Crefono-6 abrirá edital para níveis médio e superior

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Do CorreioWeb   O Conselho Regional de Fonoaudiologia da 6ª Região, com sede em Minas Gerais, lançará nos próximos dias edital de concurso público com oferta de vagas para cargos de níveis médio e superior. Os aprovados devem ser lotados na capital Belo Horizonte e receber salários que variam de R$ 1.052,65 a R$ 4.016,94, além de benefícios.   As chances de nível médio serão para auxiliar de escritório e auxiliar administrativo. Graduados poderão tentar os postos de coordenador administrativo, coordenador de tesouraria e fonoaudiólogo fiscal. O Instituto Quadrix de Tecnologia e Responsabilidade Social será a empresa responsável pelo certame. A última seleção da entidade aconteceu em 2011 e formou cadastro reserva.

TRF-1 ganha três novas varas e 77 cargos efetivos

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Larissa Domingues – Do CorreioWeb   O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com jurisdição no estado do Amapá, ganhou três novas varas para o município de Macapá. A Lei 12.762, sancionada nesta sexta-feira (28/12) pela presidente Dilma Rousseff, também prevê a criação de 76 cargos efetivos e outros 136 em comissão.   Serão 71 chances para técnico (13) e analista judiciário (58); e seis para juiz federal (3) e juiz federal substituto (3). As informações estão no Diário Oficial da União, na página um da primeira seção.

Dilma cria 789 cargos de defensor para DPU

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Larissa Domingues – Do CorreioWeb                                                                   Monique Renne/CB/D.A Press

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta sexta-feira (28/12) a Lei 12.763, que cria 789 cargos de defensor no âmbito da Defensoria Pública da União (DPU). Do número total de chances, 732 serão reservadas a defensor de 2ª categoria; 48 para defensor de 1ª categoria; e outras nove para defensor de categoria especial. As informações estão no Diário Oficial da União, na página um da primeira seção.   O último concurso lançado pela DPU aconteceu em 2010 e oferece 311 oportunidades de níveis médio e superior na área administrativa. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) organizou a seleção, que registrou pouco mais de 83 mil candidatos inscritos. Os salários, à época, variavam de R$ 2.299,42 a R$ 3.532,95 para uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Serpro lançará edital com 360 vagas em janeiro

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Larissa Domingues – Do CorreioWeb  

                                                                Joel Figueiredo Thé/D.A Press

Está confirmado: o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) lançará em janeiro do ano que vem novo concurso com oferta de 360 oportunidades. De acordo com informações divulgadas pela empresa pública, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) organizará o certame.   Do número total de vagas, 147 serão para o cargo de técnico, que exige formação de nível médio, e 213 para o posto de analista, que cobra graduação. Haverá, além das chances imediatas, formação de cadastro reserva. As provas do concurso serão aplicadas em 22 capitais brasileiras.   Aprovados devem ser contratados pelo regime de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A remuneração inicial para técnicos hoje é de R$ 2.034,01 para jornada de 40 horas semanais – mais R$ 339,38 de gratificação. Analistas terão contracheques no valor de R$ 4.525,13 em jornadas de 30 ou 40 horas semanais, além de gratificação no valor de R$ 678,77. Há ainda auxílio alimentação, auxílio transporte e plano de saúde, entre outros benefícios.  

CNJ dá dicas para aprovação em concurso com 177 vagas

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Larissa Domingues – Do CorreioWeb  

                                                       Gustavo Moreno/CB/D.A Press

Quem vai prestar o concurso do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com oferta de 177 vagas de níveis médio e superior, ganhou uma oportunidade para turbinar os estudos. A instituição deve publicar até fevereiro de 2013, no portal www.cnj.jus.br, dicas importantes para quem deseja ser aprovado na seleção. Semanalmente serão postadas informações sobre o funcionamento do órgão e também temas que serão abrangidos nas avaliações objetivas e discursivas, marcadas para acontecer em 17 de fevereiro.   Os salários estão na faixa de R$ 4.052,96 a R$ 6.611,39. Inscrições custam entre R$ 60 e R$ 100 e poderão ser feitas até 4 de janeiro, pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/cnj. Organizador do certame, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/Unb) prevê, no edital, 84 vagas para o cargo de analista judiciário (nível superior). Já para técnico judiciário, de nível intermediário, são 93.   Áreas Os concorrentes graduados poderão disputar funções na área judiciária e de contabilidade, administração, pedagogia, análise de sistemas, arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, engenharia civil, estatística, psicologia e sociologia.  Já quem tem nível médio luta pelo ingresso em áreas administrativas e de apoio especializado à programação de sistemas.  

Governador de MG autoriza 590 vagas para professor na UEMG

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

  Do CorreioWeb   O governador de Minas Gerais, Antônio Anastásia, autorizou semana passada a realização de novos concursos públicos para preenchimento de 590 vagas de professor na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Com a medida, 19 cursos de graduação criados a partir de 2006 – nas unidades de Leopoldina, Ubá, Frutal, João Monlevade, Barbacena e Belo Horizonte – passarão a contar com docentes efetivos.   As seleções vão ser lançadas durante os anos de 2013 a 2015 com vagas para os três níveis de ingresso na carreira.

Trabalho aprova obrigatoriedade de divulgação de editais e gabaritos em braille

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

 

(Foto: Reinaldo Ferrigno/Agência Câmara)

Da Agência Câmara   A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou, no último mês de novembro, proposta que obriga os órgãos e entidades da administração federal, direta e indireta, a divulgar os editais de concursos públicos em braille (sistema de leitura com o tato para deficientes visuais). Pela proposta, a obrigação também valerá para a divulgação dos gabaritos das provas. A medida está prevista no Projeto de Lei 5326/2009, do deputado Geraldo Resende (PMDB-MS).   A proposta aprovada na Comissão de Trabalho restringe a obrigatoriedade dos editais e gabaritos em braile aos concursos para cargos compatíveis com a deficiência visual, o que não estava previsto no texto original. “De fato, considerando os elevados custos para a reprodução de textos pelo sistema de escrita em relevo anagliptografia [escrita em relevo para leitura em braile], entendo que a exigência não se justifica nos certames para provimento de cargo ou emprego cujas atribuições tornem o exercício incompatível para pessoas com deficiência visual”, argumentou o relator, deputado Mauro Nazif (PSB-RO).   Tramitação

A proposta, que tramita de forma conclusiva, já foi aprovada pela Comissão de Seguridade Social e Família. Ela será analisada ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

IBC, do Ministério da Educação, escolhe banca de próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

  Lorena Pacheco – Do CorreioWeb   Vinculado ao Ministério da Educação (MEC), o Instituto Benjamin Constant (IBC) vai abrir ou concurso público em breve. Saiu no Diário Oficial da União da semana passada o extrato de contrato instituindo o Instituto AOCP como a banca organizadora que será responsável pelo novo certame.   Concurso atual A AOCP lançou, no dia 17 de dezembro deste ano, o edital de abertura do atual concurso do IBC, com oferta de 69 oportunidades de nível médio e superior.  Para jornada de 20 a 40 horas semanais, são oferecidos salários de R$ 1.473,58 a R$ 2.989,33. As inscrições estão abertas e podem ser efetuadas no endereço eletrônico da banca organizadora do certame – www.institutoaocp.org.br, até o dia 14 de janeiro de 2013. A participação custa entre R$ 40 e R$ 55. As provas objetivas serão aplicadas na data provável de 3 de fevereiro de 2013 na cidade do Rio Janeiro/RJ. Haverá ainda prova prática, de desempenho e de títulos.   Para os candidatos de nível médio/técnico estão abertas as áreas de assistente de alunos, assistente de administração, tradutor e intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), técnico de enfermagem, técnico de tecnologia da informação e técnico em contabilidade.   Para nível superior há chances de analista de tecnologia da informação, assistente social, enfermeiro, fonoaudiólogo, médico oftalmologista/órbita, oftalmologista/retina, psicólogo, professor da carreira de ensino básico, técnico e tecnológico para educação física, educação infantil, física, geografia, matemática, química, ambiente, saúde e segurança/massoterapia, artes, ciências físicas e biológicas, ensino fundamental, história, inglês, língua portuguesa, orientação e mobilidade, sistema braille e estimulação precoce.

MPE/ES contrata a Vunesp para organizar o próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

O Ministério Público do Espírito Santo (MPE/ES) divulgou, por meio de extrato de dispensa de licitação, na semana passada, a contratação da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Vunesp) como banca organizadora responsável por seu próximo concurso público. Aguardem mais informações. 

Governador do Rio de Janeiro decreta, e Seap terá concurso com 374 vagas

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

  Lorena Pacheco – Do CorreioWeb   O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, publicou nesta sexta-feira, no Diário Oficial do estado, decreto autorizando a realização de processo seletivo simplificado com oferta de 374 vagas temporárias para a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap/RJ). As chances são para as áreas administrativa e de saúde.   Os cargos já foram definidos: agente administrativo (35 vagas); arquiteto (1), assistente social (47), auxiliar administrativo de saúde (12), auxiliar de enfermagem (20), auxiliar de protocolo (15), auxiliar de serviços gerais (22), auxiliar operacional e biólogo (1). Os salários vão variar entre R$ 750 a R$ 1,8 mil para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Cinco por cento das vagas serão destinadas a pessoas com deficiência.   De acordo com o decreto, os contratos terão validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais um ano.