IBGE seleciona mais de 48 mil recenseadores: veja a distribuição de vagas por estados

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com inscrições abertas para preencher 48.535 vagas para o cargo de recenseador do Censo Demográfico de 2022. A seleção visa cobrir vagas não preenchidas na primeira seleção, que ofertou mais de 200 mil chances. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas de forma online até 15 de junho. A remuneração será por produção.

“As contratações são feitas por localidade. O novo edital é para localidades com vagas não preenchidas”, disse o Instituto. Para o IBGE, o ideal é que a coleta do Censo nessas áreas seja feita por recenseadores que já moram nos locais. “A ideia é que os aprovados estejam perfeitamente ambientados à sua região de trabalho e familiarizados com os aspectos básicos desses locais, como acesso, geografia, segurança e características culturais”, explica o chefe da Unidade Estadual (UE) do Rio de Janeiro, José Francisco Teixeira Carvalho.

São Paulo é o estado com a maior oferta. São 18.589 oportunidades. Na sequência estão Rio Grande do Sul e Minas Gerais, ofertando 5.185 vagas e4.633 postos, respectivamente.

Veja a distribuição por Estado:

Norte – 1.364 vagas

  • Rondônia – 503;
  • Pará – 450;
  • Tocantins – 143;
  • Amazonas – 119;
  • Acre – 81;
  • Roraima – 58;
  • Amapá – dez

Nordeste – 1.907 vagas

  • Ceará – 616;
  • Bahia – 571;
  • Pernambuco – 268;
  • Paraíba – 177;
  • Rio Grande do Norte – 121;
  • Maranhão – 68;
  • Alagoas – 46;
  • Piauí – 28;
  • Sergipe – 12

Sudeste – 26.968 vagas

  • São Paulo – 18.589;
  • Minas Gerais – 4.633;
  • Rio de Janeiro – 2.380;
  • Espírito Santo – 1.366

Sul – 12.972 vagas

  • Rio Grande do Sul – 5.185;
  • Paraná – 4.359;
  • Santa Catarina – 3.428

Centro-Oeste – 5.324 vagas

  • Goiás – 2.629;
  • Mato Grosso – 1.691;
  • Mato Grosso do Sul – 1.003;
  • Distrito Federal – uma

Recenseadores

Os recenseadores do IBGE atuarão diretamente na coleta das informações em mais de 70 milhões de domicílios brasileiros.  O profissional ganha por produção. Esses contratados também terão direito ao auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais

Status: Inscrições abertas

Vagas: 48.535 oportunidades temporárias

Escolaridade: ensino fundamental

Salários:  Por produção

Jornada: Mínimo de 25 horas semanais

Locação: Todas as regiões

Taxa:  gratuita

Banca: FGV

Duração: 3 meses, podendo ser prorrogados

A Seleção

Para o cargo de recenseador, a remuneração é por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.  Confira aqui o simulador!

Além do salário, os aprovados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais. O contrato inicial será de três meses, cabendo prorrogação.

As inscrições para o concursol complementar de recenceador do IBGE já estão abertas. O periodo para se cadastrar vai até o dia 15 de junho. A participação no processo seletivo será gratuita.

As inscrições são online, mediante o preenchimento do formulário, que será disponibilizado no  site do IBGE . O candidato deverá enviar o documento preenchido para o e-mail da unidade que abrange a localidade da vaga de interesse (anexo I do edital).

Junto ao formulário, o candidato deve anexar as cópias da sua documentação (identidade e titulação acadêmica). A análise dos títulos será classificatória. O resultado final e os locais em que estão as vagas serão divulgados em breve.

Concurso IBGE ofereceu mais de 206 mil vagas

O concurso IBGE ofereceu 206.891 vagas temporárias em todo o país. As oportunidades foram para diversos cargos e áreas, contemplando os níveis fundamental e médio.

As remunerações mensais variam entre R$1.700 para o agente supervisor e R$2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$458, os valores serão elevados para R$2.158 e R$2.558, respectivamente.

Além disso, os aprovados terão direito ao auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

IBGE/Divulgação

IBGE realiza pedido de novo concurso com 2.503 vagas efetivas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O Instituto argumenta que o último certame, realizado em 2015, não garantiu a quantidade mínima para a manutenção das atividades. Segundo o prazo previsto, o resultado deve ser homologado em abril de 2023

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) solicitou novo concurso com 2.503 vagas efetivas. A solicitação foi assinada no dia 22 de abril pelo presidente do Instituto, Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto, e encaminhada no dia 25 de abril ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

O Ministério da Economia é o responsável por avaliar solicitações de concursos públicos, que podem ser autorizadas até 2023. Os órgãos e autarquias que desejam abrir novas vagas até esse período devem enviar seus pedidos até maio deste ano, quando termina o prazo para tais requerimentos.

De acordo com o pedido encaminhado pelo IBGE, o quantitativo de vagas será distribuído da seguinte forma: 

  • analista de planejamento, gestão e infraestrutura e tecnologista em informações geográficas e estatísticas (1.004 vagas);
  • pesquisador em informações geográficas e estatísticas (11); e
  • técnico em informações geográficas e estatísticas (1.488).

O documento também traz a previsão de gastos com salários, caso o concurso seja autorizado, sendo R$8.488,47  para o cargo de analista, R$9.389,06 para pesquisadores e  R$3.677,27 para.

O IBGE argumenta que vem sofrendo progressiva redução do seu quadro de servidores, em decorrência de exonerações, falecimentos e, especialmente, aposentadorias.

“O concurso mais recente foi realizado em 2015 e, mesmo com essas reposições, não foi possível garantir um quadro mínimo para a manutenção das atividades desta instituição”, diz a entidade.

Ainda segundo o Instituto, cerca de 25% do total de servidores atuantes atualmente já pode requerer aposentadoria.

“Esse quantitativo pode ser ainda maior, uma vez que, para esse levantamento, foi computado, exclusivamente, o tempo de trabalho no IBGE registrado no SIAPE (sem considerar o tempo de contribuição destes servidores fora desta Fundação)”, explica o IBGE. 

Previsão de prazos

Caso o Ministério da Economia autorize o novo concurso IBGE, a entidade já tem um cronograma previsto a ser cumprido. Confira:

contratação da banca organizadora janeiro de 2023
Publicação do edital fevereiro de 2023
realização das provas março de 2023
resultado final abril de 2023

Desta forma, o preenchimento das vagas autorizadas também ocorreria de forma imediata, no mês de maio. Vale lembrar que todo o cronograma é uma previsão e pode ser alterado, considerando as necessidades do IBGE, caso o Ministério da Economia autorize a realização do concurso.  

Concurso para o Censo 2022

O IBGE realiza atualmente um certame com a oferta de 206.891 vagas temporárias em todo o país, para a realização do Censo Demográfico 2022. Alguns cargos já têm os resultados homologados. As vagas são distribuídas entre os seguintes cargos: 

As oportunidades oferecem ganhos mensais de R$1.700 para o agente supervisor e R$2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$458, os valores sobem para R$2.158 e R$2.558, respectivamente. 

Esses contratados também terão direito ao auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

No caso do recenseador, a remuneração será por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.  Confira aqui o simulador!

A jornada de trabalho recomendável para o recenseador é de, no mínimo, 25 horas, além da participação integral e obrigatória no treinamento. Já os agentes irão atuar 40 horas semanais, oito horas por dia. 

O contrato dos agentes terá duração de cinco meses, enquanto o recenseador irá trabalhar, inicialmente, por três meses.

Em ambos os casos, os contratos poderão ser prorrogados com base nas necessidades do IBGE.

 

Censo 2022: IBGE lança contagem regressiva para início da coleta

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal, temporário

Karolini Bandeira*- O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) entrou em contagem regressiva para a realização da coleta do Censo Demográfico 2022. Nova ferramenta da instituição, o contador eletrônico foi lançado nesta terça-feira (1°/2) e está disponível para consulta no site do IBGE.

Os processos seletivos abertos para contratação temporária dos profissionais já estão em andamento e as primeiras fases avaliativas serão realizadas em abril. As provas serão aplicadas em 10 de abril e o resultado final da seleção está previsto para 20 de maio. Os 183.021 recenseadores e 23.870 agentes censitários iniciarão a coleta da pesquisa em 1° de agosto.

“O contador é a forma que encontramos não só de marcar essa data tão significativa para nós, que é o início da coleta, mas também uma oportunidade para motivar o público interno do IBGE para esse importante trabalho, bem como sensibilizar o público externo, ou seja, a população brasileira, cujo engajamento é igualmente necessário para a realização da pesquisa”, comentou a coordenadora de Marketing do IBGE, Izabelle Oliveira.

A contratação de agentes terá duração de cinco meses, enquanto o contrato para a função de recenseador tem previsão de duração de três meses. Os contratos poderão ser prorrogados com base nas necessidades do instituto. Saiba mais sobre cargos e seleção! 

*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader

Censo 2022: coleta da pesquisa será iniciada em agosto

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Governo federal

Karolini Bandeira*- As inscrições do processo seletivo para recenseadores e agentes censitários do Censo Demográfico de 2022 foram encerradas no último dia 21. Conforme publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os 183.021 recenseadores e 23.870 agentes censitários iniciarão a coleta da pesquisa em 1° de agosto.

Foram mais de 1,1 milhão de inscritos. Para confirmar a participação, os candidatos devem pagar a taxa de inscrição até 16 de fevereiro. As provas serão aplicadas em 10 de abril e o resultado final da seleção está previsto para 20 de maio.

“Os recenseadores contratados visitarão, entre agosto e outubro, os mais de 70 milhões de domicílios em todos os municípios do país. Eles trabalharão uniformizados, com boné e colete azuis com a logomarca do IBGE. No colete, haverá também o crachá de identificação, contendo a foto e os números de matrícula e identidade do entrevistador. Para registro das informações, os recenseadores utilizarão o Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), semelhante a um smartphone, na cor azul”, informou o IBGE. “Para garantir a segurança dos recenseadores e dos moradores, as equipes do IBGE seguirão protocolos sanitários de segurança contra a Covid-19, como uso de máscara, higienização das mãos e equipamentos com álcool em gel e distanciamento social.”

Saiba tudo sobre a seleção aqui!

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Pedro Bial e outros: conheça os famosos que já trabalharam no Censo Demográfico

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, temporário

Karolini Bandeira*- O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou três seleções de profissionais para o Censo Demográfico 2022.  São mais de 220 mil vagas temporárias, sendo, a maioria das oportunidades, para o cargo de recenseador. A função, que consiste na visitação de domicílios e entrevista de seus morados, já foi desempenhada por figuras conhecidas nacionalmente — como, por exemplo, o jornalista Pedro Bial e a apresentadora Ana Maria Braga. As informações foram compartilhadas pelo próprio IBGE.

Para Bial, trabalhar como recenseador em 1980 foi uma experiência social incrível que ajudou em sua formação. “É daquelas experiências que mudam a sua vida. Tem o antes e o depois daquele julho ou agosto de 1980. A mim foi incumbido um quarteirão de Copacabana, no Posto 6, entre a Rua Barata Ribeiro e a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, com muitos prédios com centenas de apartamentos. Acho que, ao todo, fiz mais que centenas de apartamentos, fiz milhares. Ia batendo de porta em porta, entrando, vendo as mais diferentes configurações familiares, gente, pessoas, famílias, níveis de renda. E eu me envolvia, já com meu jeitinho de repórter, cumpria o formulário, mas ficava observando. Aquilo foi um filme, mais do que um filme, uma série, e que me preparou para a vida.”

A apresentadora Ana Maria Braga conciliou, em 1970, o trabalho como recenseadora do Censo com os estudos para o vestibular. A famosa conta que os ganhos do trabalho temporário foram um quebra-galho: “Eu sei que ganhei naquela época uma grana que me ajudou muito. No meu pré-vestibular, eu estudava até de madrugada para poder prestar o exame para entrar na universidade. E me lembro direitinho que me ajudou muito e trabalhei bastante, mas valeu muito a pena.”

A jornalista e comentarista da Globonews Flávia Oliveira também relembra sua participação como recenseadora no Censo com carinho. Para ela, a atuação influenciou positivamente na formação profissional. “A intimidade que a formação estatística me deu com números, com a capacidade de análise, de interpretação e de tabulação foi decisiva para a jornalista em que me transformei”, diz Flávia.

Censo 2022 contrata 183 mil recenseadores

O Censo Demográfico é realizado de 10 em 10 anos. Em 2022, o IBGE pretende preencher 183.021 oportunidades na função de recenseador. Para participar, é exigido, apenas, ensino fundamental completo. A jornada é o recenseador que monta e o salário é equivalente à produção do profissional. As inscrições seguem abertas até 21 de janeiro, com taxa de R$ 57,50. Além do cargo, o IBGE também tem inscrições abertas para agentes censitários e supervisores. Confira todas as seleções aqui!

Leia mais: Ao todo, IBGE tem 220 mil vagas em seleções para o Censo 2022

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Confira sete editais de concursos públicos previstos para janeiro

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, Governo federal, segurança

Karolini Bandeira*- Janeiro promete várias oportunidades para quem está interessado em prestar concurso. Somente em janeiro, podemos citar sete concursos públicos iminentes com tudo pronto para lançar o edital de abertura. As oportunidades são previstas para profissionais de todos os níveis de escolaridade. Confira:

IBGE

Já é oficial! O edital de abertura da nova seleção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o Censo de 2022 será publicado em 10 de janeiro. Desta vez, a oferta prevista é de 192 vagas temporárias, sendo 180 vagas para Agente Censitário de Pesquisa por Telefone (ACT) e 12 vagas para Supervisor censitário de pesquisas e codificação. As inscrições poderão ser feitas pelo site do Idecan. Saiba mais.

PMSP

O esperado é que o concurso da Polícia Militar de São Paulo (PMSP) para soldados autorizado em setembro, seja publicado no início do ano (com chances, inclusive, para janeiro). O governo deu aval para 5.400 chances distribuídas em dois editais de 2.700 vagas para a carreira de soldado de 2ª classe. Conforme já publicado no Diário Oficial, um dos editais será para ingresso na corporação em junho de 2022 e o outro para janeiro de 2023.

TJDFT

O edital do concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) está previsto para ser lançado até o início de fevereiro de 2022. Serão 93 vagas imediatas e cadastro reserva distribuídas entre os cargos de analista judiciário e técnico judiciário. O edital e as inscrições ficarão disponíveis no site da FGV, banca organizadora. Confira!

PMMT

A Polícia Militar do Mato Grosso (PMMT) também tem previsão de edital no primeiro mês do ano. A Fundação Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) foi escolhida como banca organizadora. O número de vagas ainda não foi divulgado.

SME-SP

Previsto para janeiro, o concurso para professores da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME-SP) vai prover 3.250 vagas efetivas. De acordo com a autorização, serão 1.270 professores de educação infantil e ensino fundamental I e 1.980 de ensino fundamental II e ensino médio. Os contratados iniciarão as atividades em 2022, a partir do primeiro dia do ano letivo.

PCBA

O concurso público previsto com 1.000 vagas para a Polícia Civil da Bahia (PCBA) terá edital de abertura em janeiro, conforme anunciado pelo governador Rui Costa (PT). Serão 800 vagas para agentes, 100 para delegados e 100 para escrivães. Os profissionais deverão possuir nível médio ou nível superior. Já os ganhos iniciais das carreiras variam de R$ 1.074 a R$ 4.374.

PCSP

A Polícia Civil de São Paulo (PCSP) já tem banca organizadora e edital iminente. O certame irá abrir 2.939 vagas para provimento efetivo na corporação, nas carreiras de delegado (250), escrivão (1600), investigador (900) e médico legista (189). Os ganhos iniciais serão de R$ 3.931,18 a R$ 10.382,48.

Concurso IBGE: novo edital será publicado em 10 de janeiro

Publicado em Deixe um comentárioIBGE

Novo edital do concurso IBGE, com 192 vagas temporárias, está previsto para publicação em 10 de janeiro. Veja os detalhes!

Jéssica Andrade – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística irá publicar o edital do novo concurso IBGE no dia 10 de janeiro. A informação foi passada por Bruno Malheiros, coordenador de Recursos Humanos do órgão, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (3/1).

Desta vez a oferta prevista é de 192 vagas temporárias para atuação no Censo Demográfico de 2022, sendo 180 vagas para Agente Censitário de Pesquisa por Telefone (ACT); e 12 vagas para Supervisor censitário de pesquisas e codificação

As inscrições para esses cargos também serão abertas no dia 10, pelo site do Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional), contratado como organizador da seleção.

Para agente censitário de pesquisas por telefone, será exigido o ensino médio completo. Os salários, a princípio, serão de R$ 998. Já para supervisor censitário de pesquisas e codificações, o requisito será o nível superior. As remunerações serão de R$ 4.200.

IBGE já recebeu 650 mil inscrições

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que contabiliza, até o momento, 650 mil inscritos para o processo seletivo do Censo Demográfico 2022. Esses dados são para as vagas de recenseador (183.021 vagas), agente censitário supervisor (18.420 vagas) e agente censitário municipal (5.450 vagas). Ao todo são 206.891 vagas temporárias em todo o país.

As oportunidades oferecem ganhos mensais de R$ 1.700 para o agente supervisor e R$ 2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$ 458, os valores sobem para R$ 2.158 e R$ 2.558, respectivamente. Os candidatos têm até o dia 21 de janeiro para se inscrever.

IBGE assina contrato com banca para seleção com 1.812 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal, temporário

Karolini Bandeira*- A assinatura do contrato entre o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) foi publicada nesta sexta-feira (10/12). A empresa ficará responsável pelo próximo processo seletivo do IBGE, com 1.812 vagas temporárias previstas.

O edital irá contemplar os cargos de coordenador censitário de área e agente censitário de administração e informática. Serão abertas 1.781 vagas para agentes e 31 vagas para coordenadores.

O IBGE terá, ao todo, três seleções voltadas para o Censo Demográfico. Também são três bancas contratadas: FGV, Idecan e IBFC. Com início do Censo em junho, os editais devem ser publicados ainda em dezembro ou no início de 2022.

Na seleção com mais de 200 mil vagas, a responsável será a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Serão selecionados 206.891 servidores temporários para as funções de recenseador (183.021 vagas), agente censitário supervisor (18.420 vagas) e agente censitário municipal (5.450 vagas). Os cargos exigem, no mínimo, nível fundamental completo. Haverá vagas em todos os municípios do país.

O Idecan fica responsável pelo processo seletivo com vagas para agente censitário de pesquisa por telefone e supervisor censitário de pesquisas e codificação. São 192 vagas, sendo 180 para agentes e 12 para supervisores.

Seleção cancelada

Foram 204.307 vagas para os cargos de recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor.
Do total, foram oferecidas 181.898 vagas para recenseador, 16.959 para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM) em 5.297 municípios do país. Os quadros de distribuição das vagas estão disponíveis para consulta no site do Cebraspe, empresa organizadora dos processos seletivos.
As vagas eram temporárias e os contratos teriam duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para ACM e ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. Saiba todos os detalhes da seleção aqui!

O IBGE já divulgou informações relacionadas à devolução das taxas do PSS cancelado e outros serviços.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

IBGE contrata mais uma banca para realizar concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Foi publicado, nesta segunda-feira (6/11), o extrato de dispensa de licitação do IBGE com a banca IBFC. É a segunda organizadora que irá trabalhar com o órgão na realização do Censo 2022. A IBFC será responsável pela organização e coordenação do processo seletivo simplificado para as funções de coordenador censitário de área e agente censitário de administração e informática. 

Vale lembrar que, na seleção com mais de 200 mil vagas, a responsável será a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Serão selecionados 206.891 servidores temporários para as funções de recenseador (183.021 vagas), agente censitário supervisor (18.420 vagas) e agente censitário municipal (5.450 vagas). Haverá vagas em todos os municípios do país.

O IBGE já divulgou informações relacionadas à devolução das taxas do PSS cancelado e outros serviços. 

Seleção

O processo seletivo simplificado tem o objetivo de contratação temporária de pessoal. Quando o edital, agora cancelado, foi lançado, já havia a informação de que os cargos exigem ensino médio completo.Para o cargo de agente municipal, a remuneração é de R$ 2.100, para 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Já para agentes supervisores, o salário é de R$ 1.700, para a mesma carga horária.

O contratado também terá auxílio-alimentação, auxílio-transporte e auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

Vale lembrar que, em outubro, o IBGE informou o cancelamento do certame. De acordo com o instituto, o contrato com o Cebraspe, banca anterior, havia sido encerrado e não seria prorrogado. 

Relembre aqui como foram as exigência do edital cancelado.

IBGE comunica como será a devolução da taxa de inscrição do concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Antes, o certame seria organizado pelo Cebraspe. Após o contrato com  vencer e não ser mais renovado, a nova banca passou a ser a FGV

O IBGE deu início, nesta sexta-feira (3/11), ao procedimento de devolução das taxas de inscrição dos  processos seletivos simplificados (PSS) cancelados do Censo Demográfico 2021 (Agente Censitário Municipal/Agente Censitário Supervisor e Recenseador. O concurso seria realizado pelo Cebraspe, mas chegou a ser suspenso em razão da pandemia. O contrato venceu e não foi renovado.

O procedimento de devolução será feito mediante cadastramento no site do IBGEEm um primeiro momento, a devolução se dará somente por meio de depósito bancário em conta corrente, não podendo ser conta poupança, conta salário ou conta conjunta. A conta bancária precisa estar ativa,  em nome do próprio candidato e o CPF deve estar em situação regular junto à Receita Federal. O depósito será realizado em até 40 dias após a conclusão do pedido de devolução no sistema. 

A partir do dia 17 de janeiro, o sistema terá a opção de solicitação de reembolso por meio de saque por meio de ordem bancária no Banco do Brasil para os candidatos que não possuem conta corrente, para os candidatos cuja conta corrente não esteja em conformidade com os parâmetros anteriores ou para quem preferir essa modalidade.

Autorização

Nesta sexta-feira (3/12), foi publicada uma portaria autorizando a contratação, por tempo determinado, do quantitativo máximo de 207.020 profissionais para atender necessidade temporária de excepcional interesse público.  Os profissionais serão contratados para desenvolver atividades relacionadas ao Censo Demográfico 2022.

O prazo de duração dos contratos será de até um ano, podendo ser prorrogado conforme dispõe a legislação, desde que justificado com base nas necessidades de conclusão das atividades. O prazo para publicação do edital de abertura de inscrições será de até seis meses, contado a partir da publicação da portaria desta sexta-feira (3/12).

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a empresa responsável por organizar o Processo Seletivo Simplificado (PSS) do Censo Demográfico de 2022. O processo seletivo simplificado tem o objetivo de contratação temporária de pessoal. Quando o edital anterior, que agora está cancelado, foi lançado, já havia a informação de que os cargos exigiriam ensino médio completo.Para o cargo de agente municipal, a remuneração é de R$ 2.100, para 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Já para agentes supervisores, o salário é de R$ 1.700, para a mesma carga horária.

O contratado também terá auxílio-alimentação, auxílio-transporte e auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

Leia mais em: Portaria autoriza concurso do IBGE e mostra como será a distribuição das 200 mil vagas