CBNFOT140220170493 14/02/2016. Crédito: Quinta do Bucanero/Divulgação. Brasil. Santa Catarina. Hotel de Charme - Quinta do Bucanero, na Praia do Rosa em Santa Catarina.

Quando for a Santa Catarina, não deixe de ir à Quinta do Bucanero

Publicado em

Em fevereiro, tem não só carnaval, mas também sol e praia em todo a costa brasileira. Na Região Sul, o destaque é o litoral catarinense com suas praias, costões, baías, lagoas, dunas e montanhas. Entre dois municípios — o de Imbituba e de Garopaba — fica a Praia do Rosa, reconhecida como uma das 30 baías mais belas do mundo, distante 70 quilômetros ao sul de Florianópolis. Lugar perfeito para o surfe, cavalgadas e trekking, nos últimos anos vem se tornando reduto gastronômico.

Foi um surfista gaúcho, o ex-piloto de corridas Cezar Pegoraro, conhecido como Bocão, um dos primeiros a se instalar lá. Bocão fabricava pranchas à beira da praia quando decidiu vender o veleiro Bucanero para comprar um terreno com vista para o mar. Em 1995, ele e a mulher Jaqueline Biazus inauguraram a pousada Quinta do Bucanero, que tem apenas 12 apartamentos e faz parte da Associação de Hotéis Roteiros de Charme, seleto clube que reúne 87 endereços de muito bom gosto e conforto distribuídos em 16 estados.

Caviar e champanhe

Entradinhas do restaurante
Entradinhas do restaurante

Aberto em princípio só para hóspedes, mas aceita reservas de grupos, o restaurante é comandado pelo chef Fernando Morais, de 36 anos, outro gaúcho que, aos 16 anos, foi garçom na pousada, de onde saiu 10 anos depois incentivado por Bocão para cursar gastronomia, na Escola do Senac, em Águas de São Pedro.

Antes de voltar ao sul, trabalhou no restaurante Skye, comandado pelo chef francês Emmanoel Bassoleil, no hotel Unique, de São Paulo. E em Porto Alegre, no Le Bistrô. “Eu não estaria onde estou hoje se não tivesse passado pelo Unique”, afirma Morais, que tem forte predileção por frutos do mar.

 

O robalo é a estrela de dois pratos principais
O robalo é a estrela de dois pratos principais

O destaque do enxuto cardápio é o prato de robalo criado em 2015 em comemoração aos 20 anos da casa. O peixe grelhado é acompanhado de mil folhas de batata-doce ao creme de caviar e champanhe, por R$ 112. Outra opção é o robalo da varanda (R$ 96), servido com risoto de rúcula, farofa crocante de castanha de caju e molho de bergamota (tangerina no sul). De entradinha, não deixe de pedir pasteizinhos de camarão (R$ 40, a porção) ou o delicioso camarão empanado (R$ 72, a porção).

Lua cheia

Construída com madeira de reflorestamento e decoração tropical, a pousada funciona o ano inteiro e, além de bonitas suítes (muito procuradas por casais em lua-de-mel), o destaque é o bistrô da varanda, onde não faltam flores, música e luz de velas à noite. Lá são servidas as iguarias que vêm do mar, “para degustar com calma e com alma”, como diz Jaqueline, responsável pelo serviço de charme.

A lua nasce na linha do mar de frente para a varanda e, no inverno, pode ser contemplada através dos janelões de vidro. Para março, no final da alta temporada, o chef está elaborando novo cardápio. Entre julho e novembro, a Praia do Rosa recebe a visita muito particular das baleias francas para acasalar, dar à luz e amamentar seus filhotes. Dóceis e gigantes, encantam os turistas. Reservas pelo telefone (48) 3355-6056.