CBPFOT280320170418 28/03/2017. Crédito: Arthur Menescal/Esp.CB/D.A. Press. Brasil. Brasília - DF. Gastronomia. Peixes que fogem dos preparos tradicionais. Prato de empanada de centolla com molho agridoce de abacaxi, do Chef Miguel Ojeda, do restaurante Nikkei no Lago Sul.

Miguel Ojeda é o novo chef do Nikkei

Publicado em

Um chef que já provou seu valor nos diversos restaurantes pelos quais passou – Alice, Miró e Lucca do Meliá, Sanfelice e Fortunello – , assume a cozinha do Nikkei Sushi Ceviche e Bar, como o primeiro chef da casa, porque o talentoso consultor paulista Marcelo Fugita, como a função sugere, foi até agora só consultor.

Estamos falando do jovem venezuelano Miguel Ojeda, de 27 anos, para quem a culinária andina está no seu DNA. “Os temperos latino-americanos são condimentos que permitem mesclar vários estilos, além de fazer parte de minha identidade gastronômica”, ressalta Ojeda, que há oito anos viajou por terra da Argentina até a Venezuela conhecendo e experimentando a gastronomia regional. No mesmo ano cozinhou no asiático Daishi Sushi & Wok, em Buenos Aires e depois veio para o Brasil.

Quatro pratos

O fato de ter enveredado na cozinha italiana, desde que desembarcou aqui em 2010, não o fez esquecer as raízes de sua formação, tanto é verdade que, recém-chegado ao Nikkei, já elaborou quatro novos pratos. O primeiro é um tacu tacu com aji de gallina, numa adaptação de duas comidas tipicamente andinas — tacu tacu (à base de feijões, arroz, pimentas tudo misturado e prensado, em forma de um croquete crocante por fora e suave por dentro) e aji (pimenta) — com um toque agridoce recorrente na culinária japonesa.

O segundo é um lomo saltado com arroz à moda peruana, de origem crioula, que consta de filé-mignon em tiras com cebola, batatas e cebola roxa, acompanhada de arroz de legumes com especiarias. Com uma abordagem mais asiática, o yassai tamé traz tofu crocante empanado no panko, farinha feita com farelo de pão, acompanhado de mix de legumes.

“A mistura de legumes e a crocância do tofu dão ao prato um jogo de texturas e uma explosão de sabores no paladar”, resume o chef.

Por último, ele elaborou a sobremesa que se chama tres leches, porque é feita com torta com calda de leite, creme de leite, rum e leite condensado, finalizado com um merengue italiano. A casa funciona de terça a sexta, das 12h às 15h, e das 19h à 0h; sábado e domingo, das 12h à 1h. Telefone 2099-2460.