dicas

O que é recorrente nos editais para concurso do INSS?

Conhecimentos básicos como por exemplo português, raciocínio lógico e informática. Além de matérias jurídicas como por exemplo, direito constitucional e administrativo; especialmente a parte de legislação previdenciária, no qual é cobrado com maior intensidade e que demanda um estudo mais aprofundado, porque afinal o servidor vai atuar diretamente com a temática da seguridade social tanto de benefícios previdenciários como assistenciais.

Quais são as dicas relevantes a serem dadas para os interessados em concorrer nesse certame?

Intensificar desde já os estudos, focando nas normativas pós dois mil e dezenove, pois nós tivemos muitas mudanças (no plano constitucional com a emenda  nº 103,  no plano legal com a nº lei 13846/2019  e no âmbito infralegal com o novo regulamento da previdência social o decreto nº 10410/2020). Estudar também o regime próprio de previdência.

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes.

 

 

INSS solicita concurso público com mais de 7.000 vagas ao Ministério da Economia

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, GDF, INSS, Ministério da Economia

A assessoria de imprensa do INSS confirma pedido para o Ministério da Economia de um novo concurso. Foram solicitados quase 8 mil e são divididas em chances de técnico e analista.

O INSS solicitou ao  Ministério da Economia a realização de um novo certame. O órgão almeja disponibilizar 7575 vagas sendo 6004 para técnico e 1571 para analista. Não há previsão de lançamento de edital, e o INSS ainda aguarda resposta do ministério.

A remuneração ofertada atualmente, de acordo a Assessoria de Imprensa, chega a quase R$ 7600 para analista é próximo a  R$ 5200. Se comparado com o último concurso que aconteceu há sete anos,  o salário teve um  aumento de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, níveis médio e superior respectivamente.

Mais previsões de concursos

Nesta quarta-feira (20/4), três concursos teviram sua confirmação anunciada. Veja trechos mais importante sobre cada um deles:

PC DF:

“O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal divulgou, no Diário Oficial desta quarta-feira (20/4), autorização para realização de novo concurso público para o provimento de vagas para o cargo de Agente Policial de Custódia da Polícia Civil do Distrito Federal. O quantitativo autorizado será distribuído da seguinte forma:  50 vagas imediatas e 100 vagas para cadastro reserva.”

Corpo de Bombeiros:

“O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal divulgou, no Diário Oficial desta quarta-feira (20/4), portaria que autoriza novo concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. De acordo com o documento, as vagas serão para militares de diversos quadros e qualificações, relativos a oficiais e praças.”

Iprev DF

“O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal divulgou, no Diário Oficial desta quarta-feira (20/4), autorização para instituir grupo de trabalho com a finalidade de realizar estudos técnicos, objetivando a contratação de banca organizadora, para o concurso público da  Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev). O certame prevê oferta de 85 vagas para o cargo de analista previdenciário.”

 

‘Concurso INSS não deve acontecer em 2022’, diz presidente

Publicado em Deixe um comentárioINSS

Apesar da fala da autoridade, ainda há grande expectativa sobre o parecer oficial do governo sobre essa seleção

Jéssica Andrade – Segundo o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), José Carlos Oliveira, o concurso do órgão não deve sair em 2022.

Em resposta a um requerimento de informação, de autoria da deputada Chris Tonietto (PSL RJ), o titular da autarquia informou o seguinte:

“A expectativa é que o desempenho desse ano seja ainda melhor do que o do ano anterior, mesmo sabendo que a força de trabalho disponível diminuirá e não haverá reposição nem por meio de concurso público, nem por meio de contrato por tempo determinado”.

Apesar da fala de Oliveira, ainda há grande expectativa sobre o parecer oficial do governo sobre essa seleção. De acordo com o ministro do Trabalho e da Previdência Social, Onyx Lorenzoni, no próximo dia 22/3 será informado se o concurso do INSS acontecerá ou não este ano. 

Essa previsão de resposta veio após a Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) realizar uma nova paralisação nos serviços do INSS. Entre as cobranças esteve a realização do concurso INSS 2022.

Por isso, a  negativa do presidente, ainda não representa uma decisão final. Ela pode estar atrelada, por exemplo, à não convocação, em 2022, de aprovados de um concurso do INSS – afinal de contas não há edital válido para o instituto.

Seguindo a lei, o INSS só poderia convocar os aprovados de um concurso aberto este ano, se o fizesse em quatro meses, homologando o resultado final até 2 de julho, três meses antes das Eleições.

Independentemente da fala do presidente da autarquia da expectativa de um novo certame ainda este ano, um novo certame para provimento de vagas no INSS é urgente. 

