Pinóchio na CPI da Covid

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

    Severino Francisco   O depoimento do ex-secretário de Comunicação Fábio Wajngarten na CPI da Covid foi um festival de mentiras, quase que do começo ao fim. Ele não se lembrava de nada do que falou em entrevista concedida à revista Veja, na qual, entre outras declarações, qualificou a gestão do ministério da Saúde dirigido por Pazuello de “incompetente”. […]

A mulher no Pontão

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   A servidora pública Patrícia Nogueira trafegava de bicicleta, vestida de short e com biquíni na parte de cima, pela orla do Lago Paranoá, no Pontão do Lago Sul, quando foi abordada por um segurança, que pediu que vestisse a camiseta. Ele advertiu que ela não poderia usar aquela roupa no local. Reparem: ela não havia ido […]

Legião Urbana no STJ

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   A pendenga judicial do filho de Renato Russo, Giulliano Manfredini, com os remanescentes da banda Legião Urbana, o guitarrista Dado Villa-Lobos e baterista Marcelo Bonfá, foi parar no Superior Tribunal de Justiça. Giulliano Manfredini quer impedir que Dado e Marcelo Bonfá façam shows ou gravem o repertório da banda, usando o nome Legião Urbana sem autorização […]

A Brasília de Bracher

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   A família do artista plástico Carlos Bracher é de Diamantina, a cidade em que nasceu Juscelino Kubistchek, o criador de Brasília. A avó de Bracher morava em frente à casa da mãe de JK. Desde os tempos de criança, ouvia histórias do Nonô, apelido de JK na família. Corria a fama que era muito inteligente, acordava […]

O kit da ilusão

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Quando primeiro-ministro da França, Jean Castel, mencionou que o presidente do Brasil recomendava o uso da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19 provocou uma enorme gargalhada de chacota dos parlamentares franceses. Teria sido coincidência que os dois países que adotaram o medicamento precoce contra a covid-19 figuram nos primeiros lugares no ranking dos que mais produziram contaminações […]

Um manda, outro obedece

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Em meio à avalanche de notícias que aparecem e desaparecem com a mesma velocidade estonteante, uma despertou a minha atenção. Sem saber que era gravado, o ministro da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos, de 64 anos, deixou escapar, durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar, que tomou escondido vacina contra a covid-19: “Tomei escondido, né, […]

Respeitem Brasília

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   Amigos do Rio de Janeiro, de São Paulo, de Salvador e do Recife me perguntam, ao assistir manifestações antidemocráticas na Esplanada dos Ministérios, o que está acontecendo e se essas pessoas representam Brasília. Disse a eles que Brasília é, profundamente Brasil, nas grandezas e nas misérias. Mas, na verdade, confesso que fico indignado quando vejo pessoas enroladas […]

Quem vai nos salvar

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

    Severino Francisco   O lote ao lado de minha casa foi vendido, a compradora vai construir casa e nós entramos em um acordo para cortar árvores frutíferas que nasceram, sem serem plantadas, na divisa do terreno. Em poucos minutos, dois caboclos, armados de motosserra, reduziram goiabeiras, pitangueiras, amoreiras e outros arbustos a um monte de galhos esparsos.   […]

Entrevista com o Judá

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco Enquanto o mundo explode, a sala de minha casa virou ciclovia, palco de teatro, pista de skate e sala de videoaula. Meus dois netos, Aurora, de 7 anos, e Judá, de 3, vieram morar com a gente durante a crise sanitária. Toda criança é uma manifestação divina. A inocência deles compõe um contraste pungente com a tragédia […]

Roberto Carlos na curva dos 80

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

        Severino Francisco   Eu reverencio o talento de Roberto Carlos, ele faz parte inapelável da trilha sonora de minha vida, mas não engrosso o coro dos que o alçam à condição de rei. Confesso que tenho dificuldade em separar a criação do criador. Não vislumbro nele sinais de nobreza para merecer tal título nobiliárquico. Acho Roberto […]