750 vagas: banca é contratada e Saúde do RS terá edital em breve

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Saúde

Das vagas, 750 oportunidades serão para especialistas (de nível superior) e 198 para técnicos (de nível técnico)

Karolini Bandeira*- A Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS) oficializou, por meio de assinatura de contrato nesta quarta-feira (20/10), a contratação da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs) para organização do novo concurso público com 948 vagas. O contrato, publicado no Diário Oficial do RS, é válido por um ano — mas o avanço nos estudos indica que o edital será publicado em breve.

O certame foi autorizado pelo Governo do Estado em janeiro deste ano e a comissão organizadora já foi formada. Das vagas, 750 oportunidades serão para especialistas (de nível superior) e 198 para técnicos (de nível técnico).

De acordo com o governo, a ocupação dos cargos em vacância no quadro de servidores da SES é importante para a qualidade das ações e serviços executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, as aposentadorias previstas para este ano resultam em vacâncias que chegam a 1.069 cargos.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Rio Grande do Sul: Ceasa lança edital de concurso nesta sexta (22)

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

O concurso contará com dez vagas distribuídas entre cargos de nível médio e nível superior, com salário inicial de até R$ 3.043,66 a R$ 4.983,35

 

Karolini Bandeira*- A Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS) confirmou que o período de inscrições do novo concurso público, para preenchimento de dez vagas, será aberto nesta sexta-feira (22/10), com divulgação do edital no mesmo dia. O ato que autoriza a publicação do edital já foi assinado e o documento será publicado no site da Fundatec, banca organizadora. “Depois de 30 anos, a Ceasa volta a abrir um concurso. Ficamos muito felizes porque é um fato histórico e porque significa mais colocação para nossos jovens que vão oxigenar e atender às necessidades da empresa”, comemorou a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti.

As inscrições ficarão abertas até 22 de novembro e a taxa de participação será de R$ 92,62 para agentes técnicos e de R$ 211, 23 para analistas. As provas, segundo a Ceasa, estão previstas para 30 de janeiro de 2022.

O concurso contará com dez vagas distribuídas entre cargos de nível médio e nível superior, com salário inicial de até R$ 3.043,66 a R$ 4.983,35. Os profissionais contratados ainda terão direito a benefícios como vale-transporte, vale- alimentação e plano de saúde.

A distribuição das vagas também foi divulgada: serão oito para analistas (dois administradores, dois advogados, um contador, um engenheiro agrônomo, um engenheiro civil e um tecnólogo em Segurança Pública) e dois para agentes técnicos (um técnico em contabilidade e um em informática).

“O concurso atende a uma necessidade antiga da empresa em função do número insuficiente de funcionários. Atualmente são 29, sendo que 90% já estão aposentados e muitos estão pedindo licença não remunerada para tratamento de saúde”, explicou o diretor-presidente da Ceasa, Ailton Machado.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Saúde do RS vai abrir concurso público com mais de 900 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Saúde

Karolini Bandeira*- A Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS) vai abrir um novo concurso público. O órgão já definiu, em dispensa de licitação, a banca organizadora do certame que vai oferecer 948 vagas imediatas. De acordo com a publicação,  a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurg) foi a escolhida.

Veja!

O certame foi autorizado pelo Governo do Estado em janeiro deste ano e a comissão organizadora já foi formada. Das vagas, 750 oportunidades serão para especialistas (de nível superior) e 198 para técnicos (de nível técnico).

De acordo com o governo, a ocupação dos cargos em vacância no quadro de servidores da SES é importante para a qualidade das ações e serviços executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, as aposentadorias previstas para este ano resulta em vacâncias que chegam a 1.069 cargos.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Ceasa do Rio Grande do Sul deve lançar concurso público em breve

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Banca já disponibilizou a página de acompanhamento do certame

Karolini Bandeira*- Tudo indica que o edital de abertura do concurso público da Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS) deve sair em breve! A banca organizadora da seleção, Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec), anunciou o certame e a página de acompanhamento foi criada no portal.

A comissão organizadora já foi formada e é composta por cinco servidores. Confira aqui os nomes!

O concurso contará com dez vagas distribuídas entre cargos de nível médio e nível superior, com salário inicial de até R$4.379. A distribuição das vagas também foi divulgada: serão oito para analistas (dois administradores, dois advogados, um contador, um engenheiro agrônomo, um engenheiro civil e um tecnólogo em Segurança Pública) e dois para agentes técnicos (um técnico em contabilidade e um em informática).

PGE/RS com inscrições abertas

No Rio Grande do Sul, as inscrições já estão abertas para a Procuradoria Geral! O certame irá selecionar sete profissionais para o cargo de procurador, com salário inicial de R$ 20.353,06. Como pré-requisito, os participantes devem ter ensino superior completo em direito.

Os interessados poderão se inscrever pelo site da banca Fundatec até 6 de outubro, com taxa de participação no valor de R$ 323. A avaliação será composta por provas objetivas, escritas e definitivas. Saiba os detalhes.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes.

IPE Saúde RS contrata banca organizadora de próximo concurso com mais de 90 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos (IPE Saúde) do Rio Grande do Sul divulgou, nesta segunda-feira (6/9), que a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec) será contratada como banca organizadora de seu próximo concurso público.

A súmula do contrato assinado pelo órgão e pela empresa foi publicada no Diário Oficial da União. A comissão responsável por dar prosseguimento às etapas da seleção havia sido definida em março deste ano, mas no mês seguinte sofreu uma nova alteração.

De acordo com o governador do estado, Eduardo Leite, serão oferecidas 98 vagas, dessas 51 para analistas de gestão em saúde (nível superior) e 47 para técnicos de gestão em saúde (nível médio). As remunerações variam entre R$ 2.439,62 e R$ 4.697,20, a depender do cargo.

PGE-RS contrata banca de concurso com 109 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Era a última fase que faltava para a publicação do edital

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) está iminente! A última etapa precedente à publicação do edital, o processo de escolha de banca organizadora, foi finalizado nesta sexta-feira (27/8). Conforme contrato publicado no Diário Oficial do Estado, o certame ficará sob a responsabilidade da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec).

Foram autorizadas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31). Segundo as informações dadas, atualmente, a carreira de procurador do Estado tem 348 cargos e, deste número, 329 estão sendo ocupados. Há 19 cargos vagos devido a exonerações e aposentadorias.

Regulamento para procuradores publicado

São 19 vagas para a função de procurador. Conforme o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados à candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O certame contará com três etapas de provas eliminatórias e classificatórias. As provas objetivas irão cobrar questões sobre língua portuguesa e conhecimentos jurídicos, as provas escritas serão compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual) e, por fim, as provas definitivas terão quatro exames orais e um de sustentação oral. Além das avaliações, os inscritos passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Segundo o regulamento publicado, a validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer 

Concurso PGE RS: banca organizadora é definida

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Mais uma etapa concluída! A Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec) foi escolhida para ser a banca organizadora do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS).

O anúncio foi publicado, nesta segunda-feira (9/8), no Diário Oficial do Estado. Apesar disso, a banca e a procuradoria ainda precisam assinar o contrato, o que deve acontecer nos próximos dias.

A próxima etapa, após oficializar a escolha da empresa, é a divulgação do edital. Na prática, estão autorizadas 109 vagas para carreiras de níveis médio e superior, sendo 19 para a função de procurador.

De acordo com o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados a candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O concurso terá três etapas de provas eliminatórias e classificatórias: provas objetivas com questões de língua portuguesa e conhecimentos jurídicos; provas escritas, compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual); e, por fim, provas definitivas com quatro exames orais e um de sustentação oral. Os candidatos ainda passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Publicado regulamento para procuradores do próximo concurso da PGE/RS

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) pode estar próximo! O órgão publicou, no Diário Oficial desta quarta-feira (14/7), o regulamento básico do certame para o cargo de procurador. O próximo passo é oficializar a banca organizadora para que o edital seja divulgado.

Estão autorizadas 109 vagas para carreiras de níveis médio e superior, sendo 19 para a função de procurador. Conforme o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados à candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O certame contará com três etapas de provas eliminatórias e classificatórias. As provas objetivas irão cobrar questões sobre língua portuguesa e conhecimentos jurídicos, as provas escritas serão compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual) e, por fim, as provas definitivas terão quatro exames orais e um de sustentação oral. Além das avaliações, os inscritos passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Ainda segundo o regulamento, a validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

O concurso

Foram autorizadas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31). Segundo as informações dadas, atualmente, a carreira de procurador do Estado tem 348 cargos e, deste número, 329 estão sendo ocupados. Há 19 cargos vagos devido a exonerações e aposentadorias.

O concurso contará com duas equipes organizadoras, sendo uma para carreira de procurador e outra para o quadro de pessoal dos serviços auxiliares. Os membros, inclusive, já foram definidos! Confira!

Último concurso

O último concurso público da PGE/RS foi realizado em 2014, com 73 oportunidades entre nível médio e nível superior. Foi aplicada uma prova objetiva obrigatória para todos os cargos, além de prova discursiva para candidatos de nível superior. O salário inicial oferecido na ocasião foi de R$ 2.685,79 e R$ 5.960,40, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. Já o cargo de procurador recebe, de salário básico, R$ 18.460,82. Saiba mais!

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Aprovado projeto que suspende prazo dos concursos durante pandemia no RS

Publicado em Deixe um comentárioCâmara Legislativa, comissionado, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, Legislativo
Por unanimidade, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou o projeto de lei complementar 165/2021, que suspende o prazo de validade dos concursos públicos durante o período de calamidade pública no Estado, devido à pandemia do coronavírus. A medida foi uma iniciativa dos deputados estaduais Luiz Fernando Mainardi (PT) e Neri o Carteiro (Solidariedade), que após articulação com o Líder do Governo, deputado Frederico Antunes (PP), foi transformada em uma proposta do Poder Executivo.
O projeto aprovado prevê que todos os concursos públicos estaduais, bem como os da administração direta ou indireta, tenham a contagem do prazo de validade suspensa a partir de 19 de março de 2020, data do decreto que reconheceu a situação de calamidade no Estado. No entanto, não impede a convocação dos aprovados nos certames, bem como a realização de suas demais etapas e fases. Conforme a justificativa da proposta, a manutenção da vigência dos concursos já homologados acarretaria em prejuízos para a administração e também para diversos candidatos aprovados.
Mainardi usou a tribuna para agradecer os esforços de todos na elaboração do Projeto: “Parabéns aos concursados que aguardam as suas nomeações, estes que são futuros servidores e que se prepararam durante muitos anos. Certamente eles não poderiam ver esta oportunidade de serem chamados para prestar serviço público cair por terra em função da pandemia”.
O deputado Mainardi também agradeceu principalmente o diálogo entre os deputados e o Executivo que resultou na provação do projeto. “O diálogo prevaleceu! O PLC 165 que estamos votando é fruto do diálogo. Tivemos várias reuniões com o líder do governo, Frederico Antunes, com o Secretário Chefe de Casa Civil e vários outros líderes com quem tratamos esta matéria sempre com o objetivo de garantir aprovação do projeto. Nos resta agora exigir que o governo preencha os quadros, principalmente os quadros da Segurança Pública que precisam de mais servidores para garantir presteza e qualidade no serviço”.
Frederico cumprimentou os colegas que propuseram o projeto e disse que esta matéria demanda muito interesse do governo estadual pelo compromisso que ela tem para além do Parlamento, mas principalmente para com a sociedade gaúcha. O Projeto foi aprovado por 53 votos favoráveis e nenhum contrário.
Com informações da ALRS.

Projeto que suspende prazo de validade de concursos públicos no RS é protocolado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Coronavírus, servidores públicos, suspensão

Karolini Bandeira*- O projeto de lei que suspende o prazo de validade dos concursos públicos do Rio Grande do Sul durante o período de calamidade pública, devido à pandemia, foi protocolado e recebido nesta terça-feira (1/06) pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Gabriel Souza (MDB).

Segundo a Assembleia, o texto, texto, entregue pelo secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior e por deputados, foi autorizado para seguir os trâmites do Legislativo. Enviado em regime de urgência, o projeto irá trancar a pauta de votações daqui a 30 dias.

A proposta abrange todos os concursos públicos estaduais já homologados, bem como os da administração direta ou indireta. O projeto não impede a convocação dos aprovados nos certames, nem a realização de suas demais etapas. “A suspensão beneficia os aprovados em concursos que tiveram suas convocações paralisadas em razão das restrições impostas pela pandemia de covid-19”, disse o presidente da Assembleia.

Um dos deputados que propôs o texto, Neri (Solidariedade) explica que a proposta também visa a economia em novos concursos e valoriza a dedicação dos candidatos aprovados que aguardam a nomeação. “Por isso a importância de suspender o prazo de validade dos concursos no período da pandemia. É nítido também que os órgão públicos necessitam de mais efetivos em seus quadros para atender a nossa população. Este projeto é importante também para manter a motivação dos futuros servidores e de todos aqueles que desejam trabalhar em prol de todos os gaúchos”, destacou o parlamentar.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer