Novo concurso PCDF: autorizada seleção para agente de custódia

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal divulgou, no Diário Oficial desta quarta-feira (20/4), autorização para realização de novo concurso público para o provimento de vagas para o cargo de Agente Policial de Custódia da Polícia Civil do Distrito Federal. O quantitativo autorizado será distribuído da seguinte forma:  50 vagas imediatas e 100 vagas para cadastro reserva.

A corporação também tem autorização para a realização de um novo concurso público para delegados. Também serão 50 vagas para o cargo, além de 100 vagas para formação do cadastro reserva. Ainda não há mais detalhes sobre previsão de lançamento do edital.

A informação dos novos certames também foi divulgada pelo delegado-geral da instituição, Robson Cândido, em post no Instagram.

“A Secretaria de Economia do DF autorizou a realização de concursos públicos para os cargos de Delegado de Polícia e de Agente Policial de Custódia. Estão previstas 50 vagas para provimento imediato e 100 para cadastro de reserva para cada cargo. A Polícia Civil do Distrito Federal agradece pelo apoio a esse importante pleito para a recomposição do nosso quadro de pessoal”, anunciou.

Além dessas autorizações, a PCDF também já anunciou que vai oferecer uma nova seleção para a área administrativa.  Ao todo, serão oferecidas 740 vagas, sendo 260 imediatas e 480 para a formação de cadastro de reserva. As chances serão para gestores de apoio e analistas de apoio.

As oportunidades serão distribuídas entre nível médio e superior, sendo 60 vagas para gestor e 200 para analista. Já as demais 480 vagas serão em cadastro de reserva. Confira aqui as dicas com especialista.

Outros concursos em andamento

A PCDF está com concurso em andamento para agente da Polícia. A seleção foi retomado no início de abril deste, após ter sido suspenso. Com a retomada, a corporação e o Cebraspe anunciaram a convocação para a avaliação biopsicossocial dos candidatos que se declararam pessoas com deficiência, exames biométricos e avaliação médica.

O resultado provisório de todas essas próximas fases está previso para ser  divulgado na data provável de 2 de junho.

edital para a seleção de agentes em junho de 2020.  Ao todo, o edital oferta 1.800 vagas para agente da Polícia Civil, sendo 600 vagas imediatas, mais 1.200 para formação de cadastro de reserva. Os ganhos da carreira são de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal.

A seleção teve, inicialmente, o cronograma atrasado devido à pandemia da covid-19. As provas, previstas para serem aplicadas em outubro de 2020, só ocorreram em 22 de agosto de 2021. Saiba mais sobre o concurso aqui.

O concurso foi, novamente, suspenso em dezembro de 2021. A decisão partiu da 2ª Vara da Fazenda Pública do DF e teve como base um pedido de oito candidatos que concorrem ao cargo de agente nas vagas reservadas para negros e pardos. Eles alegam que, segundo o edital, deveriam ter as provas discursivas corrigidas — o que não ocorreu. “Acontece que o edital prevê que os cotistas aprovados dentro do número de vagas oferecidas para ampla concorrência não devem ser computados para preenchimento das vagas reservadas exclusivamente a negros/pardos”, disseram os requerentes.

Para que suas provas sejam corrigidas, os candidatos argumentaram que o Cebraspe deve considerar, para fins de correção das avaliações discursivas, apenas os cotistas que não foram classificados na lista de ampla concorrência.

Vagas para escrivães

Além da seleção para agentes, a PCDF está realizando também o concurso com 300 vagas para escrivães. As provas foram aplicadas em agosto. Saiba mais aqui! 

Ambos os cargos tiveram aplicação de provas objetivas e discursivas como método de seleção. Os inscritos aprovados nas etapas ainda serão avaliados por meio de teste de aptidão física, exames biométricos e avaliação médica, prova prática de digitação, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social, prova de títulos e curso de formação.

Outras autorizações para o DF

Bombeiros

Também nesta quarta-feira (20/4), foi publicada portaria que autoriza novo concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. De acordo com o documento, as vagas serão para militares de diversos quadros e qualificações, relativos a oficiais e praças.

O quantitativo autorizado será distribuído da seguinte forma:

  • 23 oficiais combatentes,
  • 10 oficiais médicos
  • 3 oficiais cirurgiões dentistas
  • 10 oficiais complementares
  • 310 praças dos quadros do CBMDF.

Iprev-DF

O Secretário de Estado de Economia do Distrito Federal também divulgou autorização para instituir grupo de trabalho com a finalidade de realizar estudos técnicos, objetivando a contratação de banca organizadora, para o concurso público da  Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev). O certame prevê oferta de 85 vagas para o cargo de analista previdenciário.

