TRT-18 inicia preparativos para novo concurso público

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, DOU, Tribunal de Justiça, Tribunal do Trabalho

O grupo será responsável por coordenar as atividades para a realização do certame

O Desembargador-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª região instituiu o subcomitê do concurso público do órgão, para provimento de cargos efetivos. O grupo será responsável por coordenar as atividades para a realização do certame.

A equipe é composta pelos seguintes titulares:

  • Desembargador-presidente, que ficará responsável por coordenar os trabalhos;
  • Presidente da AMATRA 18;
  • Secretário-Geral da presidência, que atuará como vice-coordenador;
  • Diretor-Geral;
  • Secretário-Geral de Governança e Gestão Estratégica;
  • Servidor representante da Secretaria-Geral Judiciária;
  • Presidente da AJUSTEGO.

Leia também: Deputados aprovam projeto de lei que propõe normas gerais para concursos

Leia também: Professora é absolvida após ser acusada de acumular cargos públicos

O grupo está atribuído para coordenar, supervisionar e dirigir as atividades, ratificar o projeto básico elaborado pela Secretaria de Licitações e Contratos, indicar pelo menos três bancas para prestar os serviços e aprovar os conteúdos das provas e o edital do certame.

Por enquanto, ainda não foram informadas as datas de publicação do edital oficial e a data da aplicação das provas, mas a expectativa é que sejam aplicadas ainda este ano.

A realização do novo concurso público foi aprovada no dia 10 de junho. A decisão ocorreu após autorização do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) por meio de Ofício Circular nº 31/2022, de abril deste ano, enviado aos Regionais trabalhistas.

Deputados aprovam projeto de lei que propõe normas gerais para concursos

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Câmara dos Deputados, Concursos, Concursos Públicos, Sem categoria

Proposição seguirá para o Senado

A Câmara dos Deputados aprovou o  Projeto de Lei 252/03 que estabelece regras para os concursos públicos para contratação de servidores federais. O texto segue agora para análise do Senado. O aval foi dado em sessão deliberativa virtual na última quinta-feira (4/8). A proposta havia sido apresentada em 2000, e tramitava na Casa desde 2003. 

Dentre as medidas previstas no texto está a possibilidade de as seleções serem realizadas parcial ou totalmente a distância. Segundo a preposição, os exames serão aplicados de forma on-line ou por plataforma eletrónica específica, observando “padrões legais de segurança da informação”, diz o texto.

São consideradas formas válidas de avaliação:

  • provas escritas, objetivas ou dissertativas, e provas orais que cubram conteúdos gerais ou específicos;
  • elaboração de documentos e simulação de tarefas próprias do cargo, bem como testes físicos compatíveis com as atividades habituais;
  • avaliação psicológica, exame de higidez mental ou teste psicotécnico, desde que conduzidos por profissional habilitado nos termos da regulamentação específica; e
  • provas de títulos classificatórias.

O texto também deixa claro que é vedada em qualquer fase ou etapa do concurso público a discriminação ilegítima de candidatos, com base em aspectos como idade, sexo, estado civil, condição física, deficiência, etnia, naturalidade, proveniência ou local de origem.

“O que se propõe é uma lei com normas mínimas para, preservando as experiências de sucesso já em andamento, contribuir para a efetiva realização e para a modernização dos concursos públicos no País”, afirma o deputado  Eduardo Cury (PSDB-SP).

Já para a Servir Brasil, Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, a aprovação do PL “traz retrocessos à categoria e prejudica concurseiros”. Segundo a Frente, a norma apresenta emendas que amenizam o risco dos textos e beneficiar os candidatos. “O projeto não garante a segurança jurídica para quem irá prestar a prova e não prevê normas e regras padrão, sem transparência no processo. Ainda, o texto favorece o favoritismo, diminui o período de pedido de recurso do candidato para dois dias, não deixa claro que tipo de competência será cobrada..”, ressata a Frente.

O substitutivo ao Projeto de Lei 252/03, do Senado, estabelece regras para todas as etapas da seleção (autorização, planejamento, execução e avaliação), mas de forma concisa.

Com informações da  Agência Câmara de Notícias

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Professora é absolvida após ser acusada de acumular cargos públicos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, fraude, Goiás, Legislativo, Nomeação, Salário servidor público

Foi constatado que a servidora estava de licença no período, portanto, não houve incompatibilidade de horários

A Secretária de Educação do Estado de Goiás, Aparecida de Fátima Gavioli Soares Pereira, decidiu absolver a professora acusada de acúmulo irregular de cargos públicos. Ela ocupava as vagas de professor IV, na Secretaria de Estado de Educação; Professor III, em Uruaçu (GO); e professora temporária na Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Entretando, foi verificado que em 2018 a Universidade Estadual de Goiás atestou a rescisão contratual da servidora, portanto, a regularização funcional ocorreu em data anterior à instauração do PAD.

“Conclui-se que já não cabia mais a persecução da servidora em razão da falta funcional consistente no acúmulo irregular de cargos públicos tipificados no art. 303, LV da Lei Estadual nº 10.460/88 e nem a tipificação do art. 157, L, da Lei Estadual nº 13.909/01, em razão da extinção da punibilidade com relação a esse ilícito funcional”.

A servidora foi, então, acusada posteriormente de lesar os cofres públicos diante da incompatibilidade de horários nas jornadas.

“Portanto, a lesão ao erário, neste caso, se consuma com o descumprimento da jornada de trabalho e a consequente percepção indevida de vencimentos sem a prestação integral do trabalho correspondente, e trata-se de infração continuada”.

Ainda assim, foi atestado que a professora estava de licença para aprimoramento profissional, com o objetivo de conciliar com as aulas dadas durante à noite na UEG. Além disso, testemunhas afirmaram que existiam acordos informais de compensação de jornada no âmbito da CRE.

“Os registros de jornada da UEG também atestam que a servidora trabalhou naquela instituição, no turno noturno, entre fevereiro de 2017 abril de 2018. Todavia, entre 03/04/2017 e 06/04/2018, a acusada esteva usufruindo de licença-prêmio, conforme seu histórico funcional (4921425). Por isso, durante esse período não houve descumprimento de jornada de trabalho”.

Diante das informações apresentadas, a Secretária de Educação, Aparecida de Fátima, absolveu a acusada, atestando a sua boa-fé.

Promotora pede suspensão de edital do concurso da PMGO

Publicado em Deixe um comentárioAcessibilidade, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Goiás, Polícia Militar

A razão é a falta de vagas reservadas para pessoas com deficiência no edital

A promotora de justiça no Ministério Público de Goiás (MPGO), Marilda Helena dos Santos, pediu a retificação dos editais do próximo concurso público da Polícia Militar do Estado. O Ministério propôs ação com pedido de urgência, solicitando o cancelamento dos editais.

O objetivo é a inclusão das cotas voltadas para pessoas com deficiência, reservando 5% das oportunidades oferecidas. Segundo a promotora, os documentos não atendem o que prevê a Constituição Federal e o Estatuto da Pessoa com Deficiência.

Segundo o MPGO, Marilda já havia pedido esclarecimentos e informações ao Intituto AOCP, banca organizadora do certame, que respondeu que a entidade apenas exerce função delegada da Secretaria de Estado de Administração (Sead), cumprindo apenas o que é solicitado pelo órgão.

Leia também: Candidatos relatam instabilidade e problemas para acessar o site do Instituto Quadrix

Entretanto, a Secretaria informou que o edital não incluiu a reserva de vagas pois a exigência de plena aptidão física e mental são incompatíveis com deficiências. Diante dessa alegação, Marilda solicitou a modificação nos editais, pedindo a reabertura no prazo e condições para o processamento de inscrição para pessoas com deficiência.

A promotora ingressou com a ação após receber a resposta da Secretaria informando que não seria possível cumprir com as recomendações.

Marilda ressalta que os candidatos com deficiência podem realizar trabalhos administrativos dentro da corporação da Polícia Militar, e que nenhuma restrição deve impedir a ingressão de pessoas com deficiência em cargos e empregos públicos.

