Mais de 30 editais! Confira o panorama de concursos públicos para o mês de agosto

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Sem categoria

O mês de agosto tem prevista a publicação de mais de cinco editais. Além disso, há vários certames com provas marcadas ou inscrições abertas

Confira o panorama do mês de agosto. Neste mês certames com bastante quantitativo de vagas está aberto como por exemplo os das Secretarias de Educação de Brasília, Goiás que juntos somam mais de 9 mil oportunidades. Neste mês também estão prevista a publicação de mais de cinco editais.

Editais previstos

PM-RJ

O extrato do contrato com o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), a banca organizadora do certame, foi divulgado nesta terça-feira (03/8).Com esta publicação o edital torna-se iminente podendo ser publicado em breve. 

A seleção ofertará  67 vagas disponíveis para nível técnico e superior, sendo 25 para a carreira de Cabo PM Especialista e as 42 restantes para o cargo de Oficiais Médicos.

PC-GO

O concurso da Polícia Civil de Goiás (PC-GO) publicou em junho o extrato de dispensa de licitação que define o Instituto AOCP como banca organizadora do certame que prevê a oferta de mais de 800 vagas, distribuídas da maneira a seguir:  

  • 450 vagas para Agente da Polícia Civil 3° Classe;
  • 310 oportunidades para Escrivão da Polícia Civil 3° Classe;
  • 60 chances para Papiloscopista da Polícia Civil 3° Classe e
  • 44 vagas de Delegado de Polícia Substituto.

Sejusp-MG

O novo concurso da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp-MG) já possui banca definida. Ele será organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). O Extrato de contrato foi publicado em junho deste ano. A seleção ofertará 270 vagas para a carreira de agente de segurança socioeducativo

TRT PB

O Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, localizado na Paraíba, informou que o contrato com a Fundação Getulio Vargas foi assinado em 27 de julho. Consoante ao órgão o edital do certame seria publicado no prazo de 25 dias.  Ao todo, o certame vai oferecer quatro vagas imediatas, além de cadastro reserva. Veja aqui os cargos que serão contemplados.

Detran-DF 

Com previsão de lançamento do edital desde julho o concurso do Detran-DF já possui banca organizadora definida, será o IBFC. O extrato de contrato foi publicado no final de julho. O concurso ofertará 366 vagas, sendo 123 imediatas e 243 em cadastro reserva, para os cargos de técnico e analista de atividades de trânsito.

Provas marcadas para agosto

Adasa

Aplicação das provas objetivas e discursivas estão previstas para o dia 07 de agosto. A seleção oferta 75 vagas e para a formação de cadastro de reserva nos cargos de regulador de serviços públicos e de técnico de regulação de serviços públicos com algumas retificações. Remuneração chega a  R$ 10 mil. Saiba mais!

CRMV-RJ 

O concurso do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) oferta 70 vagas que são distribuídas para os cargos de auxiliar administrativo (50 chances) e agente fiscal (20 vagas). As provas objetivas estão previstas para 07 de agosto. Remuneração chega a R$ 3.971,25.

CRP-MT

O concurso do Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso (CRP-MP) está marcada para o dia 07 de agosto. As fases (provas objetivas e discursivas) do concurso público serão realizadas na cidade de Cuiabá/MT. A seleção oferta 110 vagas para cargos de nível médio e superior. Remuneração chega a R$ 3.840,35.

MP-PA

O certame oferta de 169 vagas para carreiras dos níveis médio e superior mais a formação de cadastro reserva. Os salários iniciais podem chegar a R$ 3,5 mil. O certame será composto por duas etapas: provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação está marcada para o dia 14 de agosto. Saiba mais!

PC-AL

A primeira etapa do concurso da para delegados da Polícia Civil do estado de Alagoas será a aplicação das avaliações objetivas e discursivas, marcadas para o dia 14 de agosto, nos turnos da manhã (objetiva) e da tarde (discursiva), com duração de seis horas e meia no total. Os exames serão aplicados na cidade de Maceió, capital de Alagoas. Ao todo, o certame oferta 80 vagas. Os aprovados terão ganhos iniciais de R$ 20.665,50, para uma jornada de 40 horas.

