Concurso TJSP segue previsto; taxa de inscrição é alterada

Publicado em Deixe um comentáriocartório, Concursos, Concursos Públicos, Tribunal de Justiça

Karolini Bandeira*- O próximo concurso público do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) para escreventes continua em tramitação. Em extrato de aditivo de contrato, firmado entre a Fundação Vunesp e o tribunal, foi divulgado que a taxa de inscrições agora será de R$79. De acordo com o documento, publicado no Diário da Justiça de São Paulo nesta quarta-feira (3/3), todas as seleções de nível médio abertas deverão cobrar o valor.

 

Imagem: Reprodução

 

O contrato com a banca Vunesp segue válido e, conforme última prorrogação, deverá ser encerrado em 30 de maio. A banca foi a responsável pelo último certame da instituição, realizado em 2017. Na ocasião, os candidatos tiveram que pagar R$ 72.

A Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de São Paulo divulgou, em janeiro deste ano, uma lista com serventias extrajudiciais que se encontram em vacância. De acordo com o documento,  atualmente existem 195 cargos vagos, que podem ser preenchidos a partir de um novo concurso do Tribunal.

Comissão organizadora

A comissão organizadora responsável pela tramitação do certame já foi definida. Publicada em outubro de 2020 no Diário da Justiça Eletrônico, a oficialização de comissão organizadora instituiu uma equipe com cinco servidores do Tribunal para o planejamento do certame. Veja abaixo o documento com os profissionais!

 

Último concurso

Também sob responsabilidade da Fundação Vunesp, o último concurso público para cartórios do TJSP foi realizado em 2017. A seleção contou com 165 vagas disputadas por meio de prova objetiva, prova escrita, prova prática, avaliação oral, e análise de títulos. A prova objetiva foi constituída por 100 questões distribuídas entre registros públicos e notariais; direito civil, processual civil, penal, processual penal, tributário, comercial, administrativo, constitucional; e conhecimentos gerais. Para concorrer aos cargos de notário ou registrador, é necessário possuir ensino superior completo em direito ou ter exercido atividades notariais ou de registro por, no mínimo, dez anos. Saiba mais!

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 

Câmara de Teresina suspende aplicação de provas de concurso público

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Coronavírus, suspensão

Karolini Bandeira*- Devido ao aumento de casos de coronavírus, a Câmara Municipal de Teresina (PI) adiou, pela segunda vez, a aplicação das provas objetivas e discursivas do edital oo1/2020, marcadas inicialmente para 14 de março. O comunicado foi publicado no site da banca organizadora Instituto AOCP e ainda não há data prevista para continuação do concurso público.

O edital visa contratar nove servidores de níveis médio e superior nos cargos de assistente legislativo, analista de informática, assessor jurídico legislativo e procurador. Os candidatos aprovados na seleção deverão atuar em jornada de trabalho de 30 horas semanais para remuneração inicial nos valores de R$ 2.066,15 a R$ 6.008,70.

Os profissionais serão avaliados por meio de provas objetivas obrigatórias, composta por 40 questões de múltipla escolha, com conteúdos de língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático e legislação municipal; provas discursivas, obrigatórias para candidatos de nível superior; e análise de títulos, fase obrigatória para os procuradores.

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Autorizado: concurso PCMS tem 250 vagas previstas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O último concurso público para a corporação foi aberto em 2017, com 210 vagas de nível superior

 

Karolini Bandeira*- Agora é oficial: o Governo do Mato Grosso do Sul autorizou, nesta quarta-feira (3/3), a realização de um novo concurso público para a Polícia Civil do Estado (PCMS) com 250 vagas! De acordo com o decreto normativo publicado no Diário Oficial, as oportunidades serão distribuídas entre as carreiras de perito papiloscopista (38 vagas), agente de polícia científica (100 vagas), perito criminal (67 vagas) e perito médico-legista (45 vagas).

Conforme decretado pelo governador Reinaldo Azambuja Silva, o certame ficará sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização e da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública. Agora, uma comissão organizadora será formada para iniciar os trâmites e planejamento da seleção.

O último concurso público para a corporação foi aberto em 2017, com 210 vagas de nível superior para delegados, investigadores e escrivães. Os inscritos tiveram que passar com êxito em prova objetiva com 100 questões sobre português, direito penal, direito processual, direito constitucional, direito administrativo, direitos humanos, direito civil, legislação institucional, medicina legal e criminologia. Ao final do concurso, os selecionados tiveram que passar, ainda, por um curso de formação policial. Saiba mais sobre a seleção!

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

 

Renan Filho autoriza concurso Sefaz/AL para 35 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

É o oitavo concurso autorizado pelo governador neste ano! Veja:

 

Karolini Bandeira*- A Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas (Sefaz/AL) vai realizar um novo concurso com 35 vagas! A autorização foi divulgada no Diário Oficial de Alagoas desta quarta-feira (3/2) e, de acordo com o governador Renan Filho, serão 25 vagas para auditores fiscais e 10 vagas para auditor de finanças e arrecadação.

Com tramitação em andamento, a Secretaria já anunciou a escolha da banca organizadora. A escolhida foi o Cebraspe! A informação foi divulgada pelo secretário da fazenda, George Santoro, através das redes sociais. O secretário esclareceu também que os auditores serão lotados prioritariamente na capital do Estado e o edital será o mesmo do último concurso  — sem nenhuma regra alterada. As matérias e conteúdos cobrados também serão as mesmas, apenas com algumas alterações pontuais de legislação atualizada.

De acordo com a própria Secretaria, a expectativa é de que os auditores sejam nomeados até dezembro deste ano.

 

Outros sete editais foram autorizados pelo Governo de Alagoas

Ao todo, o governo do Estado de Alagoas autorizou a realização de sete concursos públicos nas áreas de educação, saúde, segurança e direito. No total, serão oferecidas 6.280 vagas. A previsão para o lançamento dos editais é entre abril e junho deste ano.

De acordo com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e também com a postagem de Renan Filho, serão 1.060 vagas para a PM, sendo 1.000 para soldado combatente e 60 para oficial combatente; e 170 para o CBMAL, sendo 150 para soldado combatente e 20 para oficial combatente. A Seduc ofertará 3.000 vagas para o cargo de professor, enquanto o concurso para a PC destinará 500 vagas, sendo 368 para o cargo de agente e 132 para escrivão. A Sesau terá a oferta de 1.200 vagas de nível técnico e nível superior, já a Agepen pode contar com 300 novos contratados. E, por fim, a PGE oferecerá 15 vagas destinadas ao cargo de Procurador do Estado.

“O Governo de Alagoas enfrenta o desafio de realizar concursos públicos em todas as áreas para melhorar as políticas públicas prestadas pelo Estado e oferecer oportunidades às pessoas”, disse o governador, durante transmissão nas redes sociais. Saiba mais!

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Veja quais bancos públicos têm concurso previsto para 2021

Publicado em Deixe um comentárioautorização, BRB, cadastro reserva, carreira bancária, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, Empresa pública

Além de previsões, também há concurso aberto!

 

Karolini Bandeira*- Três bancos públicos confirmaram novos concursos públicos em 2021! Até o momento, foram anunciadas 220 vagas para a área de tecnologia da informação, mas também há oportunidades para técnico bancário, carreira de nível médio. A remuneração inicial chega a R$ 3,8 mil, além de diversos benefícios. Fique por dentro:

 

Banco do Brasil

Anunciado em agosto de 2020, com 120 vagas previstas para a área de tecnologia da informação, o concurso público do Banco do Brasil segue em fase de planejamento. De acordo com a assessoria de imprensa do banco, os estudos para a publicação do edital de abertura estão avançados! A seleção procura contratar jovens profissionais que desejam construir carreira em diferentes áreas da tecnologia, como analytics, inteligência artificial, desenvolvimento de software e aplicativos, dentre outras. O concurso, de âmbito nacional, exigirá conhecimento na área de TI. Os 120 profissionais aprovados na seleção deverão passar por uma imersão tecnológica oferecida pelo banco. A previsão é de um salário inicial de cerca de R$ 3,8 mil, somando diversos benefícios. Saiba mais!

 

Banco de Brasília

O próximo concurso público do Banco de Brasília (BRB) foi autorizado pelo presidente da instituição, Paulo Henrique Costa, nesta segunda-feira (1/3). De acordo com o anúncio, o concurso será lançado no segundo semestre de 2021 e ofertará 100 vagas, sendo 50 imediatas e 50 para o cadastro de reserva, para a carreira de Tecnologia da Informação (TI). Em resposta ao Papo de Concurseiro, o banco informou que com a autorização para a realização de novo concurso, o órgão segue, agora, com os procedimentos para contratação da banca que vai realizar o certame. Saiba mais!

 

Banco da Amazônia

O Banco da Amazônia (Basa) confirmou, ao blog Papo de Concurseiro, que um novo concurso público para contratação de técnicos bancários deverá ser aberto no segundo semestre de 2021! Ainda segundo a instituição, o planejamento e estudos iniciais para o certame já começaram!

O cargo de técnico bancário tem, como pré-requisito, ensino médio completo. Cabe ao profissional da área efetuar serviços como atendimento ao cliente, auxílio na efetuação de empréstimos, comercialização de produtos e serviços e captação de recursos. No último edital, foi ofertado aos técnicos bancários remuneração no valor de R$3.698,55 para jornada de trabalho de 30 horas por semana. Saiba mais!

 

Inscrições abertas para o Banco do Estado de Sergipe

Os interessados já podem se inscrever no concurso público do Banco do Estado de Sergipe (Banese). A seleção ficará aberta até 22 de março, pelo site do Cebraspe. O edital conta com 45 vagas de níveis médio e superior e todas as chances são para a carreira de técnico bancário, com remuneração inicial de R$ 2.223,60 a R$ 4.361,94. As vagas são distribuídas entre cargos de técnico bancário I, que exige nível médio de formação, e técnico bancário III na especialidade de desenvolvimento, na área de informática. Saiba mais sobre o concurso!

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Projeto básico de concurso Pefoce oficializa vagas, etapas e cargos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Karolini Bandeira*- O concurso público previsto para 2021 da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) está confirmado! Assim como já anunciado pelo governador Camilo Santana, o edital visa preencher 170 vagas distribuídas entre os cargos de perito criminal, perito legista, médico perito legista e auxiliar de perícia. A distribuição de vagas e as etapas do concurso foram confirmadas no projeto básico do certame.

De acordo com o documento, as vagas serão distribuídas da seguinte forma:

  • 60 para perito criminal
  • 20 para perito legista
  • 20 para médico perito legista
  • 70 para auxiliar de perícia

Além das oportunidades imediatas, o projeto básico prevê, também, 340 vagas para formação de cadastro reserva.

O cargo de médico perito legista exige graduação em medicina. Já para o cargo de perito criminal, é necessário possuir ensino superior completo em análise de sistemas; ciências contábeis; ciências da computação; engenharia civil, elétrica, eletrônica, mecânica ou química; física; ou química. Profissionais com nível superior em farmácia podem concorrer à função de perito legista, enquanto a carreira de auxiliar de perícia exige graduação em qualquer área.

Terão direito à isenção da taxa de inscrição os candidatos que se enquadrarem nas seguintes categorias:

Categoria A– Servidor público do Estado do Ceará

Categoria B– Doador de sangue do Estado do Ceará

Categoria C– Alunos que concluíram seus estudos em entidades de ensino público

Categoria D– Pessoa cuja família receba renda de até dois salários mínimos

Categoria E– Pessoa hipossuficiente

 

Concurso terá cinco etapas

O documento também confirmou quais serão as fases avaliativas da seleção, aplicadas em Fortaleza (CE). Os candidatos deverão passar por cinco avaliações:

  • Prova objetiva e discursiva (100 questões objetivas e duas discursivas) – eliminatório e classificatório
  • Teste de aptidão física (três fases) – eliminatório
  • Avaliação psicológica – eliminatório
  • Investigação social – eliminatório
  • Curso de formação profissional – eliminatório e classificatório

 

Governador prevê lançamento de edital este mês

Por meio de transmissão ao vivo, Camilo Santana anunciou que o edital poderá ser divulgado em março! Além do edital da Pefoce, os editais da Polícia Militar (PMCE) e da Polícia Civil (PCCE) também estão previstos para o mês. “Já vamos agora abrir, em março, possivelmente o edital do concurso. A Assembleia Legislativa aprovou recentemente todos os planos de valorização da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Pefoce – também da Polícia Penal. É a valorização dos profissionais da Segurança Pública”, anunciou o governador.

Para a PM, estão confirmadas 2.200 vagas, sendo 2.000 para o cargo de soldado e 200 para oficiais. A PC contará com 500 oportunidades, das quais 400 serão para inspetores e 100 para escrivães.

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Agepen/AL: concurso com 300 vagas tem banca organizadora escolhida

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O governo alagoano se comprometeu a realizar sete concursos; mais de 6 mil vagas ao todo

 

Karolini Bandeira*- Mais um avanço! O Cebraspe foi escolhido como banca organizadora do próximo concurso público com 300 vagas para policiais penais em Alagoas (Agepen/AL), da Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris/AL). De acordo com documento da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio do Estado (Seplag/AL), a proposta apresentada pela examinadora em 25 de fevereiro foi “aprovada em todas as condições”. Agora, para o contrato ser formalizado, falta apenas a aprovação da Procuradoria Geral do Estado (PGE/AL).

Imagem: Reprodução

 

O documento, encaminhado ao Cebraspe nesta terça-feira (2/3), foi assinado pelo secretário de Estado Fabrício Marques Santos.

Para atuar como policial penal, é necessário ensino superior completo. O salário base para esta profissão é de R $3.800, podendo chegar a até R$ 9.359, de acordo com a Lei nº 7.993, de 15 de fevereiro de 2018. O último concurso para trabalhar na Polícia Penal do Alagoas foi organizado pela Fundação Apolônio Salles em 2006, com 1.200 oportunidades. A seleção contou com uma prova objetiva de 100 questões de múltipla escolha e um teste de aptidão física. Veja o edital.

 

Outros seis editais foram autorizados pelo Governo de Alagoas

Ao todo, o governo do Estado de Alagoas autorizou a realização de sete concursos públicos nas áreas de educação, saúde, segurança e direito. No total, serão oferecidas 6.245 vagas. A previsão para o lançamento dos editais é entre abril e junho deste ano.

De acordo com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e também com a postagem do governador Renan Filho, serão 1.060 vagas para a PM, sendo 1.000 para soldado combatente e 60 para oficial combatente; e 170 para o CBMAL, sendo 150 para soldado combatente e 20 para oficial combatente.  A Seduc ofertará 3.000 vagas para o cargo de professor. O concurso para a PC destinará 500 vagas, sendo 368 para o cargo de agente e 132 para escrivão. A Sesau terá a oferta de 1.200 vagas de nível técnico e nível superior. E, por fim, a PGE oferecerá 15 vagas destinadas ao cargo de Procurador do Estado.

“O Governo de Alagoas enfrenta o desafio de realizar concursos públicos em todas as áreas para melhorar as políticas públicas prestadas pelo Estado e oferecer oportunidades às pessoas”, disse o governador, durante transmissão nas redes sociais. Saiba mais!

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Seleções com mais de 1.000 vagas são suspensas pela Prefeitura de Porto Seguro (BA)

Publicado em Deixe um comentárioExcedente, suspensão

Karolini Bandeira*- Três seleções, que visavam preencher 1.307 vagas temporárias, foram canceladas pela Prefeitura de Porto Seguro, na Bahia. A decisão foi tomada durante reunião no Gabinete do Prefeito e contou com a presença de representantes da Secretaria de Administração, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Chefia de Gabinete e Procuradoria Geral do município. 

De acordo com a prefeitura, a comissão decidiu pelo cancelamento dos editais 001/21, 002/21 e 003/21 devido à necessidade de adequação à legislação atual, rever números de vagas e priorizar o chamamento do cadastro de reserva do concurso realizado em 2019. A medida foi tomada após as recomendações do MP 01/21, 02/21, 03/21, 04/21 e 05/21 e de solicitações de conselhos de classe e do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. 

Ainda segundo a prefeitura, ficou determinado que uma nova data será marcada para realização de um próximo processo seletivo. 

 

A seleção

As oportunidades eram para todos os níveis de escolaridade com atuação temporária em escolas, ações sociais e serviços públicos. A jornada de trabalho dos contratados foi definida em 20 a 40 horas semanais para remuneração de R$ 1.100 a R$ 8.000. As inscrições foram encerradas em 22 de fevereiro, sem necessidade de pagamento de taxa. Os inscritos seriam avaliados a partir de análise de currículos e experiência profissional. 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Novo presidente do Tribunal de Justiça do Amapá anuncia editais de concursos

Publicado em Deixe um comentárioCarreira judiciária, Concursos, Concursos Públicos, Tribunal de Justiça

Karolini Bandeira*- O novo presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador Rommel Araújo, anunciou novos concursos públicos para cargos judiciários e de magistratura no Tribunal. “Nós já estamos vendo concursos para determinadas categorias dentro do Poder Judiciário e também o concurso TJAP para magistratura”, informou o representante ao programa Justiça no Ar. 

O próximo concurso para o TJAP foi autorizado durante sessão ordinária do pleno administrativo do Tribunal em dezembro de 2020. O certame, aprovado pela maioria da corte, contratará profissionais de caráter efetivo no cargo de analista judiciário multidisciplinar.

Conforme decidido pelo TJAP, serão cinco oportunidades, além de cadastro de reserva. Os primeiros preparativos ficarão sob responsabilidade da comissão organizadora definida, composta pelos desembargadores João Lages e Carlos Tork.

 

Última seleção

O último certame para o órgão foi realizado em 2015 e ofereceu 100 vagas para analista judiciário, de nível superior, e técnico judiciário, de nível médio. Os salários oferecidos chegavam a R$ 6 mil. Os profissionais selecionados foram lotados em Macapá, Mazagão, Tartarugalzinho, Pedra Branca do Amapari, Laranjal do Jari e Oiapoque.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco

Governador da Paraíba anuncia concurso PCPB com 1.400 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Salário servidor público, segurança

Corporação não realiza concurso há 13 anos

 

Karolini Bandeira*- Após 13 anos sem concurso público, a Polícia Civil do Estado da Paraíba (PCPB) será contemplada com contratações em 2021! O governador do Estado, João Azevêdo, anunciou a realização da seleção nas redes sociais na última sexta-feira (26/2). De acordo com a publicação, a corporação contará com novas 1.400 contratações nos cargos de delegado (120 vagas), escrivão (520 vagas), perito médico (50), técnico em perícia (73), necrotomista (70), agente de investigação (414), perito criminal (77), perito químico (45) e papiloscopista (31).

Segundo Azevêdo, o certame será necessário para “suprir as necessidades de cargos de carreira e reforçar os quadros, diante do cenário de 785 servidores aptos a se aposentarem”. O edital deverá ser divulgado em breve no Diário Oficial do Estado.

O concurso já havia sido anunciado pelo presidente da Associação dos Delegados do Estado (Adepdel), Steferson Nogueira. De acordo com o presidente, o governo informou que o certame estava sendo planejado durante reunião feita em 12 de fevereiro na Procuradoria Geral da Paraíba (PGE/PB). Ainda segundo o representante, o governo prometeu que o estudo para o concurso “está em fase final”.

 

Estudo para implantação de subsídio a servidores da Segurança

A autorização do concurso não é a única notícia boa! João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (1/3), que foi autorizado o estudo para implantação dos subsídios para os profissionais da área da Segurança Pública. De acordo com o governador, a implantação das gratificações é uma “demanda antiga” e o Governo já possui uma comissão responsável pelos estudos e planejamento da parcela. “Já há uma política em nossa gestão para que todos os aumentos concedidos sejam lançados na cabeça do contracheque, para que assim o profissional não tenha perda ao se aposentar e com a incorporação dos subsídios esperamos resolver de vez esse problema”, acrescentou o governador.

Segundo o representante da Adepdel, temas como reajuste e subsídios foram levantados na reunião realizada em fevereiro. O policial recordou que o ajuste de 5% no salário dos policiais civis do Estado, prometido pelo governo na negociação anterior, feita no último ano, não foi aplicado. “Nós (PCPB) estamos em último lugar do país e do nordeste na remuneração (…) basta olhar o Rio Grande do Norte e Pernambuco para ver a diferença brutal nos salários dos policiais civis”, pontuou em transmissão publicada após o encontro.

 

Último concurso

Realizado em 2008, o último concurso da PCPB foi organizado pela Cebraspe e distribuiu 1.162 oportunidades de nível médio e nível superior nas funções de delegado, perito, papiloscopista, técnico em perícia, necrotomista e motorista. As etapas foram aplicadas nos municípios de João Pessoa e Campina Grande. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva (obrigatórias para todos os cargos), Teste de Aptidão Física (obrigatório para todos os cargos), avaliação psicológica (obrigatória para todos os cargos), prova prática de digitação (obrigatória para escrivão), avaliação de títulos (obrigatória para cargos de ensino superior) e investigação social (obrigatória para todos os cargos). Leia o edital na íntegra!

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco