Concurso da PCDF para área de apoio é previsto na LDO 2022

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, PCDF, Polícia civil

Karolini Bandeira*- Um novo concurso público para o quadro de apoio da Polícia Civil do Distrito Federal poderá ser realizado em 2022! A previsão consta no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2022, que foi aprovada na Câmara Legislativa na última terça-feira (29/6).

O concurso consta na LDO com a oferta de 260 vagas, distribuídas entre os cargos de gestor de apoio às atividades policiais civis, com 60 vagas; e analista de apoio às atividades policiais civis, com 200 vagas. A LDO 2022 ainda precisa passar pela sanção do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Ao todo, a LDO 2022 prevê 11.644 vagas para provimento em concursos no Distrito Federal, e outras 4.023 para criação. Do quantitativo de provimento, 11.532 são para o Poder Legislativo e 112 para o Legislativo. Saiba mais aqui!

PCDF retomado

O concurso público da PCDF, com 2.100 vagas para agentes e escrivães, foi retomado neste mês, após ser suspendo devido à pandemia. As provas objetivas e a prova discursiva para o cargo de escrivão terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas em 21 de agosto, no turno da tarde. Para o cargo de agente de polícia, o exame será realizado em 22 de agosto, também com duração de 4 horas e 30 minutos.

Em 13 de agosto, será publicado no Diário Oficial e divulgado no site do Cebraspe o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas, as medidas de proteção para evitar a transmissão do vírus covid-19, bem como as demais datas de realização do concurso.

De acordo com o Cebraspe, mais de 88 mil candidatos realizaram a inscrição para o cargo de agente e mais de 52 mil para o cargo de escrivão. Confira aqui dicas de estudo para o certame! 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

 

Mais de mil servidores serão contratados ainda este ano para as forças de segurança do DF

Publicado em Deixe um comentáriocarreira militar, Carreira policial, CBM, Distrito Federal, DOU, GDF, Governo federal, Lei Orçamentária, PCDF, PMDF, Poder Executivo, Polícia civil

Serão admitidos mais 1.428 servidores em 2021, segundo a Lei Orçamentária

O Diário Oficial da União (DOU), desta terça-feira (29/6), trouxe alguns ajustes na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021. O documento, que estima as despesas e receitas da União para o próximo ano, autorizou a contratação de novos efetivos para atuar nas forças de segurança do Distrito Federal.

O Orçamento da União prevê a contratação de mais 1.428 novos servidores, sendo 750 para a Polícia Militar (PMDF); 378 para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e 300 para a Polícia Civil (PCDF).

Com a sanção da lei, a estimativa é a de que a despesa anualizada seja de R$ 38 milhões para o CMBDF, R$ 45 milhões para a PMDF e a R$ 24 milhões para a PCDF, o que totalizaria R$ 107 milhões de impacto anual nas contas públicas.

Em abril, o governo federal vetou o provimento de cargos na carreira militar e justificou dizendo que seria por “motivos fiscais”. Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, as admissões não estavam autorizadas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias e também não possuíam espaço na receita.

Leia também

Orçamento prevê R$ 350 mil para concurso do Tribunal de Contas de TO em 2021

São Paulo: PLOA 2021 prevê novo concurso para a Procuradoria Geral

Lei Orçamentária tem 16.337 vagas a mais do que o previsto pelo Congresso

Dois meses para o concurso da PCDF! Delegado e especialista ensina como estudar para provas

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Dicas de estudo, Distrito Federal, GDF, PCDF, Polícia civil

Saiba em quais disciplinas focar e como se preparar nessas últimas semanas antecedentes ao exame

Karolini Bandeira*- Os inscritos no concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) têm mais dois meses de preparação antes da realização das provas. Após quase um ano de suspensão, o certame foi retomado e a etapa está prevista para 21 e 22 de agosto. Para auxiliar os candidatos nesse período, o Papo de Concurseiro entrou em contato com o delegado da PCDF e coordenador da área policial do Gran Cursos Online, Érico Palazzo, que deu dicas imperdíveis para quem irá disputar uma das 2.100 vagas da corporação. Confira!

Para quais disciplinas estudar?

Nesses últimos meses de estudo, Palazzo recomenda que, tanto para o cargo de escrivão quanto para agente, a revisão seja focada em português, informática e raciocínio lógico: “São duas provas com conteúdo muito bem distribuído entre várias disciplinas. Temos aí, como as mais importantes: português, raciocínio lógico e informática. Essas tendem a ser as disciplinas com o maior número de questões. São disciplinas que os alunos devem se atentar agora nessa reta final, estudá-las com mais frequência.”

Hora de revisar

Desde a publicação dos editais de abertura, os inscritos do concurso da PCDF tiveram pouco mais de um ano para se prepararem. Para Palazzo, o ideal agora é apostar nas revisões de todos os conteúdos já estudados. “A ampla maioria dos candidatos já concluiu o edital, já viu e já estudou tudo o que tinha para estudar. Agora, vai ser um momento de revisão. Como que faz essa revisão? A revisão é feita em cima do material que foi produzido pelos próprios alunos. Sejam mapas mentais, flashcards, resumos… Use esses materiais de revisão”, indicou o especialista.

O profissional ressaltou, também, o treino com questões objetivas como parte da rotina do candidato. Os itens também devem ser feitos para a área de Direito. “Estamos a dois meses da prova, muitas questões precisam ser realizadas. As principais disciplinas são português, raciocínio lógico e informática, que devem ter um maior número de itens. Só que a parte do Direito também vem muito forte. Ao contrário do que aconteceu na [prova da] Polícia Federal, que foram poucas questões sobre Direito, na prova da PCDF a gente deve ter um quantitativo em torno de oito, às vezes dez, itens por disciplina do Direito”, disse. E completou: “Direito constitucional, direito administrativo, penal, processual penal e direitos humanos. Estas são cinco disciplinas que são bem relevantes e que o aluno não pode deixar de lado. Não pode correr o risco de achar que na PCDF vai ser cobrado tão pouco Direito como foi na prova da Polícia Federal.”

Além de realizar questões sobre as áreas, o delegado indicou estudar a Constituição Federal, as leis previstas, o Código Penal e o Código de Processo Penal.

Agora é foco!

Com o longo período de suspensão e sensação de incerteza, é natural que alguns candidatos diminuam o ritmo dos estudos. Nesses casos, o inscrito pode tentar repor o tempo perdido intensificando a rotina de preparação. “Uma coisa que é importante falar, até para motivar a maioria dos candidatos que forem fazer a prova: a gente deve ter um índice recorde de abstenção nessa prova em virtude dessa demora da realização das provas. Os candidatos que estão decididos a fazer a prova e veem nisso uma oportunidade, nessa reta final devem sim intensificar a quantidade de estudos. Quem estava estudando quatro ou cinco horas por dia, se possível, deve aumentar isso para seis, sete, oito horas líquidas por dia”, aconselhou Érico. O especialista assumiu que essa não é uma tarefa fácil de fazer, mas lembrou: “Cada minuto agora é valioso.”

O planejamento pode ser facilitado com o auxílio de cursos preparatórios, que têm intensificado os estudos e oferecem aulas gratuitas para o concurso. “É muito interessante assistir a essas aulas porque os professores vão dando dicas e relembrando os pontos mais importantes que, às vezes, o aluno pode ter se esquecido”, indicou o delegado. Para ele, a realização de simulados também é crucial nesse momento. “Buscar realizar simulados o máximo possível. O Gran Cursos Online mesmo tem simulados gratuitos todos os fins de semana, então os alunos e não alunos podem acessar, baixar e realizá-los. É muito importante fazer simulados para ver exatamente como que vai acontecer no dia da prova”, apontou.

O concurso

O concurso público da PCDF, com 2.100 vagas para agentes e escrivães, foi retomado neste mês, após ser suspendo devido à pandemia. As provas objetivas e a prova discursiva para o cargo de escrivão terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas em 21 de agosto, no turno da tarde. Para o cargo de agente de polícia, o exame será realizado em 22 de agosto, também com duração de 4 horas e 30 minutos.