O MPGO exige, com urgência, que as provas sejam adaptadas, assim como o curso de formação e o estágio probatório, de acordo com a deficiência do candidato, visando a igualdade de condição aos demais. O órgão também solicita que seja reaberto o prazo de inscrição do concurso.

Leia também: Concurso TRT-MA: extrato de contrato é publicado e edital se aproxima

Concurso do TCE-TO será mantido após pedidos de suspensão

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Legislativo, processo seletivo, Tribunal de contas, Tribunal de Justiça

A decisão foi publicada no Boletim Oficial do Tribunal de Contas do Tocantins

Após pedido de suspensão interposto pelo conselheiro Alberto Servilha, o concurso do Tribunal de Contas do Estado de Tocantins será realizado. A decisão foi publicada no Boletim Oficial do Órgão, após a votação da pauta em sessão plenária online ocorrida na última quarta (3/8). 

O requerimento de suspensão foi apresentado em sessão ordinária do tribunal, em 8 de julho, e contou com o apoio dos conselheiros Manoel Pires dos Santos, Severiano José Costandrade de Aguiar e André Luiz de Matos Gonçalves, sustentando que “a estimativa de pago orçamentário financeiro possui deficiência, e compromete a realização do concurso público”.

Entretanto, a corte negou o recurso, em razão da inexistência de fundamentos que impedissem a realização do certame.

Confira o vídeo completo da sessão clicando aqui. 

Último concurso TCE TO ocorreu em 2008

O último concurso do Tribunal foi aplicado em 2008, com a oferta de 86 vagas, sendo 59 de nível superior, nos cargos de analista e técnico, e 27 de nível média, para assistente.

As vagas foram divididas em várias especialidades, e a remuneração inicial eram no valor de R$3.062,50, sendo reajustados no decorrer dos anos.

O certame foi organizado pelo antigo Cespe (atual Cebraspe), e foi dividido em três etapas:

  • Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório, somente para os cargos de nível superior.

Leia mais: Concurso TCE TO: após 14 anos certame tem comissão organizadora formada

No dia 10 de fevereiro deste ano, foi divulgado através do Boletim Oficial, a formação da comissão organizadora do próximo concurso, composta pelos membros:

  • Presidente: Adauton Linhares da Silva
  • Moisés Vieira Labre – Conselheiro Substituto
  • Lauri Meyer – Auditor de Controle Externo
  • Wilma Duarte Cardoso de Miranda – Auditor de Controle Externo
  • Buenã Porto Salgado – Auditor de Controle Externo

Candidatos relatam instabilidade e problemas para acessar o site do Instituto Quadrix

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, processo seletivo

Segundo os candidatos, a instabilidade ocorre desde o início da semana. Problema estaria dificultando inscrições e acessos a locais de provas de diversos concursos

Os concurseiros estão enfrentando dificuldades para acessar locais de provas e se inscreverem em concursos públicos organizados pela banca Instituto Quadrix. De acordo com relatos, o site está enfrentando uma instabilidade desde o início da semana.

Nas redes sociais, candidatos afirmam que não conseguem efetuar as inscrições desde o último domingo (31/07), e cobram pronunciamento da banca.

Um dos inscritos relatou que está desde terça-feira (2/8) necessitando saber o local de prova através do site, e, devido aos problemas, ainda não conseguiu. Ele acrescenta, ainda, que tentou contato com o Instituto através do telefone e do e-mail, e não obteve resposta.

Outra candidata informa que está na tentativa de emitir o boleto para pagamento da taxa de inscrição do concurso do Conselho Federal de Odontologia (CFO), que tem o prazo finalizado na próxima sexta (5/8). “O site não funciona deste ontem (3/8), e não emite a segunda via do boleto. Também não consigo acessar a área do candidato”, informa.


A banca atualmente é responsável pela organização de diversos concursos públicos importantes, inclusive no Distrito Federal, como é o caso da seleção da Secretaria de Educação do DF (SEEDF), do Conselho Federal de Odontologia (CFO). Além destes, também está organizando o concurso do Processamento de Dados do Amazonas (Prodam), Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV/RJ), que terão as provas aplicadas neste domingo (7/8).

Diante do atraso gerado pela instabilidade do portal da Quadrix, os candidatos pedem para que os prazos de inscrição e de pagamento dos boletos sejam prorrogados. “O site está me prejudicando, estou tentando me inscrever no concurso da Prodam e não estou conseguindo. Fui pedir a isenção de taxa, que é um direito do cidadão e não aparece a opção”, informou um dos candidatos do certame.

Outro usuário ameaça entrar com processo por danos morais caso o problema não seja resolvido o mais rápido possível:

O Papo de Concurseiro entrou em contato com o Instituto Quadrix e, até o momento de publicação desta matéria, não obteve respostas. Já a Secretaria de Educação do DF informou ao Papo que o sistema apresentou problemas técnicos devido o aumento de fluxo de pessoas no site, e que “a Secretaria entrará em contato com a banca para informar os problemas citados”.

Concurso SEEDF

O concurso da Secretaria de Educação do DF está sendo bastante aguardado pelos concurseiros de Brasília. O concurso público oferta 4.254 vagas para diversos cargos de nível superior. Os salários variam entre R$ 4.076,99 e R$ 5.497,13.

Leia mais: Secretaria de Educação do DF retifica edital de concurso com mais de 4.000 vagas

Após uma retificação do edital, o candidato poderá se inscrever para mais de um cargo, desde que não haja conflito na data e no turno de realização das provas.

As oportunidades são distribuídas nos cargos de Professor de educação Básica (776 vagas imediatas), Pedagogo – Orientador educacional (20 vagas imediatas) e Analista de gestão educacional da carreira assistência à educação (16 vagas imediatas).

A aplicação das provas objetivas e discursivas para os cargos de pedagogo orientador educacional está previstas para 9 de outubro; para gestor, em 16 de outubro. O edital também prevê a realização da avaliação de títulos, que possui caráter somente classificatório.

O período de inscrições estão abertas, e serão encerradas no dia 31 de agosto. As taxas de participação são de R$ 56 (gestor) e R$ 83 ( professor e pedagogo).

Leia também: Concurso PCRR adiado: caminhão que transportava provas fazia mudança de amigo de motorista

Leia também: Concurso Bombeiros AM: autorizada a ampliação de convocações para o TAF

Corpo de Bombeiros de MG vai abrir concurso com mais de 300 vagas

Publicado em Deixe um comentáriocarreira militar, CBM, Concursos, Concursos Públicos, DOU, Minas Gerais, processo seletivo, servidores públicos

Banca organizadora foi definida nesta quinta-feira (4/8)

O próximo concurso do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais vai abrir um novo concurso público. A corporação já definiu até a banca organizadora. A escolhida foi o Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBGP). A contratação da banca foi divulgada no Diário Oficial de Minas Gerais desta quinta (4/8).

Diário Oficial de Minas Gerais – 04/08/2022

O novo certame vai ofertar 385 novas oportunidades, destinada aos preenchimento dos cargos para oficiais, soldados e soldados especialistas, divididas da seguinte forma:

  • Curso de Formação de Oficiais – 21 vagas
  • Curso de Formação de Soldados – 324 vagas
  • Curso de Formação de Soldados Especialistas – 40 vagas

Até o momento, não foi publicado o edital oficial.

Último concurso CBM MG

As provas do último concurso CBM MG foram aplicadas em 10 de outubro de 2021. O certame ofertou 145 vagas para soldados (130 para o sexo masculino e 15 para o sexo feminino); e 21 vagas para oficiais (18 para o sexo masculino e 3 para o sexo feminino).

Entre os requisitos para aprovação estava: ser brasileiro, estar quite com as obrigações eleitorais e militares, ter mais de 18 anos, possuir ensino médio completo, ter altura de no mínimo 1,60, ter aptidão física e ser aprovado na avaliação psicológica e toxicológica.

Leia também: Mais de 30 editais! Confira o panorama de concursos públicos para o mês de agosto

Leia também: Deputado pede informações sobre o quadro de funcionários da Caixa

Leia também: Concurso PMERJ: extrato do contrato com a banca organizadora é divulgado

Mais de 30 editais! Confira o panorama de concursos públicos para o mês de agosto

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Sem categoria

O mês de agosto tem prevista a publicação de mais de cinco editais. Além disso, há vários certames com provas marcadas ou inscrições abertas

Confira o panorama do mês de agosto. Neste mês certames com bastante quantitativo de vagas está aberto como por exemplo os das Secretarias de Educação de Brasília, Goiás que juntos somam mais de 9 mil oportunidades. Neste mês também estão prevista a publicação de mais de cinco editais.

Editais previstos

PM-RJ

O extrato do contrato com o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), a banca organizadora do certame, foi divulgado nesta terça-feira (03/8).Com esta publicação o edital torna-se iminente podendo ser publicado em breve. 

A seleção ofertará  67 vagas disponíveis para nível técnico e superior, sendo 25 para a carreira de Cabo PM Especialista e as 42 restantes para o cargo de Oficiais Médicos.

PC-GO

O concurso da Polícia Civil de Goiás (PC-GO) publicou em junho o extrato de dispensa de licitação que define o Instituto AOCP como banca organizadora do certame que prevê a oferta de mais de 800 vagas, distribuídas da maneira a seguir:  

  • 450 vagas para Agente da Polícia Civil 3° Classe;
  • 310 oportunidades para Escrivão da Polícia Civil 3° Classe;
  • 60 chances para Papiloscopista da Polícia Civil 3° Classe e
  • 44 vagas de Delegado de Polícia Substituto.

Sejusp-MG

O novo concurso da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp-MG) já possui banca definida. Ele será organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). O Extrato de contrato foi publicado em junho deste ano. A seleção ofertará 270 vagas para a carreira de agente de segurança socioeducativo

TRT PB

O Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, localizado na Paraíba, informou que o contrato com a Fundação Getulio Vargas foi assinado em 27 de julho. Consoante ao órgão o edital do certame seria publicado no prazo de 25 dias.  Ao todo, o certame vai oferecer quatro vagas imediatas, além de cadastro reserva. Veja aqui os cargos que serão contemplados.

Detran-DF 

Com previsão de lançamento do edital desde julho o concurso do Detran-DF já possui banca organizadora definida, será o IBFC. O extrato de contrato foi publicado no final de julho. O concurso ofertará 366 vagas, sendo 123 imediatas e 243 em cadastro reserva, para os cargos de técnico e analista de atividades de trânsito.

Provas marcadas para agosto

Adasa

Aplicação das provas objetivas e discursivas estão previstas para o dia 07 de agosto. A seleção oferta 75 vagas e para a formação de cadastro de reserva nos cargos de regulador de serviços públicos e de técnico de regulação de serviços públicos com algumas retificações. Remuneração chega a  R$ 10 mil. Saiba mais!

CRMV-RJ 

O concurso do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) oferta 70 vagas que são distribuídas para os cargos de auxiliar administrativo (50 chances) e agente fiscal (20 vagas). As provas objetivas estão previstas para 07 de agosto. Remuneração chega a R$ 3.971,25.

CRP-MT

O concurso do Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso (CRP-MP) está marcada para o dia 07 de agosto. As fases (provas objetivas e discursivas) do concurso público serão realizadas na cidade de Cuiabá/MT. A seleção oferta 110 vagas para cargos de nível médio e superior. Remuneração chega a R$ 3.840,35.

MP-PA

O certame oferta de 169 vagas para carreiras dos níveis médio e superior mais a formação de cadastro reserva. Os salários iniciais podem chegar a R$ 3,5 mil. O certame será composto por duas etapas: provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação está marcada para o dia 14 de agosto. Saiba mais!

PC-AL

A primeira etapa do concurso da para delegados da Polícia Civil do estado de Alagoas será a aplicação das avaliações objetivas e discursivas, marcadas para o dia 14 de agosto, nos turnos da manhã (objetiva) e da tarde (discursiva), com duração de seis horas e meia no total. Os exames serão aplicados na cidade de Maceió, capital de Alagoas. Ao todo, o certame oferta 80 vagas. Os aprovados terão ganhos iniciais de R$ 20.665,50, para uma jornada de 40 horas.

CRM-PI

São ofertadas 70 vagas ao todo, sendo duas para contratação imediata e 68 para formação de cadastro reserva. A seleção é composta somente por uma prova objetiva e está previsto para ser aplicado no dia 14 de agosto no turno vespertino. Remuneração é de R$ 1.523,51. Saiba mais!

TRT-PR

Ao todo são ofertadas vagas para analista judiciário-área judiciária, analista judiciário – área administrativa – especialidade contabilidade e  analista judiciário – área judiciária – especialidade oficial de justiça avaliador federal, além de técnico judiciário – área administrativa. Os exames estão previstos para o dia 14 de agosto. Remuneração chega R$ 14.271,70, Saiba mais!

TRT-AL

O concurso público visa o provimento de 10 vagas imediatas e cadastro reserva para os cargos de nível técnico e superior, sendo 3 para analista judiciário e 7 oportunidades para técnico judiciário; ambos para área apoio especializado. Os exames serão aplicados no dia 14 de agosto em Maceió (AL), nos turnos da manhã, técnico, e turno da tarde, analista. Os candidatos terão 4h para resolver as provas. Salário inicial é no valor de R$ 12.455,30.

SEE-PE

O Governo de Pernambuco lançou edital de concurso para professor da educação básica. O certame oferta 2.907 vagas em diversas áreas de formação, de acordo com a Secretaria de Educação e Esportes (SEE), com remuneração de R$ 3.900 para jornada de 200 horas e R$ 2.925 para 150 horas. As provas serão aplicadas no dia 21 de agosto, de forma descentralizada. Saiba mais!

PM-ES

Ao todo são oferecidas 1.052 vagas para os cargos de soldado combatente, auxiliar de saúde e músicos. Os candidatos ao concurso serão avaliados através de várias etapas, todas de caráter eliminatório e classificatório. A primeira etapa será composta pelas provas objetivas, com 80 questões de múltipla escolha e as discursivas, que consistem em uma redação. Ambas estão marcadas para o dia 21 de agosto. Remuneração chega a  R$4.035,79. Saiba mais!

DPE-MT

Os exames serão aplicados no dia 28 de agosto em Cuiabá e/ou Várzea Grande, em Mato Grosso. A seleção oferta 28 vagas para os níveis médio e superior, além de cadastro reserva. Remuneração chega a  R$ 10,6 mil. Saiba mais!

Inscrições abertas 

SEDF

O novo edital do processo seletivo da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) foi publicado na sexta-feira (1), no Diário Oficial do Distrito Federal, com os detalhes do concurso. São oferecidas 4.254 vagas, sendo 812 imediatas, para professores efetivos. Os interessados podem se inscrever a partir das 10h de 2 de agosto até as 18h de 31 de agosto no site da banca organizadora. Saiba mais!

TRT-MT

O Tribunal Regional do Trabalho da  23ª Região, em Mato Grosso, informou que o próximo concurso ofertará mais duas vagas. Com isso, serão quatro para preenchimento imediato: duas para analista judiciário (uma da área judiciária e outra de tecnologia da informação) e duas para técnico judiciário (sendo uma da área administrativa e a outra da especialidade de tecnologia da informação). As inscrições também foram prorrogadas para 1º de agosto.

Saiba mais detalhes!

CRF-SP

O Conselho Regional de Farmácia de São Paulo tornou público o edital do certame para provimento de seu quadro de pessoal. A grande maioria das oportunidades são destinadas para formação de cadastro reserva. O novo concurso oferta vagas para diversos cargos em que abrange os níveis médio e superior completos. As chances de contratação imediada somam 11. O período de inscrição ficará aberto entre 4 de agosto e 12 de setembro. Saiba mais detalhes!

TJPE 

O certame oferta 30 vagas, além do cadastro de reserva para cargo de juiz substituto. Desse total de vagas, 22 são para ampla concorrência, duas para pessoas com deficiência e seis para pessoas negras (pretas e pardas). O valor do salário é de R$ 30.404,40. Prazo se inscrever encerrará em 1º de setembro. Saiba mais!

CRA/SC 

O certame é para provimento de uma vaga, além de formação de cadastro reserva para cargos de nível médio, técnico e superior. Canditados podem se inscrever pelo site da banca organizadora, o Instiuto Quadrix,até o dia 18 de agosto. Remuneração chega a R$ 5.507,26.

 Saiba mais!

TCE-PB

Serão ofertadas uma vaga para auditor conselheiro substituto e uma para médico, com possibilidade de cadastro reserva em ambos os cargos. As inscrições devem ser realizadas no site do Cebrape, entre 25 de julho e 28 de agosto. A remuneração é de R$ 33.689. Saiba mais!

PMPR e CBMPR

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) publicou o edital do novo concurso para cadetes da Polícia Militar e Bombeiros militares do estado do Paraná. A seleção oferece quatro vagas ao todo, sendo duas para cada corporação. Os interessados em uma vaga no concurso PM PR e Bombeiros PR poderão se inscrever a partir do dia 18 de julho. As inscrições seguem abertas até as 12h do dia 31 de agosto.Saiba mais!

TRT 22ª Região 

Ao todo são oferecidas 65 vagas abrangendo cargos de nível médio e superior, deste quantitativo  43 são para contratação imediata.As chances são para os cargos de analista judiciário em diversas áreas e tecnico judiciário para a Área Administrativa e Área Apoio Especializado –Especialidade Tecnologia da Informação.As inscrições ficarão abertas, exclusivamente via internet, no período das 10h do dia 13 de julho às 14h do dia 05 de agosto (horário de Brasília). Saiba mais!

CBM RO

O concurso visa o preenchimento de oito vagas para oficiais, cargos de nível superior. Os interessados em uma vaga como oficial do Corpo de Bombeiros Militar do estado de Rondônia poderão se inscrever a partir do dia 19 de julho, pelo site do Cebraspe, organizador da seleção. As inscrições ficarão abertas até o dia 10 de agosto. Saiba mais!

CREME RN

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (CREME-RN) publicou o edital do novo concurso CREME-RN 2022, para provimento de vagas em cargos de nível médio e nível superior, mais formação de cadastro de reserva do quadro de pessoal do CREMERN. O prazo para admissão da inscrição já está aberto e segue assim até às 23 horas do dia 11 de agosto de 2022. Ganhos iniciais serão de R$ 2.950 a R$ 8.000. Saiba mais!

CRN-6

O Conselho Regional de Nutricionistas da 6ª Região (CRN-6) lançou o edital de abertura do concurso público em que oferta 75 vagas para nutricionista fiscal. A seleção tem como banca organizadora o Instituto Qudrix. O período de inscrição já está aberto e será encerrado em 4 de agosto. A remuneração é de R$ 3.397,37, para carga horária semanal de 30 horas. Saiba mais!

Sefaz-AP

A Secretaria de Estado da Administração do Estado do Amapá (Sefaz-AP) lançou edital de abertura de seu novo concurso público. O certame irá ofertar 253 vagas para formação de cadastro reserva. Deste quantitativo 13 serão reservadas a candidatos com deficiência. Ganhos mensais ofertados são no valor de R$ 22.019,25. As inscrições ficarão abertas até 8 de agosto. Saiba mais!

DPE-MT

Edital foi publicado na sexta-feira (1/7) e assegura a oferta de 20 vagas para defensor cuja remuneração é de R$ 24.895,43. Será encerrado no dia 12 de agosto. Saiba mais!

PMRN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM-RN) lançou nesta sexta-feira (1/7) o edital de abertura do concurso público com a oferta de 132 vagas para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar. Do total de vagas serão reservadas 26 chances para candidatos autodeclarados pretos e pardos. A remuneração ofertada é no valor de R$ 5.357,73. O período de inscrições  se estenderá até o dia 01 de agosto. Saiba mais!

PCRO

A Polícia Civil de Rondônia (PC-RO) publicou o edital de abertura do novo concurso que oferta 319 vagas. Do total de oportunidades, 145 são para agente de polícia, 100 para escrivão de polícia, 40 para datiloscopia policial, 10 para delegado de polícia, 10 para médico legista e 14 para técnico em necropsia. A remuneração oferecida chega a R$ 15 mil. O período de inscrição vai até 5 de agosto. Saiba mais!

SEE-PE

O certame oferece 500 vagas para os cargos de analista em gestão educacional e 96 para assistente administrativo educacional e o segundo edital publicado neste ano. As inscrições ficarão abertas no périodo entre 9 de agosto e 15 de setembro. Os candidatos poderão se inscrever somente pelo site da banca organizadora, o Cebraspe. O valor da taxa de inscrição é de R$ 130,00 para analista em gestão educacional e R$ 90,00 para assistente administrativo educacional. Remuneração chega a R$ 3.236,44. Saiba mais!

Seduc-GO

O edital de abertura deste certame foi publicado em julho. O concurso oferta 5.050 vagas no cargo de professor nível III em diversas especialidades. O período de inscrições será aberto em agosto, no dia 14, e permanecerá até 12 de setembro. O valor da taxa de inscrição será de R$ 100,00. Interessados poderão se inscrever no site da banca organizadora, Instituto IADES. Salário chega a R$ 3.943,37. Saiba mais!

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes.

 

Concurso PMERJ: extrato do contrato com a banca organizadora é divulgado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, DOU, PMERJ, Polícia Militar

O extrato foi publicado no Diário Oficial do Rio de Janeiro desta quarta (3/8)

A abertura do concurso da Polícia Militar do Rio de Janeiro para a área da saúde avançou mais uma etapa. Nesta quarta (3/8), foi divulgado no Diário Oficial, o extrato do contrato com o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), a banca organizadora do certame.

Diário Oficial do Rio de Janeiro – 03/08/2022

A assinatura do acordo entre a PMERJ e o Ibade ocorreu em 1 de agosto, mas a divulgação do extrato ocorreu somente nesta quarta.

Agora, os próximos passos são finalizar os cronogramas de inscrições e provas, além de finalizar o edital, que até o momento ainda não possui uma data oficial para ser lançado.

O concurso terá o quantitativo de 67 vagas disponíveis para nível técnico e superior, sendo 25 para a carreira de Cabo PM Especialista e as 42 restantes para o cargo de Oficiais Médicos.

Para se candidatar, é necessário possuir a graduação completa em medicina e os documentos que comprovem a realização do curso.

Leia também: Concurso da Polícia Civil de Roraima é adiado após extravio de caminhão

Leia também: IBGE: termina hoje prazo de inscrição em concurso de recenseador

Seagri-DF define banca organizadora para concurso com mais de 200 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, LDO

O documento autoriza a contratação do Instituto Iades para o próximo concurso público

A Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal (Seagri DF) divulgou no Diário Oficial desta quarta-feira (3/8) a dispensa de licitação autorizando a contratação do Instituto Americano de Desenvolvimento – Iades para organização do próximo concurso público do órgão.

O certame vai ofertar 224 vagas, sendo 74 para o cargo de analista, e as 150 restantes para o cargo de Técnico da Carreira Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária, além da formação de cadastro reserva.

Último concurso da Seagri-DF

O último concurso público da Seagri foi aplicado em 2009, e teve o Cebraspe (antigo Cespe) como banca organizadora. O certame ofertou 94 vagas de nível médio e superior, nos cargos de Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária e Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária, nas seguintes especialidades:

Técnico

  • Agente Administrativo – 4 vagas
  • Técnico em Contabilidade – 1 vaga
  • Técnico em Agropecuária – 29 vagas

Analista

  • Administrador – 1 vaga
  • Arquiteto – 1 vaga
  • Engenheiro Agrimensor – 1 vagas
  • Engenheiro Agrônomo – 12 vagas
  • Engenheiro Civil – 1 vaga
  • Engenheiro de Alimentos – 2 vagas
  • Médico Veterinário – 38 vagas
  • Nutricionista – 1 vaga
  • Químico – 1 vaga
  • Zootecnista – 2 vagas

As etapas do concurso foram divididas em prova objetiva e prova discursiva, para todos os cargos, e prova de títulos, para os cargos de nível superior. A remuneração foi de até R$ 4.352,36, com a jornada de trabalho de 40 horas semanais.