O instituto chegou aos últimos meses de 2021 com 3.796 servidores em abono de permanência. Desta forma, mais de 3 mil profissionais podem deixar o INSS somente este ano.

O abono é um incentivo financeiro dado ao servidor público estatutário que deseja continuar trabalhando, escolhendo não se aposentar mesmo com os requisitos para isso.

No entanto, como esses servidores já têm condições para a aposentadoria, eles podem deixar a autarquia ao longo dos próximos meses. O número de abonos também mostra como o quadro do INSS precisa ser renovado.

Para isso, no entanto, o Ministério da Economia precisa autorizar o próximo edital. Ao todo, foram solicitadas 7.575 vagas em todo o país, sendo elas para os seguintes cargos e áreas:

Técnico do seguro social – nível médio – R$5.447,78

  • áreas: Análise Reconhecimento de Direito RGPS (2.938 vagas), Combate à Fraude (734), Serviço de Apoio ao Reconhecimento de Direito (216), Serviço de Atendimento de Demandas Judiciais (40), Serviço de Cobrança Administrativa (34), Análise Reconhecimento de Direito RPPS (46) e Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (1.996).

analista do seguro social – nível superior – R$8.357,07

  • áreas: Serviço Social (463 vagas), Reabilitação Profissional (702) e Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (406).

 

ANMP se reúne com Onyx Lorenzoni para reivindicar concurso do INSS

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal, INSS

Karolini Bandeira*- Representantes da Associação Nacional dos Peritos Médicos (ANMP) terão, na próxima quarta-feira (16/2), uma reunião com o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, para tratar sobre as reivindicações feitas na mobilização nacional da Perícia Médica Federal no final de janeiro e início de fevereiro.

Dentre as exigências do setor, os peritos pedem a realização de um novo concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com vagas para a carreira, a recomposição salarial relativa às perdas inflacionárias de 2019 a 2022 (19,99%) e a fixação de até 12 atendimentos presencias como meta diária.

A Diretoria da ANMP já havia se reunido com Lorenzoni na última quinta-feira (10). Para o próximo encontro, o ministro prometeu garantiu apresentar o posicionamento oficial e detalhado do Governo sobre todas as reinvindicações da carreira. “A Associação recebeu essa sinalização de modo positivo e está confiante de que, já nos próximos dias, sejam adotadas medidas favoráveis à Perícia Médica Federal”, disse a ANMP.

Mais de cinco anos sem concurso

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social. 950 candidatos foram aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. De acordo com o edital, os salários eram de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, com lotação em todo o Brasil. Saiba mais!

 

 

Presidente do INSS confirma interesse em concurso antes de outubro de 2022

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal, INSS

Atualmente, as remunerações oferecidas pelo órgão variam entre R$ 5.186,79 e R$ 7.659,87

Karolini Bandeira*- O futuro concurso público do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) foi um dos temas abordados em reunião do presidente da instituição, Leonardo Rolim, com o chefe do setor de Gestão de Pessoas e dirigentes sindicais. No encontro, de acordo com o Sindsprev, Rolim informou que prevê o certame para antes das eleições de 2022, realizadas em outubro.

O presidente também reforçou o pedido encaminhado à Economia, que solicita concurso para efetivos com 7.751 vagas, sendo 1.500 para o cargo de analista e as demais para a função de técnico do seguro social. Atualmente, as remunerações oferecidas pelo órgão variam entre R$ 5.186,79 e R$ 7.659,87.

Em entrevista à CBN, Rolim falou que está otimista quanto à autorização da solicitação de certame enviada ao Ministério da Economia. Para o representante, um novo concurso é essencial para repor cargos vagos. “Vamos precisar sim fazer o concurso para substituir temporários e servidores que estão se aposentando. Estamos bem otimistas que teremos a autorização”, disse Rolim.

Deputado reivindica convocações

Em um encontro realizado em 21 de maio com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, o deputado federal Pedro Augusto (PSD/RJ) reivindicou a nomeação de candidatos aprovados no último concurso do INSS. Na reunião, o deputado apontou o alto déficit de servidores do INSS — que, segundo o parlamentar, soma mais de 23 mil — e cobrou a convocação de excedentes do concurso de 2015.

“O INSS pede socorro e nós vamos correr atrás da solução! Estive em Brasília para tratar da convocação dos concursados para o INSS. Atualmente são mais de 23 mil vagas desocupadas, o que vem causando transtorno para a população e também para os servidores que estão sobrecarregados”, publicou Augusto nas redes sociais.

Mais de cinco anos sem concurso

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social. 950 candidatos foram aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. De acordo com o edital, os salários eram de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, com lotação em todo o Brasil. Saiba mais!

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco