Cebraspe é escolhida para realizar o concurso do MP do Amazonas

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos, Sem categoria

A contratação foi realizada mediante a dispensa de licitação

Raphaela Peixoto* — O concurso para para ingresso na carreira do Ministério Público do Estado Amazonas (MP-AM) terá como banca regulamentadora o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). A contratação foi anunciado no Diário Oficial Eletrônico do estado da segunda-feira (02/4). A contratação foi realizada mediante a dispensa de licitação.

O certame é destinado para a oferta de vagas para o cargo de promotor de justiça substituto, inicial da carreira do ministério público do estado do amazonas. De acordo com o ofício, foi considerado a disponibilidade de 18 vagas. Ademais, o órgão visa a formação de cadastro reserva.

O Certame teve a autorização concedida em julho de 2021 e a comissão foi anunciada no dia 9 de julho.

Último certame

Já fazem sete anos que o MP-AM não realiza um concurso. O último também abrangia vagas destinadas a carreira de promotor de justiça, de nível superior e foi organizado pela Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP).

Na ocasião, as vagas tinham como requisito possuir graduação em direito, além de uma experiência mínima de três anos em atividade jurídica. A contratação foi realizada por intermédio do regime estatutário, que assegura estabilidade e os contratados receberam no início uma remuneração de R$27.500.

*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes

 

 

 

Concursos 2022: novo ano começa com 16,1 mil vagas confirmadas para carreira policial

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, PCDF, PMDF, Polícia civil, segurança

Karolini Bandeira*- 2021 está acabando, mas as oportunidades previstas para a área da Segurança Pública em 2022 só crescem! Só para a carreira policial, são 14 concursos para efetivos com previsão de lançamento confirmada para o próximo ano. Já em janeiro, os concurseiros podem se inscrever em quatro concursos com editais já publicados. São 16.132 vagas autorizadas para policiais civis, militares e penais. Os ganhos chegam a R$ 20,4 mil. Olha só:

Previstos

Polícia Militar do DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou a realização de um novo concurso para a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). A expectativa, segundo o Ibaneis, é de que o certame seja lançado após todas as convocações do último concurso, em 2022. O concurso para a PMDF também está previsto no projeto de Lei Orçamentária Anual para 2022. Conforme o texto, fica reservada à instituição a oferta de 736 vagas.

Polícia Penal do DF

Para a Polícia Penal do DF, estão autorizadas 1.179 vagas para a carreira de policial penal. Do quantitativo, 400 são para provimento imediato e 779 para formação de cadastro de reserva. O cargo exige formação em nível superior em qualquer área e o concurso deve oferecer salários iniciais de R$ 4.745. A previsão é de edital em 2022.

Polícia Civil do DF

A PCDF também confirmou a realização de um novo certame. Estão previstas 300 vagas para os cargos de Delegado de Polícia e Agente de Custódia. A divisão é de 50 vagas de provimento imediato para cada cargo, além de 100 vagas para formação do cadastro reserva.

Polícia Militar de SP

Um novo concurso da PMSP para soldados foi autorizado em setembro. O governo deu aval para 5.400 chances distribuídas em dois editais de 2.700 vagas para a carreira de soldado de 2ª classe. Conforme já publicado no Diário Oficial, um dos editais será para ingresso na corporação em junho de 2022 e o outro para janeiro de 2023.

Polícia Militar do RN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN) irá realizar um novo concurso público para o quadro de oficiais e a comissão já foi formada! O certame foi anunciado em fevereiro pela governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), em suas redes sociais. A governadora confirmou que a previsão é que sejam ofertadas 211 vagas, sendo 132 para oficiais combatentes e as outras 79 para o quadro médico da PM.

A governadora também anunciou, em setembro, que a corporação terá um concurso para soldados em 2022. A oferta de vagas ainda não foi divulgada. Para se inscrever no concurso, é preciso possuir o nível superior, em qualquer área. No último concurso, realizado em 2018, a remuneração inicial era de R$ 2.904,00. Contudo,  segundo uma atualização de 2019 na legislação, os valores atuais são de R$ 3.571,82.

Polícia Civil de SP

A PCSP irá abrir novo certame em 2022 e a banca organizadora já foi contratada. O edital irá abrir 2.939 vagas para provimento efetivo na PCSP e na Polícia Técnico-Científica (Politec-SP). As oportunidades serão distribuídas entre as carreiras de delegado (250), escrivão (1600), investigador (900) e médico legista (189). Os ganhos iniciais serão de R$ 3.931,18 a R$ 10.382,48.

Polícia Militar de TO

Em janeiro deste ano, foi autorizado pelo governador de Tocantins, Mauro Carlesse, o início dos trabalhos para realização de um novo concurso público para o provimento de 30 vagas para o curso de formação de oficiais da Polícia Militar do Estado (PMTO).

Polícia Militar de GO

A PM de Goiás também tem concurso autorizado e confirmado para 2022. Segundo o Governo do Estado, serão ofertadas 720 para soldado e 150 para oficiais. As nomeações serão realizadas em maio, conforme informado pelo secretário da Economia do Estado, Francisco Sérvulo Freire Nogueira.

Polícia Civil de GO

Para a Polícia Civil, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (Democratas), autorizou o provimento de 470 vagas imediatas. Serão 350 agentes, 100 escrivães e 20 papiloscopistas com nomeação prevista para outubro de 2022.

Polícia Civil da BA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), já confirmou que a Polícia Civil do Estado (PCBA) terá edital de abertura publicado em janeiro de 2022. O concurso irá abrir 1.000 vagas, sendo 800 para agentes, 100 para delegados e 100 para escrivães. Os profissionais deverão possuir nível médio ou nível superior. Já os ganhos iniciais das carreiras variam de R$ 1.074 a R$ 4.374. A comissão organizadora da seleção foi definida em novembro.

Polícia Civil de RR

A Polícia Civil de Roraima (PCRR), que tinha concurso previsto para 2021, deve lançar o edital somente em 2022. O governador do Estado, Antonio Denarium (PP), informou que o processo está sendo trabalhado para que o edital seja publicado em breve.

Polícia Civil do ES

O próximo concurso da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), que tinha expectativa para 2021, também ficará para 2022, conforme informado pelo deputado estadual Bruno Lamas (PSB). Serão 40 vagas destinadas ao cargo de delegado, que exige nível superior em direito. A comissão organizadora do certame, inclusive, já foi definida.

Polícia Militar do ES

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) irá abrir um concurso para contratação de novos profissionais no início de 2022, conforme informou o governador Renato Casagrande (PSB) em 9 de dezembro. De acordo com Casagrande, a corporação já está escolhendo qual será a banca organizadora do certame, que deverá ofertar 1.111 vagas.

Polícia Militar do AP

O concurso público da Polícia Militar do Amapá (PMAP) está previsto para 2022 e terá 600 vagas para soldados combatentes, com edital em fevereiro. O número foi confirmado pelo governador do Estado, Waldez Goés (PDT), no último dia 20 de dezembro. O concurso foi autorizado pelo governo em junho.

Lançados

Polícia Civil do AM

A Polícia Civil do Amazonas (PCAM) oferece 362 vagas distribuídas entre as carreiras de delegado de polícia, investigador, escrivão, perito criminal, médico legista e odontolegista. Para participar, será necessário possuir ensino superior completo nas áreas desejadas. Aos profissionais contratados, são oferecidos ganhos de R$ 11.281,26 a R$ 20.449,05. As inscrições ficarão abertas no site da FGV de 3 de janeiro a 1º de fevereiro. Confira aqui!

Polícia Militar do AM

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) abriu concurso com 1.350 vagas efetivas para a corporação. Do total de vagas, 320 serão para a carreira de oficial PM iniciando no cargo de aluno-oficial, 30 para oficial de saúde iniciando como aluno-oficial e 1000 para praça (iniciando como aluno-soldado). A remuneração inicial pode chegar a R$ 7.180,34. O certame está sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e as inscrições vão até 4 de janeiro.

Polícia Civil do CE

Abertas vagas para a saúde no novo concurso da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Estão em jogo 50 vagas no cargo de 2° tenente. As oportunidades são todas de nível superior e os ganhos iniciais dos contratados são de R$ 6.787. As inscrições ficam abertas no portal da Vunesp de 3 de janeiro de 3 de fevereiro.

Polícia Militar de SP

Também saiu o edital de abertura do concurso público com 220 vagas da Polícia Militar de São Paulo (PMSP)! As chances são para a carreira de aluno-oficial, que exige nível médio. Os profissionais terão remuneração inicial no valor de R$ 3.310,13. As inscrições ficam disponíveis de 15 de dezembro a 20 de janeiro no site da banca organizadora, Fundação Vunesp. Os candidatos passarão por sete etapas de avaliação, saiba quais.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Concursos abertos ou previstos: mês de setembro reserva mais de 4.000 vagas e salários de até R$ 28,8 mil

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, carreira bancária, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, GDF, Governo federal, Saúde, segurança, Tribunal de Justiça

Saiba quais são os concursos previstos, autorizados e abertos neste mês

Karolini Bandeira*- Setembro promete ser um mês com várias oportunidades para os concurseiros! Além dos certames já abertos, grandes instituições prometem abrir novas seleções nas próximas semanas. Os ganhos oferecidos chegam a R$ 28,8 mil! Confira, com a gente, o panorama geral do mundo dos concursos neste mês.

Autorizados

PCDF

O governador Ibaneis Rocha confirmou, por meio das redes sociais, a autorização para os próximos concursos da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).  Os certames vão oferecer 300 vagas para os cargos de agente de custódia e delegados. A Portaria com a autorização deve ser publicada nos próximos dias no Diário Oficial do DF e a partir daí já se inicia o processo para a contratação da banca organizadora. Confira.

SEDF

A seleção para professores substitutos da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) foi autorizado e teve banca organizadora contratada. O certame, organizado pelo Instituto Quadrix, irá contratar os professores por formação de cadastro de reserva. Saiba mais!

Polícia Penal do DF

Além de autorizado, o concurso da Polícia Penal do DF teve edital confirmado até novembro! Estão autorizadas 1.179 vagas para o cargo. Do quantitativo, 400 são para provimento imediato e 779 para formação de cadastro de reserva. O cargo exige formação em nível superior em qualquer área e deve oferecer salários iniciais de R$ 4.745.

TCERJ

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) tem concurso autorizado para procuradores e já formou a comissão organizadora responsável pelo certame. Mais informações sobre o concurso ainda não foram divulgadas.

PMES

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou, no último dia 11, a abertura de um concurso com 671 vagas para a Polícia Militar, nas funções de praça e oficial. A comissão organizadora do certame já foi definida. Confira aqui a distribuição das vagas!

PGEAM

A Procuradoria-Geral do Amazonas (PGEAM) teve dois novos concursos confirmados em resolução publicada no Diário Oficial do Estado. Um dos certames é para procuradores e outro para servidores do quadro de apoio. A comissão organizadora também já foi definida.

DPE-ES

O concurso da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo (DPE-ES) para defensores foi autorizado e a comissão organizadora foi escolhida. Até o momento, sabe-se que a seleção será dividida em cinco etapas — saiba quais! 

 

Previstos

PCRJ

Em resposta nas redes sociais, o secretário da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ), delegado Allan Turnowski, informou que o concurso público para delegado terá edital divulgado em setembro. O documento irá ofertar 50 vagas para a carreira, que requer nível superior. Os ganhos serão de R$ 18.747,95.

Caixa

A Caixa Econômica Federal irá abrir concurso com 1.000 vagas para pessoas com deficiência. A banca organizadora já foi contratada e o edital está previsto para setembro, com todas as vagas destinadas ao cargo de técnico bancário novo. Os ganhos iniciais são de R$ 3.000, chegando a até R$ 4.486,03 com benefícios. Saiba mais!

DPE-SC

A banca organizadora do próximo concurso público para defensores da Defensoria Pública de Santa Catarina (DPE/SC) foi escolhida e o edital está iminente! O regulamento básico do certame, que define as etapas, também já foi publicado. Veja.

PGE-RS

O edital da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) também está iminente. A última etapa precedente à publicação do edital, o processo de escolha de banca organizadora, foi finalizada no último dia 27. Serão abertas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31).

 

Abertos

PGE-GO

A Procuradoria-Geral do Estado de Goiás abriu concurso com 30 vagas para contratação imediata no cargo de procurador substituto, além da formação de cadastro reserva. O vencimento inicial é de R$ 32.037,13. Inscrições no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), de 2 de setembro a 1º de outubro. Saiba mais!

PMSC

A Polícia Militar do Estado de Santa Catarina (PMSC) visa preencher 723 vagas de nível médio na nova seleção. Os profissionais irão atuar por tempo determinado no serviço de Auxiliar Temporário, com remuneração inicial de R$ 1.017. As inscrições são aceitas pelo site da corporação até 12 de setembro. Veja.

TJSP

O Tribunal de Justiça de São Paulo oferece 266 vagas imediatas para juízes substitutos. As remunerações iniciais da carreira são de R$28.883,97. As inscrições seguem até 17 de setembro, por meio do site da Fundação Vunesp. Saiba mais!

TJGO

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) abriu as inscrições do novo edital de concurso público com 292 vagas para cartórios, no cargo de analista judiciário. Para concorrer, é necessário possuir graduação em direito. As inscrições serão aceitas pelo site da Fundação Vunesp até 7 de setembro. Saiba!

TCE-RO

As oportunidades do concurso do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) são para o cargo de analista de Tecnologia da Informação. Os profissionais serão selecionados por cadastro de reserva. Os profissionais receberão ganhos iniciais de R$ 9.834,51. Inscrições até 29 de setembro pela FGV. Confira.

TJRO

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) oferta 43 vagas imediatas e cadastro de reserva para analistas e técnicos. Os ganhos dos contratados serão de R$ 5.397,24 a R$ 9.834,51. As inscrições poderão ser feitas de 6 a 29 de setembro, pelo site da FGV. Saiba as etapas.

DPE-MS

A Defensoria Pública do Mato Grosso do Sul (DPE-MS) abre sete vagas para provimento imediato na carreira, com ganhos iniciais no valor de R$ 28.884,20. As inscrições devem ser efetuadas pelo site da FGV de 13 de setembro a 18 de novembro.

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Concurso SEDF: especialista dá dicas sobre conteúdo recorrente nas áreas educacionais

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos

Professora Madalena Coatio fala sobre Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB 9394/96)

O concurso da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) para cargos efetivos está previsto para acontecer ainda este ano.  Para dar uma força a quem está se preparando, o Papo de Concurseiro conversou com a especialista do IMP Concursos Madalena Coatio, licenciada em Letras, Especialista em Administração da Educação e Mestre em Educação.

Ela separou dicas sobre os principais pontos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB 9394/96). A legislação específica é a que regulamenta o sistema educacional brasileiro nos níveis da Educação Básica e da Educação Superior, e é extremamente importante para os concursos das carreiras educacionais.

“Esse assunto é recorrente nas provas das carreiras educacionais. E indiretamente, a LDB está presente em outras leis, diretrizes, resoluções, regimentos dela decorrentes, assim sendo é necessário estudá-la”, afirma Madalena.

Confira algumas dicas da especialista:

Quantas questões você acredita que serão cobradas no concurso de professor efetivo? Expressamente da Lei uns 3 itens certamente.

Como montar um cronograma de estudo sobre a disciplina antes da publicação do edital? Analisar as últimas provas e, a partir delas, extrair os artigos que são mais recorrentes.

Quais os principais pontos da LDB devem ser foco de estudo dos candidatos antes do edital?  Princípios e deveres da educação e dar sempre destaque ao que a Lei estabelece sobre currículo da Educação Básica

Quais as principais alterações da LDB em 2020, com a Lei do novo Ensino Médio? Em 2020, não tivemos nenhuma alteração. As últimas alterações foram em 2019 e dou destaque ao artigo 7ºA e ao inciso VIII do art. 12. A Lei que reforma o Ensino Médio é de 2017 (LEI Nº 13.415, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2017.) e o candidato deve dar especial atenção ao artigo 36.

Qual o conselho para os alunos sobre a disciplina? Dar atenção especial atenção ao arts. 3º, 4º, 12 e 26.

Próximo concurso pode ter novo cargo

Em entrevista ao Papo de Concurseiro, o subsecretário de gestão de pessoas da Secretaria de Educação, Idalmo Santos, afirmou que certame já está autorizado e existe previsão de que as nomeações ocorram em 2022.

No momento, a secretaria busca formar uma equipe de trabalho para organizar a seleção e estuda também as carências do órgão para definir quais cargos oferecer. Mas, o subsecretário já adiantou que além de vagas para professores, o certame pode trazer chances para orientadores educacionais e analistas em educação.

Além disso, a pasta analisa a criação de um novo cargo de especialista. Esse profissional terá formação em licenciatura, poderá atuar como coordenador pedagógico, mas também em outras atividades que não são de regência de classe, como na área central e intermediária da Secretaria.

Autorização

Secretaria de Economia do Distrito Federal autorizou a contratação temporária de professores substitutos para atuação no ano letivo de 2022! Conforme informado em Portaria no Diário Oficial do DF, a Secretaria de Educação (SEEDF) irá selecionar os profissionais mediante processo seletivo simplificado, que não teve oferta de vagas especificada.

Segundo o documento,  as  contratações poderão ser prorrogadas para o ano letivo de 2023, com a anuência prévia desta Secretaria de Estado, limitado a 340.000 horas semanais e ao montante anual autorizado para o presente exercício.

A contratação ainda estará condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício e deverá seguir as adequações orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Último concurso SEEDF – professor efetivo

O último concurso público para profissionais de educação efetivos do DF foi aberto em 2016. Foram disponibilizadas, ao todo, 1.770 vagas de nível médio e superior, com salários que variam de R$ 2.068,43 a R$ 5.237,13. Para a ampla concorrência foram disponibilizadas 946 vagas e 225 vagas para candidatos portadores de deficiência. Além disso, foram disponibilizadas ainda 1.726 vagas para formação de cadastro reserva.

Do total de vagas, 800 foram para o cargo de professor de educação básica, para as disciplinas de: artes, biologia, ciências naturais, filosofia, física, geografia, história, letras – espanhol, francês, inglês, japonês e língua portuguesa -, matemática, química e sociologia.

Também foram abertas 40 vagas para analista de gestão educacional, destinada a graduados em tecnologia da informação (TI) ou diploma de qualquer área com especialização em TI, psicologia, economia, direito, contabilidade, comunicação social, biblioteconomia, arquivologia e administração. Os postos de técnico de gestão educacional (230) e monitor de gestão educacional (100) puderam ser preenchidos por candidatos com nível médio.

Preparatórios para concursos oferecem aulas gratuitas; veja programação

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, carreira bancária, Carreira diplomática, Carreira fiscal, Carreira judiciária, CLT, comissionado, Concursos

A semana começou com diversas opções de aulas e preparações para auxiliar os concurseiros. Alguns preparatórios, como o Gran Cursos Online e o IMP concursos oferecem aulões para concursos públicos todos os dias e de forma gratuita! Veja a programação:

IMP Concursos

Agenda de lives para agosto

Almoço Constitucional
Com Orlando Junior
Todas as segundas às 13h (09/08, 16/08, 23/08, 30/08)

Informática para Gabaritar
Prof: Renato Mafra
Todas as quartas às 13h00 (11/08, 18/08, 25/08)

Quartas Pedagógicas
Com Victor Soares
Todas as quartas às 19h (11/08, 18/08, 25/08)

Gramaticalizando
Com Raquel Cesário
Todas as quintas às 18h (12/08, 19/08, 26/08)

LC 840/11 do Zero
Prof: Suzele Veloso
Todas as sextas às 12h30 (13/08, 20/08, 27/08)

Psico do Concurseiro
Com Gabriele Issa
Todas as sextas às 13h30 ( 13/08, 20/08, 27/08)

Gran Cursos Online

Check-lists por disciplina Receita Federal Auditor e Analista

Nesta segunda-feira, o professor Leonardo Albernaz estará ao vivo no nosso canal do YouTube às 8 horas ministrando a aula de Administração Geral.

Treinamento intensivo Banco do Brasil Escriturário

Hoje, às 8h, o professor Cid Roberto conduz a aula de Conhecimentos Bancários.

Projeto 80/20 SEFAZ AL

Participe do projeto 80/20 para o concurso Sefaz AL.

8h – Direito Penal

18h – Língua portuguesa

20h – Tecnologia da Informação

Semana Decisiva PM AL

Confira a programação do dia!

9h – História – professor Admilson Costa

11h – Inglês – professor Goofy

19h – Língua portuguesa – professor Lucas Lemos

Treinamento intensivo INSS: Técnico do Seguro Social

Acompanhe a aula de Raciocínio Lógico do professor Josimar Padilha às 10 horas.

Treinamento intensivo Agepen PA

Treine noções de Direito Processual Penal com o professor Ismael Souto a partir de 10h para o concurso Agepen PA.

Código Civil artigo por artigo

Participe da live com o professor Daniel Carnacchioni a partir das 11h e fique por dentro das Obrigações Solidárias.

AFO e LRF 2021

O professor Anderson Ferreira conduz a aula e AFO e LRF 2021 no nosso canal do YouTube a partir das 15h.

Concurso Público: agenda do dia de aulas – Noturno

Operação Gramatical

Prepare-se para o concurso PCDF com a nossa Operação Gramatical. O professor Lucas Lemos ministra a aula de Sintaxe do período simples a partir das 18h.

Semana decisiva PM MG – Soldado

Não deixe de assistir à aula de Direito Penal Militar do professor Érico Palazzo. O evento começa às 18h.

TJDFT riscando o edital em exercícios

Você já está se preparando para o próximo do concurso TJDFT? Então, não deixe de participar da nossa aula de Direito Constitucional com o professor Aragonê Fernandes às 18h.

Concurso Banco do Brasil: semana de imersão em matemática financeira

Acompanhe a nossa semana de imersão em matemática financeira. Hoje, às 19h, o professor Marcelo Leite conduz a aula.

Concurso CGU: o que estudar em cada matéria?

O professor Anderson Ferreira explica o que estudar na disciplina de AFO a partir das 19h no nosso canal do YouTube.

Gran Pós Direito Premial e o enfrentamento ao crime organizado

Não de participar deste evento! Os professores Felipe Leal e Geilza Diniz estarão ao vivo no nosso canal do YouTube a partir das 19h.

Semana Decisiva concurso Sefaz CE

Confira a aula de Direito Tributário da professora Maria Christina às 19h.

Treinando Peças Práticas

Treine Peças Práticas com a professora Luana Davico a partir das 19h.

Estudo Dirigido TCU 2021

Não perca a aula de Contabilidade Pública do professor Rodrigo Machado às 20 horas!

Concurso TCU: como estudar por questões

O professor Anderson Ferreira ministra a aula de AFO no nosso canal do YouTube às 20 horas.

Concurso SEDF Temporário

Confira neste evento tudo sobre conhecimentos pedagógicos. O evento será transmitido pelo nosso canal do YouTube às 20h.

#TBTInformativos

Acompanhe tudo com o professor Valcir Spanholo às 20h.

Foi aprovado em um concurso? Advogado tira dúvidas sobre como deve ser o processo de convocação

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos

A notificação de aprovação em um concurso público é, com certeza, a notícia mais desejada entre os concurseiros. Mas, as vezes há constantes dúvidas sobre o assunto, como por exemplo, como deve ser feita a convocação oficial do aprovado. O processo pode ser publicado apenas em Diário Oficial? Deve ser notificado em outros meios? Estas respostas nem sempre são tão objetivas e por isso, o Papo de Concurseiro conversou com o advogado Agnaldo Bastos. que é atuante no Direito Administrativo e especialista em causas envolvendo concursos e servidores, para explicar o assunto.

Segundo o especialista, é importante que o candidato saiba não apenas da aprovação, mas também como são os passos que deverá seguir. Confira abaixo algumas questões que ajudarão a esclarecer algumas dúvidas, principalmente se a convocação de candidato pelo Diário Oficial é válida. Veja na íntegra:

Passei no concurso: o que faço agora?

Quem busca ser concursado, estudantes e inclusive aqueles que já fizeram a prova sabem que devem se acostumar com dois tipos de comunicação oficiais: edital (ou retificações) e Diário Oficial.

Acontece que é praticamente impossível acompanhar todo dia as publicações oficiais, pois envolvem muitas áreas e âmbitos.

Sendo assim, o Diário Oficial está presente em diversas fases do concurso, seja para mostrar o edital, publicar atualizações e posteriormente apresentando os resultados, e passos consequentes. Contudo, nem sempre é fácil fazer esse acompanhamento.

Eventualmente, quando os resultados dos candidatos que passaram são postados, é possível ver que diversos deles acabam não entregando a documentação requerida e perdendo o prazo de validade.

Assim, na maioria das ocasiões, isso é resultado por não saber da convocação ou não ter recebido algum outro tipo de comunicado.

Então, se soube que passou no concurso público é necessário ir atrás da documentação e acompanhar os passos seguintes na publicação.

Essas novidades podem ser em um curto período de tempo ou demorar um pouco conforme as vagas e processos administrativos apareçam.

Por exemplo: no ano passado muitos candidatos à Polícia Militar do Estado de São Paulo souberam após um ano que tinham passado porque perderam a publicação para o Exame de Aptidão Física que foi feito unicamente através do Diário Oficial do Estado e 5 dias após a publicação dos candidatos que passaram. Sendo assim, é importante sempre acompanhar.

A convocação de candidato Diário Oficial é válida sem nenhuma outra forma de comunicação?

Infelizmente, ainda não existe uma regulação que verifique todos os procedimentos de comunicação dos concursos públicos.

Por esse motivo, não há uma resposta simples se a convocação de candidato apenas pelo Diário Oficial é válida, sem tentativa de nenhum outro meio.

Porém, é preciso que seja feita uma análise de viabilidade sobre os princípios constitucionais da razoabilidade e da publicidade.

Sendo assim, a convocação de candidato pelo Diário Oficial é válida, mas há necessidade de levar em consideração outros meios para entrar em contato com os candidatos que já investiram tempo, estudos e sonhos para alcançar o objetivo de ser concursados.

Perdi a convocação de alguma parte do concurso por falta de notificação

Ainda nos questionamentos relacionados se a convocação de candidato Diário Oficial é válida está o resultado terrível onde alguém que já passou no concurso perde algum direito por falta de notificação.

É nesse momento em que entra o direito de solicitar um recurso que solicite novamente sua convocação, nomeação, etc.

Para que seja comprovado que não foi recebida a convocação porque apenas foi feita pelo Diário Oficial é necessário preparar um recurso por via judicial.

Em decorrência ao fato de que é inviável acompanhar durante anos o Diário Oficial, e isso atinge o chamado princípio de dignidade da pessoa.

Porém, não é sempre possível comprovar que não houve possibilidade ou notificação que se comunica ao candidato.

Portanto, embora possa ser injusta, a convocação de candidato apenas pelo Diário Oficial é válida e, dependendo do certame, a única forma de comunicação entre a instituição e os candidatos.

Como acompanhar os resultados e alterações de concursos públicos?

Enquanto a convocação de candidato Diário Oficial é válida como praticamente a única forma de comunicação com o candidato, é necessário atentar-se a algumas ferramentas que permitam acompanhar os resultados.

Assim, as horas de dedicação, estudo não serão em vão e também conseguirá chegar o quanto antes ao seu sonho.

Por isso, nossa recomendação é que anote no calendário todas as datas publicadas sobre possíveis novidades e resultados.

Outra alternativa que vale a pena lembrar é sempre acompanhar o site da banca organizadora do concurso, já que não é possível acompanhar o Diário Oficial, normalmente aqui serão postadas atualizações a respeito.

Logo, procure tirar um tempo semanalmente para ir acompanhando o passo a passo e finalmente saiba que a convocação de candidato Diário Oficial é válida e pode ocorrer a qualquer momento.

Principalmente, se o seu nome estiver na lista de espera, que são as vagas que recebem os candidatos quando os primeiros da lista não cumprem com o processo de homologação ou não se apresentam.

Finalmente, há outra forma de comunicação que também acontece eventualmente.

Embora não seja uma regra, normalmente os candidatos a concurso público que passaram acabam recebendo telegramas com a notícia.

Assim, não se esqueça de manter o seu endereço atualizado para receber possíveis notificações.

Portanto, embora a convocação de candidato pelo Diário Oficial seja válida e, normalmente, o método mais frequente de comunicação com os candidatos, assim como de possíveis atualizações e notificações.

Mesmo com dificuldade, ainda é possível recorrer quando não foi possível receber ou acompanhar o Diário Oficial.

Assim sendo, quando se perde o prazo ainda há esperança no final do túnel, embora requeira uma certa luta judicial para ser reconhecida.

Para não ter dores de cabeça, como candidato vale a pena acompanhar pelo site da banca organizadora, calendário e os meios que consiga para garantir sua merecida vaga.

 

 

LDO prevê retomada de concursos públicos no DF, afirma Secretaria de Economia

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Câmara Legislativa, carreira bancária, Carreira fiscal, Carreira judiciária, carreira militar, Carreira policial, CLDF, comissionado, Concursos, Concursos Públicos, Defensoria Pública, educação, GDF, Lei Orçamentária

Nas redes sociais, a Secretaria de Economia do Distrito Federal reafirmou que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 prevê a retomada de concursos públicos. No projeto, existe previsão de despesas para mais de 11,5 mil novos servidores, com a realização de concursos e nomeações de aprovados.

Segundo a Pasta, são concursos para 23 categorias, para vagas em áreas estratégicas do governo e também em setores da administração pública com déficit de servidores por conta de exonerações e aposentadorias. Veja:

– Execuções Penais
– Políticas Públicas e Gestão Governamental
– Procurador do DF
– Atividades de Defesa do Consumidor
– Gestão de Resíduos Sólidos
– Magistério
– Cirurgião-Dentista
– Enfermeiro
– Médico
– Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária
– Assistência Pública à Saúde
– Assistência à Eduacação
– Planejamento Urbano e Infraestrutura
– Auditoria de Atividades Urbanas
– Atividades do Trânsito
– Auditoria de controle inteiro
– Auditoria fiscal da Receita
– Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária
– Agente de Polícia
– Escrivão de Polícia
– Apoio às atividades Policiais Civis
– Regulação de Serviços Públicos do DF
– Apoio às atividades jurídicas PGDF

A Secretaria destaca também que os quantitativos e previsões estipulados na proposta da LDO são estimativas e possuem caráter autorizativo. A efetivação das contratações depende de fatores como demanda dos órgãos, comprovação de necessidade de pessoal nas áreas, inclusão da demanda no orçamento de 2022 e, sobretudo, disponibilidade financeira.

E, ressalta também que , em agosto de 2020, o GDF suspendeu todos os prazos de validade dos concursos públicos homologados e vigentes no âmbito da Administração Pública direta e indireta do Distrito Federal, durante a vigência do Estado de Calamidade Pública. Dessa forma, garantiu que o período de pandemia não afetasse a validade dos certames já aprovados ou a posse de aprovados em concursos já realizados. O Decreto nº 40.572/2020 já havia suspendido, por tempo indeterminado, a posse e o exercício de aprovados, com exceção dos profissionais necessários para atuar no enfrentamento da pandemia de covid-19.

Concursos autorizados

Em março, a Secretaria de Economia anunciou a autorização de novos concursos para o Distrito Federal em 14 carreiras.  e informou que número de vagas disponíveis assim como a data das avaliações ainda depende de levantamento dos órgãos. O objetivo é repor as vacâncias e, assim, melhorar a qualidade do serviço prestado à população em diversas áreas, como saúde, educação e segurança.

Na ocasião,  o governador Ibaneis Rocha usou as redes sociais para falar sobre o aval e comentar a importância deles para o cenário atual.  Segundo ele, o número de vagas e as datas ainda serão anunciados e levarão em conta a necessidade de reposição de cada uma das equipes.

“Chegam muitas mensagens e comentários diariamente me perguntando sobre realização de concursos públicos. Tenho uma boa notícia! A Secretaria de Economia liberou a realização de concursos para 14 carreiras. O número de vagas disponíveis e as datas ainda serão anunciadas (1/2). Temos que tomar essa decisão levando em consideração o orçamento e a necessidade de reposição de equipes. Ao contrário dos que me antecederam, que politizaram a realização de concursos, a responsabilidade fiscal é, p/ mim, muito importante!”

Os concursos autorizados são para as seguintes carreiras:

– Apoio às Atividades Policiais Civis;
– Assistência Pública à Saúde;
– Atividade de Defesa do Consumidor;
– Atividades do Trânsito;
– Auditoria de Atividades Urbanas;
– Cirurgião-Dentista;
– Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária;
– Enfermeiro;
– Gestão de Resíduos Sólidos;
– Médico;
– Planejamento Urbano e Infraestrutura;
– Auditoria de Controle Interno;
– Assistência à Educação;
– Magistério

 

O que tem pra agosto? Confira alguns destaques e expectativas entre os concurseiros

Publicado em Deixe um comentárioautorização, BRB, cadastro reserva, Concursos, Concursos Públicos

A primeira semana de agosto inicia com algumas expectativas para os concurseiros. Uma das principais novidades é o anúncio do governador do DF Ibaneis Rocha (MBD) de que será lançado neste mês o edital para o concurso da nova Universidade do Distrito Federal. Segundo o chefe do Executivo, serão abertas 3.500 vagas para garantir o quadro de professores que vai trabalhar no primeiro campus, que ficará localizado no Lago Norte. Ibaneis garantiu que as contratações devem iniciar no ano que vem.

Agosto também é o mês de retomada do tão esperado concurso da Polícia Civil do DF, que foi adiado por diversas vezes devido à pandemia de covid-19. O Cebraspe vai publicar no dia 13 o acesso aos locais e horários de realização das provas, marcadas para 21 e 22. São 2.100 vagas para agentes e escrivães, com salários de R$ 8.698,78.

Também chegou a vez do concurso do Banco de Brasília (BRB) que oferece 200 vagas para analistas de tecnologia da informação. Os locais de prova foram divulgados ontem, no site do Iades. Os exames objetivos e discursivos serão aplicados no turno da tarde do próximo domingo e terão duração de 4 horas e 30 minutos. São ofertadas 100 vagas imediatas e 100 vagas para formação de cadastro reserva. Os nomeados receberão remuneração de R$ 8.142 para carga horária de seis horas diárias.

Leia também: Redação para a PCDF: veja quais são os erros mais comuns nesta etapa do concurso

Concurso PCDF: especialista aponta 10 dicas de como escrever uma boa redação

Reforma administrativa: comissão debate enquadramento de carreiras e regras para contratação de servidores

Publicado em Deixe um comentáriocadastro reserva, Câmara dos Deputados, comissionado, Concursos, Concursos Públicos

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de reforma administrativa (PEC 32/20) vai realizar audiência pública nesta terça-feira (3/8) para discutir carreiras típicas de Estado e regras para contratação de servidores por prazo indeterminado.

Pela proposta em análise, a estabilidade no serviço público ficará restrita a carreiras típicas de Estado, que serão definidas futuramente por uma lei complementar. Os profissionais das demais carreiras serão contratados por tempo indeterminado ou determinado.

As formas de ingresso no serviço público serão os concursos e as seleções simplificadas, estas para vagas por tempo determinado. Só será efetivado no cargo quem, depois de aprovado no concurso, alcançar resultados em avaliações de desempenho e de aptidão durante período de experiência obrigatório como fase final do certame.

Foram convidados para discutir o assunto, entre outros: a secretária de Finanças da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Rosilene Corrêa Lima; o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques; e um representante da Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia.

A Comissão da Reforma Administrativa foi instalada no dia 9 de junho. Ela é presidida pelo deputado Fernando Monteiro (PP-PE) e tem como relator o deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA).

Na semana passada, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse que a reforma deve entrar na pauta do Plenário até novembro.

Com informações da Agência Câmara.

Concursos do TJGO e Banco do Brasil são os mais buscados no segundo trimestre, aponta levantamento

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, carreira bancária, Carreira judiciária, Concursos, Concursos Públicos

Os concursos públicos do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) e do Banco do Brasil são os mais buscados entre os candidatos neste segundo trimestre do ano, em relação ao primeiro. A informação é de um recente levantamento realizado pelo preparatório Gran Cursos Online, que elencou os cinco certames mais procurados.

O certame do TJGO é o que reúne o maior volume de busca e interesse dos candidatos, apresentando um aumento de 207922% nos últimos 90 dias. Em seguida, destaca-se o concurso do Banco do Brasil, com crescimento de 7567%. O salto está associado ao lançamento do edital e abertura de inscrições para preencher as vagas de Agente de Tecnologia e Agente Comercial no último mês e por ser em um órgão bastante visado e concorrido, que teve o último edital publicado em 2018.

O monitoramento, que apurou os concursos mais buscados durante o segundo trimestre, quando comparados com o trimestre anterior, pelo Google Search Console, aponta que, logo na sequência, aparecem o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) e Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), respectivamente, como as oportunidades de carreiras mais desejadas pelos concurseiros.

Confira, a seguir, o ranking do aumento da busca por concursos públicos no Brasil no segundo trimestre:

“Entre os principais motivos pelo aumento de busca e interesse pela carreira pública, destacam-se o avanço da vacinação no país, a retomada gradual dos concursos públicos, com oportunidades para órgãos que atraem bastante atenção dos concurseiros e são concorridos, como o Banco do Brasil e os Tribunais de Justiça, além da estabilidade financeira e empregatícia”, comenta Gabriel Granjeiro, diretor-presidente do Gran Cursos Online.

Inscrições abertas

TJGO

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) divulgou novo edital de concurso público com 292 vagas para cartórios, no cargo de analista judiciário. Para concorrer, é necessário possuir graduação em direito.
As inscrições serão aceitas pelo site da Fundação Vunesp, de 6 de agosto a 7 de setembro. A taxa de participação custa R$ 250. Vale ressaltar que, do número total de vagas, 20% são destinados a candidatos negros e outros 5% a pessoas com deficiência.
Candidatos inscritos no CadÚnico, membros de família de baixa renda, doadores de medula óssea e doadores de sangue poderão solicitar isenção da taxa de 6 a 9 de agosto, pelo site da banca.
Conforme o Portal da Transparência do Tribunal, o vencimento inicial do cargo de analista judiciário é de R$ 4.259,86.
A seleção será composta por quatro provas. São elas: provas objetivas, escritas, práticas e orais. Todas as etapas serão realizadas em Goiânia.
A primeira fase será a prova objetiva. O exame está previsto para 24 de outubro (remoção) e 31 de outubro (provimento). Serão cobradas 100 questões sobre Direito Notarial e Recursal, Direito Civil, Processual Civil e Direito Empresarial, Direito Constitucional, Administrativo, Tributário, Penal, Processual Penal, Língua Portuguesa e Conhecimentos Gerais.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil divulgou, nesta quinta-feira (24/6), edital de novo concurso público para a carreira administrtiva, no cargo de escriturário. O salário iniciail é de R$ 3.022,37.
Fundação Cesgrario é organizadora da seleção. As chances são para os Estados o Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal.
As chances são distribuídas da seguinte forma:

– 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios;

– 240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI.

Segundo o banco, o cargo de escriturário possui nomenclaturas específicas para uso no relacionamento com o mercado, que variam de acordo com a unidade em que o funcionário está lotado.

Para este concurso, os candidatos podem concorrer para Agente Comercial, que trabalha na rede de agências do BB, em todo o país, ou para Agente de Tecnologia, que assume na área de Tecnologia, em Brasília.

Inscrições e etapas

As inscrições têm valor de R$ 38,00 e podem ser realizadas até 7 de agosto de 2021.

Para participar da seleção, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.

O concurso será composto de aplicação de provas objetivas, de caracteres eliminatório e classificatório, prova de Redação, de caráter eliminatório, aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos (as) pretos (as) ou pardos (as), e procedimentos Admissionais e Perícia Médica.

A realização das provas está prevista para o dia 26 de setembro de 2021 e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19, conforme regras do edital.

As provas irão conter questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida.
A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais, ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente com o benefício de ajuda alimentação/refeição, o Banco concede a cesta alimentação, no valor mensal de R$ 654,87, na forma do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT. Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência; e previdência complementar.