Notícias da semana! Fique por dentro de tudo que rolou sobre concursos públicos

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Câmara dos Deputados, Câmara Legislativa, carreira bancária, Carreira diplomática, Carreira fiscal, Carreira judiciária, CLDF, CLT, comissionado, Concursos, Concursos Públicos

Emenda pode garantir mais aprovados nos concursos PF, PRF e Depen

Foi aprovada, pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, a emenda ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022, que pode garantir mais nomeações de aprovados nos concursos públicos da Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Departamento Penitenciário Nacional (Depen). O texto do projeto defende “o provimento de cargos e funções relativos aos concursos vigentes da Polícia Federal (PF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) até o montante das quantidades e dos limites orçamentários constantes de anexo específico da Lei Orçamentária de 2022”.

Concurso PCRN: prisão, tentativa de fraude e banca se pronuncia

A banca organizadora do concurso público da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PCRN), Fundação Getúlio Vargas (FGV), se pronunciou e declarou a continuidade do certame após um candidato ser preso por tentativa de fraude eletrônica na etapa de provas para os cargos de agente e escrivão, realizadas no último domingo (11/7). O concurso oferece 301 chances, sendo 47 para delegado, 230 para agente e 24 para escrivão. A remuneração inicial varia de R$ 4.731,91 a R$ 16.670,59.

Saúde do DF abriu mais 215 vagas

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal  publicou edital de um novo processo seletivo simplificado emergencial para formação de cadastro de reserva com 215 vagas para especialistas, técnicos e auxiliares de saúde.   A seleção terá as seguintes especialidades: Especialistas em saúde: Assistente Social, Fisioterapeuta e Psicólogo e Técnico em Saúde: Motorista – Condutor de Veículos de Urgência e Emergência e Auxiliar em Saúde: Padioleiro.  As inscrições deverão ser feitas por meio do site do Instituto AOCP,  até às 23h59 do dia 19 de julho de 2021.

Expectativas para o concurso Polícia Penal do DF

Após o presidente do Sindicato de Polícia Penal do DF, Paulo Rogério da Silva, afirmar que o novo concurso com 1.179 vagas para a Polícia Penal deve sair no último trimestre deste ano, a Secretaria de Economia do DF reforçou que o certame já foi autorizado e que agora está na fase de cumprimento das exigências legais. “As próximas etapas do certame serão publicados no Diário Oficial”, disse. O cargo exige formação em nível superior em qualquer área e deve oferecer salários iniciais de R$ 4.745.

TJDFT estuda áreas com mais necessidades de servidores

O TJDFT afirmou que está fazendo estudos para levantamento das necessidades de servidores em áreas específicas e posterior elaboração de um novo edital, mas ainda não há data definida para publicação. Recentemente, o presidente do órgão, Romeu Gonzaga Neiva, voltou a afirmar a necessidade do certame e disse que vai trabalhar para apresentar a minuta do edital. “Vamos fechar o projeto para fazer um concurso público para servidores”, disse durante uma reunião.

BRB encerra inscrições – fique atento ao cronograma

As inscrições para 200 vagas do concurso do BRB já encerraram. Agora, os candidatos devem ficar atentos ao cronograma para não perder nenhuma informação! O concurso terá duas etapas: com provas objetiva e discursiva. As provas objetiva e discursiva serão aplicadas na data provável de 8 de agosto de 2021, no turno da tarde e com a duração de 4 (quatro) horas e 30 (trinta) minutos. Os locais, datas e horários de aplicação das provas objetiva e discursiva serão divulgados no endereço eletrônico http://www.iades.com.br, na data provável de 2 de agosto de 2021.

TCDF retoma concurso para auditor 

O Tribunal de Contas do Distrito Federal anunciou a retomada do concurso público para o provimento de uma vaga e a formação de cadastro de reserva no cargo de Auditor – Conselheiro Substituto e o novo cronograma de atividades referentes ao certame. Agora, as provas objetivas estão previstas para 10 de outubro!

Bahia anuncia concurso com 1.000 vagas para a Polícia Civil

Um novo concurso para agentes, escrivães e delegados da Polícia Civil da Bahia (PCBA) está autorizado! O governador do Estado, Rui Costa, anunciou o certame com 800 vagas para agentes, 100 para delegados e 100 para escrivães. Costa também informou a seleção poderá ser aberta no segundo semestre deste ano.

Lives gratuitas de dicas

Na próxima semana, o IMP Concursos vai realizar a V Semana Pedagógica com foco na banca Quadrix. O preparatório vai oferecer aulas online gratuitas com dicas sobre a organizadora, uma ótima oportunidade para quem está de olho em uma vaga nos concursos  como o da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF). As aulas terão início na próxima segunda-feira (19/7) e seguem até 22 de julho.

Preparatório faz semana de lives gratuitas com dicas sobre a banca Quadrix

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Atenção para esta oportunidade! Na próxima semana, o IMP Concursos vai realizar a V Semana Pedagógica com foco na banca Quadrix. O preparatório vai oferecer aulas online gratuitas com dicas sobre a organizadora, uma ótima oportunidade para quem está de olho em uma vaga nos concursos  como o da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF). As aulas terão início na próxima segunda-feira (19/7) e seguem até 22 de julho.

Entre os temas abordados estão tendências pedagógicas, LODF, Direito Administrativo, Ride, Direito Administrativo, entre outros. Para assistir basta acessar o link.

Confira a programação completa.

19/07 às 18h: Exercícios Avançados de Tendências Pedagógicas
Com Madalena Coatio

20/07 às 18h: Exercícios Avançados de LODF
Com Rodrigo Francelino

21/07 às 18h: Exercícios Avançados de Direito Administrativo
Com Suzele Veloso

22/07 às 18h: Exercícios Avançados de Realidade do DF + Ride
Com Wesley Santos

23/07 às 17h: Exercícios Avançados de ECA
Com Adenilton Almeida

Sem concurso desde 2016, Anvisa vai absorver funcionários da Infraero

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira fiscal, Concursos, Concursos Públicos

Segundo o presidente do órgão, a absorção dos funcionários da Infraero é uma solução pontual, mas há demanda de concurso público

O diretor-presidente Antônio Barra Torres da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que vai incorporar em seu quadro trabalhadores da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A informação foi dada durante uma palestra virtual realizada no último dia 13. Segundo ele, o processo já está, inclusive, avançando. “Em muito curto prazo, estarão conosco”, afirmou.

Vinculada ao Ministério da Saúde, a Anvisa é uma agência reguladora responsável pelo controle sanitário de produtos como medicamentos, vacinas, alimentos, cosméticos, saneantes, derivados do tabaco, etc. Já a Infraero é uma empresa pública federal brasileira, vinculada ao Ministério da Infraestrutura, que vem passando por um processo de desestatização.

Segundo Torres, a absorção dos funcionários da Infraero é uma solução pontual, mas há demanda de concurso público.

“Essa necessidade não é de hoje, mas de algum tempo. Porém, temos visto que os concursos para órgãos federais estão com freio de mão puxado, segundo as autoridades da economia, em face da longevidade funcional de 30 anos e o fato de onerar a economia com esses quadros. Mas o que realmente resolve o problema é o concurso público com periodicidade”.

Ainda segundo o representante, a Anvisa tem feito pedidos ao Ministério da Economia para a realização de um novo concurso público, mas outras possibilidades precisaram ser levantadas em busca de reforços mais imediatos.  Ele acrescentou que houve parcerias para mobilização de servidores de outras áreas e contratações terceirizadas também são consideradas.

“A Anvisa tem poder de polícia. E ele não pode ser conferido a um terceirizado. Isso pode ser equacionado. Temos órgãos federais com poder de polícia que possuem quadros terceirizados. Eles não atuam em áreas mais críticas como na lavratura de um auto de infração, numa autuação, numa apreensão”, explicou.

Anvisa solicitou concurso

Sem concurso desde 2016, a Anvisa aguarda autorização do Ministério da Economia para realizar um certame com 100 vagas em carreiras de níveis médio e superior. Com o possível aval, a nova seleção será para especialista em regulação e vigilância sanitária (39), analista administrativo (14), técnico em regulação e vigilância sanitária (4) e  técnico administrativo (43).

Recentemente,  o presidente da agência, Antonio Barra Torres, argumentou que a proximidade de aposentadorias e as perdas de servidores podem provocar um colapso na instituição. À época, ele afirmou que seriam necessárias, ao menos, 94 novas contratações para suprir o déficit no quadro de pessoal.

Último concurso

O último concurso público da Anvisa foi realizado em 2016 e organizado pela banca Cebraspe. Na ocasião, foram ofertadas 78 vagas de nível médio na função de técnico administrativo, carreira com remuneração de com remuneração de R$ 6.002,14 e lotação em Brasília. O concurso foi composto por prova objetiva e prova discursiva. A prova objetiva foi composta por 120 questões sobre português, noções de informática, raciocínio lógico, ética no serviço público, atualidades e conhecimentos específicos; na prova objetiva, os candidatos tiveram que produzir uma redação de até 30 linhas valendo 40 pontos. A validade do concurso foi encerrada em 2019. Saiba mais!

Com informações da Agência Brasil.

Edital iminente! Saúde do DF vai abrir seleção para 1.500 mil novos agentes

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, DODF, GDF

O edital deve sair em algumas semanas. Segundo o GDF, a Secretaria de Saúde tem pressa em concluir a seleção.

O Governo do Distrito Federal (GDF) anunciou que vai abrir um novo processo seletivo para a contratação temporária de profissionais para trabalhar na saúde pública. Serão 1.500 chances, sendo 500 agentes de vigilância ambiental e 500 agentes comunitários de saúde, além de cadastro de reserva com mais 500 vagas. A informação foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) junto com a dispensa de licitação para contratação de uma empresa que organizará a seleção.

O edital deve sair em algumas semanas. Segundo o GDF, a Secretaria de Saúde tem pressa em concluir a seleção. “São cargos que precisavam de reforço, e queremos terminar todo o certame em cerca de 60 dias”, informa a subsecretária de Gestão de Pessoas, Silene Almeida. “Em seguida, já realizaremos a contratação”.

Ainda de acordo com o GDF, os servidores da Vigilância Ambiental têm um papel primordial no combate à dengue, mas também são responsáveis pelo controle de outras arboviroses, como a febre amarela. Já os agentes comunitários atuam como importante elo entre a comunidade e os profissionais de saúde. Atualmente, são 512 agentes de vigilância e 974 comunitários nos quadros da Secretaria de Saúde (SES).

A seleção será feita mediante análise curricular e comprovação documental. Para concorrer, será necessário ter o ensino médio completo. O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) compõe a banca examinadora do concurso.

Aprovado projeto que suspende prazo dos concursos durante pandemia no RS

Publicado em Deixe um comentárioCâmara Legislativa, comissionado, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Legislativo
Por unanimidade, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou o projeto de lei complementar 165/2021, que suspende o prazo de validade dos concursos públicos durante o período de calamidade pública no Estado, devido à pandemia do coronavírus. A medida foi uma iniciativa dos deputados estaduais Luiz Fernando Mainardi (PT) e Neri o Carteiro (Solidariedade), que após articulação com o Líder do Governo, deputado Frederico Antunes (PP), foi transformada em uma proposta do Poder Executivo.
O projeto aprovado prevê que todos os concursos públicos estaduais, bem como os da administração direta ou indireta, tenham a contagem do prazo de validade suspensa a partir de 19 de março de 2020, data do decreto que reconheceu a situação de calamidade no Estado. No entanto, não impede a convocação dos aprovados nos certames, bem como a realização de suas demais etapas e fases. Conforme a justificativa da proposta, a manutenção da vigência dos concursos já homologados acarretaria em prejuízos para a administração e também para diversos candidatos aprovados.
Mainardi usou a tribuna para agradecer os esforços de todos na elaboração do Projeto: “Parabéns aos concursados que aguardam as suas nomeações, estes que são futuros servidores e que se prepararam durante muitos anos. Certamente eles não poderiam ver esta oportunidade de serem chamados para prestar serviço público cair por terra em função da pandemia”.
O deputado Mainardi também agradeceu principalmente o diálogo entre os deputados e o Executivo que resultou na provação do projeto. “O diálogo prevaleceu! O PLC 165 que estamos votando é fruto do diálogo. Tivemos várias reuniões com o líder do governo, Frederico Antunes, com o Secretário Chefe de Casa Civil e vários outros líderes com quem tratamos esta matéria sempre com o objetivo de garantir aprovação do projeto. Nos resta agora exigir que o governo preencha os quadros, principalmente os quadros da Segurança Pública que precisam de mais servidores para garantir presteza e qualidade no serviço”.
Frederico cumprimentou os colegas que propuseram o projeto e disse que esta matéria demanda muito interesse do governo estadual pelo compromisso que ela tem para além do Parlamento, mas principalmente para com a sociedade gaúcha. O Projeto foi aprovado por 53 votos favoráveis e nenhum contrário.
Com informações da ALRS.

MP recomenda e município de Goiás exonera servidores em situação de nepotismo

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Acolhendo recomendação do Ministério Público de Goiás (MPGO), o prefeito de Piranhas Marco Rogério Cândido Leite exonerou dois servidores nomeados em comissão e que são parentes do secretário municipal de Administração, Sebastião Francisco da Silva Júnior.

Na recomendação, expedida pelo promotor de Justiça João Luiz de Morais Vieira, foi destacado o teor da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), que veda a prática do nepotismo na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Conforme o texto da súmula, enfatizado no documento enviado ao prefeito, “a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal”.

O promotor alertou ainda na recomendação, que, na jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a prática de nepotismo configura grave ofensa aos princípios da administração pública, em especial aos princípios da moralidade e da isonomia, enquadrando-se, dessa maneira, no artigo 11 da Lei nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa).

O ofício foi enviado ao prefeito em 23 de junho, tendo os decretos de exoneração sido publicados em 1º de julho. A comunicação dos atos ao MP ocorreu na semana passada.

Com informações do MPGO.

Alagoas pretende convocar aprovados nos novos concursos até início de 2022, afirma secretário

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Ciclo de concursos está ofertando mais de 6 mil vagas para a população, explica Fabrício Marques; nesta semana, três editais foram lançados

O secretário do Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos, afirmou, em entrevista que o Governo de Alagoas vai convocar todos os candidatos aprovados no Ciclo de Concursos ainda dentro deste governo. Com os certames, o Estado deve receber mais de 6 mil novos servidores até o início de 2022.

“Nossa missão é chamá-los imediatamente. Esperamos finalizar toda a seleção até o final do ano para que possamos convocar todos os candidatos até o início do ano que vem. Estamos correndo contra o tempo para selecionar os melhores quadros, que vão nos ajudar a estruturar as políticas públicas para essa década. Com trabalho sério, proximidade e dedicação, é possível mudar a realidade e melhorar as condições de vida do povo alagoano”, pontuou o titular da Seplag.

Nesta semana, três editais do Ciclo foram divulgados pela Secretaria do Planejamento: o da Secretaria da Educação, o da Secretaria da Fazenda e o da Procuradoria Geral do Estado, lançado hoje (09). Além deles, também já estão disponíveis os editais para o concurso da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Secretaria de Ressocialização, da Secretaria da Saúde e da Polícia Civil.

Desenvolvidos pelo Núcleo de Concursos Públicos (NCP) da Seplag, todos os certames têm o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) como banca organizadora. Para realizar as inscrições, os candidatos devem acessar o site https://cebraspe.org.br/. Assim como na realização dos certames anteriores, as provas terão aplicação tanto em Maceió, como em Arapiraca.

Para conferir os editais e saber mais sobre os concursos, basta clicar aqui.

Com informações da Seplag-AL.

Mais de 1.800 vagas! Polícia Militar de Minas Gerais está com inscrições abertas em três editais

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O Estado de Minas Gerais publicou recentemente três editais de concursos para a Polícia Militar. São mais de 1.800 chances para a carreira, distribuídas em cargos de nível superior para soldados, oficiais e áreas da saúde. Todos estão com inscrições abertas entre julho e agosto e há vagas para homens e mulheres. Os salários variam entre R$3.962,23 e R$ 10.028,29.  

PMMG para soldados

O edital da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) para soldados oferece 1.653 para a função, que requer nível superior em qualquer área.  Do quantitativo total, 169 são para mulheres e 1.484 para homens.
Além do nível superior, candidatos devem ter idade máxima de 30 anos e altura mínima de 1.60. Ao serem contratados, os soldados receberão ganhos iniciais de R$3.962,23 para jornada de 40 horas semanais.
As inscrições poderão ser feitas até 14 de julho, unicamente pelo site da PMMG. A taxa de participação é de R$ 92,62. A solicitação de isenção poderá ser solicitada por inscritos no CadÚnico e membros de família de baixa renda entre 14 e 15 de junho.
Os inscritos realizarão a prova objetiva em 15 de agosto, composta por 40 questões. O exame irá cobrar língua portuguesa, direito penal, direito constitucional, direito penal militar, estatística, direitos humanos e legislação extravagante.  Além da avaliação, os profissionais também passarão por avaliação médica, controle fisiológico, teste de aptidão física e avaliação psicológica. As etapas poderão ser aplicadas em Belo Horizonte e na região metropolitana. Saiba mais!

PMMG para oficiais

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) abriu um novo concurso para ingresso no Curso de Formação de Oficiais (CFO). São 120 vagas, sendo 108 são para homens e 12 para mulheres. Para participar, é necessário ter graduação em Direito, idade entre 18 e 30 anos e altura mínima de 1,60m.
Ao ingressar no curso de formação, o aprovado é denominado ‘Cadete’. No primeiro ano, a remuneração é de R$6.519,44. Depois da formatura, o Cadete será declarado ‘Aspirante a Oficial’, com antiguidade definida segundo a ordem de classificação no CFO.

As inscrições abrem  seguem até 12 de agosto, pelo site da PMMG.  A taxa de participação é de R$ 22,57.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e dissertativas e avaliações psicológicas, avaliação física, prova oral e provas de título.  As avaliações objetivas e dissertativas estão marcadas para 12 de setembro, a partir das 8h30. E,  poderão ser aplicadas nos municípios de: Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre, Poços de Caldas e Sete Lagoas. Saiba mais aqui!

PMMG para saúde

Estão abertas 30 vagas imediatas para as funções, que requerem nível superior em medicina com especialização em diversas áreas. cPodem participar médicos de clínica médica, neurologia, neurocirurgia, cirurgia plástica, cirurgia geral, pediatria, ginecologia, anestesia e psiquiatria. Após contratados, os profissionais terão ganhos de R$ 10.028,29 para atuação em várias cidades de MG.
As inscrições já estão abertas e serão aceitas até 29 de julho, pelo site da PMMG. Os interessados também podem se inscrever de forma presencial nas unidades militares do estado, das 08h30 às 12h e das 13h às 17h. A taxa de participação é de R$200,57.
Os candidatos passarão por prova objetiva, prova de títulos, avaliação física militar e avaliação psicológica. A primeira etapa, composta por provas objetivas, está prevista para 29 de agosto, às 8h30. O exame contará com 40 questões de múltipla escolha acerca de direitos humanos, língua portuguesa, ética médica e conhecimentos específicos da especialidade designada.  Saiba mais!

Concurso Polícia Penal do DF: Economia explica como está o processo rumo ao edital

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Após o presidente do Sindicato de Polícia Penal do DF, Paulo Rogério da Silva, afirmar que o novo concurso com 1.179 vagas para a Polícia Penal deve sair no último trimestre deste ano, a Secretaria de Economia do DF reforçou ao Papo de Concurseiro que o certame já foi autorizado e que agora está na fase de cumprimento das exigências legais. “As próximas etapas do certame serão publicados no Diário Oficial”, disse.

O cargo exige formação em nível superior em qualquer área e deve oferecer salários iniciais de R$ 4.745. E, o certame será composto de prova objetiva, teste de aptidão física, avaliação psicológica, investigação social e vida pregressa e curso de formação.

Segundo o sindicato, a seleção é urgente e visa preencher a carência de efetivos no sistema penitenciário. “O número total de vagas na carreira são 3 mil. Hoje, temos preenchidos um pouco acima de 50%. A luta do sindicato é que chamem, com urgência, os 1.179 o mais rápido possível, dada a carência de efetivo no sistema penitenciário do DF”, alegou o sindicato. Segundo a entidade, o Governo do DF espera convocar os servidores de vagas imediatas até junho de 2022.

Último concurso em 2014

O último concurso para a ocupação de agente de execução penal (atual policial penal) foi realizado em 2014. A ocasião contou com a oferta de 1.100 oportunidades, sendo 200 imediatas e 900 para cadastro reserva. Os inscritos foram avaliados mediante aplicação de provas objetivas, teste de aptidão física, avaliação psicológica e sindicância de vida pregressa e investigação social.

Nas provas objetivas, foram cobradas 150 questões de certo e errado sobre conhecimentos básicos e específicos. Por fim, os aprovados passaram pelo curso de formação profissional.

 

Concurso TJDFT: Tribunal estuda áreas com mais necessidades de servidores

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

É possível que esta semana ainda seja marcada por novidades sobre um novo concurso para o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios. Isso porque o presidente do órgão, Romeu Gonzaga Neiva, voltou a afirmar a necessidade do certame e disse que vai trabalhar para apresentar a minuta do edital. “Vamos fechar o projeto para fazer um concurso público para servidores”, disse durante uma reunião.. 

Ele explicou que o TJDFT está com déficit de efetivos e que existem inúmeras aposentadorias. 

Além disso, ressaltou que a  situação é difícil também porque outros tribunais com concursos abertos não querem ceder servidores. “O problema de falta de servidores está na raiz de tudo. Vamos tentar resolver”.

À coluna, o TJDFT afirmou apenas que está fazendo estudos para levantamento das necessidades de servidores em áreas específicas e posterior elaboração de um edital, mas ainda não há data definida para publicação.

De qualquer forma, esse é o primeiro passo para abertura do concurso público. O tribunal ainda terá que verificar a disponibilidade orçamentária, elaborar o edital e realizar a licitação para contratar a banca organizadora.

E, não é a primeira vez que o presidente Romeu Gonzaga Neiva fala sobre o assunto. Recentemente, ele disse que com a mudança do atendimento para o ambiente virtual e com servidores trabalhando de casa, as carreiras ficaram obsoletas e, com isso, há a necessidade de novos concursos. “Nossa ideia é viabilizar um concurso no segundo semestre, mas isso ainda estamos estudando”.