Em 13 de agosto, será publicado no Diário Oficial e divulgado no site do Cebraspe o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas, as medidas de proteção para evitar a transmissão do vírus covid-19, bem como as demais datas de realização do concurso.

De acordo com o Cebraspe, mais de 88 mil candidatos realizaram a inscrição para o cargo de agente e mais de 52 mil para o cargo de escrivão.

Agente

O concurso para agente de polícia reserva 600 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva. Para estas vagas, foram contabilizadas 88.894 inscrições no total, resultando em uma demanda de 148.16 candidatos por vaga. Além disso, foram registradas 864 inscrições para vaga de candidatos com deficiência 15.528 na condição de cotista.

Podem participar candidatos com diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC); e que tenham carteira de habilitação de categoria B, no mínimo, entre outros requisitos.

O subsídio é de R$ 8.698,78, para 40 horas de trabalho semanal (o regime de trabalho é de dedicação integral e exclusiva, incompatível com o exercício de qualquer outra atividade pública ou privada).

Escrivães

O concurso para agente de polícia reserva 300 vagas imediatas. Foram 52.636 candidatos inscritos na seleção. Ou seja, uma concorrência de mais de 175 candidatos por vaga. Do total de chances, 225 são de ampla concorrência, 60 para negros e 15 para pessoas com deficiência. O salário inicial é de R$ 8.698,78, para 40 horas semanais de trabalho.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

 

 

Datas do concurso serão definidas esta semana, informa delegado-geral da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Distrito Federal, PCDF, Polícia civil

Karolini Bandeira*- Ainda esta semana poderão ser divulgadas novas informações sobre a retomada do concurso público da Polícia Civil do Distrito Federa (PCDF)l! A informação foi anunciada pelo delegado-geral da instituição, Robson Cândido, em suas próprias redes sociais.

Em comentário feito em publicação, o delegado divulgou que esta semana haverá uma reunião para definir as datas do cronograma do certame. “A PCDF está ansiosa pela chegada de todos(as) vocês”, escreveu o representante.

Reprodução/Redes

Na última semana, o delegado-geral também utilizou suas redes para comentar sobre o certame, suspenso devido à pandemia de covid-19. Na publicação, o policial anunciou que em breve haverá notícias sobre a seleção e aconselhou: “Continuem os estudos!”

O delegado-geral já havia publicado sobre a retomada da seleção em maio. No último dia 23, Cândido anunciou em postagem nas redes que a corporação está “trabalhando para realização dos concursos”.

Advogado fala de retomada das provas em julho

De acordo com o advogado José da Silva Moura Neto, conhecido por tratar sobre concursos públicos e pedir o adiamento das provas da PF e PRF, as provas do concurso da PCDF  podem ser retomadas já no próximo mês.

“Segundo fontes do alto escalão da Secretaria de Economia do Distrito Federal e de servidor da mesma hierarquia da antiga SEPLAG, as provas da PCDF serão aplicadas em alguma das seguintes datas 24 de julho ou 1º de agosto”, informou pelas redes sociais.

O concurso

O órgão está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Concurso da PCDF com 2.100 vagas pode ser retomado nos próximos dias. Entenda!

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Distrito Federal, GDF, PCDF

Karolini Bandeira*- O concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) pode estar próximo de ser retomado e o anúncio poderá ser feito nos próximos dias! Em resposta ao Papo de Concurseiro, a assessoria do órgão confirmou que, para que o certame seja retomado, o diretor da Escola Superior aguarda um posicionamento do delegado-geral da PCDF, Robson Cândido.

O posicionamento do delegado, segundo a corporação, será divulgada nos próximos dias. “Não podemos, no entanto, precisar a data”, declarou a assessoria.

Nesta segunda-feira (31/05), o delegado-geral utilizou, mais uma vez, suas redes para comentar sobre o certame, suspenso devido à pandemia de covid-19. Na publicação, o policial anunciou que em breve haverá notícias sobre a seleção e aconselhou: “Continuem os estudos!”

“Estamos trabalhando para realização dos concursos”, anunciou Cândido

O delegado-geral já havia publicado sobre a retomada da seleção em maio. No último dia 23, Cândido anunciou em postagem nas redes que a corporação está “trabalhando para realização dos concursos”.

O órgão está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Em breve sairão novidades sobre o concurso da PCDF, informa diretor-geral

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Distrito Federal, PCDF, segurança

“Continuem os estudos”, aconselhou o servidor aos candidatos

Karolini Bandeira*- Atenção! O concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) pode estar próximo de ser retomado! Mais uma vez, o delegado-geral da corporação, Robson Cândido, utilizou suas redes para comentar sobre o certame, suspenso devido à pandemia de covid-19. Desta vez, o policial anunciou que em breve haverá notícias sobre a seleção. E aconselhou: “Continuem os estudos!”

Veja!

Reprodução/Redes

“Estamos trabalhando para realização dos concursos”, anunciou Cândido

O delegado-geral já havia publicado sobre a retomada da seleção em maio. No último dia 23, Cândido anunciou em postagem nas redes que a corporação está “trabalhando para realização dos concursos”.

O órgão está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

STJ nega nomeação a candidatos aprovados na PCDF fora do número de vagas previsto

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, PCDF, STJ

Karolini Bandeira*- A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que um único candidato ou um grupo de candidatos aprovados em concursos públicos não implica alteração do número de vagas previstas no edital de abertura dos certames. Com esse entendimento, o colegiado negou a nomeação de quatro candidatos ao cargo de médico legista no concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) de 2014 que alegavam direito à convocação mesmo não tendo sido classificados dentro do número de vagas oferecidas.

Os ministros seguiram a orientação de que os candidatos aprovados fora do número de vagas do edital, tanto imediatas quanto para formação de cadastro reserva, não têm direito à nomeação, mesmo após o surgimento de novas vagas no serviço público, ficando a critério da administração o preenchimento dos cargos em vacância.

Entenda o caso

O edital do concurso para médico-legista ofereceu 20 vagas imediatas e outras 40 para o cadastro de reserva, sendo uma dessas para pessoa com deficiência. Segundo o processo, cinco candidatos foram incluídos na lista dos aprovados por força de decisões judiciais.

Segundo os candidatos que solicitaram a nomeação, classificados do 61º ao 64º lugar no concurso, o número de vagas teria subido de 60 para 65 após as decisões judiciais. Como quatro candidatos em posição superior à deles foram convocados, mas desistiram de tomar posse, os aprovados alegaram que teriam direito à posse das vagas, pois estariam entre os primeiros 65 colocados da lista.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) negou o mandado de segurança, já que eles foram aprovados fora das 20 vagas previstas no edital e até mesmo das 40 do cadastro de reserva. Por isso, concluiu o relator do caso, ministro Sérgio Kukina, “não há falar em preterição arbitrária por parte da administração pública, ao considerar, no cômputo das nomeações, o número de vagas originariamente ofertado”.

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

“Estamos trabalhando para realização dos concursos”, anuncia delegado-geral da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Distrito Federal, PCDF, suspensão

Karolini Bandeira*- Após a realização das etapas presenciais dos certames da Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) também se movimenta para que os dois concursos públicos da corporação, suspensos devido à pandemia, tenham continuidade.

A informação foi comunicada pelo delegado-geral da PCDF, Robson Cândido, em postagem nas redes. “Estamos trabalhando para realização dos concursos da PCDF”, escreveu o delegado na noite deste domingo (23/05).

O órgão está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

 

 

 

*Estagiparia sob supervisão de Mariana Niederauer

Entenda o que muda na estrutura da PCDF com aprovação de MP

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Distrito Federal, GDF, PCDF

Karolini Bandeira*- Aprovada no Senado na última terça-feira (11/05), a Medida Provisória 1014/2020 permite a reorganização básica da estrutura da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Com a aprovação da MP, o governo do DF poderá intervir em alguns pontos da corporação.

Saiba o que muda

A União ainda será responsável por definir as linhas gerais de organização e funcionamento da corporação, mas o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, poderá, a pedido do delegado-geral, realocar cargos em comissão, se não houver aumento nas despesas. Caso haja aumento de gastos, a modificação nos cargos poderá ser realizada por lei distrital de iniciativa do governador.

A MP foi alterada pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir três leis sancionadas pelo governo do DF sobre a organização da Polícia Civil que foram consideradas inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A medida aprovada ainda precisa ser sancionada pelo presidente.

Saiba todos os detalhes da medida aqui! 

Concursos da PCDF seguem suspensos

A PCDF está com dois concursos públicos em andamento suspensos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

Panorama de concursos no DF: confira as autorizações e movimentações dos editais

Publicado em Deixe um comentárioautorização, BRB, cadastro reserva, carreira bancária, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Distrito Federal, DODF, educação, Entorno, GDF, Ibaneis Rocha, PCDF, Saúde, segurança

Fique por dentro de tudo:

 

Karolini Bandeira*- Você está atualizado sobre todas as movimentações, autorizações e suspensões de concursos públicos no Distrito Federal? Não? Então esta lista é para você! Atualmente, a capital federal tem 14 concursos autorizados, sete previstos e cinco suspensos, com chance para todos os níveis de escolaridade. Não perca tempo, saiba abaixo todos os detalhes e informações oficiais já confirmadas sobre os certames!

Concursos autorizados

Em fevereiro, o secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, autorizou a realização de concursos públicos para 14 carreiras diferentes! São eles:

  • Apoio às Atividades Policiais Civis – Polícia Civil do DF (PCDF)
  • Assistência Pública à Saúde – Secretaria Estadual de Saúde do DF (SES DF)
  • Atividades de Defesa do Consumidor – Procon DF
  • Atividades de Trânsito – Detran DF
  • Auditoria de Atividades Urbanas – Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística
  • Cirurgião dentista – SES DF
  • Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária –  Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri DF)
  • Enfermeiro – SES DF
  • Gestão de Resíduos Sólidos – Serviço de Limpeza Urbana do DF (SLU DF)
  • Médico – SES DF
  • Planejamento Urbano e infraestrutura⠀
  • Auditoria de Controle Interno – Controladoria-Geral do DF (CGDF)
  • Assistência à Educação – Secretaria de Educação do DF (SEDF)
  • Magistério – SEDF

Entretanto, segundo a Portaria, a realização das seleções ainda deverá depender de uma novo autorização prévia da pasta.

Previstos

Procon DF

Segundo o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon DF), provimento dos cargos está previsto para setembro de 2021, condicionado à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício. “A previsão é de que seja lançado edital ainda esse ano”, informou a instituição ao Papo de Concurseiro. A comissão organizadora do concurso está definida desde 2019.

Ainda segundo o Procon, o próximo concurso terá 174 vagas efetivas para nível médio e nível superior! Do quantitativo total, 69 serão de caráter imediato, enquanto as outras 105, para formação de cadastro reserva. Saiba mais!

Detran DF

Em publicação feita no Instagram, o diretor do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran DF), Zélio Maia, anunciou que encaminhou ofício ao secretário de Economia solicitando instruções para realização de concurso público. “Caminhamos a passos largos para possibilitar a realização do certame”, ressaltou o diretor. Veja!

BRB

O próximo concurso público do Banco de Brasília (BRB) foi autorizado pelo presidente da instituição, Paulo Henrique Costa, dia 1° de março. De acordo com o anúncio, o concurso será lançado no segundo semestre de 2021 e ofertará 100 vagas, sendo 50 imediatas e 50 para o cadastro de reserva, para a carreira de Tecnologia da Informação (TI). Em resposta ao Papo de Concurseiro, o banco informou que com a autorização para a realização de novo concurso, o órgão segue, agora, com os procedimentos para contratação da banca que vai realizar o certame. Saiba mais!

MPDFT

Autorizado recentemente, o próximo concurso público do  Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) já tem comissão organizadora definida! A equipe, composta pelos promotores de justiça Thaienne Nascimento Fernandes e André Luiz Cappi Pereira, ficará responsável pelas tramitações do concurso e estudo inicial. De acordo com informações da assessoria, as oportunidades serão para o cargo de promotor de Justiça adjunto. Profissionais da área recebem salário de R$ 32.004,65. Confira os detalhes!

Zoológico de Brasília

Em abril de 2020, a diretora-presidente da Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB – pertencente à Secretaria de Estado de Meio Ambiente) formalizou a comissão organizadora do grupo de trabalho que será responsável pela atualização processual para abertura de um novo concurso público.

Em resposta ao Papo de Concurseiro, a Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB) informou que ainda não foi notificada pelo Ministério Público de Contas do Distrito Federal com relação a concurso público. “Apesar disso, a FJZB destaca que um grupo de trabalho formado por servidores estuda a viabilidade de um possível certame para a instituição e qualquer novidade sobre o assunto será repassado à imprensa e ao público”, pontuou.

Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania

Na Lei de Diretrizes Orçamentárias do Distrito Federal para 2021 (LDO 2021), há o indicativo de que a Sejus DF poderá preencher, este ano, 375 vagas para os cargos de especialista, agente e técnico socioeducativo. As funções são de níveis médio e superior. A remuneração dos cargos vai de R$4.936,06 a R$11.238,21.

Agepen

Foi autorizado pela Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal (SEEDF), em fevereiro de 2020, um novo concurso público para Agepen DF. A previsão é de que sejam 1.179 vagas de agentes de execução penal, sendo 400 para provimento imediato e 779 para formação de cadastro de reserva. Saiba mais!

 

Suspensos

Defensoria Pública do Distrito Federal

Suspenso devido à pandemia de covid-19, o edital de abertura do concurso público da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) oferece 60 vagas de nível superior, além de formação de cadastro reserva, para analistas de apoio à assistência judiciária. As chances foram distribuídas em 13 áreas distintas de atuação e a remuneração inicial é de R$ 5,2 mil para os aprovados. O Cebraspe é a banca organizadora do certame, que deve ter retorno no próximo ano. Saiba mais!

Procuradoria-Geral do Distrito Federal

O concurso da Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) para analistas e técnicos está suspenso desde março de 2020 devido à pandemia. São, ao todo, 100 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva, para os cargos de analista jurídico (nível superior) e técnico jurídico da carreira de apoio às atividades jurídicas (nível técnico). Os salários são de R$ 4.720,00 para técnicos e R$ 7.320 para analistas, para 40 horas de trabalho semanal. O certame é organizado pelo Cebraspe. Veja!

Também foi autorizado, em maio do ano passado, um concurso público da PGDF com 130 oportunidades, sendo 65 vagas imediatas para o cargo de procurador do DF, além de 65 vagas para formação de cadastro reserva. A autorização foi publicada no Diário Oficial (DODF), em uma portaria assinada pelo secretário de Estado de Economia do Distrito Federal, André Clemente de Oliveira. Saiba mais! 

Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal

O concurso da Adasa DF foi outro certame adiado devido à insegurança na saúde pública durante a pandemia. O edital, que tem o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) como organizador, disponibiliza 75 vagas, 25 para provimento imediato e 50 para formação de cadastro reserva. As chances são para pessoas com nível médio e/ou superior. São dois cargos oferecidos: regulador de serviços públicos, de nível superior, com salário inicial de R$ 10 mil e 40 horas de trabalho semanal e técnico de regulação de serviços públicos, de nível médio, com salário inicial de R$ 4.300, também para 40 horas de trabalho semanal. Saiba mais!

Polícia Civil do Distrito Federal

Suspensos pela segunda vez em decorrência do aumento de casos de coronavírus, os dois concursos públicos da PCDF oferecem 2.100 vagas: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

Tribunal de Contas do DF

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) suspendeu, em março do último ano, a continuação do concurso para auditores de controle externo. Tão logo seja retomado, o certame ofertará novamente 10 vagas de provimento imediato além de formação de cadastro de reserva. A remuneração é de de R$ 16.673,35. Saiba mais! 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer