Aprovados no concurso do BRB reivindicam posse e ampliação do prazo de validade

Publicado em Deixe um comentárioBRB, carreira bancária, Concursos Públicos, Distrito Federal, Empresa pública, Excedente

Karolini Bandeira*- A comissão dos candidatos aprovados no último concurso público para escriturários do Banco de Brasília (BRB), promoveu, na manhã desta quarta-feira (18/8), manifestação reivindicando a nomeação de todos os 325 remanescentes do cadastro de reserva até o fim do prazo do certame, a reposição das vagas não preenchidas e a retificação da validade da seleção.

Representante do Sindicato dos Bancários de Brasília (SEEB/DF) no ato, Ronaldo Lustosa demonstrou o apoio da entidade aos pedidos dos candidatos: “O Sindicato dos Bancários de Brasília (SEEB/DF) acredita no potencial de todos os aprovados que estão aqui fazendo movimento para sensibilizar a direção do banco para zerar o cadastro de reserva — que é possível.” O diretor reforçou que o sindicato está unido aos excedentes e que as exigências serão levadas adiante. “Vamos firmes à luta”, encorajou.

Reposição de vagas e ampliação de validade

A comissão luta pela ampliação, por mais um ano, do prazo de validade do certame realizado em 2019. Desta forma, o certame ficaria válido até 14 de setembro de 2023, ajustando assim o cronograma do concurso, que foi impactado pela pandemia de covid-19. Outra exigência de caráter urgente para os excedentes é a reposição das vagas não preenchidas do Edital de Convocação n° 11, que deve completar as 200 convocações originalmente planejadas.

“Os aprovados estão prontos”, garante a comissão

Em nota, a comissão dos aprovados reforçou que os excedentes são capacitados e estão prontos para contribuírem com o trabalho no banco. Ainda segundo o grupo, o BRB vêm expandindo cada vez mais e o reforço profissional se torna cada vez mais necessário. “Um banco público forte e capaz de cumprir seus propósitos de promoção do desenvolvimento econômico, social e humano do DF e das regiões onde atua — bem como expandir de forma sustentável — precisa valorizar o seu corpo de funcionários atual e futuro. Os aprovados do concurso Escriturários 2019 estão prontos e preparados para ajudar o Banco nessa missão. Queremos jogar juntos também”, escreveu a equipe.

Concurso foi realizado em 2019

O concurso ofereceu chances para escriturários advogados, analistas e engenheiros. Os salários dos aprovados variam de R$ 3.342,26 (escriturários com carga horária de 30 horas semanais) a R$ 20.372,44 (advogados com carga horária de 40 horas semanais). Para analistas de TI e engenheiro de segurança do trabalho, a remuneração é, respectivamente, de R$ 8.021,67 e R$ 11.517,35. O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) foi o organizador.

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

CRN da 1ª Região prorroga inscrições de concurso com vagas de níveis médio e superior

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Há chances para Brasília-DF, Goiânia-GO, Cuiabá-MT e Palmas-TO

O Conselho Regional de Nutricionistas da 1ª Região (CRN-1), nas regiões do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Tocantins. prorrogou as inscrições do concurso com cinco vagas e formação de cadastro. Agora, os candidatos têm até 22 de agosto para realizar o cadastro, por meio do site do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES), organizador da seleção. A taxa de participação é de R$ 65 para o nível médio e R$ 85 para o superior.

Os profissionais serão avaliados por meio de prova objetiva, para todas as funções, de caráter eliminatório e classificatório; prova discursiva, para funções de nível superior, de caráter eliminatório e classificatório; e avaliação de títulos, para funções de nível superior, de caráter classificatório.
As provas serão aplicadas em Brasília, Goiânia, Palmas e Cuiabá, no turno da tarde da data provável 12 de setembro, com duração máxima de 4 horas.
Os candidatos aprovados e convocados para a assinatura do contrato de trabalho ainda realizarão procedimentos exames médicos pré-admissionais complementares, de caráter eliminatório,

Veja a distribuição de vagas

Nutricionista fiscal (nível superior)
  • Uma vaga para Brasília/DF
  • Uma vaga para Goiânia/GO
  • Uma vaga e cadastro reserva para Palmas/TO
  • Formação de cadastro reserva para Cuiabá/MT
Nutricionista assessor técnico (nível superior)
  • Uma vaga e cadastro reserva para Brasília/DF
Auxiliar administrativo (nível médio)
  • Uma vaga e cadastro reserva para Brasília/DF
  • Formação de cadastro reserva para Goiânia/GO, Cuiabá/MT e Palmas/TO
Os servidores serão contratados efetivamente e irão atuar em jornada de trabalho de 30 horas semanais para remuneração de R$ 2.045,69 a R$ 3.394,25.

Sem concurso previsto para 2021, TJDFT acumula 405 cargos vagos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, GDF, servidores públicos, TJDFT

Karolini Bandeira*- Com o último concurso público realizado em 2015, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) sofre com déficit de 405 cargos vagos, sendo 219 na função de técnico judiciário e 186 de analista judiciário. Os números são confirmados pelo Portal da Transparência do órgão, com dados referentes a abril de 2021.

Apesar da vacância no quadro de servidores e de já ter confirmado a intenção de viabilizar um novo concurso para efetivos com levantamento de cargos vagos, a pasta adiantou ao Papo de Concurseiro em maio que não haverá tempo hábil para realização desse concurso ainda em 2021, tendo em vista que o processo não chegou sequer à fase de contratação de banca examinadora. “Estamos apenas no levantamento de necessidades”, frisou o TJDFT.

Presidente fala sobre necessidade de concurso

Em reunião com representantes do 7ª vara Cível, realizada em 7 de julho, o presidente do TJDFT, Romeu Gonzaga Neiva, reforçou a necessidade de seleção para novas contratações no órgão. “Vamos fechar o projeto para fazer um concurso público para servidores. Estamos defasados e outros tribunais não querem ceder servidores. Temos inúmeras aposentadorias e os tribunais que têm concursos abertos não querem ceder servidores para nós e estamos ficando em situação difícil. Então hoje nós vamos trabalhar para que, a partir da semana que vem, preparemos, possivelmente, a minuta de um edital. O problema de falta de servidor está na raiz de tudo. Vamos tentar resolver”, disse.

Último concurso

O último concurso, realizado em 2015, contou com 71.831 candidatos disputando 80 vagas abertas. Houve cargos em que a disputa contou com mais de mil participantes por oportunidade. Foi o caso do posto de técnico judiciário de área administrativa, cargo de maior disputa, com 46.692 inscritos para 36 vagas, ou seja, 1.334 pessoas por chance.

O órgão convocou 920 aprovados durante a validade do edital. Outros 127 foram convocados por outros órgãos de peso do Poder Judiciário, como Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), Superior Tribunal Militar (STM) e Superior Tribunal de Justiça (STJ), entre outros.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

 

Educação do DF é autorizada a abrir seleção para professores temporários

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, educação, GDF, temporário

Karolini Bandeira*- A Secretaria de Economia do Distrito Federal autorizou, nesta segunda-feira (28/6), a contratação temporária de professores substitutos para atuação no ano letivo de 2022! Conforme informado em Portaria no Diário Oficial do DF, a Secretaria de Educação (SEEDF) irá selecionar os profissionais mediante processo seletivo simplificado, que não teve oferta de vagas especificada.

Segundo o documento,  as  contratações poderão ser prorrogadas para o ano letivo de 2023, com a anuência prévia desta Secretaria de Estado, limitado a 340.000 horas semanais e ao montante anual autorizado para o presente exercício.

A contratação ainda estará condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício e deverá seguir as adequações orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Seleção para a Saúde é autorizada

A economia do DF também tornou pública a autorização de uma nova seleção para contratação temporária de profissionais de saúde no combate à covid-19. Por meio de processo seletivo simplificado, serão contratados até 435 profissionais. Os aprovados serão contratados temporariamente, pelo período inicial de 12 meses. Confira a distribuição de vagas!

Último concurso SEEDF – professor efetivo

O último concurso público para profissionais de educação efetivos do DF foi aberto em 2016. Foram disponibilizadas, ao todo, 1.770 vagas de nível médio e superior, com salários que variam de R$ 2.068,43 a R$ 5.237,13. Para a ampla concorrência foram disponibilizadas 946 vagas e 225 vagas para candidatos portadores de deficiência. Além disso, foram disponibilizadas ainda 1.726 vagas para formação de cadastro reserva.

Do total de vagas, 800 foram para o cargo de professor de educação básica, para as disciplinas de: artes, biologia, ciências naturais, filosofia, física, geografia, história, letras – espanhol, francês, inglês, japonês e língua portuguesa -, matemática, química e sociologia.

Também foram abertas 40 vagas para analista de gestão educacional, destinada a graduados em tecnologia da informação (TI) ou diploma de qualquer área com especialização em TI, psicologia, economia, direito, contabilidade, comunicação social, biblioteconomia, arquivologia e administração. Os postos de técnico de gestão educacional (230) e monitor de gestão educacional (100) puderam ser preenchidos por candidatos com nível médio.

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

Fique por dentro! Veja os principais concursos previstos para o segundo semestre

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira fiscal, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Defensoria Pública, educação, Empresa pública, Goiás

São mais de 20 concursos confirmados

Karolini Bandeira*- Diversos concursos públicos têm previsão para serem lançados a partir de julho deste ano. As oportunidades são para todas as regiões do Brasil, com vagas em todos os níveis de escolaridade. Separamos para você uma lista com os maiores e mais esperados certames que serão lançados ainda em 2021, confira!

TCU

Um novo edital para a carreira de auditor federal de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU) foi autorizado no final de maio! Segundo o aval, publicado no Diário Oficial da União, o certame poderá ofertar 20 vagas imediata e formação de cadastro de reserva para o cargo. Os profissionais serão lotados em Brasília, com ganhos mensais de R$17.371,38. Saiba mais!

SEDF

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) vai abrir concurso público para cargos efetivos ainda este ano! O edital foi confirmado pelo subsecretário de Gestão de Pessoas, Idalmo Santos, durante audiência pública remota realizada em maio. Ainda segundo o subsecretário, os selecionados serão nomeados em 2022. Um professor do GDF tem jornada de trabalho de 40 horas por semana e recebe remuneração inicial no valor de R$5.237,13. Saiba mais!

Procon/DF

Segundo o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon DF), provimento dos cargos está previsto para setembro de 2021, condicionado à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício. “A previsão é de que seja lançado edital ainda esse ano”, informou a instituição ao Papo de Concurseiro. A comissão organizadora do concurso está definida desde 2019. O concurso terá 174 vagas efetivas para nível médio e nível superior. Saiba mais!

TJGO

Com concurso lançado para juízes, o TJGO agora irá abrir um certame para o quadro de apoio! O regulamento da seleção, inclusive, já foi aprovado e divulgado. De acordo com o documento, serão aplicadas provas objetiva de múltipla escolha e discursiva/estudo de caso. Uma novidade que o edital para o apoio traz é que não haverá separação de vagas por regiões do estado. Saiba mais! 

TCE/RJ

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE RJ), Rodrigo Melo do Nascimento, autorizou a abertura de 25 vagas distribuídas em três novos concursos públicos para os níveis médio e superior. As vagas serão para analista de Tecnologia de Informação, técnico e procurador do Ministério Público de Contas. Veja os detalhes aqui!

PGE/AL

O edital do certame da Procuradoria Geral de Alagoas (PGE/AL) está em fase final e tem abertura prevista para julho. O concurso será organizado pelo Cebraspe e contará com 15 vagas destinadas ao cargo de Procurador do Estado, que tem como pré-requisito nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

TJMG

Já confirmado pelo órgão, o processo licitatório para escolha da banca organizadora do próximo concurso para juízes substitutos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) será iniciado em 29 de junho. A previsão é que, após a contratação da empresa responsável, o edital comece a ser produzido e o concurso seja publicado ainda em 2021. Saiba mais!

Sefaz/SE

O concurso da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-SE) foi autorizado para 50 vagas de auditor técnico de tributos. Do quantitativo total, 40 serão para formação de cadastro de reserva e dez para provimento imediato. O cargo exige nível superior completo e tem como remuneração inicial R$ 7.689,19. Veja! 

Sefaz/PA

O processo para a escolha da banca organizadora do próximo certame da Secretaria da Fazenda do Estado do Pará (Sefa-PA) está em tramitação. O concurso irá ofertar 110 vagas para fiscal de receitas estaduais e auditor fiscal de receitas estaduais. O salário inicial das funções varia de R$11.910,51 a R$15.076,58. Confira as bancas na disputa!

Sefaz/MG

Em nota, a Associação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (AFFEMG) informou que um novo certame com 300 vagas para auditores fiscais foi autorizado este mês pela Comissão de Finanças (Cofin). O número de vagas, no entanto, não foi informado. Segundo o Portal de Transparência da instituição, os ganhos mensais de profissionais da função pode chegar a R$ 30.000.

Sefaz/AL

A Secretaria da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) poderá abrir o próximo concurso público, com 35 vagas, em julho. O Cebraspe é a banca organizadora do certame, que irá ofertar 25 vagas para auditores fiscais e 10 vagas para auditor de finanças e arrecadação. Saiba os detalhes.

Sefaz/SC

O secretário da Secretaria da Fazenda de Santa Catarina (Sefaz-SC), Paulo Eli, confirmou a intenção do órgão de abrir um certame ainda em 2021. Segundo o secretário, as oportunidades serão para a carreira de analista da receita estadual. As convocações deverão ficar para 2022. O salário ofertado no último concurso para a função foi de R$ R$ 22.853,33.

Sefaz/RR

O concurso da Secretaria de Fazenda do Estado de Roraima (Sefaz/RR), previsto desde o início do ano, terá 30 vagas para o cargo de auditor fiscal, de nível superior, sendo 20 imediatas e 10 para formação de cadastro reserva. A comissão organizadora já foi oficializada.

PGE/RO

O edital de abertura do próximo concurso para procuradores substitutos da Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE/RO) está próximo de ser publicado! O regulamento básico do certame já foi autorizado e publicado. Serão ofertadas cinco vagas imediatas para o cargo, além de formação de cadastro de reserva. Os contratados irão receber salário inicial no valor de R$11.724,12. Veja aqui as etapas confirmadas no regulamento!

PCMS

Em abril, foi definida a comissão organizadora responsável pelos trâmites iniciais do próximo concurso público da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul (PCMS), com 250 vagas previstas para perito papiloscopista, agente de polícia científica, perito criminal e perito médico-legista. O certame foi autorizado em março. As oportunidades serão distribuídas entre as carreiras de perito papiloscopista (38 vagas), agente de polícia científica (100 vagas), perito criminal (67 vagas) e perito médico-legista (45 vagas).

MPGO

O Conselho Superior do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) aprovou o edital de abertura do próximo certame para promotores! Agora, o edital está mais próximo do que nunca de ser publicado. Conforme determinado pelo procurador-geral de Justiça do Estado de Goiás, o concurso terá a oferta de 39 vagas para a carreira. Veja!

PMCE

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) também está perto de lançar um novo concurso! São previstas 2.200 vagas, sendo 2.000 destinadas a soldados e 200 a oficiais (sendo 50 para oficiais complementares e o restante para oficiais combatentes). O projeto básico que revela as etapas do concurso e outros detalhes foi divulgado, veja aqui!

DPE/MS

O regulamento do próximo concurso público da Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso do Sul (DPE/MS), que define as etapas e outros detalhes do certame, foi aprovado pelo Conselho Superior do órgão! A aprovação foi oficializada em publicação feita no Diário Oficial Eletrônico. A oferta do concurso será para carreira de apoio administrativo e a seleção será organizada pela FGV. Saiba mais!

DPE/MT

O próximo concurso da Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso (DPE-MT) para defensores públicos teve preparação iniciada! A comissão organizadora do certame foi definida na última terça-feira (22/6). O certame, que poderá sair ainda em 2021, ainda não não teve quantitativo de vagas e outros detalhes divulgados. Saiba como foi a última seleção!

DPE/SC

A Defensoria Pública do Estado (DPE/SC) formou a comissão e aprovou o regulamento do próximo concurso para defensores. Apesar de o número de vagas ainda não ter sido informado, o edital de abertura poderá ser lançado em breve e os candidatos passarão por quatro etapas. Saiba quais!

PGE/PA

A Fundação Cetap também ficará responsável pela organização do certame da Procuradoria-Geral do Estado do Pará (PGE/PA). A informação foi divulgada no Diário Oficial e ainda falta a assinatura do contrato para o edital começar a ser elaborado. A previsão é de que o edital ofereça 36 vagas imediatas, sendo 24 chances de nível superior e 12 de nível médio.

Seap/PA

A Secretaria de Administração Penitenciária do Pará (Seap-PA) e a Cetap assinaram contrato para realização do próximo concurso público em maio. O certame contará com a oferta de 1.646 vagas para o cargo de policial penal e, de acordo com a Secretaria, o edital tem publicação prevista para o final de junho. Para se candidatar, é necessário possuir ensino médio completo. A carreira tem salário inicial no valor R$ 2.669,70. Saiba mais!

Jucepa

Já informado pelo governo, o edital de abertura do concurso da Junta Comercial (Jucepa) está previsto para ser publicado no segundo semestre de 2021. Estão confirmadas 15 vagas, sendo dez para o nível superior nos cargos de técnico de administração e finanças (três) e técnico do registro mercantil (sete); e cinco para o nível médio, na ocupação de assistente do registro mercantil.

AGE/PA

A Auditoria Geral do Estado (AGE PA), também com concurso confirmado no segundo semestre, terá a oferta de 21 vagas distribuídas entre as carreiras de auditor de finanças e controle, com 19 vagas, de nível superior; técnico em gestão de informática, com uma vaga, de nível superior; e agente administrativo, com uma vaga, de nível médio. A Cetap é a banca. Confira!

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

 

Dois meses para o concurso da PCDF! Delegado e especialista ensina como estudar para provas

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Dicas de estudo, Distrito Federal, GDF, PCDF, Polícia civil

Saiba em quais disciplinas focar e como se preparar nessas últimas semanas antecedentes ao exame

Karolini Bandeira*- Os inscritos no concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) têm mais dois meses de preparação antes da realização das provas. Após quase um ano de suspensão, o certame foi retomado e a etapa está prevista para 21 e 22 de agosto. Para auxiliar os candidatos nesse período, o Papo de Concurseiro entrou em contato com o delegado da PCDF e coordenador da área policial do Gran Cursos Online, Érico Palazzo, que deu dicas imperdíveis para quem irá disputar uma das 2.100 vagas da corporação. Confira!

Para quais disciplinas estudar?

Nesses últimos meses de estudo, Palazzo recomenda que, tanto para o cargo de escrivão quanto para agente, a revisão seja focada em português, informática e raciocínio lógico: “São duas provas com conteúdo muito bem distribuído entre várias disciplinas. Temos aí, como as mais importantes: português, raciocínio lógico e informática. Essas tendem a ser as disciplinas com o maior número de questões. São disciplinas que os alunos devem se atentar agora nessa reta final, estudá-las com mais frequência.”

Hora de revisar

Desde a publicação dos editais de abertura, os inscritos do concurso da PCDF tiveram pouco mais de um ano para se prepararem. Para Palazzo, o ideal agora é apostar nas revisões de todos os conteúdos já estudados. “A ampla maioria dos candidatos já concluiu o edital, já viu e já estudou tudo o que tinha para estudar. Agora, vai ser um momento de revisão. Como que faz essa revisão? A revisão é feita em cima do material que foi produzido pelos próprios alunos. Sejam mapas mentais, flashcards, resumos… Use esses materiais de revisão”, indicou o especialista.

O profissional ressaltou, também, o treino com questões objetivas como parte da rotina do candidato. Os itens também devem ser feitos para a área de Direito. “Estamos a dois meses da prova, muitas questões precisam ser realizadas. As principais disciplinas são português, raciocínio lógico e informática, que devem ter um maior número de itens. Só que a parte do Direito também vem muito forte. Ao contrário do que aconteceu na [prova da] Polícia Federal, que foram poucas questões sobre Direito, na prova da PCDF a gente deve ter um quantitativo em torno de oito, às vezes dez, itens por disciplina do Direito”, disse. E completou: “Direito constitucional, direito administrativo, penal, processual penal e direitos humanos. Estas são cinco disciplinas que são bem relevantes e que o aluno não pode deixar de lado. Não pode correr o risco de achar que na PCDF vai ser cobrado tão pouco Direito como foi na prova da Polícia Federal.”

Além de realizar questões sobre as áreas, o delegado indicou estudar a Constituição Federal, as leis previstas, o Código Penal e o Código de Processo Penal.

Agora é foco!

Com o longo período de suspensão e sensação de incerteza, é natural que alguns candidatos diminuam o ritmo dos estudos. Nesses casos, o inscrito pode tentar repor o tempo perdido intensificando a rotina de preparação. “Uma coisa que é importante falar, até para motivar a maioria dos candidatos que forem fazer a prova: a gente deve ter um índice recorde de abstenção nessa prova em virtude dessa demora da realização das provas. Os candidatos que estão decididos a fazer a prova e veem nisso uma oportunidade, nessa reta final devem sim intensificar a quantidade de estudos. Quem estava estudando quatro ou cinco horas por dia, se possível, deve aumentar isso para seis, sete, oito horas líquidas por dia”, aconselhou Érico. O especialista assumiu que essa não é uma tarefa fácil de fazer, mas lembrou: “Cada minuto agora é valioso.”

O planejamento pode ser facilitado com o auxílio de cursos preparatórios, que têm intensificado os estudos e oferecem aulas gratuitas para o concurso. “É muito interessante assistir a essas aulas porque os professores vão dando dicas e relembrando os pontos mais importantes que, às vezes, o aluno pode ter se esquecido”, indicou o delegado. Para ele, a realização de simulados também é crucial nesse momento. “Buscar realizar simulados o máximo possível. O Gran Cursos Online mesmo tem simulados gratuitos todos os fins de semana, então os alunos e não alunos podem acessar, baixar e realizá-los. É muito importante fazer simulados para ver exatamente como que vai acontecer no dia da prova”, apontou.

Agora que o secretário de Economia validou e anunciou a autorização, o próximo passo será a publicação da portaria autorizativa no Diário Oficial.

O concurso

O concurso público da PCDF, com 2.100 vagas para agentes e escrivães, foi retomado neste mês, após ser suspendo devido à pandemia. As provas objetivas e a prova discursiva para o cargo de escrivão terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas em 21 de agosto, no turno da tarde. Para o cargo de agente de polícia, o exame será realizado em 22 de agosto, também com duração de 4 horas e 30 minutos.

Em 13 de agosto, será publicado no Diário Oficial e divulgado no site do Cebraspe o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas, as medidas de proteção para evitar a transmissão do vírus covid-19, bem como as demais datas de realização do concurso.

De acordo com o Cebraspe, mais de 88 mil candidatos realizaram a inscrição para o cargo de agente e mais de 52 mil para o cargo de escrivão.

Agente

O concurso para agente de polícia reserva 600 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva. Para estas vagas, foram contabilizadas 88.894 inscrições no total, resultando em uma demanda de 148.16 candidatos por vaga. Além disso, foram registradas 864 inscrições para vaga de candidatos com deficiência 15.528 na condição de cotista.

Podem participar candidatos com diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC); e que tenham carteira de habilitação de categoria B, no mínimo, entre outros requisitos.

O subsídio é de R$ 8.698,78, para 40 horas de trabalho semanal (o regime de trabalho é de dedicação integral e exclusiva, incompatível com o exercício de qualquer outra atividade pública ou privada).

Escrivães

O concurso para agente de polícia reserva 300 vagas imediatas. Foram 52.636 candidatos inscritos na seleção. Ou seja, uma concorrência de mais de 175 candidatos por vaga. Do total de chances, 225 são de ampla concorrência, 60 para negros e 15 para pessoas com deficiência. O salário inicial é de R$ 8.698,78, para 40 horas semanais de trabalho.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

 

 

Portaria fixa quantitativo de pessoal próprio da Valec

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Distrito Federal, Empresa pública

Karolini Bandeira*- A Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais da Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados fixou em 729 vagas o quadro total de servidores da empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes Valec Engenharia, localizada em Brasília-DF.

Conforme publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (9/6), o quantitativo é dividido entre a Rede Ferroviária Federal e o Grupo Executivo de Integração da Política de Transportes. Para fins de controle do limite do quantitativo de pessoal das empresas são considerados:

  • Os empregados efetivos admitidos por concursos público;
  • Os empregados efetivos admitidos sem concurso público antes de 5.10.1988;
  • Os empregados que possuem cargos, empregos ou funções comissionadas;
  • Os empregados que estão cedidos ou disponibilizados para outros órgãos ou entidades;
  • Os empregados cedidos ou requeridos de outros órgãos ou entidades;
  • Os empregados anistiados com base na Lei nº 8.878, de 11.5.1994;
  • Os empregados readmitidos e reintegrados;
  • Os empregados contratados por prazo determinado (temporários);
  • Os empregados ou servidores movimentados para compor força de trabalho conforme disposto no art. 93, § 7º, da Lei nº 8.112/90; e
  • Os empregados com contrato de trabalho interrompido ou suspenso, à exceção dos empregados com contrato de trabalho suspenso por motivo de aposentadoria por invalidez.

A publicação ainda reforça que compete à Valec gerenciar o seu quadro de pessoal próprio, praticando atos de gestão para contratar ou desligar empregados. Fica revogado o quadro de pessoal da Valec, aprovado na Portaria SEST nº 13, de 7 de junho de 2019.

Última seleção foi em 2012

O último concurso da empresa foi realizado em 2012 e ofertou 800 vagas de níveis médio e superior. A ocasião abriu oportunidades para assistente administrativo, técnico de estradas e edificações, técnico de laboratório, técnico em agronomia, técnico de segurança do trabalho, administrador, advogado, analista de sistemas, biólogo, economista, contador, engenheiro em várias especialidades, geógrafo, geólogo, jornalista e médico do trabalho. Aos contratados, foi oferecida remuneração de R$ 2.275,90 a R$ 6.100. Os candidatos aprovados foram lotados em Brasília/DF, Salvador/BA, São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Datas do concurso serão definidas esta semana, informa delegado-geral da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Distrito Federal, PCDF, Polícia civil

Karolini Bandeira*- Ainda esta semana poderão ser divulgadas novas informações sobre a retomada do concurso público da Polícia Civil do Distrito Federa (PCDF)l! A informação foi anunciada pelo delegado-geral da instituição, Robson Cândido, em suas próprias redes sociais.

Em comentário feito em publicação, o delegado divulgou que esta semana haverá uma reunião para definir as datas do cronograma do certame. “A PCDF está ansiosa pela chegada de todos(as) vocês”, escreveu o representante.

Reprodução/Redes

Na última semana, o delegado-geral também utilizou suas redes para comentar sobre o certame, suspenso devido à pandemia de covid-19. Na publicação, o policial anunciou que em breve haverá notícias sobre a seleção e aconselhou: “Continuem os estudos!”

O delegado-geral já havia publicado sobre a retomada da seleção em maio. No último dia 23, Cândido anunciou em postagem nas redes que a corporação está “trabalhando para realização dos concursos”.

Advogado fala de retomada das provas em julho

De acordo com o advogado José da Silva Moura Neto, conhecido por tratar sobre concursos públicos e pedir o adiamento das provas da PF e PRF, as provas do concurso da PCDF  podem ser retomadas já no próximo mês.

“Segundo fontes do alto escalão da Secretaria de Economia do Distrito Federal e de servidor da mesma hierarquia da antiga SEPLAG, as provas da PCDF serão aplicadas em alguma das seguintes datas 24 de julho ou 1º de agosto”, informou pelas redes sociais.

O concurso

O órgão está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal. Confira os editais aqui!

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Para todos os níveis! Confira os 11 concursos públicos que podem sair em junho

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Conselho Regional, Distrito Federal, educação, Goiás, Saúde, segurança

Saiba todas as oportunidades com possibilidade de serem abertas nos próximos dias!

Polícia Civil do Rio de Janeiro

O novo concurso público para a Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) deverá sair no primeiro semestre de 2021, conforme anunciado pelo governador do Estado, Cláudio Castro, na noite deste domingo (30/05). Em publicação nas redes, o governador anunciou que o certame terá 400 vagas imediatas para as carreiras de delegado, perito criminal, perito legista e inspetor. Também já foi confirmado que haverá oportunidades para investigador, técnico de necropsia e auxiliar de necropsia. Saiba mais!

Secretaria da Fazenda de Alagoas

Conforme autorizado, o concurso da Secretaria da Fazenda de Alagoas (Sefaz AL) contará com 35 vagas. De acordo com o governador Renan Filho, serão 25 vagas para auditores fiscais e 10 vagas para auditor de finanças e arrecadação. O secretário da Fazenda, George Santoro, informou, também, que os auditores serão lotados prioritariamente na capital do Estado e o edital será o mesmo do último concurso — sem nenhuma regra alterada. As matérias e conteúdos cobrados também serão as mesmas, apenas com algumas alterações pontuais de legislação atualizada. A previsão é que o documento seja publicado no primeiro semestre. Saiba mais!

Defensoria Pública de Roraima

O concurso público com 80 vagas para carreira de defensor da Defensoria Pública do Estado de Roraima (DPE/RR) terá edital de abertura publicado na última semana de junho! A informação foi confirmada pelo defensor público-geral do Estado, Stélio Dener, em transmissão ao vivo feita em maio. Ainda segundo o defensor público-geral, as 80 vagas serão para formação de cadastro reserva. Saiba mais!

Secretaria da Fazenda de Roraima

O edital de abertura do próximo concurso público da Sefaz/RR será publicado em breve! De acordo com informações do próprio órgão, o edital está previsto para o primeiro semestre de 2021. O concurso ofertará 30 vagas para o cargo de auditor fiscal, de nível superior, sendo 20 imediatas e 10 para formação de cadastro reserva. A comissão organizadora já foi oficializada. Saiba mais!

Polícia Militar do Ceará

O concurso público da Polícia Militar do Ceará (PMCE), confirmado para 2.200 vagas, teve comissão organizadora definida e oficializada em abril. Conforme confirmado pelo governador do Estado, Camilo Santana, o certame contará com 2.000 vagas para o cargo de soldado e 200 para oficiais. Ainda de acordo com ele, haverá oportunidades para profissionais da saúde no edital, que deverá sair em breve. Saiba mais!

Polícia Civil do Sergipe

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi escolhido como banca organizadora responsável pelo próximo concurso público da Polícia Civil do Estado do Sergipe (PCSE), que sairá em breve. O edital disponibilizará 50 vagas para o cargo de agente de polícia judiciária e 10 vagas para escrivães de polícia. As funções tem como pré-requisito nível superior completo. De acordo com o Portal da Transparência da PCSE, ambas as profissões contam com salário no valor de R$4.500. Saiba mais!

Secretaria de Saúde de Alagoas

O concurso da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau/AL) será organizado pela Cebraspe. O edital, previsto para junho, contará, ao todo, com 1.200 vagas de nível técnico e nível superior. Já foi divulgado que as provas objetivas serão aplicadas em setembro. O nível técnico contará com oportunidades para quatro ocupações, enquanto o nível superior terá vagas para 11 carreiras distintas. Saiba mais!

Secretaria de Educação de Alagoas

De acordo com postagem do governador de Alagoas, Renan Filho, a Secretaria de Educação de Alagoas (Seduc AL) ofertará 3.000 vagas para o cargo de professor e terá edital liberado no primeiro semestre de 2021. Para se inscrever, será necessário possuir licenciatura na área desejada. Segundo o secretário da Seplag, Fabrício Marques Santos, o governo alagoense está trabalhando para que as provas sejam aplicadas 90 dias após a abertura da seleção.

Defensoria Pública da Bahia

O concurso público para defensores da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) teve edital de abertura encaminhado e apresentado ao Conselho Superior da Defensoria em 17 de maio! Com isso, o documento pode ser divulgado a qualquer momento. A Fundação Carlos Chagas (FCC) será a banca organizadora responsável pelo próximo certame para a carreira de defensor do órgão. Saiba mais!

CRT 1ª Região

Conselho Regional dos Técnicos Industriais da 1ª Região, com sede em Brasília, abrirá um novo concurso público em breve!  O Instituto Quadrix é a banca da seleção. A banca inclusive já criou a página oficial do concurso. Serão ofertadas 31 vagas mais cadastro de reserva para cargos que possuem formação em nível médio e médio técnico. As vagas serão para os cargos de agente de fiscalização, assistente administrativo, assistente de manutenção, assistente de TI e assistente técnico. Saiba mais! 

Tribunal de Justiça de Goiás

Com concurso lançado para juízes, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) agora irá abrir um certame para o quadro de apoio! O regulamento da seleção, inclusive, já foi aprovado e divulgado. De acordo com o documento, serão aplicadas provas objetiva de múltipla escolha e discursiva/estudo de caso. Uma novidade que o edital para o apoio traz é que não haverá separação de vagas por regiões do estado. Saiba mais! 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Concurso do Tribunal de Contas da União para auditores é autorizado

Publicado em Deixe um comentárioDistrito Federal, Tribunal de contas

Karolini Bandeira*- E vem concurso por aí! Um novo edital para a carreira de auditor federal de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU) foi autorizado nesta quarta-feira (26/05)! Segundo o aval, publicado no Diário Oficial da União, o certame poderá ofertar 20 vagas imediata e formação de cadastro de reserva para o cargo.

Para concorrer ao cargo, é necessário possuir ensino superior completo. As áreas de formação contempladas no concurso ainda não foram confirmadas. Os profissionais serão lotados em Brasília, com ganhos mensais de R$17.371,38. Além da remuneração base, os servidores têm direito a auxílio pré-escolar, assistência médica e exames médicos.

De acordo com o Portal de Transparência do órgão, atualmente o cargo de auditor sofre com déficit de 193 servidores. Também há vacância nas áreas de enfermagem, medicina e tecnologia da informação. O então presidente do TCU, ministro José Mucio Monteiro, havia anunciado a realização de um concurso com 30 vagas para auditores em 2020 — o certame, entretanto, não foi aberto.

Mais de cinco anos sem concurso

O último concurso para o cargo foi lançado em 2015, com 66 vagas. Para concorrer foi exigido nível superior em qualquer área de formação. O posto foi dividido entre as especialidades de auditoria governamental (36 vagas, sendo 29 para Brasília) e auditoria de tecnologia da informação (30 vagas, todas com lotação em Brasília). A remuneração inicial era de R$ 14.078,66, para 40 horas de trabalho.

O Cebraspe foi a banca contratada para organizar a seleção, que contabilizou 9.417 inscritos (concorrência medis de cerca de 142 candidatos por chance). Eles foram submetidos a 200 questões objetivas, além de três questões discursivas e uma peça de natureza técnica. Além de Brasília, os exames foram aplicados em Rio Branco/AC, Macapá/AP, Manaus/AM, Cuiabá/MT, Belém/PA e Boa Vista/RR. Cinco por cento das chances são para deficientes.

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer