PMTO: concurso que deverá oferecer 1.000 vagas já tem banca organizadora

Publicado em Deixe um comentáriocarreira militar

A previsão é que o concurso oferte 1.000 vagas para o cargo de soldado, com salário de R$ 4.758,56, após o curso de formação

 

Karolini Bandeira* – Em um evento dedicado ao Dia do soldado, nesta terça-feira (25/8), a banca organizadora do próximo concurso público da Polícia Militar de Tocantins (PMTO) foi divulgada: caberá ao Cebraspe a responsabilidade pela organização do certame. O contrato entre a banca e o governo do estado foi assinado durante o evento, que teve transmissão ao vivo nas redes sociais oficiais de Tocantins.

A notícia foi dada pelo próprio governador de Tocantins, Mauro Carlesse. A diretora executiva da banca organizadora, Claudia Griboski, falou, durante transmissão que “o Cebraspe está honrado e ciente da grande responsabilidade que é apoiar a polícia militar do estado de Tocantins no seu próximo concurso público”.

Ainda durante a assembleia, Mauro Carlesse enfatizou a importância da organização deste certame, relembrando o último processo seletivo PMTO, em 2018: “Eu quero que seja muito sério, que não tenha nenhum risco de dizer que o concurso é ‘mais ou menos’, para que não tenhamos nenhum risco, como teve no anterior”.

Agora, a divulgação do edital de abertura do certame está mais próxima do que nunca! A previsão é que o concurso oferte 1.000 vagas para o cargo de soldado, com salário de R$ 2.365,69 – durante o Curso de Formação (CFSD), e R$ 4.758,56 – após o curso. A idade máxima para ingresso foi ampliada de 30 para 32 anos, conforme a lei Lei nº 3.613, de 18/12/2019. Quer saber mais sobre? Clique aqui e relembre o que o Papo de Concurseiro já divulgou sobre o concurso PMTO!

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 

Sancionada lei que assegura remarcação de testes físicos a grávidas em concursos de TO

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, TAF

Victória Olímpio* – O governador de Tocantins, Mauro Carlesse sancionou a Lei nº 3.650, de 24 de janeiro de 2020, que assegura a remarcação de teste de aptidão física nos concursos públicos do Estado às candidatas grávidas, independentemente, da previsão publicada no edital do concurso. A lei é de autoria do deputado estadual Júnior Geo e entrará em vigor após 90 dias da data de sua publicação.

 

 

Mais lei para a mulher

Também foi sancionada a lei de número 3.645, de 21 de janeiro de 2020, que institui o Estatuto da Mulher Parlamentar, com o objetivo de assegurar o pleno exercício do direito das mulheres, e garantir mecanismos que garantem a prevenção, a responsabilização e os cuidados contra atos de assédio e qualquer forma de violência política. A nova lei visa ainda eliminar atos, comportamentos e manifestações individuais ou coletivas de violência política e perseguição, que afetam as mulheres no exercício de atividade parlamentar e de funções públicas.

De acordo com a lei, serão considerados atos de assédio ou violência política contra as mulheres, imposição, por estereótipos de gênero, a realização de atividades e tarefas não relacionadas com as funções e as competências do seu cargo, que discriminem a mulher por estar em estado de gravidez, ou parto, impedindo ou negando o exercício do seu mandato e o gozo dos seus direitos sociais reconhecidos por lei, divulgar ou revelar informações pessoais e privadas, com o objetivo de ofender a sua dignidade, pressionar ou induzir as mulheres a renunciarem ao cargo exercido, obrigar mediante uso de força ou intimidação a assinar documentos ou endossar decisões contrárias à sua vontade e ao interesse público, dentre outras.

Leia mais: Bolsonaro anuncia sanção de lei que garante às mães direito de amamentar em provas de concursos 

Ibaneis sanciona lei garantindo que mães amamentem durante concursos do DF 

Gostou das novas leis? Comente no FórumCW!

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 

Comandante-geral anuncia concurso com 1.000 vagas para a PMTO

Publicado em Deixe um comentárioautorização, carreira militar

Em sessão realizada na Assembléia Legislativa de Tocantins, na última quinta-feira (24/10), o comandante-geral da Polícia Militar estadual (PMTO), coronel Jaizon Veras Barbosa, declarou que vai abrir concurso público para a corporação. Em seu discurso, Barbosa afirmou que a autorizou a abertura dos processos para contratação da empresa organizadora do novo concurso da PM. Serão abertas 1.000 vagas!

Nesta sexta-feira (25/10), da ALTO, o deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS), autor de requerimentos desde fevereiro deste ano com o intuito de abertura de um novo concurso comemorou o anúncio realizado pelo coronel. “Você tem policiais em um centro e, deste centro, havendo necessidade, desloca policiais a quilômetros para tentar atender o município vizinho,” afirmou. “Segurança pública é investimento, não gasto.”

A idade máxima para ingresso na carreira de soldado é de 30 anos e a remuneração inicial para o cargo de soldado é de R$ 4.455,46. Durante o curso de formação, o soldado recebe o valor de R$ 2.215,10.

No concurso anterior, as disciplinas cobradas foram língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, atualidade e conhecimentos regionais, direito constitucional, direito penal, direitos humanos, direito penal militar, noções de informática e normas pertinentes à PMTO. Além houve exames de teste de aptidão física.

TRE/TO escolhe banca para novo concurso com salários de até R$ 10,9 mil

Publicado em 2 ComentáriosJustiça Eleitoral, TRE

Do CorreioWeb – O edital para o novo concurso do Tribunal Regional Eleitoral de Tocantins (TRE/TO) já está próximo de ser lançado. Isso porque a comissão e a banca, responsáveis pela organização do certame, já estão escolhidas. A seleção para provimento de cargos efetivos vagos e formação de cadastro reserva ficará por conta do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

A previsão é de que sejam oferecidas nove vagas, sendo sete para técnicos, de nível médio, e duas para analistas, com nível superior. A remuneração inicial desses cargos vai de R$ 7.044,75 a R$ 10.992,07, respectivamente.

Os candidatos ao cargo de técnico farão apenas uma prova objetiva, já os analistas, além dos exames objetivos, também farão uma prova discursiva.

Última seleção

O último concurso realizado pelo TRE/TO aconteceu em 2011, com a oferta de 32 oportunidades para cargos de nível médio e superior. A seleção foi organizada pela Fundação Carlos Chagas (FCC), e contou com salários que variavam de R$ 4.052,96 a R$ 6.611,39.

Os candidatos de nível médio disputaram uma vaga pelo cargo de técnico judiciário na área administrativa, já os graduados tentaram para o posto de analista judiciário nas áreas judiciária e administrativa. Todos os inscritos, 6.829 participantes, foram submetidos a avaliações objetivas nas cidades de Recife, Caruaru, Serra Talhada e Petrolina.

 

Veja também: Concursos de tribunais oferecem até R$ 27 mil para técnicos, analistas e juízes

300 classificados doam sangue para agradecer convocação

PMTO vai abrir 1.040 vagas em seu próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Mais um edital de concurso público para ingresso na carreira militar será lançado em breve. A Polícia Militar do Tocantins (PMTO) confirmou que vai abrir seleção com 1.040 oportunidades de preenchimento imediato, sendo 1000 vagas para soldados (com apenas 100 delas reservadas às mulheres) e 40 para oficial combatente (com somente quatro chances para mulheres).

 

No momento, a corporação está em processo de escolha da banca organizadora e já publicou aviso de licitação no Diário Oficial do estado neste mês. A empresa será responsável pela aplicação das primeiras etapas do concurso: realização da inscrição, elaboração e aplicação da prova intelectual, avaliação de capacidade física e avaliação psicológica. De acordo com a assessora da Policia Militar, major Cristina Rodrigues, depois de conhecida a empresa, o próximo passo será a elaboração do edital de abertura.

 

TRT do Tocantins

Um novo concurso público será lançado em breve pelo Tribunal Regional Eleitoral de Tocantins (TRE/TO). De acordo com a assessoria do órgão, serão abertas oito vagas de preenchimento imediato e vagas para formação de cadastro reserva. A comissão de servidores responsável pelo concurso foi formada em outubro de 2016 e agora o tribunal divulgou a escolha da banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE/Cespe). Saiba mais em: TRE de Tocantins anuncia concurso público para técnicos e analistas

Conselho no Tocantins

A presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Tocantins (Coren/TO), Ana Paula Delfino Secco, em conjunto com a secretaria de autarquia, compôs a comissão interna para planejamento e elaboração do novo concurso público a ser realizado pelo órgão. Segundo a assessoria de imprensa, ainda não há previsão de lançamento do edital e de quantas vagas serão abertas. Mas com a comissão escolhida, é provável que a seleção seja lançada ainda este ano. Saiba mais em: Conselho de Enfermagem de Tocantins tem concurso previsto

Procuradoria de Tocantins anuncia realização de concurso com 40 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Quem é formado em direito e está à procura de vaga no serviço público pode se animar. Vinte novas oportunidades imediatas, e mais 20 para formação de cadastro reserva, serão oferecidas pela Procuradoria-Geral de Tocantins em breve para o cargo de procurador. O órgão já escolheu a Fundação Carlos Chagas (FCC) como empresa responsável pela realização do concurso, por meio de dispensa de licitação, e agora é só esperar o edital ser formulado pela banca.

De acordo com a procuradoria, a necessidade da realização de concurso é premente, visto a grande defasagem de procuradores para atender a demanda processual do estado. “Para se ter uma idéia, o primeiro concurso desta instituição foi realizado em 1994, sendo aprovados à época 58 procuradores. Em 2007, data da realização do segundo certame, 28 procuradores ingressaram na carreira. Perfazendo um total de 86 procuradores de Estado”.

Mesmo contando com o quantitativo, 21 procuradores estão hoje aposentados, 8 faleceram, 11 desistiram da carreira, 4 estão de licença médica por longos períodos, 3 estão cedidos para outros órgãos e 1 está em processo de aposentadoria. Ou seja, o órgão conta apenas com 38 procuradores na ativa, número que, segundo a PGE/TO, é insuficiente para atender a demanda estatal de processos, que aumenta a cada ano.

Procuradoria do Acre
A PGE/AC está com as inscrições abertas do concurso com 10 vagas para o cargo de procurador. De acordo com o edital de abertura, o concurso oferece aos aprovados remuneração de R$ 21.398,48. Podem concorrer quem tem bacharelado em direito, com inscrição definitiva na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O prazo de participação fica aberto até 25 de maio. Participe aqui. 

Assembleia Legislativa do Tocantins vai abrir 91 vagas

Publicado em 4 ComentáriosSem categoria

Do CorreioWeb – A Assembleia Legislativa do Tocantins vai realizar novo concurso público para o provimento de 91 vagas e cadastro de reserva em breve. As chances serão para os cargos de assistente legislativo especializado, auxiliar legislativo, procurador jurídico, assistente legislativo e consultor legislativo. Poderão disputar as oportunidades candidatos de todos os níveis de escolaridade. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, os salários são a partir de R$ 3 mil, mas ainda não há data para a publicação do edital.

Última seleção
O último concurso da instituição foi realizado em 2005, para consultor legislativo (superior), assistente legislativo e assistente legislativo especializado (médio), auxiliar legislativo e auxiliar legislativo especializado (fundamental).

As remunerações ofertadas variavam de R$ 360 a R$ 1.660 – na época, o salário mínimo vigente tinha o valor de R$ 300. As oportunidades eram divididas por perfis como os de manutenção e conservação, fotografia, locução, programação de computadores, jornalismo, assistência social e contabilidade.