Créditos: Sérgio Alberto/Divulgação. Chefs Rodrigo Sato, do B hotel, e Francisco Ansilero, do Dom Francisco.
CBNFOT270420180069 Créditos: Sérgio Alberto/Divulgação. Chefs Rodrigo Sato, do B hotel, e Francisco Ansilero, do Dom Francisco. Créditos: Sérgio Alberto/Divulgação. Chefs Rodrigo Sato, do B hotel, e Francisco Ansilero, do Dom Francisco.

Francisco Ansiliero e Rodrigo Sato inauguram projeto no B Hotel

Publicado em

Antes de completar meio ano de funcionamento, o B Hotel Brasília — aquela moderníssima construção projetada por Isay Weinfeld no Eixo Monumental, próximo ao Estádio Mané Garrincha — lança um projeto gastronômico, que é um dos focos de sua hotelaria. Chama-se Chefs no B, no qual comandarão periodicamente as caçarolas do hotel importantes chefs brasileiros e estrangeiros. Os menus serão executados a quatro mãos pelo convidado em parceria com o chef da casa, Rodrigo Sato.

Sabem quem dará início ao projeto preparando o jantar inaugural? O mestre Francisco Ansiliero que, além de cozinhar para um público estimado em uma centena de pessoas, vai ser homenageado pelos 30 anos da grife Dom Francisco, tocada por ele, que todos os dias está à frente dos fogões na unidade da Asbac. O jantar está marcado para 10 de maio, com início às 20h e vai custar R$ 150 + 10%.

Menu amazônico

Para elaborar o cardápio, Ansiliero e Sato foram buscar inspiração na Amazônia. A começar pelo amuse bouche (a primeira etapa que, para os franceses, “diverte a boca”), com pastel de jambu precedido por bolinho de bacalhau com azeite aromatizado. Dele, ainda faz parte picanha de tilápia (delicado corte do peixe em formato de picanha empanado com farinha de fécula de mandioca) acompanhado de molho tártaro. Nas entradas virão costelinha de tambaqui com limão siciliano e carré de cordeiro com kefir de hortelã.

Boa disposição é necessária para a degustação que inclui nove pratos. Eentre os principais estão a pescada-cambucu grelhada com arroz carolino, lentilha vermelha e ervilha fresca e o bife ancho com batatas coradas. De sobremesa, maracujá pérola e gâteau de chocolate com creme de cupuaçu. Reservas pelo telefone: 3962-2000.

Confeitaria

Para a diretora do hotel Ana Paula Ernesto, o Projeto Chefs no B é uma consequência natural da proposta hoteleira. “Como o B Hotel tem o foco na gastronomia, daí o restaurante localizado à entrada do lobby, nada mais natural que a cozinha-show, separada apenas por um vidro, seja um palco ideal para a exibição de grandes profissionais”, justifica a autora da ideia.

Outra vertente que mereceu extrema atenção da administração foi a confeitaria, onde brilha a nissei Sonia Aiko Takata, uma das finalistas da Copa do Mundo de Confeitaria, que será realizada em Lyon, na França, em janeiro de 2019. A meta de Sonia, que integra a delegação brasileira, é trazer para o país a medalha de ouro. Para isso, terá de derrotar outras 21 equipes.