TJRJ anuncia retomada do concurso para técnicos e analistas judiciários

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Tribunal de Justiça

Provas estão previstas para este ano

Karolini Bandeira*- Um dos certame mais procurado do primeiro semestre de 2021, o concurso público do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), para técnicos e analistas, será oficialmente retomado e tem provas previstas para novembro! A republicação do edital foi confirmada nesta quarta-feira (22/9) pelo Tribunal ao Papo de Concurseiro. Segundo o órgão, os aprovados devem ser nomeados no primeiro semestre de 2022.

No último dia 17, o presidente do TJRJ, desembargador Henrique Figueira, autorizou alterações contratuais com o Cebraspe, banca organizadora da seleção. Entre as alterações, foi autorizada a redução do número de vagas para provimento imediato das chances  ofertadas: de 160 passou para 132. A decisão, proposta pela Diretoria-Geral de Gestão de Pessoas do tribunal (DGPES) e publicada no Diário da Justiça, também incluiu a formação de cadastro reserva no concurso.

Suspensão em 2020

O concurso do TJRJ, suspenso em 2020 devido à pandemia de covid-19, oferta 132 vagas para os cargos de analistas e técnicos e está sob responsabilidade do Cebraspe. A remuneração inicial para o cargo de técnico de atividade judiciária do TJRJ vai de R$ 3.870,06 a R$ 6.373,89. Já um analista judiciário do órgão começa recebendo de R$ 6.373,89 a R$ 9.560,88.

Os técnicos deverão exercer jornadas de trabalho de 40 horas semanais. As chances serão para as seguintes cidades: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda.

Para o cargo, é necessário possuir certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Os candidatos serão avaliados por provas objetivas, contando com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, noções de direitos das pessoas com deficiência, ética no serviço público) e conhecimentos específicos (noções de direito – administrativo, constitucional, processual civil e processual penal e legislação).

Já para analistas, que exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais, a seleção será composta por provas objetivas, discursiva e avaliação de títulos. A prova contará com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, ética no serviço público e noções dos direitos das pessoas com deficiência) e conhecimentos específicos de cada especialidade.

As chances são para analista judiciário nas especialidades de assistente social, médico, médico psiquiatra, psicólogo, contador, comissário de justiça da infância, da juventude e do idoso, execução de mandados, analista de gestão de TIC, analista de infraestrutura de TIC, analista de negócios, analista de projetos, analista de segurança da informação e analista de sistemas.

Os aprovados poderão ser lotados em Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda. Saiba mais aqui!

O concurso mais procurado

Segundo levantamento realizado pelo Gran Cursos Online, o concurso para técnicos e analistas do TJRJ foi o mais procurado no primeiro semestre de 2020. A pesquisa revelou que a seleção registrou mais de 600 mil buscas e ficou na frente de grandes certames, como o da Polícia Rodoviária Federal (PRF) — que atingiu a marca de mais de 400 mil pesquisas.

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Secretaria de Fazenda do Rio fala sobre necessidade de novo concurso para auditores

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

A realização de um novo concurso público para auditores da Secretaria de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz RJ) foi a pauta de uma reunião realizada no dia 24 de agosto, pelo Conselho Superior de Fiscalização Tributária.

Na ata do encontro publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (20/9), o conselheiro Luiz Cezar Moretzohn Rocha incentivou o debate sobre os procedimentos necessários até a contratação de Auditores Fiscais da Receita Estadual. 

No entanto, o presidente do Conselho e secretário de Fazenda, Nelson Rocha, destacou que para a discussão avançar é preciso realizar estudos para quantificar o número de vagas a serem abertas na função. Segundo ele, o déficit de profissionais e as áreas que mais necessitam da reposição de servidores serão levantadas. 

De acordo com o Decreto nº 47.585, publicado pelo Estado em abril, são previstas 50 vagas para a Sefaz RJ, sendo 30 para auditor-fiscal da receita estadual, 10 para analista em finanças públicas e 10 para agente de fazenda. 

O último concurso da Sefaz/RJ foi realizado há oito anos. Na época, foram ofertadas 50 vagas para auditor fiscal da receita estadual de 3ª categoria — com salário inicial de, na época, R$ 13.186,76. Os candidatos foram submetidos a duas provas objetivas, com 100 questões cada. O conteúdo programático foi sobre português, inglês, administração, informática, contabilidade, matemática, estatística, legislação tributária e direito. 

 

Número de vagas do concurso público do TJRJ é reduzido

Publicado em Deixe um comentárioCarreira judiciária, Concursos, Concursos Públicos, Tribunal de Justiça

Karolini Bandeira*-  Com retomada prevista, o concurso público do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) teve algumas mudanças contratuais com a banca organizadora aprovadas pelo presidente do Tribunal, desembargador Henrique Figueira, nesta sexta-feira (17/9). Entre as alterações, foi autorizada a redução do número de vagas para provimento imediato ofertadas: de 160 passou para 132.

A decisão, proposta pela Diretoria-Geral de Gestão de Pessoas do tribunal (DGPES) e publicada no Diário da Justiça, também incluiu a formação de cadastro reserva no concurso. O quantitativo foi reduzido após nova avaliação da necessidade do quadro de pessoal do TJRJ.

Edital segue suspenso

O concurso do TJRJ, suspenso em 2020 devido à pandemia de covid-19, oferta 132 vagas para os cargos de analistas e técnicos e está sob responsabilidade do Cebraspe. A remuneração inicial para o cargo de técnico de atividade judiciária do TJRJ vai de R$ 3.870,06 a R$ 6.373,89. Já um analista judiciário do órgão começa recebendo de R$ 6.373,89 a R$ 9.560,88.

Os técnicos deverão exercer jornadas de trabalho de 40 horas semanais. As chances serão para as seguintes cidades: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda.

Para o cargo, é necessário possuir certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Os candidatos serão avaliados por provas objetivas, contando com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, noções de direitos das pessoas com deficiência, ética no serviço público) e conhecimentos específicos (noções de direito – administrativo, constitucional, processual civil e processual penal e legislação).

Já para analistas, que exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais, a seleção será composta por provas objetivas, discursiva e avaliação de títulos. A prova contará com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, ética no serviço público e noções dos direitos das pessoas com deficiência) e conhecimentos específicos de cada especialidade.

As chances são para analista judiciário nas especialidades de assistente social, médico, médico psiquiatra, psicólogo, contador, comissário de justiça da infância, da juventude e do idoso, execução de mandados, analista de gestão de TIC, analista de infraestrutura de TIC, analista de negócios, analista de projetos, analista de segurança da informação e analista de sistemas.

Os aprovados poderão ser lotados em Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda. Saiba mais aqui!

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

PCRJ designa comissão para fiscalizar contrato com banca

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- A Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) definiu uma nova comissão fiscalizadora que ficará responsável por supervisionar o contrato da corporação com a banca organizadora, Fundação Getúlio Vargas (FGV), e os serviços prestados que foram estabelecidos na contratação.

A FGV irá reger os certames para peritos, inspetores, investigadores, técnicos e auxiliares. Das 400 vagas imediatas previstas, são 50 para as carreiras de delegado, cinco para perito criminal, 25 para perito legista, 100 para inspetor, 200 para investigador, dez para técnico de necropsia e dez para auxiliar de necropsia.

As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade. Após aprovados, os profissionais receberão ganhos iniciais de R$ 4.506,27 a R$ 18.747,95. O edital para delegados já foi publicado, enquanto o documento para as outras funções está previsto para outubro.

Publicado edital para delegados

A PCRJ publicou, nesta segunda-feira (13/9), o edital de abertura de um novo concurso público com 50 vagas para delegados. A carreira exige bacharelado em direito e os contratados receberão ganhos iniciais de R$18.747,95. As inscrições devem ser feitas pelo site do Cebraspe de 21 de setembro a 11 de outubro. Há taxa de participação no valor de R$ 250.

O concurso será composto por oito etapas. São elas: prova objetiva preliminar, prova discursiva específica, prova oral, exame psicotécnico, prova de capacidade física e exame médico, prova de títulos, investigação social e curso de formação. Veja mais!

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Polícia Civil do Rio contrata nova banca organizadora para próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

O contrato com a banca responsável pela organização do próximo concurso público da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ) está assinado. O Sistema Eletrônico de Informações do Estado (SEI RJ) traz o documento acordado entre a Secretaria Estadual de Polícia Civil e Fundação Getulio Vargas (FGV).

A partir de agora, a próxima etapa é a publicação do extrato no Diário Oficial. A previsão é que isso ocorra entre os dias 10 e 14 de setembro. Em uma publicação nas redes sociais, o secretário de Polícia Civil, delegado Allan Turnowski, afirmou que os editais devem ser publicados em outubro.

No fim de julho, o contrato com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), que havia sido escolhido para organizar o concurso, foi cancelado. Nenhuma das partes justificou o fato.

O certame deverá ter 400 vagas imediatas, sendo 50 para as carreiras de delegado, 5 para perito criminal, 25 para perito legista, 100 para inspetor, 200 para investigador, 10 para técnico de necropsia e 10 para auxiliar de necropsia.

Rio de Janeiro autoriza concurso para técnicos e analistas da Procuradoria Geral

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos

O novo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE RJ) está autorizado. O governo estadual deu aval para o certame que visa a contratação imediata de profissionais para 12 vagas na área de apoio, com formação de cadastro reserva.

Na prática, as oportunidades estão distribuídas da seguinte forma: dez serão para o cargo de analista processual, que exige nível superior; e as outras duas serão para técnico processual, que exige nível médio.

Se admitidos, os profissionais terão ganhos iniciais que alternam entre R$ 5.150,00 e R$ 6.990,00, a depender do cargo. Além da remuneração, existem benefícios de R$ 1.290 de auxílios-alimentação e refeição.

A confirmação do certame também circulou nas redes sociais. Em uma publicação no Instagram, a Associação dos Servidores da Procuradoria (ASPROERJ) afirmou que terá início em breve o processo de contratação da banca organizadora.

“Acabo de falar com o nosso Procurador Geral, Doutor Bruno Dubeaux, e conseguimos, concurso autorizado com ordem dele para realizar a Pesquisa de Preço e contratar a Organizadora com brevidade”, diz a legenda.

Procuradoria defende necessidade do concurso
Desde que assumiu o comando da procuradoria, Dubeaux verificou os cargos em vacância na PGE e estabeleceu procedimentos para que o quadro de funcionários fosse atualizado. “Determinei que os números fossem atualizados e que um estudo sobre a necessidade do referido certame fosse feita, para que, dessa forma, eu pudesse levar o tema ao governador”, afirmou.

Concurso do TJRJ é o mais procurado no primeiro semestre de 2021, aponta levantamento

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Seleção registrou mais de 600 mil buscas nos primeiros seis meses do ano

Karolini Bandeira*- O concurso público do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) foi o mais procurado no primeiro semestre de 2021. Segundo levantamento realizado pelo Gran Cursos Online, a seleção registrou mais de 600 mil buscas e ficou na frente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES), que atingiram a marca de mais de 400 mil pesquisas.

A remuneração inicial para o cargo de técnico de atividade judiciária do TJRJ vai de R$ 3.870,06 a R$ R$ 6.373,89. Já um analista judiciário do órgão começa recebendo de R$ 6.373,89 a R$ 9.560,88.

Edital com 160 vagas do TJRJ segue suspenso

O concurso do TJRJ, suspenso em 2020 devido à pandemia de covid-19, oferta 160 vagas para os cargos de analistas e técnicos e está sob responsabilidade do Cebraspe.

São 140 vagas para o cargo de técnico de atividade judiciária. Os aprovados deverão exercer jornadas de trabalho de 40 horas semanais. As chances serão para as seguintes cidades: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda.

Para o cargo, é necessário possuir certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Os candidatos serão avaliados por provas objetivas, contando com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, noções de direitos das pessoas com deficiência, ética no serviço público) e conhecimentos específicos (noções de direito – administrativo, constitucional, processual civil e processual penal e legislação).

Já para analistas, sendo ofertadas 20 vagas para analistas, que exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais. A seleção será realizada por provas objetivas, discursiva e avaliação de títulos. A prova contará com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, ética no serviço público e noções dos direitos das pessoas com deficiência) e conhecimentos específicos de cada especialidade.

As chances são para analista judiciário nas especialidades de assistente social, médico, médico psiquiatra, psicólogo, contador, comissário de justiça da infância, da juventude e do idoso, execução de mandados, analista de gestão de TIC, analista de infraestrutura de TIC, analista de negócios, analista de projetos, analista de segurança da informação e analista de sistemas.

Os aprovados poderão ser lotados em Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda. Saiba mais aqui!

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

PCRJ terá editais em setembro e outubro, informa secretário

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Polícia civil

Karolini Bandeira*- Os editais dos concursos públicos da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) estão com publicação próxima! Em resposta nas redes sociais nesta terça-feira (31/8), o secretário da corporação, delegado Allan Turnowski, informou que o edital para delegado será divulgado em setembro e o edital para agente e perito em outubro.

O certame, organizado pela Cebraspe, terá 400 vagas imediatas para as carreiras de delegado, perito criminal, perito legista, inspetor, investigador, técnico de necropsia e auxiliar de necropsia. A distribuição será feita da seguinte forma:

  • Auxiliar de necropsia – dez vagas
  • Técnico de necropsia – dez vagas
  • Investigador – 200 vagas
  • Inspetor – 100 vagas
  • Perito criminal – cinco vagas
  • Perito legista – 25 vagas
  • Delegado – 50 vagas

As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade. Após aprovados, os profissionais receberão ganhos iniciais de R$ 4.506,27 a R$ 18.747,95.

De acordo com o governador do RJ, Cláudio Castro, os candidatos passarão pela prova de conhecimento, exame psicotécnico, exame médico e prova de capacidade física. “Segurança é prioridade do nosso Governo. Sei que, independente da pandemia, muitas pessoas permaneceram estudando e se capacitando para prestar concurso para o setor. Chegou o momento”, celebrou.

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Alerj aprova convocação de todos os aprovados no concurso PMERJ 2014

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Excedente

Karolini Bandeira*- Foi aprovado, em primeira decisão na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), proposta que prevê que nomeação a todos os aprovados no concurso público para soldados da Polícia Militar do Estado (PMRJ). De acordo com o PL 2.614/2020, no caso de ausência de aprovados do sexo masculino, a corporação deve ocupar as vagas remanescentes com candidatas do sexo feminino.

O projeto ainda deverá passar por votação em segunda discussão para ser encaminhado ao governador. Caso aprovado, um novo cronograma será montado para o curso de formação.

Concurso ofereceu 6.000 vagas

Foram abertas, em 2014, 6.000 vagas para soldados da PMERJ. Do total de oportunidades, 5,4 mil foram para homens e 600 para mulheres. Para participar foi requisitado ter entre 18 e 30 anos de idade, carteira nacional de habilitação, e possuir ensino médio de formação. A altura mínima exigida para candidatos do sexo masculino foi de 1,65m, e de 1,60m para candidatas do sexo feminino.

O concurso foi composto por exame intelectual (prova objetiva e de redação), avaliação psicológica, exame antropométrico, exame de aptidão física, exames médicos e toxicológicos, investigação social e documental, além do curso de formação.

Confirmado concurso para oficiais

O próximo concurso da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) está confirmado e deverá ofertar 32 vagas para o cargo de oficial, que requere nível superior em direito, idade entre 18 e 35 anos e altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens. Definida em janeiro, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) será a banca organizadora do certame. Saiba mais!

UFRJ deve publicar ainda este ano edital para concurso com 100 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Publicação do edital para nova seleção está prevista para o mês de outubro

Em entrevista à Folha Dirigida, a pró-reitora de Pessoal da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), UFRJ, Luzia Araújo, voltou a confirmar a realização de um novo concurso público ainda este ano.

De acordo com as recentes declarações, a nova seleção deve ofertar 100 vagas de Técnico-Administrativos em Educação (TAEs). Desse total, 60 oportunidades serão para a função de assistente em administração (nível médio) e o restante será dividido entre enfermeiro e médico (nível superior). 

Se aprovados, os profissionais receberão ganhos iniciais entre  R$2.904,96 e  R$4.638,66, a depender da função escolhida. 

“Estamos dimensionando a necessidade dessas pessoas nas diversas unidades da universidade e, com quase toda certeza, o ano de 2021 ainda será palco para o nosso próximo edital, cujas provas já acontecerão no ano de 2022, para posse ainda em 2022. O edital deverá sair em outubro ou novembro”, afirmou Luzia. 

O último concurso realizado pela Universidade aconteceu há quatro anos, em 2017. Na época, 168 vagas foram ofertadas. Dessas, 40 eram para a função de assistente em administração, 25 vagas para os campi da UFRJ e 15 para as unidades de saúde.