CRM-PI

São ofertadas 70 vagas ao todo, sendo duas para contratação imediata e 68 para formação de cadastro reserva. A seleção é composta somente por uma prova objetiva e está previsto para ser aplicado no dia 14 de agosto no turno vespertino. Remuneração é de R$ 1.523,51. Saiba mais!

TRT-PR

Ao todo são ofertadas vagas para analista judiciário-área judiciária, analista judiciário – área administrativa – especialidade contabilidade e  analista judiciário – área judiciária – especialidade oficial de justiça avaliador federal, além de técnico judiciário – área administrativa. Os exames estão previstos para o dia 14 de agosto. Remuneração chega R$ 14.271,70, Saiba mais!

TRT-AL

O concurso público visa o provimento de 10 vagas imediatas e cadastro reserva para os cargos de nível técnico e superior, sendo 3 para analista judiciário e 7 oportunidades para técnico judiciário; ambos para área apoio especializado. Os exames serão aplicados no dia 14 de agosto em Maceió (AL), nos turnos da manhã, técnico, e turno da tarde, analista. Os candidatos terão 4h para resolver as provas. Salário inicial é no valor de R$ 12.455,30.

SEE-PE

O Governo de Pernambuco lançou edital de concurso para professor da educação básica. O certame oferta 2.907 vagas em diversas áreas de formação, de acordo com a Secretaria de Educação e Esportes (SEE), com remuneração de R$ 3.900 para jornada de 200 horas e R$ 2.925 para 150 horas. As provas serão aplicadas no dia 21 de agosto, de forma descentralizada. Saiba mais!

PM-ES

Ao todo são oferecidas 1.052 vagas para os cargos de soldado combatente, auxiliar de saúde e músicos. Os candidatos ao concurso serão avaliados através de várias etapas, todas de caráter eliminatório e classificatório. A primeira etapa será composta pelas provas objetivas, com 80 questões de múltipla escolha e as discursivas, que consistem em uma redação. Ambas estão marcadas para o dia 21 de agosto. Remuneração chega a  R$4.035,79. Saiba mais!

DPE-MT

Os exames serão aplicados no dia 28 de agosto em Cuiabá e/ou Várzea Grande, em Mato Grosso. A seleção oferta 28 vagas para os níveis médio e superior, além de cadastro reserva. Remuneração chega a  R$ 10,6 mil. Saiba mais!

Inscrições abertas 

SEDF

O novo edital do processo seletivo da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) foi publicado na sexta-feira (1), no Diário Oficial do Distrito Federal, com os detalhes do concurso. São oferecidas 4.254 vagas, sendo 812 imediatas, para professores efetivos. Os interessados podem se inscrever a partir das 10h de 2 de agosto até as 18h de 31 de agosto no site da banca organizadora. Saiba mais!

TRT-MT

O Tribunal Regional do Trabalho da  23ª Região, em Mato Grosso, informou que o próximo concurso ofertará mais duas vagas. Com isso, serão quatro para preenchimento imediato: duas para analista judiciário (uma da área judiciária e outra de tecnologia da informação) e duas para técnico judiciário (sendo uma da área administrativa e a outra da especialidade de tecnologia da informação). As inscrições também foram prorrogadas para 1º de agosto.

Saiba mais detalhes!

CRF-SP

O Conselho Regional de Farmácia de São Paulo tornou público o edital do certame para provimento de seu quadro de pessoal. A grande maioria das oportunidades são destinadas para formação de cadastro reserva. O novo concurso oferta vagas para diversos cargos em que abrange os níveis médio e superior completos. As chances de contratação imediada somam 11. O período de inscrição ficará aberto entre 4 de agosto e 12 de setembro. Saiba mais detalhes!

TJPE 

O certame oferta 30 vagas, além do cadastro de reserva para cargo de juiz substituto. Desse total de vagas, 22 são para ampla concorrência, duas para pessoas com deficiência e seis para pessoas negras (pretas e pardas). O valor do salário é de R$ 30.404,40. Prazo se inscrever encerrará em 1º de setembro. Saiba mais!

CRA/SC 

O certame é para provimento de uma vaga, além de formação de cadastro reserva para cargos de nível médio, técnico e superior. Canditados podem se inscrever pelo site da banca organizadora, o Instiuto Quadrix,até o dia 18 de agosto. Remuneração chega a R$ 5.507,26.

 Saiba mais!

TCE-PB

Serão ofertadas uma vaga para auditor conselheiro substituto e uma para médico, com possibilidade de cadastro reserva em ambos os cargos. As inscrições devem ser realizadas no site do Cebrape, entre 25 de julho e 28 de agosto. A remuneração é de R$ 33.689. Saiba mais!

PMPR e CBMPR

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) publicou o edital do novo concurso para cadetes da Polícia Militar e Bombeiros militares do estado do Paraná. A seleção oferece quatro vagas ao todo, sendo duas para cada corporação. Os interessados em uma vaga no concurso PM PR e Bombeiros PR poderão se inscrever a partir do dia 18 de julho. As inscrições seguem abertas até as 12h do dia 31 de agosto.Saiba mais!

TRT 22ª Região 

Ao todo são oferecidas 65 vagas abrangendo cargos de nível médio e superior, deste quantitativo  43 são para contratação imediata.As chances são para os cargos de analista judiciário em diversas áreas e tecnico judiciário para a Área Administrativa e Área Apoio Especializado –Especialidade Tecnologia da Informação.As inscrições ficarão abertas, exclusivamente via internet, no período das 10h do dia 13 de julho às 14h do dia 05 de agosto (horário de Brasília). Saiba mais!

CBM RO

O concurso visa o preenchimento de oito vagas para oficiais, cargos de nível superior. Os interessados em uma vaga como oficial do Corpo de Bombeiros Militar do estado de Rondônia poderão se inscrever a partir do dia 19 de julho, pelo site do Cebraspe, organizador da seleção. As inscrições ficarão abertas até o dia 10 de agosto. Saiba mais!

CREME RN

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (CREME-RN) publicou o edital do novo concurso CREME-RN 2022, para provimento de vagas em cargos de nível médio e nível superior, mais formação de cadastro de reserva do quadro de pessoal do CREMERN. O prazo para admissão da inscrição já está aberto e segue assim até às 23 horas do dia 11 de agosto de 2022. Ganhos iniciais serão de R$ 2.950 a R$ 8.000. Saiba mais!

CRN-6

O Conselho Regional de Nutricionistas da 6ª Região (CRN-6) lançou o edital de abertura do concurso público em que oferta 75 vagas para nutricionista fiscal. A seleção tem como banca organizadora o Instituto Qudrix. O período de inscrição já está aberto e será encerrado em 4 de agosto. A remuneração é de R$ 3.397,37, para carga horária semanal de 30 horas. Saiba mais!

Sefaz-AP

A Secretaria de Estado da Administração do Estado do Amapá (Sefaz-AP) lançou edital de abertura de seu novo concurso público. O certame irá ofertar 253 vagas para formação de cadastro reserva. Deste quantitativo 13 serão reservadas a candidatos com deficiência. Ganhos mensais ofertados são no valor de R$ 22.019,25. As inscrições ficarão abertas até 8 de agosto. Saiba mais!

DPE-MT

Edital foi publicado na sexta-feira (1/7) e assegura a oferta de 20 vagas para defensor cuja remuneração é de R$ 24.895,43. Será encerrado no dia 12 de agosto. Saiba mais!

PMRN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM-RN) lançou nesta sexta-feira (1/7) o edital de abertura do concurso público com a oferta de 132 vagas para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar. Do total de vagas serão reservadas 26 chances para candidatos autodeclarados pretos e pardos. A remuneração ofertada é no valor de R$ 5.357,73. O período de inscrições  se estenderá até o dia 01 de agosto. Saiba mais!

PCRO

A Polícia Civil de Rondônia (PC-RO) publicou o edital de abertura do novo concurso que oferta 319 vagas. Do total de oportunidades, 145 são para agente de polícia, 100 para escrivão de polícia, 40 para datiloscopia policial, 10 para delegado de polícia, 10 para médico legista e 14 para técnico em necropsia. A remuneração oferecida chega a R$ 15 mil. O período de inscrição vai até 5 de agosto. Saiba mais!

SEE-PE

O certame oferece 500 vagas para os cargos de analista em gestão educacional e 96 para assistente administrativo educacional e o segundo edital publicado neste ano. As inscrições ficarão abertas no périodo entre 9 de agosto e 15 de setembro. Os candidatos poderão se inscrever somente pelo site da banca organizadora, o Cebraspe. O valor da taxa de inscrição é de R$ 130,00 para analista em gestão educacional e R$ 90,00 para assistente administrativo educacional. Remuneração chega a R$ 3.236,44. Saiba mais!

Seduc-GO

O edital de abertura deste certame foi publicado em julho. O concurso oferta 5.050 vagas no cargo de professor nível III em diversas especialidades. O período de inscrições será aberto em agosto, no dia 14, e permanecerá até 12 de setembro. O valor da taxa de inscrição será de R$ 100,00. Interessados poderão se inscrever no site da banca organizadora, Instituto IADES. Salário chega a R$ 3.943,37. Saiba mais!

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes.

 

Sefaz-MS define comissão organizadora para próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Sem categoria

A equipe é formada por membros da Secretária de Estado de Administração e Desburocratização e da Secretaria de Estado de Fazenda

A Secretária de Estado de Administração e Desburocratização (SAD-MG) torna o público a definição da comissão organizadora do concurso da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MG). O documento foi publicado no Diário Oficial do estado, na página 272 nesta terça-feira (2/8).

Documento na íntegra

Foram designados seis servidores e grupo será presido por Carla Rouledo Moretti Leite e Paulo Victor dos Santos Oliveira, presidente e vice-presidente respectivamente. Ambos são representantes da SAD.

O novo certame será de Provas e Títulos para o provimento no cargo de analista de tecnologia da informação, integrante da carreira Gestão de Tecnologia da Informação. Consoante o aval, serão ofertadas 30 vagas.

Último concurso

A última seleção da Sefaz-MG foi realizado em 2013. O concurso ofertou 60 vagas de nível superior, sendo 20 oportunidades são para fiscal de rendas e 40 para agente tributário. A remuneração ofertada foi no valor de R$ 10.883,32 para fiscais e R$ 6.661,57 para agentes para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

À época, as provas do certame foram canceladas pelo governador André Puccinelli. A decisão foi mediante a descoberta do parentesco entre um dos elaboradores dos exames e um candidato inscrito no concurso.

Governo autoriza concurso para mais duas secretarias

O governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, autorizou, em 1º de julho a realização de novos concursos públicos estaduais para três secretarias estaduais. Além da Sefaz-MG, as secretarias do Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro-MG) e Justiça e Segurança Pública (Sejusp-MG) também receberam o aval.

Ao todo as novas seleçãoes ofertam 909 vagas, sendo 780 para a Sejusp (500 para soldados da Polícia Militar, 250 para soldados do Corpo de Bombeiros, 20 para oficiais da Polícia Militar e 10 para oficiais dos Bombeiros) e 99 oportunidades para Semagro (61 para nível superior e 38 para nível médio), além das 30 vagas para Sefaz-MG.

“Queremos reforçar nossa segurança pública com novos policiais e bombeiros, aprimorar o trabalho ambiental em todo o Estado e também aperfeiçoar nossa área de tecnologia da informação. Estamos visando a melhora dos serviços públicos e o atendimento à população”, afirma o chefe do executivo.

*Estagiária sob supervisão de…

Conheça alguns mitos sobre concursos públicos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Certames bastante esperados pelos concurseiros estão com os editais em vista para serem publicados, como o Senado Federal, INSS, Receita Federal e Detran-DF. No entanto, dúvidas sobre o funcionamento de concursos públicos surgem e podem dar margem para a origem de mitos. Por isso, o Papo de Concurseiro conversou com Fernando Mesquita, diretor de mentoria e coaching do Gran Cursos Online, para esclarecer algumas questões acerca dos certames. Confira:

1. É possível ser aprovado chutando as questões?

Depende. Estatisticamente é possível, mas é bastante improvável que alguém passe chutando todas as respostas da prova. O chute é absolutamente normal, a gente não sabe tudo, e mesmo quem estudou bem tem dúvidas, mas chutar tudo é receita do desastre.

2. Basta refazer provas anteriores para conseguir êxito no concurso?

Mito. Todas as vezes que alguém disser que em concursos “basta fazer X”, saia correndo. Aprovação em concursos depende de muitos fatores, sendo um deles as provas anteriores. Mas você precisa estudar muito e bem (o conteúdo é enorme), precisa revisar (revendo detalhes que precisa gravar ou entender), precisa resolver questões (para entender como e o que a banca cobra) e precisa cuidar do seu sono, da sua atividade física, da sua alimentação.

3. É necessário gabaritar a prova para ser aprovado?

Mito. Se fosse necessário gabaritar a prova para passar, ninguém passaria. Primeiro porque as provas não foram feitas para serem gabaritadas. Segundo, porque a quantidade de conteúdo raramente permite pensar nisso. Para saber mais ou menos quanto precisaria tirar, é interessante ver a classificação em provas semelhantes realizadas anteriormente.

4. Há restrição de idade nos concursos públicos?

Depende. Para concursos militares há restrição, para os civis, em geral não. Essa restrição precisa ser estabelecida na lei da carreira.

5. É proibido ter concursos públicos em ano eleitoral?

Mito. Não há proibição de realização de concursos em ano eleitoral. O que não pode haver é homologação do procedimento e nomeação em determinados períodos, mas os concursos podem acontecer normalmente em todos os meses.

6. A crise econômica que o país enfrenta pode acabar com os concursos públicos?

Mito. O concurso público está previsto na constituição, e só quem pode acabar com ele é o Congresso, que dificilmente o faria. A crise, claro, dificulta a vida dos órgãos e dos entes federativos por questões orçamentárias, mas o concurso segue sendo a forma de seleção oficial do Estado.

7. Ter nome no SPC e Serasa impede a posse de um aprovado?

Depende. Em geral, ter dívidas nos cadastros restritivos não impede a nomeação e a posse dos aprovados, mas há exceções. Para instituições bancárias pode ser um problema, e para órgãos policiais, a depender da natureza da dívida, também. Nesse último caso, a questão é menos clara, e pode ser discutida judicialmente.

Leia também: Concurso TSE Unificado: confira os TRE’s que confirmam a participação no certame

STJ nega pedido de entidades de servidores para estender prazo de concurso; entenda

Concursos: saiba como interpor recursos de forma eficiente

Concursos: saiba como interpor recursos de forma eficiente

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Recurso

Aline Gouveia- A elaboração de recursos para se opor a alguma divergência nas etapas de concursos públicos é um direito do concurseiro. Cada certame, por meio dos editais, expressa em quais casos o candidato pode recorrer. No entanto, a falta de conhecimento tanto do direito em si quanto da forma de apresentar os recursos pode ser prejudicial. De acordo com o professor Erick Alves, primeiramente é essencial que seja feita uma leitura atenta do edital.

“As possibilidades mais comuns são os recursos contra os gabaritos preliminares das questões objetivas e contra a correção de questões discursivas”, explica o sócio-fundador do Direção Concursos, professor de Direito Administrativo e Auditor do TCU. Erick pontua que a objetividade e fundamentação teórica são as principais dicas na elaboração de recursos.

“É importante citar referências, isso dá bastante resultado. Citar uma legislação, um autor ou doutrina que ampare sua resposta ajuda demais na elaboração de recurso nas provas discursivas”, orienta Erick Alves.

Roberta Queiroz, professora do Gran Cursos Online, acrescenta que é necessário ter uma definição específica no pedido. “Nas questões subjetivas, precisa haver uma análise muito específica do que foi o objeto de correção. Nas provas dissertativas, quando o candidato perde pontos por conta do português, por exemplo, é preciso ser muito específico em relação ao parágrafo que deve ser objeto de uma recorreção e em relação à pontuação que foi retirada, sempre fazendo confronto do padrão de resposta dado pela banca e a correção”, diz.

Leia também: Candidato eliminado consegue na Justiça direito de continuar no concurso da PCDF

Erros comuns

  • Ser genérico
  • Ser prolixo
  • Não fundamentar a resposta
  • Apresentar fundamentos que não alteram a pontuação ou que não estejam diretamente ligados com o pedido de reforma da pontuação, com o pedido de invalidação da questão ou de alteração do gabarito

Dicas

  • Ler o edital
  • Estar atento aos prazos
  • Ser objetivo
  • Ser específico na definição do pedido
  • Apresentar leis ou autores como fundamento teórico da resposta
  • Acompanhar correções das provas objetivas

Leia também: Confira dicas para lidar com a ansiedade na hora dos estudos para concursos

Concursos x Férias: saiba como descansar sem perder o ritmo nos estudos

Concurso TSE Unificado: órgão confirma que está em fase inicial do planejamento

TRTs: confira lista de editais que podem ser divulgados em breve

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Tribunal do Trabalho

Com a definição das bancas organizadoras, os editais se tornam iminentes

Há alguns concursos públicos em andamento para os Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) espalhados pelo país. As vagas são para o preenchimento do quadro de pessoal dos órgãos e contam com formação de cadastro reserva. Com a definição das bancas organizadoras, os editais se tornam iminentes. Portanto, o Papo de Concurseiro listou os certames que já estão com banca definida. Confira:

TRT-MG

A banca para o próximo concurso do Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região, localizado em Minas Gerais, foi definida. A escolha da Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc) como responsável por organizar o certame foi publicada no Diário Oficial da União da segunda-feira (25/7). As vagas ofertadas serão para os cargos vagos de analista e técnico judiciário do quadro de pessoal do TRT3. Já o quantitativo de vagas, no entanto, ainda não foi divulgado. O presidente do TRT3, Ricardo Mohallem, afirmou que o edital pode ser lançado em outubro. Saiba mais detalhes!

TRT-MA

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região, localizado no Maranhão, assinou, na quinta-feira (21/7), o contrato com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a realização do próximo concurso público. O certame ofertará vagas para provimento e formação de cadastro reserva de cargos do quadro permanente de pessoal do Tribunal. De acordo com a Coordenadoria de Gestão de Pessoas do órgão, 29 cargos do quadro de servidores do TRT-MA estão vagos. Saiba mais detalhes!

TRT8

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, que compreende os estados do Amapá e Pará, informou que o edital do concurso público para o quadro de servidores deve ser divulgado em agosto deste ano. Em junho, o TRT 8 definiu o Cebraspe como banca organizadora do próximo certame. Além disso, a presidência do órgão criou um comitê, formado por um magistrado e três servidores, responsável pela elaboração e fiscalização contratual do concurso. Os cargos e a quantidade de vagas que serão ofertadas ainda não foram divulgados. No entanto, o órgão tem os cargos de analista e técnico judiciário vagos. Saiba mais detalhes!

TRT14

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi escolhida como banca organizadora do próximo concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, que compreende os estados de Rondônia e Acre. Com a definição da banca, os próximos passos são a assinatura do contrato e publicação do edital. O novo certame irá contemplar vagas para os cargos de analista judiciário e técnico judiciário nas seguintes especialidades: oficial de justiça avaliador federal, tecnologia da informação. Saiba mais detalhes!

TRT-PB

O Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, localizado na Paraíba, informou que o contrato com a Fundação Getúlio Vargas foi assinado na segunda-feira (25/7). Ainda de acordo com o TRT-13, o edital deve sair em 25 dias e as provas serão aplicadas em 85 dias. Ao todo, o certame vai ofertar 4 vagas imediatas, sendo 1 vaga para analista judiciário, 2 para técnico judiciário (área administrativa) e 1 para técnico judiciário (área de tecnologia da informação). Também haverá formação de cadastro reserva, com previsão de vagas para 17 cargos. Saiba mais detalhes!

Leia também: Presidente da Caixa diz que aprovados em concursos serão contratados em breve

Detran-DF: dispensa de licitação para realização de concurso é publicada

Concurso Senado: publicação de extrato de contrato torna edital ainda mais próximo

Veja como foi o teste de aptidão física do último concurso da PCGO

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Polícia civil, TAF

O próximo concurso da Polícia Civil de Goiás está com o edital iminente, visto que a banca organizada do certame já foi definida. O Instituto AOCP será o responsável pelo concurso que ofertará 864 vagas, distribuídas da seguinte forma:

  • 450 vagas para agente da Polícia Civil 3° Classe;
  • 310 oportunidades para escrivão da Polícia Civil 3° Classe;
  • 60 chances para papiloscopista da Polícia Civil 3° Classe e
  • 44 vagas de delegado de polícia substituto.

O último concurso da corporação foi em 2018, organizado pelo Núcleo de Seleção da Universidade Estadual de Goiás (UEG), com 100 vagas ofertadas. O certame foi composto por nove etapas: prova objetiva, prova discursiva, avaliação feita por equipe multiprofissional, avaliação médica, avaliação de aptidão física, exame psicotécnico, avaliação da vida pregressa e investigação social, curso de formação e avaliação de títulos.

Mesmo sem edital publicado ainda, o ideal é que o concurseiro comece a se preparar desde já. Confira como foi realizado o teste de aptidão física no último certame da PCGO:

A avaliação de aptidão física consistiu na aplicação do teste de corrida, por 12 minutos, de caráter eliminatório. O percurso foi definido de acordo com o gênero do registro civil, sendo:

  • masculino = 2.400 m (dois mil e quatrocentos metros);
  • feminino = 2.000 m (dois mil metros).

Durante o percurso, o candidato pôde intercalar corrida com caminhada. No entanto, não foi permitido parar, sentar, deitar, dar ou receber ajuda. “Serão considerados aptos os candidatos que percorrerem na forma e nas condições estabelecidas para o teste, a distância mínima exigida (2.400 m ou 2.000 m, conforme o sexo) no tempo máximo permitido, 12 (doze) minutos”, diz o edital.

Foram exigidos a apresentação do documento de identificação original e atestado médico para a realizada do TAF no último certame da PCGO.

Leia também: Com edital iminente, veja disciplinas cobradas no último concurso do Detran-DF

Concurso INSS: provimento de vagas está prevista para janeiro de 2023

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, INSS

O processo para a contratação da banca organizadora do certame está em fase de definição

De acordo com o Ministério da Economia, o provimento das vagas ofertadas pelo próximo concurso público do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) está previsto para janeiro de 2023. A informação consta em um documento sobre autorizações e provimentos. O órgão tem aval para o preenchimento de 1.000 oportunidades nas carreiras de técnico do seguro social do quadro de pessoal do Instituto, que exige certificado de conclusão  do ensino médio.

O processo para a contratação da banca organizadora do certame está em fase de definição. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o salário inicial é de R$ 6,5 mil. O certame foi solicitado ao Ministério da Economia em abril deste ano, no qual era esperada a autorização de 7.575 vagas, sendo 6.004 para técnico e 1.571 para analista.

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social, com 950 candidatos aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador do certame na época. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. De acordo com o edital, os salários eram de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, com lotação em todo o Brasil.

Leia também:  Concurso do INSS: especialista aponta as expectativas para o certame

Concurso INSS: próximo concurso deverá também ser regionalizado, diz especialista

Concurso INSS: veja as atribuições da carreira de técnico do Seguro Social

Receita Federal: edital pode sair a “qualquer momento”, afirma Sindifisco

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Receita Federal

O certame prevê 699 vagas, sendo 230 para auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil e 469 analista-tributário da Receita Federal do Brasil

De acordo com Tiago Barbosa, vice-presidente do Sindifisco, o edital do próximo concurso da Receita Federal pode ser divulgado a qualquer momento. A afirmação foi dada durante reunião do sindicato que representa os auditores fiscais e o Sindireceita (entidade civil organizada pelos analistas tributários da Receita), na quarta-feira (21/7).

“Eles disseram que saía a qualquer momento, mas não dá para cravar a data, inclusive pela própria natureza do concurso”, disse Tiago Barbosa. Cabe ressaltar que a escolha da banca ainda está em andamento. O certame prevê ofertar 699 vagas, sendo 230 para Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e 469 Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil.

De acordo com o Ministério da Economia, os aprovados no concurso da Receita Federal devem ser nomeados a partir de março de 2023. A informação foi divulgada em um documento sobre autorizações e provimentos.

O concurso da Receita Federal chama a atenção dos concurseiros por causa das remunerações e benefícios. Para o cargo de auditor, por exemplo, a remuneração atual é de R$21.487,09 já somada com o auxílio-alimentação de R$458. Já a carreira de analista oferece remuneração mensal de R$12.142,39.

Leia também: Concurso Receita Federal: especialista analisa expectativas sobre o novo certame

INSS afirma que prazo para definição de banca não foi adiado; entenda!

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, INSS

Circula na internet a informação de que o prazo para a definição da banca foi prorrogado para o dia 5 de agosto

O Instituto Nacional do Seguro Nacional (INSS) tem aval para o provimento de 1.000 vagas nas carreiras de técnico do Seguro Social do quadro de pessoal, que exige certificado de conclusão do do ensino médio. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o salário inicial é de R$ 6,5 mil.

A comissão organizadora do certame foi constituída no dia 6 de julho. A portaria informava acerca do prazo de 15 dias para finalização dos trabalhos, evidenciando a possibilidade de definir a banca neste período. Vale lembrar que a portaria que autoriza a realização do certame, publicada em junho deste ano, define que a banca organizadora seja definida no prazo de 60 dias, ou seja, a empresa escolhida poderá ser anunciada até agosto deste ano.

No entanto, circula na internet a informação de que o prazo para a definição da banca foi prorrogado para o dia 5 de agosto. Em nota, a assessoria de imprensa do INSS informou que essa data não procede como definição da banca organizadora. “Na verdade, houve a publicação, em boletim interno do INSS, da prorrogação dos trabalhos de uma equipe da área de Gestão de Pessoas, por mais 15 dias. Mas a publicação de banca organizadora ainda segue outros fluxos para que seja concluída”, diz a autarquia.

Último concurso

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social. 950 candidatos foram aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. De acordo com o edital, os salários eram de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, com lotação em todo o Brasil.

Leia também: Especialistas apontam as expectativas para o concurso do Senado

Câmara aprova regime de urgência de PL que altera regras dos concursos públicos

 

Especialistas apontam as expectativas para o concurso do Senado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, FGV, Senado Federal

As remunerações iniciais chegam a R$ 34 mil. Com a banca já definida, a publicação do edital se torna iminente

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi escolhida como banca organizadora do concurso do Senado Federal. A nova seleção ofertará mais de mil vagas , sendo 19 vagas imediatas e 989 para formação do cadastro de reserva, totalizando 1.008 vagas. As remunerações iniciais chegam a R$ 34 mil. Com a banca já definida, a publicação do edital se torna iminente.

A expectativa, de acordo com Rodrigo Lima, professor do Gran Cursos Online, é de que o edital seja publicado em até 30 dias. Ele orienta que o candidato faça um planejamento de estudos. “Esse concurso é muito difícil, já que são poucas vagas e as vantagens são enormes: salário alto, clima organizacional bom, vários benefícios funcionais, carga horária flexível, além de ser um trabalho relevante para a sociedade. Por isso, o aluno precisa ficar antenado, fazer um bom planejamento, definir quais são as horas que ele vai estudar e ter muito foco e disciplina”, comenta.

Para Victor Dalton, sócio-fundador do Direção Concursos, professor de Informática e Consultor da Câmara dos Deputados, o que falta para que o edital seja lançado é a definição dos locais e datas viáveis das provas. “Ano eleitoral, final do ano, pode ser que a banca tenha alguma dificuldade para fechar essas datas”, explica.

Victor comenta ainda acerca do que o concurseiro pode esperar da banca organizadora. “São questões de enunciados longos, alternativas longas e questões que desgastam o candidato”, avalia. Portanto, o professor recomenda estudar bem a teoria de determinados temas, passando por todo o edital. “Não pode cometer o erro grave de somente se basear nos exercícios para entender como a banca deverá cobrar os assuntos. A FGV sabe trazer questões novas, abordando um aspecto da teoria que não foi cobrado em provas anteriores”, pontua Victor Dalton.

Além disso, o professor Rodrigo Lima chama a atenção para as mudanças nas vagas para Policial Legislativo. “É preciso dar atenção para a mudança nas vagas para Policial Legislativo, que passaram a exigir nível superior. Essa é uma reivindicação da classe. Os profissionais almejam ter um aumento salarial e um plano de carreira condizente com a formação exigida no edital. Mas, em termos de concorrência, essa mudança não é muito relevante porque o nível técnico dos candidatos é muito alto. Lembrando que estamos falando sobre um dos melhores concursos do país”, pontua.

Último concurso

O Senado não realiza concurso público há 11 anos, na última seleção as provas objetivas dos quatro editais tiveram em comum as seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Conhecimento Específicos e Gerais. Confira aqui mais disciplinas do último concurso da Casa!