O grupo será responsável pelo planejamento, organização e execução do concurso público para o cargo que é  da Carreira de Atividades Previdenciárias e será composto por servidores
devidamente designados pelo Secretário de Economia.

Do total de vagas, 65 serão imediatas e 20 para a formação de um cadastro de reserva. A carreira conta com três especialidades, sendo elas especialista previdenciário; especialista em investimentos; e especialista em atuária. Agora, com a autorização para formação da comissão, os próximo passos são a escolha da banca e a publicação do edital.

Para concorrer ao cargo de especialista previdenciário será preciso ter nível superior completo em qualquer área de formação mais o seu respectivo registro, quando exigido.

Já para o especialista em investimentos serão aceitos diplomas em administração, ciências econômicas, ciências contábeis, comércio exterior ou matemática, além da certificação profissional e do respectivo registro na área, quando exigido. Por fim, o especialista em atuária deverá ter concluído a graduação em ciências atuariais e apresentar o registro no respectivo órgão de classe.

Saiba mais: Secretaria de Saúde do DF retifica edital de seleção emergencial 

IBGE retifica edital de concurso para agentes e recenseadores

Novo concurso PCDF: especialista comenta expectativas para seleção com 740 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) já anunciou que vai oferecer uma nova seleção para a área administrativa.  Ao todo, serão oferecidas 740 vagas, sendo 260 imediatas e 480 para a formação de cadastro de reserva. As chances serão para gestores de apoio e analistas de apoio. Com isso, os preparativos para um novo edital devem ser intensificados. E, para ajudar os candidatos na preparação desse certame tão aguardando , o Papo de Concurseiro conversou com a especialista Luana Davico, que é coordenadora de carreiras policiais no Gran Cursos Online e delegada da PCDF.

As oportunidades serão distribuídas entre nível médio e superior, sendo 60 vagas para gestor e 200 para analista. Já as demais 480 vagas serão em cadastro de reserva.

Confira as dicas abaixo:

Quando o concurso deve ser lançado?

Quanto a data de lançamento, a PCDF passa por uma situação crítica nesse sentido. Se observarmos que o concurso de delegado também já foi autorizado anteriormente e até momento nós não tivemos ainda nem a fase de dispensa de licitação para a escolha da banca e publicação do edital. E, também tendo em vista que os concursos para agente e escrivão estão em andamento, inclusive com retomada recente, o novo concurso para área administrativa deve sair no segundo semestre de 2022 ou início de 2023.

Quais são as expectativas para a seleção?

Trata-se de uma oportunidade valiosa pra aqueles que almejam esses cargos, já que por se tratar de cargos do quadro de apoio da PCDF, deve ser sim um concurso concorrido como de praxe são os concursos da Polícia Civil do Distrito Federal. E, eu digo que a posição agora é de estudar. É o momento de começar a se preparar pro concurso.

Quem deixar pra se preparar pra esse concurso somente no anúncio do edital vai estar extremamente defasado. E, a forma ideal pra começar a estudar é procurar se organizar! É importante  organizar os estudos, os horários, entender a forma de estudos. Autoconhecimento é muito importante nessa hora e claro, buscar um material com professores preparados pra que possam te ensinar e te preparar pra essa seleção. Esse é o principal ponto, você ter o ensinamento vindo de pessoas preparadas. Para isso, o Gran Curso Online oferece desde cedo uma preparação completa nas matérias e nos cargos previstos.

A autorização já foi contemplada em portaria. Agora,  o certame necessita passar pela dispensa ou fase de licitação para a escolha da banca e, finalmente teremos o anúncio do concurso.

Quem prestou o concurso da PCDF anterior, pode aproveitar algum conteúdo? Quais?

A vantagem pra quem já prestou concursos na área da PCDF é realmente o aproveitamento de matérias, de legislação institucional, das noções de direito constitucional, direito administrativo que devem vir previstas aí no edital.

Qual o principal conselho de especialista?

Meu principal conselho é que as pessoas entendam que o momento de estudar prum concurso, tendo em vista as notas de corte que estão cada vez mais altas e o nível dos candidatos, não é na hora que o edital sai. E, sim no momento da autorização.  Então, se quer prestar esse concurso, tenha foco, se organize, dialogue com os seus professores e se prepare desde já, desde hoje pra essa prova. Eu costumo dizer que o melhor momento pra você ter estudado pra esse concurso foi ontem. O segundo melhor momento é hoje!

Leia também: Concurso PCDF: delegado-geral fala em “agilizar concursos”

Concurso para delegado e agente 

A Polícia Civil tem outros dois concursos confirmados. Um para delegado e outro para agente de custódia. Ambos serão ofertados juntos, segundo o diretor-geral da PCDF, Robson Candido.

O certame que visa preencher 150 vagas para delegados foi, inclusive, confirmado no início de fevereiro. Serão 50 vagas imediatas e 100 para a formação de cadastro de reserva. A PCDF também recebeu competência para dar andamento na seleção.

Paralelo a isso, deve acontecer ainda o concurso para agente de custódia, que vai ofertar o mesmo quantitativo de vagas e foi confirmado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

Concursos em andamento

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) anunciou a retomada do concurso para o provimento de vagas e a formação de cadastro de reserva no cargo de Agente de Polícia da Carreira de Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Com isso, divulgou o resultado final na prova discursiva, a convocação para a avaliação biopsicossocial dos candidatos que se declararam pessoa com deficiência e a convocação para os exames biométricos e avaliação médica, referentes ao concurso para o provimento de vagas e a formação de cadastro de reserva no cargo de agente.

A PCDF publicou o  edital para a seleção de agentes em junho de 2020.  Ao todo, o edital oferta 1.800 vagas para agente da Polícia Civil, sendo 600 vagas imediatas, mais 1.200 para formação de cadastro de reserva. Os ganhos da carreira são de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal.

A seleção teve, inicialmente, o cronograma atrasado devido à pandemia da covid-19. As provas, previstas para serem aplicadas em outubro de 2020, só ocorreram em 22 de agosto de 2021. Saiba mais sobre o concurso aqui.

O concurso foi, novamente, suspenso em dezembro de 2021. A decisão partiu da 2ª Vara da Fazenda Pública do DF e teve como base um pedido de oito candidatos que concorrem ao cargo de agente nas vagas reservadas para negros e pardos. Eles alegam que, segundo o edital, deveriam ter as provas discursivas corrigidas — o que não ocorreu. “Acontece que o edital prevê que os cotistas aprovados dentro do número de vagas oferecidas para ampla concorrência não devem ser computados para preenchimento das vagas reservadas exclusivamente a negros/pardos”, disseram os requerentes.

Para que suas provas sejam corrigidas, os candidatos argumentaram que o Cebraspe deve considerar, para fins de correção das avaliações discursivas, apenas os cotistas que não foram classificados na lista de ampla concorrência.

Além da seleção para agentes, a PCDF está realizando também o concurso com 300 vagas para escrivães. As provas foram aplicadas em agosto. Saiba mais aqui! 

Ambos os cargos tiveram aplicação de provas objetivas e discursivas como método de seleção. Os inscritos aprovados nas etapas ainda serão avaliados por meio de teste de aptidão física, exames biométricos e avaliação médica, prova prática de digitação, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social, prova de títulos e curso de formação.

Concurso PCDF: delegado-geral fala em “agilizar concursos”

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O anúncio foi feito pelo delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal nas redes sociais

Jéssica Andrade – O delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Robson Candido, publicou um vídeo nas redes sociais em que diz que vai trabalhar para “agilizar os concursos em andamento e os próximos”.

“Bora trabalhar pesado essa semana para agilizar os concursos em andamento e os próximos!!
# concursopcdf”, escreveu.

A Polícia Civil do Distrito Federal já possui um concurso com edital publicado para 2.100 vagas de Escrivão e Agente. O concurso para o cargo de escrivão está em andamento. O resultado da provisório da prova prática de digitação foi publicado recentemente. 

Já a seleção para Agente encontra-se suspensa desde janeiro. Os seguidores do delegado, inclusive, cobraram uma resposta sobre a seleção.

“E o cronograma de agente pcdf? Precisamos de uma solução dr. Robson! São mais de 2 meses esperando uma solução e nenhum comunicado da banca nós temos”, comentou uma seguidora. 

Além disso, a corporação tem um novo concurso autorizado para área administrativa conta com 740 vagas. A próxima etapa será a contratação da banca organizadora. As oportunidades serão distribuídas entre nível médio e superior, sendo para Gestor de Apoio e Analista de Apoio às Atividades Policiais.

No caso da carreira de Agente de Custódia da Polícia Civil do Distrito Federal foram  autorizadas 50 vagas para provimento imediato e 100 para cadastro de reserva.

Os concurseiros ainda aguardam também a realização do novo concurso Delegado PCDF, que foi autorizada pelo Secretário de Estado de Economia do DF, José Itamar Feitosa. De acordo com a publicação, serão ofertadas 50 vagas imediatas e 100 para cadastro de reserva.

Segundo o delegado-geral da PCDF, os concursos para agente de custódia e delegado serão feitos juntos.

 

Novo concurso PCDF: portaria confirma 740 vagas para área administrativa

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

As vagas vão contemplar os cargos de analista e gestor. Ainda não há informação sobre nível de escolaridade

Jéssica Andrade – Mais uma oportunidade na cidade dos concursos. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) vai oferecer uma nova seleção para a área administrativa. A portaria que confirma o certame e a quantidade de vagas foi publicada na página 7 do Diário Oficial do DF, nesta terça-feira (22/3). 

Ao todo, serão oferecidas 740 vagas, sendo 260 imediatas e 480 para a formação de cadastro de reserva.A portaria também anuncia os cargos contemplados: há vagas para gestor e analista, divididos da seguinte forma:

  • gestor de apoio às atividades policiais civis: 60 vagas imediatas + 180 em cadastro de reserva;
  • analista de apoio às atividades policiais civis: 200 vagas imediatas + 300 em cadastro de reserva.

Dos cargos da área de apoio do quadro da PC DF, apenas o auxiliar não será contemplado. As vagas para as carreiras de gestor e analista constam na LDO e têm previsão orçamentária.

Ainda não há informações sobre a exigência dos cargos. No entanto, o cargo de analista de apoio geralmente exige nível, enquanto o de gestor costuma contemplar o nível superior. 

Além de confirmar as vagas, a portaria também delega à Polícia Civil as competências necessárias para a realização do concurso público e demais procedimentos visando prover os cargos de gestor e analista. Isso significa que a corporação terá autonomia sobre o certame. Sem depender de terceiros, os andamentos devem acontecer mais rapidamente. 

Essa condição  já havia sido solicitada pela PC DF, em ofício que foi enviado à Secretaria de Economia. “Solicito os bons préstimos de Vossa Excelência em delegar competência à Polícia Civil do Distrito Federal para realização do referido certame, uma vez que tal providência se mostra necessária para a continuidade do processo e conveniente do ponto de vista prático, já que é do interesse da corporação a realização do certame em razão das peculiaridades da carreira de Gestão de apoio às Atividades Policiais Civis”.

Com isso, os preparativos devem ser intensificados.

Autorização

Em março de 2021, a Secretaria de Economia autorizou concursos para 14 carreiras no Distrito Federal. Entre elas, para “Apoio às Atividades Policiais Civis – PCDF”, que contempla os cargos da área administrativa.

Na época, assim que o aval foi confirmado o diretor-geral da corporação, o delegado Robson Cândido, comemorou a autorização pelas redes sociais.

Concurso para delegado e agente 

A Polícia Civil tem outros dois concursos confirmados Um para delegado e outro para agente de custódia. Ambos serão ofertados juntos, segundo o diretor-geral da PCDF, Robson Candido. 

O certame que visa preencher 150 vagas para delegados foi, inclusive, confirmado no início de fevereiro. Serão 50 vagas imediatas e 100 para a formação de cadastro de reserva. A PCDF também recebeu competência para dar andamento na seleção. 

Paralelo a isso, deve acontecer ainda o concurso para agente de custódia, que vai ofertar o mesmo quantitativo de vagas e foi confirmado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. 

 

“Cidade das oportunidades”: GDF prevê quase 30 concursos em 2022

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, educação, GDF, Ibaneis Rocha, Saúde, segurança

Karolini Bandeira* — A capital federal deve honrar, neste ano, o título de “cidade das oportunidades para concursados”. O Governo do Distrito Federal (GDF) prevê, para 2022, a realização de quase 30 concursos públicos para novos servidores. O total representa a abertura de 5,5 mil vagas de trabalho imediatas e 10,2 mil para cadastro de reservas.

A previsão orçamentária do ano feita pela Secretaria de Economia (Seec) prevê o investimento em novos servidores de diversos setores. Para a Seec, os certames são ‘uma forma de melhorar ainda mais a prestação de serviços à população do DF’. São 28 categorias profissionais, em áreas estratégicas do governo e setores da administração pública com déficit de servidores causado por exonerações e aposentadorias.

Entre 2019 e 2021, 11 mil pessoas foram aprovadas em concursos públicos em todo o DF.  “Nós tivemos, ao longo destes três anos, a maior contratação de servidores da área social – foram 698”, lembrou o governador Ibaneis Rocha (MDB) em seu discurso de abertura do ano legislativo, este mês. “Na saúde foram mais de 10 mil contratados.”

Expectativa

Em janeiro e fevereiro, o Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) publicou diversas autorizações de concursos públicos para o ano de 2022. Um desses é o da Polícia Penal do DF, que tem previstos 400 cargos para provimento imediato e mais 779 de reserva.

Para a Polícia Civil (PCDF) foi autorizado concurso para delegado, com 50 vagas imediatas e mais 100 de cadastro de reserva. Já a Secretaria de Saúde (SES) tem 50 vagas para cirurgião dentista, 101 para enfermeiro e 230 para médico, com cadastro reserva correspondente a duas vezes o número das vagas imediatas.

Também na área da Segurança, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) tem autorizado o provimento de 2,1 mil vagas na carreira de soldado, com a previsão de ingresso a partir de setembro de 2023.

A Secretaria de Educação (SEE) vai abrir 776 vagas para professor de educação básica, com cadastro reserva de 3.104 candidatos; 20 vagas para pedagogo-orientador educacional, mais cadastro reserva de 80 candidatos, e 16 vagas para o cargo de analista de gestão educacional, com reserva de 258 candidatos.

O GDF também autorizou um concurso público para professores da Universidade do Distrito Federal (UnDF). Serão 250 vagas para o cargo de professor de educação superior e 100 vagas para tutor de educação superior, da carreira magistério superior, além de 1.050 para o cadastro reserva.

*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes

**Com informações da Agência Brasília

‘Serão feitos juntos’, diz diretor-geral sobre concurso para delegado e agente de custódia

Publicado em Deixe um comentárioPCDF

Nas redes sociais, o diretor-geral da Polícia Civil, Robson Candido diz que concurso PC DF de agente de custódia e delegado serão feitos juntos

Jéssica Andrade – Após a confirmação do novo concurso da Polícia Civil do Distrito Federal para a carreira de delegado, candidatos e concurseiros questionaram o diretor-geral da corporação, Robson Candido, sobre o concurso de agente de custódia. Nas redes sociais, o representante da corporação afirmou que os dois certames serão realizados juntos. 

Sendo assim, a autorização para a seleção de delegados não deve atrasar a de agente de custódia. Inclusive, a portaria autorizativa do agente pode ser divulgada em breve ou a qualquer momento. 

Reprodução/Instagram

O papo do Concurseiro entrou em contato com a corporação para saber se, quando ele diz “juntos”, quer dizer que será um edital para cada ou um edital para ambas as carreiras. Mas até a publicação desta nota, a Polícia Civil ainda não havia respondido se os preparativos serão tocados simultaneamente.  

 

PC DF tem 300 vagas autorizadas

Desde agosto de 2021 que os concursos PC DF de agente de custódia e delegado estão confirmados. Elas foram anunciadas e autorizadas extra-oficialmente pelo ex-secretário de Economia, André Clemente e confirmadas pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. Para ambos os cargos, foi anunciada uma oferta de 150 vagas, sendo 50 imediatas e 100 para a formação de um cadastro de reserva.

Como foi o último concurso PC DF de delegado

A Polícia Civil do Distrito Federal não realiza concurso PC DF para delegado desde 2014, quando ofertou 100 vagas para a carreira. A seleção foi organizada pela Fundação Universa.

O concurso teve a validade prorrogada em 2018 e agora não está mais vigente. Por isso, foi preciso um novo aval para que a corporação possa contratar novos servidores.

O salário do delegado de polícia é de R$18.177,32 na terceira categoria e podendo chegar a R$22,8 mil na classe especial. Os servidores ainda contarão com os seguintes benefícios:

  • auxílio-alimentação no valor de R$458;
  • auxílio-creche; e
  • auxílio plano de saúde.

Quando foi o último concurso de agente de custódia?

A Polícia Civil do Distrito Federal não realiza concurso PC DF de agente de custódia desde 2004, quando ofertou 66 vagas. A seleção foi realizada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A carreira exige o nível médio completo. Na época, a oferta foi de R$4.223,73 e os selecionados teriam que cumprir jornada de 40 horas semanais.

Na época, foram cinco etapas de seleção mais o curso de formação, que foi a última fase antes da posse no cargo.

 

Polícia Civil do DF é autorizada a abrir concurso com 150 vagas para delegados

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

A confirmação da autorização foi publicada nesta segunda-feira (7/2), por meio de uma portaria no Diário Oficial do DF

Jéssica Andrade – Atenção, concurseiros que almejam ingressar na carreira de delta da Polícia Cívil do Distrito Federal. A corporação recebeu oficialmente a autorização para dar início ao concurso público para o cargo de delegado. 

A confirmação da autorização foi publicada nesta segunda-feira (7/2), por meio de uma portaria no Diário Oficial do DF. O documento confirma a oferta de 150 vagas, sendo 50 imediatas e 100 para a formação de um cadastro de reserva. O documento também delega à Polícia Civil a autonomia para dar andamento ao processo de organização do certame. 

“Delegar competência à Polícia Civil do Distrito Federal para realizar concurso público visando o provimento de vagas para o cargo de Delegado de Polícia da Carreira de Delegado de Polícia do Distrito Federal.”

Também discrimina que a autorização’ fica condicionada à fixação da despesa com provimento dos cargos de que trata o art. 1º desta portaria na Lei Orçamentária Anual da União de 2022′, que prevê concursos na corporação.

O concurso público para a carreira de delegado já havia sido anunciado pelo O secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, em entrevista ao CB.Poder — parceria do Correio com a TV Brasília em agosto de 2021.

Para concorrer ao concurso PC DF de delegado será preciso ter diploma de nível superior no curso de bacharelado em direito. Além de, pelo menos, três anos de prática jurídica e ou atividade policial.

Último concurso foi há 7 anos

A Polícia Civil do Distrito Federal não realiza concurso para delegado desde 2014. Organizado pela Fundação Universa, o último certame ofereceu 100 vagas para a carreira. 

O concurso PCDF 2014 teve a validade prorrogada em 2018 e agora não está mais vigente. Por isso, foi preciso um novo aval para que a corporação possa contratar novos servidores.

O salário do delegado de polícia é de R$18.177,32 na terceira categoria e podendo chegar a R$22,8 mil na classe especial. Os servidores ainda contarão com auxílio-alimentação no valor de R$458; auxílio-creche; e auxílio plano de saúde. A jornada semanal de um delago é de 40 horas semanais. 

O último concurso foi composto por diversas etapas, sendo elas:

  1. prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, de caráter eliminatório e classificatório;
  2. prova discursiva de conhecimentos jurídicos, de caráter eliminatório e classificatório;
  3. perícia para os candidatos com deficiência, de caráter unicamente eliminatório;
  4. exames biométricos e avaliação médica, de caráter unicamente eliminatório;
  5. prova de capacidade física, de caráter unicamente eliminatório;
  6. sindicância de vida pregressa e investigação social, de caráter unicamente eliminatório;
  7. prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  8. avaliação psicológica, de caráter unicamente eliminatório; e
  9. prova de títulos, de caráter classificatório

 

LOA 2022 prevê mais de 1.500 vagas para provimento na PMDF, PCDF e CBMDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Distrito Federal, GDF, Governo federal, PCDF, PMDF, Polícia civil, segurança

Karolini Bandeira*- O texto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022 prevê mais de 1.500 vagas para a Polícia Militar e Civil do Distrito Federal (PMDF e PCDF) e para o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF). O orçamento foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro na segunda-feira (24/1).  Segundo o documento, para a PMDF serão 736 vagas, para a PCDF são 500 vagas e para os Bombeiros, 355. Todas as vagas mencionadas são para provimento.

Os cargos em provimento são aqueles que já tiveram concursos realizados, esperando a nomeação, ou que já estão com seus editais autorizados para realização de provas.

Apesar disso, há expectativas para novos concursos nas áreas. Recentemente, a Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal autorizou a realização de um novo concurso público para a Polícia Militar. A nova seleção vai oferecer 46 vagas para cargos de oficiais do quadro da Saúde da corporação.  De acordo com a portaria, os aprovados no certame tem  previsão de ingresso a partir do mês de janeiro de 2023. O provimento dos cargos fica condicionado à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício em que se der o ingresso.

A PCDF também confirmou, em 2021, a realização de um novo certame. Segundo o secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, serão 300 vagas para os cargos de Delegado de Polícia e Agente de Custódia. A divisão é de 50 vagas de provimento imediato para cada cargo, além de 100 vagas para formação do cadastro reserva.

Orçamento 2022

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta segunda-feira (24/1), com vetos, o Orçamento de 2022. No texto estão previstas 43.192 vagas para concursos públicos. Desse total, 4.263 são para criação e 38.929 para provimento. Apesar do expressivo número, vale lembrar que é somente uma previsão para criação ou provimento de vagas este ano, e não uma autorização.

Do total de vagas criação, são 2.117 para o Poder Judiciário e 1.129 para o Poder Executivo. As demais 1.011 vagas estão vinculadas à área de apoio da Defensoria Pública da União (DPU). Já para provimentos, a maioria das vagas previstas está destinada ao Poder Executivo, com 37.090 chances.

Confira a distribuição:

Poder Executivo: 38.219 vagas (37.090 para provimento e 1.129 para criação)

Poder Judiciário: 3.607 vagas (1.490 para provimento e 2.117 para criação)

Poder Legislativo: 63 vagas (todas para provimento)

Defensoria Pública da União: 1.106 vagas (95 para provimento e 1.011 para criação)

Ministério Público da União: 197 vagas (191 para provimento e 6 para criação)

No Poder Legislativo, são 63 vagas para provimento. Dentre elas, 28 são para a Câmara dos Deputados, 19 para o Senado Federal e 16 para o Tribunal de Contas da União.

No Poder Judiciário, das 2.117 vagas de criação, 775 são para a Justiça Federal, 740 para a Justiça Militar da União, 530 para a Justiça Eleitoral, 52 para a Justiça do Trabalho e 20 para o Conselho Nacional de Justiça.

Já no Poder Executivo, as 1.129 chances de criação estão descritas em cargos comissionados de militares. E as mais de 37 mil vagas em provimento estão distribuídas entre 11.126 cargos e funções vagos, 19.272 do banco de professor-equivalente e cargos de técnico-administrativos em educação, 452 cargos comissionados de militares, 4.649 militares e 1.591 do fundo constitucional do Distrito Federal.

A distribuição detalhadas adas vagas está presente no Anexo V da Lei Orçamentária Anual (LOA).

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Concursos 2022: novo ano começa com 16,1 mil vagas confirmadas para carreira policial

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, PCDF, PMDF, Polícia civil, segurança

Karolini Bandeira*- 2021 está acabando, mas as oportunidades previstas para a área da Segurança Pública em 2022 só crescem! Só para a carreira policial, são 14 concursos para efetivos com previsão de lançamento confirmada para o próximo ano. Já em janeiro, os concurseiros podem se inscrever em quatro concursos com editais já publicados. São 16.132 vagas autorizadas para policiais civis, militares e penais. Os ganhos chegam a R$ 20,4 mil. Olha só:

Previstos

Polícia Militar do DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou a realização de um novo concurso para a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). A expectativa, segundo o Ibaneis, é de que o certame seja lançado após todas as convocações do último concurso, em 2022. O concurso para a PMDF também está previsto no projeto de Lei Orçamentária Anual para 2022. Conforme o texto, fica reservada à instituição a oferta de 736 vagas.

Polícia Penal do DF

Para a Polícia Penal do DF, estão autorizadas 1.179 vagas para a carreira de policial penal. Do quantitativo, 400 são para provimento imediato e 779 para formação de cadastro de reserva. O cargo exige formação em nível superior em qualquer área e o concurso deve oferecer salários iniciais de R$ 4.745. A previsão é de edital em 2022.

Polícia Civil do DF

A PCDF também confirmou a realização de um novo certame. Estão previstas 300 vagas para os cargos de Delegado de Polícia e Agente de Custódia. A divisão é de 50 vagas de provimento imediato para cada cargo, além de 100 vagas para formação do cadastro reserva.

Polícia Militar de SP

Um novo concurso da PMSP para soldados foi autorizado em setembro. O governo deu aval para 5.400 chances distribuídas em dois editais de 2.700 vagas para a carreira de soldado de 2ª classe. Conforme já publicado no Diário Oficial, um dos editais será para ingresso na corporação em junho de 2022 e o outro para janeiro de 2023.

Polícia Militar do RN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN) irá realizar um novo concurso público para o quadro de oficiais e a comissão já foi formada! O certame foi anunciado em fevereiro pela governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), em suas redes sociais. A governadora confirmou que a previsão é que sejam ofertadas 211 vagas, sendo 132 para oficiais combatentes e as outras 79 para o quadro médico da PM.

A governadora também anunciou, em setembro, que a corporação terá um concurso para soldados em 2022. A oferta de vagas ainda não foi divulgada. Para se inscrever no concurso, é preciso possuir o nível superior, em qualquer área. No último concurso, realizado em 2018, a remuneração inicial era de R$ 2.904,00. Contudo,  segundo uma atualização de 2019 na legislação, os valores atuais são de R$ 3.571,82.

Polícia Civil de SP

A PCSP irá abrir novo certame em 2022 e a banca organizadora já foi contratada. O edital irá abrir 2.939 vagas para provimento efetivo na PCSP e na Polícia Técnico-Científica (Politec-SP). As oportunidades serão distribuídas entre as carreiras de delegado (250), escrivão (1600), investigador (900) e médico legista (189). Os ganhos iniciais serão de R$ 3.931,18 a R$ 10.382,48.

Polícia Militar de TO

Em janeiro deste ano, foi autorizado pelo governador de Tocantins, Mauro Carlesse, o início dos trabalhos para realização de um novo concurso público para o provimento de 30 vagas para o curso de formação de oficiais da Polícia Militar do Estado (PMTO).

Polícia Militar de GO

A PM de Goiás também tem concurso autorizado e confirmado para 2022. Segundo o Governo do Estado, serão ofertadas 720 para soldado e 150 para oficiais. As nomeações serão realizadas em maio, conforme informado pelo secretário da Economia do Estado, Francisco Sérvulo Freire Nogueira.

Polícia Civil de GO

Para a Polícia Civil, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (Democratas), autorizou o provimento de 470 vagas imediatas. Serão 350 agentes, 100 escrivães e 20 papiloscopistas com nomeação prevista para outubro de 2022.

Polícia Civil da BA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), já confirmou que a Polícia Civil do Estado (PCBA) terá edital de abertura publicado em janeiro de 2022. O concurso irá abrir 1.000 vagas, sendo 800 para agentes, 100 para delegados e 100 para escrivães. Os profissionais deverão possuir nível médio ou nível superior. Já os ganhos iniciais das carreiras variam de R$ 1.074 a R$ 4.374. A comissão organizadora da seleção foi definida em novembro.

Polícia Civil de RR

A Polícia Civil de Roraima (PCRR), que tinha concurso previsto para 2021, deve lançar o edital somente em 2022. O governador do Estado, Antonio Denarium (PP), informou que o processo está sendo trabalhado para que o edital seja publicado em breve.

Polícia Civil do ES

O próximo concurso da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), que tinha expectativa para 2021, também ficará para 2022, conforme informado pelo deputado estadual Bruno Lamas (PSB). Serão 40 vagas destinadas ao cargo de delegado, que exige nível superior em direito. A comissão organizadora do certame, inclusive, já foi definida.

Polícia Militar do ES

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) irá abrir um concurso para contratação de novos profissionais no início de 2022, conforme informou o governador Renato Casagrande (PSB) em 9 de dezembro. De acordo com Casagrande, a corporação já está escolhendo qual será a banca organizadora do certame, que deverá ofertar 1.111 vagas.

Polícia Militar do AP

O concurso público da Polícia Militar do Amapá (PMAP) está previsto para 2022 e terá 600 vagas para soldados combatentes, com edital em fevereiro. O número foi confirmado pelo governador do Estado, Waldez Goés (PDT), no último dia 20 de dezembro. O concurso foi autorizado pelo governo em junho.

Lançados

Polícia Civil do AM

A Polícia Civil do Amazonas (PCAM) oferece 362 vagas distribuídas entre as carreiras de delegado de polícia, investigador, escrivão, perito criminal, médico legista e odontolegista. Para participar, será necessário possuir ensino superior completo nas áreas desejadas. Aos profissionais contratados, são oferecidos ganhos de R$ 11.281,26 a R$ 20.449,05. As inscrições ficarão abertas no site da FGV de 3 de janeiro a 1º de fevereiro. Confira aqui!

Polícia Militar do AM

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) abriu concurso com 1.350 vagas efetivas para a corporação. Do total de vagas, 320 serão para a carreira de oficial PM iniciando no cargo de aluno-oficial, 30 para oficial de saúde iniciando como aluno-oficial e 1000 para praça (iniciando como aluno-soldado). A remuneração inicial pode chegar a R$ 7.180,34. O certame está sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e as inscrições vão até 4 de janeiro.

Polícia Civil do CE

Abertas vagas para a saúde no novo concurso da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Estão em jogo 50 vagas no cargo de 2° tenente. As oportunidades são todas de nível superior e os ganhos iniciais dos contratados são de R$ 6.787. As inscrições ficam abertas no portal da Vunesp de 3 de janeiro de 3 de fevereiro.

Polícia Militar de SP

Também saiu o edital de abertura do concurso público com 220 vagas da Polícia Militar de São Paulo (PMSP)! As chances são para a carreira de aluno-oficial, que exige nível médio. Os profissionais terão remuneração inicial no valor de R$ 3.310,13. As inscrições ficam disponíveis de 15 de dezembro a 20 de janeiro no site da banca organizadora, Fundação Vunesp. Os candidatos passarão por sete etapas de avaliação, saiba quais.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Candidato entra na justiça, aumenta nota e consegue aprovação em etapa de concurso da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos Públicos, PCDF

Karolini Bandeira*- Um candidato ao cargo de agente no concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) conquistou aumento de nota e classificação na etapa de prova objetiva após ingressar com ação anulatória na Justiça. Na ação, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) acatou a solicitação de anulação de uma questão  da prova objetiva, além de alteração do gabarito do exame.

O advogado Agnaldo Bastos, representante do candidato, destacou, na ação, que questões não correspondiam ao rol de conteúdos prescritos no edital, bem como possuíam diversos vícios em sua elaboração que contrariam a própria Lei 4.949/2012 que estabelece as diretrizes das questões passíveis de anulação”. Ainda de acordo com o advogado, o Cebraspe chegou a anular questões com gabarito correto, “gerando assim prejuízo a alguns candidatos”.

“O conteúdo que deverá ser abordado e exigido dos candidatos durante as fases probantes do processo seletivo deve, necessariamente, estar previsto de forma clara e precisa nos Editais, sob pena das etapas do certame que cobrarem questões sem conteúdo contemplado no Edital serem impugnadas, com razão assistida, pelos participantes prejudicados do processo seletivo”, enfatizou o representante.

O desembargadou entendeu pelo direito ao deferimento da tutela de urgência referente ao concurso da PCDF para determinar à banca e ao DF que procedam ao acréscimo, na pontuação global do recorrente, do valor referente ao acerto do item no 32 (trinta e dois), com a respectiva repercussão na sua classificação geral, devendo ser assegurada, ainda, a participação nas fases subsequentes do certame, caso a nova pontuação global, após o aludido acréscimo, seja suficiente para incluir o autor entre os candidatos classificados.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes