CBPFOT240620190386 24/06/2019. Credito: Ed Alves/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia-DF. Gastronomia. Proprietario do Miau que Mia. Jeremias Cesar Neto. Local 304-305 Sul.

Uma quadra muito intensa

Publicado em

Responsável por operações gastronômicas nas quadras 304/305 Sul — cuja movimentação se intensificou agora com a chegada de novas grifes — o empresário Jeremias César Neto (foto) está comemorando os 10 anos do Miau Que Mia com promoções exclusivas. Delas, faz parte um chope servido em caneca geladíssima por R$ 6,99. O cliente que publicar no Instagram ainda ganha outro.

Miau Que Mia foi um delírio do arquiteto Loi, que se inspirou nos cabarés parisienses da Belle Époque e revestiu a parede de vermelho com lâmpadas de camarim na fachada. Nasceu na esquina de baixo da 209 Sul, onde funcionou até janeiro de 2013, quando Jera — como é conhecido o restaurateur — transferiu para os domínios familiares, nos quais o mais antigo é o Zimbrus, na 305, comprado pelos pais em 1995.

Guanições rodando

A outra promoção é o Festival Parmigiana que foca um dos pratos mais pedidos na casa. A parmegiana de frango, que custava R$ 39,90, sai por R$ 24,90; e a parmê de filé-mignon passa de R$ 53,90 para R$ 34,90. As duas opções dão direito a guarnições volantes, servidas por sorridentes garçonetes que passam nas mesas mais de 15 preparações: pastel, batata recheada com cheddar, farofa, salada, banana à milanesa, batata frita entre outras.

25/06/2019. Crédito: Miau Que Mia/Divulgação. Favas Contadas. Miau Que Mia celebra 10 anos. Parmegiana.

“No início, era um bar focado em entretenimento. Quando mudamos para a 304 Sul, transformamos o Miau que Mia em um bar/restaurante focado na clientela acima de 30 anos e num público mais família”, relembra Jera. A partir daí que a casa começou a implementar o cardápio com pratos mais completos, além de oferecer hambúrgueres, espetinhos, petiscos, sucos e uma seleção de caipiroscas muito especiais, assinadas pelo mixologista Rinaldo Honorato, que já trabalhou no Balconny e no Oliver.

Cestinhas pra petiscar

Há pouco tempo, a casa lançou uma linha de petiscos servidos em charmosas cestinhas com molho à parte. “Os clientes vinham me pedindo porções menores e individuais de petiscos”, informa Jera, que decidiu acomodar os quitutes em cestinhas de metal, acompanhadas por um potinho de molho que você pode escolher entre barbecue, vinagrete, chimichurri, gorgonzola, molho madeira caseiro e goiabada com vinho tinto.

Os petiscos incluem batatas rústicas picantes (R$ 12,90) e chips (R$ 13,90); frango à passarinho e linguicinha suína em tiras (ambos por R$ 14,90 cada); pastel de queijo e de carne com catupiry, tiras de filé de frango à milanesa e palito de queijo (R$ 15,90 cada); bolinho de mandioca com carne, fritas com cheddar e bacon, carne de sol em cubos e mandioca frita e coxinha da asa (R$ 16,90 cada).

24/06/2019. Credito: Ed Alves/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia-DF. Gastronomia. Petisco Miau que Mia. Local 304-305 Sul.

Outra atração é a brinquedoteca climatizada que funciona com monitores de segunda a sexta, das 18h às 23h, sábado e domingo, das 12h às 23h. Um serviço que se tornou importante para Jera, que é pai de Jeremias e Vitória, de 6 e 4 anos, respectivamente. Muito diferente dos tempos em que o jovem empresário colecionava bares e dizia “meu foco é a noite”. Pelas suas mãos passaram muitas marcas, entre elas, Lapa, Jera Pasta & Grill, Pipa, Armazém do Jera e até uma boate em Taguatinga, de nome Santa Tereza.