Quer ser auditor ou analista da Receita Federal? Teste-se em simulado gratuito

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O Gran Cursos Online vai disponibilizar, gratuitamente, neste sábado (24/11), um simulado para os concurseiros interessados em ingressar nas carreiras de nível superior da Receita Federal. As questões serão formuladas com base nas disciplinas especificadas no último edital publicado pela ESAF, banca organizadora do último certame, em 2014.

O aluno receberá uma prova virtual e, ao término, deverá enviar as respostas à plataforma online. Na sequência, ele receberá a prova corrigida com questões comentadas pelos professores.

A iniciativa é parte do projeto Treino Difícil, Jogo Fácil e terá um ranking online com resultados. As inscrições podem ser feitas aqui.

Sefaz/AL anuncia concurso com salários de até R$ 9 mil ainda em novembro

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Após 16 anos, a Secretaria de Fazenda do Estado de Alagoas (Sefaz/AL) divulgou que vai abrir novo edital de concurso público. A autorização saiu no Diário Oficial estadual na semana passada. A princípio serão 45 vagas para o cargo de auditor fiscal da receita estadual (Afre) e 35 para auditor de finanças e controle de arrecadação da fazenda estadual (Afca). O salário inicial é de aproximadamente R$ 9 mil para o primeiro cargo e cerca de R$ 8 mil para o segundo.

Segundo a secretaria, a definição da banca organizadora é o próximo passo. O edital está previsto para ser publicado ainda em novembro. As provas estão previstas para ocorrerem no mínimo após 90 dias da data da publicação. O processo para a realização do concurso segue, agora, para a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag).

 

Último concurso

O último concurso público realizado pela Sefaz em Alagoas ocorreu em 2002 e foi organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), a atual Cebraspe. Foram oferecidas 220 vagas para o cargo de fiscal de tributos estaduais, 35 para agente controlador de arrecadação e 20 para técnico de finanças.

 

A remuneração inicial variou entre R$ 3 mil e R$ 3.600. Os candidatos aprovados deviam ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado ou licenciatura plena em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

 

Os candidatos a fiscal tiveram que demonstrar conhecimentos em língua portuguesa, matemática financeira e estatística básica, direito, conhecimentos de informática, economia e finanças públicas, ética no serviço público, contabilidade geral, legislação tributária estadual e direito tributário.

Já para o cargo de agente foram cobrados conhecimentos em língua portuguesa, matemática financeira e estatística básica, noções de direito, noções de finanças públicas, ética no serviço público, contabilidade geral, noções de legislação tributária estadual, noções de direito tributário, tecnologia da informação.

CGE/CE anuncia concurso para auditor com remuneração de R$ 11.742,96

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Do CorreioWeb – A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE/CE) ofertará 25 vagas – sete a mais que no último concurso – para o cargo de auditor de controle interno. A banca organizadora, escolhida por meio de dispensa de licitação, será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). A contratação foi divulgada no Diário Oficial do Estado do Ceará.

Segundo a assessoria de comunicação da CGE, a remuneração do cargo é R$ 11.742,96, equivalente ao vencimento inicial do cargo de R$ 4.281,16, mais gratificação (GDAA) de R$ 7.461,80. Se o auditor tiver especialização haverá um adicional de 15% sobre o vencimento, ou seja,  R$ 642,17. Caso tenha mestrado, haverá um adicional de 30% sobre o vencimento, ou seja,  R$ 1.284,35. E caso tenha doutorado haverá um adicional de 60% sobre o vencimento, ou seja,  R$ 2.568,69. A gratificação não é acumulativa.

Para se inscrever, é necessário ter nível superior em qualquer área. A data de divulgação do edital não foi confirmada até o fechamento da matéria.

Último concurso

Em 2013, a CGE/CE ofereceu 18 vagas para o cargo de auditor de controle interno, distribuídas entre três especialidades: auditoria governamental de processos com foco em riscos (8), auditoria em obras públicas (6), e auditoria em tecnologia da informação (4).

O concurso, organizado pela Fundação Universidade Estadual do Ceará (Funece), por intermédio da Comissão Executiva do Vestibular – CEV/UECE, foi realizado em duas fases. A primeira foi formada por duas provas, uma de conhecimentos gerais e uma de conhecimentos específicos, compostas por 60 e 40 questões, respectivamente.

A segunda fase foi o curso de formação e treinamento profissional, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de 160 horas, avaliação psicológica, de caráter eliminatório, e avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Concurso em Niterói vai abrir 30 vagas para auditor e analista de políticas públicas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Está previsto para ser lançado logo nos primeiros dias de janeiro de 2018 o mais novo edital de abertura para concurso público da Prefeitura de Niterói, no Rio de Janeiro. A banca organizadora da seleção já foi escolhida. Caberá à Fundação Getúlio Vargas (FGV) a responsabilidade de selecionar os 30 melhores candidatos entre os inscritos para preencher os cargos de auditor municipal de controle interno (10 vagas) e analista de políticas públicas e gestão governamental (20 vagas). O salário inicial de ambos os postos é de R$ 5,5 mil.

 

Segundo a assessoria da prefeitura, os aprovados vão atuar na Controladoria Geral do Município e na Seplag. “Este será um concurso complexo com etapas de provas objetivas e discursivas e também com curso de formação que tem como objetivo selecionar os melhores candidatos para integrar a gestão pública municipal”, declarou a secretária de Planejamento e Modernização da Gestão, Giovanna Victer.

 

Para o cargo de analistas de políticas públicas poderão concorrer profissionais com curso de nível superior em qualquer área de formação. Já para auditor de controle interno serão admitidas as participações de inscritos bacharéis em direito e ciências contábeis. As provas devem ser aplicadas na primeira quinzena de março.