lapinha_blog Saladas coloridas fazem parte do menu do Lapinha

Quer dar um presente relaxante para sua mãe? Aposte no spa Lapinha!

Publicado em

Não há melhor presente para a mãe do que uns dias de spa. O benefício é enorme em todos os aspectos. Onde mais ela poderia desintoxicar, relaxar, emagrecer e ainda se reeducar em termos alimentares? A coluna pode indicar um lugar onde tudo isso é possível, além de oferecer ainda reabilitação cardíaca, prevenção geriátrica, tratamentos estéticos e fitness.

Chama-se Lapinha o spa distante 90km de Curitiba, próximo à Lapa, cidade histórica do Paraná. Imerso em um paraíso que ocupa 550 hectares de uma fazenda com bosque de araucárias, o estabelecimento propõe o equilíbrio entre o corpo, a mente e a alma. Por isso já recebeu diversos prêmios internacionais, entre eles, o selo Healing Hotels of de World, como o único spa do país.

Medicina naturista

O surgimento do spa guarda uma histórica curiosa. A curitibana Margarida Langer, neta de imigrantes alemães luteranos, teve um mal gástrico que nenhum médico conseguiu resolver. Decide então se submeter na Suíça a um tratamento médico naturista que mudou a sua dieta alimentar e ao cabo de algum tempo ela ficou curada. Aos 70 anos, Dona Margarida compra a fazenda e inaugura a Lapinha em 1972.

Com mais de 40 anos de funcionamento, a instituição passou por várias estágios de aperfeiçoamento sem nunca abrir mão de dois troféus: a clínica de medicina naturista e a dieta ovo-lacto-vegetariana rica em vitaminas, fibras e sais minerais. É dirigido por Dieter Brepohl, neto da fundadora. Todo o cardápio oferecido lá é preparado com ingredientes da horta orgânica, que por si só já é um programa percorrer e ver as plantas.

Menu surpresa

A dieta varia de 420 a 2000 calorias por dia, dependendo do objetivo de cada hóspede e da orientação médica e supervisão dos nutricionistas. Extremamente saborosa, a comida é bastante variada especialmente no almoço, que começa sempre com uma salada, na qual vem folhas (alface, chicória, azedinha, agrião, aipo, couve), fruto (tomate, morango, manga, uva passa, abacaxi) e noz (castanha de caju, castanha do Brasil, macadâmia, amêndoa) e um delicioso molho que pode ser rosé, chimichurri, maionese vegana, iogurte com mel, mostarda Dijon e vinagrete, ricota com shoyo e outros.

Em seguida vem o prato quente com uma fonte de proteína e vegetais refogados. No almoço, você escolhe entre duas opções o sabor da sopa que será servido no jantar. A de tomate é imbatível porque tem o gosto exclusivo do fruto, nenhum condimento. Batata-baroa com agrião, brócolis, lentilha, espinafre, trigo sarraceno, cebola, grão-de-bico e inhame são os principais.

Aprenda a receita

Além de preparar os pratos, a chef Arlete Zbonik dá dicas aos hóspedes do Lapinha
Além de preparar os pratos, a chef Arlete Zbonik dá dicas aos hóspedes do Lapinha

Por três anos comandou a cozinha do spa o talentoso chef catarinense Reinhard Pfeiffer, autor do livro de receitas Brasilidades comida reconfortante com um toque de chef. Quando saíu para abrir seu próprio restaurante, o Expedito, na cidade de Lapa, foi substituído pela sua sous-chef, Arlete Zbonik, diplomada no Centro Europeu de Gastronomia.

As quartas-feiras sempre há uma aula culinária, na qual são ensinadas diversas receitas que você pode colocar a mão na massa e executá-las com a chef, que atua na cozinha há 23 anos. Na ocasião são dirimidas as dúvidas sobre a confecção do menu, que você recebe em fichas para levar para casa.

Extremamente carinhosa a equipe do spa está sempre atenta para atender o hóspede em tudo o que precisar, mas algumas regras são rígidas, como por exemplo, líquidos são proibidos nas refeições. “Quem bebe enquanto come costuma mastigar de forma apressada, usando o líquido para empurrar o alimento”, esclarece o manual. Bem dito! Mais informações pela página no Facebook Lapinha Spa ou pelo telefone: (41) 3622-1044. Reservas no 0800 6431090.