STF permite que candidata excedente, aprovada em cadastro reserva, seja nomeada em vaga imediata

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Excedente, Goiás, STJ, Tribunal de Justiça

Em primeira instância, o TJGO entendeu que o surgimento de novas vagas não dá o direito à nomeação dos candidatos aprovados em cadastro de reserva

 

Karolini Bandeira*- O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconheceu o direito à nomeação imediata a uma médica aprovada em cadastro reserva para o cargo de médica clínica. A nomeação foi possibilitada porque, de acordo com a Segunda Turma do STJ, a candidata foi incluída nas vagas previstas do edital após haver uma nomeação tornada sem efeito e uma exoneração.

A candidata havia disputado uma das duas vagas imediatas abertas para o cargo do quadro do Poder Judiciário de Goiás. No concurso, a profissional se classificou apenas na quarta colocação, compondo o quadro reserva para a função. Depois, o ato de nomeação do primeiro colocado foi tornado sem efeito e o terceiro colocado, após nomeado, foi exonerado. Todavia, mesmo estando dentro do número de vagas previsto, a médica não foi convocada pelo órgão.

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) entendeu que o surgimento de novas vagas (além das já previstas no edital), durante o prazo de validade do concurso, não dá o direito à nomeação dos candidatos aprovados em cadastro de reserva. O relator no STJ, ministro Mauro Campbell Marques, porém, considerou no recurso que a candidata tinha o direito de reclassificação:

“Se, embora o concorrente tenha se classificado originalmente fora do número de vagas oferecidas, essa situação alterar-se em razão de fatos posteriores – como desistência, exoneração, falecimento ou posse tornada sem efeito, por exemplo, de candidatos mais bem classificados –, ocorridos dentro do prazo de validade do concurso, a reclassificação eventualmente decorrente disso e a inserção dele no rol de contemplados com o número de vagas oferecidas atribui-lhe o direito público subjetivo à nomeação.”

Assim, a Segunda Turma do STJ reconheceu, por unanimidade, o direito à nomeação. No entanto, o reconhecimento da posse, como solicitado pela candidata, não foi feito, porque é preciso que a administração verifique outros requisitos legais para o ingresso no cargo. Veja o acórdão aqui. 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

TCE/SC revoga suspensão de edital com 40 vagas de nível superior

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos, Tribunal de contas

Karolini Bandeira*- Publicada no Diário Oficial de Santa Catarina desta segunda-feira (18/1), a Portaria 001/2021 revoga a determinação de suspensão do concurso público do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC) para auditores. A portaria revogada estabelecia medidas administrativas de contingenciamento dos gastos durante a pandemia de covid-19.

 

Veja abaixo:

Reprodução/DOESC

 

Em dezembro de 2019, o presidente do TCE SC, conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, divulgou que serão 40 vagas imediatas para o cargo de auditor fiscal de controle externo, além de 120 vagas por formação de cadastro reserva. A comissão organizadora, definida também em 2019, apontou a necessidade do preenchimento de vagas no cargo de auditor fiscal de controle externo para as habilitações em administração, ciências da computação, ciências contábeis, ciências econômicas, direito e engenharia. Saiba mais!

 

Último concurso foi há cinco anos

Realizado em 2015, o último concurso ofertou 50 vagas para o cargo de auditor fiscal de controle externo. Os candidatos puderam optar entre as áreas de administração, contabilidade, direito, economia, engenharia civil e informática. O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi a banca organizadora. A seleção foi realizada por provas objetivas e avaliação de títulos, tendo sido realizadas em Florianópolis/SC.

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Autorizado para 4.000 vagas, concurso Seeduc/RJ já tem data de lançamento prevista

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos, educação

Foi confirmado, ainda, que serão 500 vagas imediatas e 3.500 para formação de cadastro reserva

 

Karolini Bandeira*- Anunciado em dezembro de 2020, pelo secretário estadual da Educação do Rio de Janeiro, Comte Bittencourt, o próximo concurso público da Secretaria Estadual da Educação do Estado (Seeduc/RJ) agora está autorizado e já tem data de lançamento! Durante transmissão ao vivo, feita nas redes sociais do Governo do Rio de Janeiro, Bittencourt e o governador do Rio em exercício, Cláudio Castro, anunciaram que o edital será divulgado em março com a oferta de 4.000 vagas!

De acordo com o anúncio, as vagas serão para o cargo de professor I. Foi confirmado, ainda, que serão 500 vagas imediatas e 3.500 para formação de cadastro reserva. “Estamos abrindo em março o concurso para o cargo de professor I com carga horária de 16h. Serão 500 vagas para chamadas imediatas para suprir as necessidades dos docentes no segundo semestre,” informou o governador Cláudio Castro.

Em 2020, o secretário da Educação falou que o plano é que os professores sejam contratados no meio do ano: “O governador já liberou e terá concurso em 2021. Só para o magistério. Vamos trabalhar nossa planta de carências de disciplinas e regiões. Vamos abrir no começo do ano para que, no meio, possamos receber esses professores.”

O último concurso da Secretaria foi feito no início de 2020. Na ocasião, foram oferecidas 827 vagas temporárias para professores de diferentes áreas com remuneração de até R$ 2.211,25 para jornada de trabalho de 16 a 20 horas semanais. Os profissionais selecionados foram lotados em unidades de ensino fundamental e médio e unidades escolares prisionais e socioeducativas.

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

BRB anuncia mais convocações de aprovados e zera cadastro reserva de cargo

Publicado em Deixe um comentárioautorização, BRB, cadastro reserva, Distrito Federal

Dois cargos serão contemplados com a nova convocação do BRB, que sairá na semana que vem

 

O Banco de Brasília (BRB) anunciou que vai convocar a quinta turma de candidatos aprovados nos concursos públicos lançados em 2019. A convocação será publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) no próximo dia 18 de janeiro (segunda-feira) e serão 37 chamamentos, ao todo, sendo 25 escriturários e 12 analistas de TI.

De acordo com a instituição bancária, com a nova convocação, fica zerado o cadastro de reserva para a área de TI. Somado aos 207 convocados nas outras quatro turmas, chegará a 244 o número de novos empregados pelo BRB entre o ano passado e o início de 2021.

“Estamos trabalhando para o fortalecimento e expansão dos negócios do banco, por isso, decidimos convocar a quinta turma aprovada em concurso,” afirmou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. “Consideramos fundamental trazer mais profissionais que, somados ao nosso time atual, vão atuar para que o banco seja, cada vez mais, um banco completo, digital, ágil e inovador.”

Todos os 37 convocados da quinta turma serão submetidos avaliação médica e de entrega de documentos previstos em edital, sob responsabilidade do BRB. Eles ainda vão passar por um processo de integração e contratação virtual, em função da pandemia da covid-19, respeitando todos os protocolos de saúde.

O salário para o cargo de escriturário é de R$ 3.392, com carga horária de 30 horas semanais. Para o cargo de analista de TI, a remuneração mensal é de R$ 8.142.

 

Pedido para mais funcionários no BRB

A nova convocação é anunciada após alguns dias da realização de uma reunião entre os gerentes gerais do BRB e o Sindicato dos Bancários de Brasília, feita no final de dezembro, em que foram apontados, entre os problemas de gestão nas agências, a carência de servidores. De acordo com o relato dos gerentes, a quantidade de funcionários aprovados nos últimos concursos é insuficiente e as equipes continuam reduzidas. Saiba mais aqui. 

Após seis anos, CRMV/MS anuncia concurso público com 80 vagas

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos, Conselho Regional

As chances serão para candidatos com formações de níveis médio e superior. O órgão não lança concurso público há seis anos

Karolini Bandeira*- O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV/MS) confirmou o lançamento de um novo concurso público em 2021! De acordo com a instituição, serão ofertadas 80 vagas de nível médio e nível superior. As oportunidades de nível médio serão para a função de assistente administrativo e agente fiscal. Já quem tem nível superior poderá concorrer a vagas para médico veterinário, contador, técnico em informática, jornalista e advogado.

Segundo o presidente do CRMV/MS, Rodrigo Piva, só serão contratados de imediato um médico veterinário fiscal e dois agentes fiscais. Os demais cargos serão destinados ao cadastro reserva, que será válido por dois anos com possibilidade de prorrogação. “O Conselho precisa ampliar seu quadro de funcionários para atender a demanda atual. Precisamos de mais um médico veterinário que possa atender as demandas pontuais dos profissionais, auxiliando nas questões do dia a dia da profissão, bem como de mais fiscais para cobrir todo o nosso MS”, pontuou o presidente. Confira a distribuição de vagas por cargos, segundo o Conselho:

 

  • Médico veterinário Fiscal – 20 vagas
  • Zootecnista Fiscal – 5 vagas
  • Contador – 5 vagas
  • Técnico em informática – 5 vagas
  • Jornalista – 5 vagas
  • Advogado – 5 vagas
  • Agente fiscal – 15 vagas
  • Auxiliar administrativo – 20 vagas

 

Piva informou, também, que a comissão organizadora será formada em breve, assim como a contratação da banca organizadora responsável pelo concurso. De acordo com o presidente, mais informações sobre o andamento da seleção serão divulgadas no site do CRMV/MS.

 

Mais de seis anos sem concurso

Realizado em 2014, o último concurso público do CRMV/MS contou com dez vagas imediatas e formação de cadastro reserva para as funções de auxiliar administrativo, agente fiscal, veterinário, contador, jornalista, técnico em informática, advogado, recepcionista e auxiliar de serviços gerais. O certame foi organizado pela banca Fapec e constituído por prova objetiva com 40 questões sobre língua portuguesa, legislação, conhecimentos básicos e conhecimentos específicos. Aos contratados, foi oferecida remuneração no valor de até R$ 5.763. Saiba mais!

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Suspenso concurso em Goiás após série de irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Goiás, suspensão

De acordo com o Tribunal, o edital se contradiz em vários pontos; prefeito e presidente da comissão poderão ser multados

 

Karolini Bandeira*- Em Goiás, o concurso público da Prefeitura de Mozarlândia, com mais de 400 vagas para todos os níveis de escolaridade, foi suspenso novamente. Desta vez, a suspensão foi requerida pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado (TCMGO) devido à falha e irregularidades encontradas no edital de abertura do certame. De acordo com o TCM, além do documento apresentar erros nas etapas de avaliação, pré-requisitos e remunerações, foi descumprido o prazo de protocolização física do edital previsto em norma.

 

No acórdão  Nº 07267/2020, do TCM GO, foi apontado que o edital de abertura exigia, obrigatoriamente, a fase de prova de aptidão física aos cargos de agente de vigilância, executor de serviços gerais e gari. A etapa, entretanto, não é prevista na legislação municipal que regula as profissões.

 

Um equívoco também foi ressaltado no pré-requisito dos cargos de operador de máquinas e tesoureiro. No primeiro, o edital exige habilitação categoria “D”, enquanto em lei municipal não é exigida uma categoria específica. Já para o segundo cargo citado, a Lei nº 855/2017 conta, como pré-requisito, ensino superior completo em qualquer área e habilitação específica, enquanto o edital requere apenas ensino superior em qualquer área. No cargo de eletricista não foi diferente: enquanto o documento de abertura exige ensino fundamental completo, a lei municipal solicita somente ensino fundamental incompleto.

 

O acórdão também aponta falta de clareza quanto aos requisitos do cargo de gestor ambiental e sanitarista. Para o Tribunal, colocar como pré-requisito “ensino superior completo em área ambiental” é vago. Necessitando, portanto, “apresentar lei que defina quais os cursos de nível superior são considerados da área ambiental, exemplo, biologia, meteorologia, oceanografia, engenharia florestal, ecologia, agronomia, e, como consequência, retificar o edital de modo a indicar quais são esses cursos.”

 

Vencimentos desatualizados

Também foi cometido um erro ao definir a remuneração dos cargos de agente de vigilância, executor de serviços gerais e gari. Segundo o TCM GO, os vencimentos ofertados estão desatualizados. O acórdão ressalta ainda, que, caso haja divergência entre os salários do edital e da lei, os responsáveis pelo ato poderão ser penalizados com multa.

 

Por fim, foram cobrados dos responsáveis apresentação de um plano de gerenciamento de riscos da covid-19 nas etapas presenciais do certame. O documento deverá ser subscrito por profissionais de saúde habilitados como responsáveis técnicos, contendo aprovação da autoridade sanitária do município sede das provas.

 

O prefeito do município, Adalberto José Ferreira, e a presidente da comissão do concurso, Lázara Adriana Cabral, terão o prazo de até 20 dias para apresentar todas as solicitações requeridas pelo Tribunal, sob pena de aplicação de multa.

Sobre o concurso

O certame oferece 418 vagas, sendo 103 vagas imediatas e 315 em cadastro reserva para todos os níveis de escolaridade. Dentre os cargos disponíveis estão operador de máquinas, executor de serviços gerais, gari, bibliotecário, técnico de enfermagem, executor administrativo, advogado, biólogo, psicólogo, tesoureiro, professor, médico. O certame conta com dois exames, dependendo da especialidade: um objetivo, para todas as áreas; e um discursivo, destinado apenas para aqueles que forem competir ao cargo de professor.

 

Os concorrentes na área de educação também deverão passar por uma análise de títulos. Cargos como executor de serviços gerais, gari e agente de vigilância, contarão com um teste físico. Já, para a especialidade de advogado, a seleção terá uma prova prático-profissional. O certame tem prazo de validade de dois anos, contados a partir da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, como estabelece o edital.

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco 

Definida banca organizadora do próximo concurso Cremerj

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos, Conselho Regional, Saúde

Karolini Bandeira*- O próximo concurso público do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) está cada vez mais próximo! Foi publicado, nesta quarta-feira (10/12), o extrato de contrato Nº 23/2020, que oficializa o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB) como a banca organizadora do certame. De acordo com o documento, o valor estimado da contratação, com prazo de 12 meses, foi de R$ 129.600.

 

O último concurso do Conselho, em 2019, também ficou sob responsabilidade do IDIB. Na ocasião, foram ofertadas 1.020 vagas de nível médio e nível superior (sendo 40 imediatas e 980 para formação de cadastro reserva) para os seguintes cargos: agente administrativo, assistente administrativo itinerante, web designer, técnico de informática, analista de TI (desenvolvimento), analista de TI (suporte), jornalista, contador, designer, bibliotecário, advogado, médico fiscal, médico fiscal e auditor interno. Aos profissionais admitidos, foi oferecida remuneração de R$ 1.555 a R$ 15.223.

 

Concurso Crempe abre inscrições

O concurso público do Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Crempe), por sua vez, já está com inscrições abertas! Assim como o Cremerj, o IDIB é a banca organizadora do certame. As inscrições podem ser feitas pelo site do organizador até 10 de janeiro de 2021. As taxas de participação variam de R$ 80 a R$ 120, a depender do nível de escolaridade do cargo. Estão sendo ofertadas 12 vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva. As oportunidades são para os cargos de assistente técnico, analista superior e médico fiscal. Com lotação nos municípios de Recife, Caruaru, Pernambuco, Araripina, Garanhuns, Serra Talhada e Petrolina, os admitidos deverão exercer jornada de trabalho de 20 a 40 horas por semana para uma remuneração que varia entre R$ 2.380 e R$ 8.500. Leia o edital na íntegra!

 

 

Dezembro: saiba quais concursos estão previstos para o último mês de 2020

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Bolsonaro, cadastro reserva, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Conselho Regional, Polícia Federal, PRF

São mais de 6.000 vagas previstas! Saiba mais:

 

Karolini Bandeira*- O ano ainda não acabou — e as oportunidades no mundo dos concursos também não! Seis concursos públicos muito aguardados estão previstos ainda para dezembro. Ao todo, são 6.063 vagas só esperando para serem ocupadas. Há chances para Sergipe, Rio de Janeiro, Tocantins e Piauí, além de oportunidades para o âmbito nacional. Muita coisa ainda vai rolar nas próximas quatro semanas, então não perca tempo e fique por dentro de todas as previsões:

Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro

Com edital de abertura previsto para esta sexta-feira (4/12), o concurso público da PGE RJ irá oferecer 13 vagas imediatas e formação de cadastro reserva para o cargo de procurador do Estado, função que tem como pré-requisito nível superior em direito. De acordo com o Portal da Transparência da PGE, o salário inicial do cargo ultrapassa os R$ 15.000.

 

A seleção contará com quatro etapas previstas: prova escrita geral, de caráter eliminatório; provas Escritas específicas, de caráter eliminatório e classificatório; provas orais, de caráter eliminatório e classificatório; e prova de títulos, de caráter classificatório.

 

Polícia Civil do Sergipe

De acordo com o o chefe de gabinete da Secretaria da Segurança Pública, Evandro Machado, o edital de abertura poderá ser divulgado no final de dezembro. O projeto básico foi enviado ainda esta semana a quatro bancas organizadoras e, segundo  Machado, a resposta das bancas deverá sair em até dez dias.

 

“Já foram convidadas a Fundação Carlos Chagas, Cebraspe, o IBFC, cuja nomenclatura hoje é Ibad, e Fundação Getúlio Vargas. Nós acreditamos que nos próximos dez dias tenhamos as respostas, e que, até o final do ano, também tenhamos a definição da organizadora do concurso”, informou o chefe de gabinete da Secretaria.

 

O edital disponibilizará 50 vagas para o cargo de agente de polícia judiciária e 10 vagas para escrivães de polícia. As funções tem como pré-requisito nível superior completo. De acordo com o Portal da Transparência da PCSE, ambas as profissões contam com salário no valor de R$4.500.

 

Polícia Militar do Piauí

O comandante da PMPI, coronel Lindomar Castilho, informou recentemente que o concurso da corporação com 1.000 vagas previstas para soldados e tenentes poderá ser liberado até dia 31 deste mês. “Acho que vai anunciar o concurso no início de dezembro, o governador ainda não decidiu, ainda está vendo a questão das finanças do Estado”, disse o coronel durante a entrega de viaturas no Palácio de Karnak.

 

Polícia Federal

Em outubro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro reiterou, em seu perfil oficial no Twitter, que 2.000 vagas serão disponibilizadas no concurso público da PF. Na publicação, o deputado também assegurou aos interessados que o certame será lançado ainda em 2020. Além disso, o calendário sugestivo da PF confirma que o edital de abertura deverá sair até dezembro.

 

Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), as chances estarão divididas em 1.016 vagas de agente; 600 vagas de escrivão; 300 vagas de delegado; e 84 vagas de papiloscopista. De acordo com o portal de transparência, os salários podem ultrapassar R$ 20.000.

 

Polícia Rodoviária Federal

Outra corporação com concurso confirmado até dezembro pelo deputado Eduardo Bolsonaro é a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Assim como a PF, a PRF contará com 2.000 vagas e pode ter edital divulgado a qualquer momento. O último certame, organizado pelo Cebraspe, ofereceu 500 oportunidades com salário inicial no valor de R$ 9.473,57.

 

Polícia Militar de Tocantins

Confirmado para dezembro pelo governador do Estado, Mauro Carlesse, o edital de abertura do concurso da PMTO oferecerá 1.000 vagas para o cargo de soldado, com salário de R$ 2.365,69 – durante o Curso de Formação (CFSD), e R$ 4.758,56 – após o curso. A idade máxima para ingresso foi ampliada de 30 para 32 anos, conforme a lei Lei nº 3.613, de 18/12/2019. O Cebraspe foi definido como banca organizadora do certame em outubro.

 

Inscrições abertas

 

E não pense que dezembro tem apenas previsões: seis concursos públicos estão com inscrições abertas! São ofertadas 748 vagas, além de cadastro reserva, com salário de até R% 16,6 mil! Veja:

 

Polícia Civil do Rio Grande do Norte

Os interessados já podem se inscrever no tão aguardado concurso PCRN! O certame oferece 301 chances, sendo 47 para delegado, 230 para agente e 24 para escrivão. A principal exigência é possuir nível superior. Para concorrer a delegado, cargo com o maior salário, é necessário possuir graduação em direito. A remuneração inicial varia de R$ 4.731,91 a R$ 16.670,59.

 

As inscrições podem ser feitas até dia 21 deste mês pelo site da banca organizadora Fundação Getúlio Vargas (FGV). Há taxa no valor de R$ 120. A solicitação de isenção pode ser feita até 4 de dezembro pelo mesmo site por candidatos inscritos no CadÚnico, prestadores de serviço à Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte e doadores de sangue, medula óssea e leite materno.

 

Os candidatos passarão por oito fases, constituídas por prova objetiva e prova discursiva, que são obrigatórias para todos os cargos e possuem caráter eliminatório e classificatório; teste de aptidão física, aos que concorrem aos cargos de delegado e agente; prova prática de operador de micro, ao cargo de escrivão, avaliação psicológica, para todos os cargos e com caráter eliminatório; exames médicos, eliminatórios; investigação social, de caráter eliminatório; e, por fim, curso de formação específico, promovido pela Academia de Polícia Civil.

 

Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

O concurso do CBMMG disponibiliza, ao todo, 40 oportunidades para os cargos de oficiais e oficiais de saúde. Os interessados podem efetuar a inscrição até dia 21 de dezembro, pelo site da organizadora Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep). Os profissionais contratados receberão salário de até R$ 6.000.

 

Polícia Militar do Paraná

As inscrições do concurso público PMPR também estão abertas. O certame é destinado ao preenchimento de vagas nos cargos de cadete policial militar e de cadete bombeiro militar. São 70 vagas, sendo 60 para cadete PM e 10 para cadete CBM. As inscrições podem ser feitas até 18 de dezembro, pelo site da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Após o período de estágio probatório, o salário será de R$ 9.735,33.

 

Conselho Regional de Medicina do Mato Grosso do Sul

O concurso do CRM MS, com 225 vagas para todos os níveis de escolaridade, ficará aberto até 8 de dezembro. As oportunidades são para 11 ocupações: auxiliar administrativo, copeira, vigia, assistente administrativa, agente fiscal, analista administrativo, analista de informática, advogado, contador, controlador interno e médico fiscal. Os profissionais irão atuar em Campo Grande, com remuneração que varia de R$ 1.260,81 a R$ 5.939,12 e jornada de trabalho de 40 horas. As inscrições devem ser feitas pelo site do organizador Instituto Quadrix.

 

Conselho Regional dos Técnicos Industriais de São Paulo

O CRT SP é outro conselho regional com período de inscrições aberto! São 108 vagas imediatas, além de cadastro reserva, para os níveis médio e superior. Os interessados devem se inscrever no site do Instituto Quadrix até 10 de dezembro. Os profissionais atuarão nos cargos de fiscal, técnico administrativo, advogado, analista administrativo e contador. A remuneração chega a R$ 5.748.

 

Conselho Regional de Fonoaudiologia da 4ª Região

 

As inscrições do Crefono4, em Recife e Salvador, podem ser feitas até dia 15 pelo site do Instituto Quadrix por profissionais de nível médio e nível superior. Há taxa de participação de R$ 46 a R$ 53. São quatro oportunidades para assistentes administrativos e fonoaudiólogos fiscais, além de cadastro reserva. Os cargos contam com jornada de trabalho de 40 horas semanais e remuneração inicial de R$ 1.893,60 a R$ 4.882,47. Também será acrescentado vale-alimentação no valor de R$ 747,34, plano de saúde, plano de cargos e vale-transporte.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Concurso PGE RJ atrasado: edital de abertura do concurso com vagas sairá nesta sexta

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do concurso público da Procuradoria-Geral do Rio de Janeiro (PGE RJ), previsto para ser publicado nesta quarta-feira (2/12), sofreu atraso e deverá ser divulgado ainda nesta semana, na sexta-feira. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação e o motivo do atraso não foi informado.

 

O certame oferecerá 13 vagas imediatas e formação de cadastro reserva para o cargo de procurador do Estado, função que tem como pré-requisito nível superior em direito. De acordo com o Portal da Transparência da PGE, o salário inicial do cargo ultrapassa os R$ 15.000.

 

A aplicação das provas tem previsão para o primeiro trimestre de 2021, dependendo apenas da estabilização do contágio de coronavírus. As fases serão realizadas na capital do Rio e serão compostas por provas dividas entre quatro etapas:

 

I- Prova Escrita Geral: caráter eliminatório;
II – Provas Escritas Específicas: caráter eliminatório e classificatório;
III – Provas Orais: caráter eliminatório e classificatório;
IV – Prova de Títulos: caráter classificatório).

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

 

Mesmo finalizado, concurso Sefin RO tem aumento no número de vagas

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Carreira fiscal, Concursos, Concursos Públicos

O upgrade foi para o cargo de auditor fiscal

 

Karolini Bandeira*– O número de vagas do concurso público da Secretaria de Finanças de Rondônia (Sefin RO), homologado em 2018, foi ampliado! Segundo edital publicado no Diário Oficial da União do Estado na última terça-feira (3/11), o cargo de auditor fiscal será o beneficiado: a função, que inicialmente teve 30 profissionais contratados, agora conta com 51 vagas!

 

De acordo com o documento, as chances serão distribuídas pelas unidades da Sefin e o quantitativo de vagas ainda poderá ser aumentado, caso necessário.

 

DOU/Reprodução
DOU/Reprodução

 

 

O concurso distribuiu 62 vagas em três funções

 

Aberto em 2017, o concurso público da Secretaria foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ofereceu 30 vagas de nível superior para auditor fiscal, 30 para técnico tributário estadual e duas para contador. Os salários variaram de R$ 7.343,84 a R$ 25.300. Saiba mais!

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco