O resultado da folia

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Como esse negócio de carnaval em março é meio estranho, a folia já começou. A data é definida a partir do equinócio da primavera do hemisfério norte, embora moremos do lado de baixo do Equador. O domingo de Páscoa cai no primeiro domingo depois da lua cheia que se segue ao equinócio e é o que, sete semanas antes, define […]

Crise de identidade

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Agora todo dia é dia de malhar o Judas. Antigamente confinada ao sábado de Aleluia, a tradição católica de descer a lenha e queimar o tal Iscariotis – e que, aliás, vai contra toda a concepção cristã de perdão amplo e irrestrito – agora acontece a cada minuto nas chamadas redes sociais, que revelam sua face menos sociável e mais […]

Perguntas sem fim

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Niquento é um sujeito que se importa com tudo o que não tem importância; exige pormenores, é difícil de ser convencido de alguma coisa e fica entre o manhoso e o rabugento. Estão cada vez mais abundantes, os niquentos. São pessoas que acreditam que tudo tem que ter resposta, quando qualquer um sabe que tem muita coisa que não se […]

Sempre nas últimas

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O mundo tem pressa; o movimento de rotação do planeta não foi alterado, mas as 24 horas do dia parecem passar bem mais rápido que há poucos anos. Mesmo que ninguém tenha a menor ideia de onde quer chegar, não dá para perder tempo e Maurição levanta uma questão séria: “Quando foi que um segundo virou uma eternidade?” Ele acompanhava […]

Como salvar o saci

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Uma boneca de pano que fala pelos cotovelos, um sabugo de milho com título nobiliárquico, um leitão casadoiro, saci de carapuça vermelha e peixes que falam são alguns dos personagens que habitam o Sítio do Pica-Pau Amarelo. Estes seres, e mais alguns humanos, foram a porta de entrada de milhares – milhões? – de brasileiros no mundo dos livros, a […]

A hibernação das palavras

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Dr. João é sujeito culto. Dia desses deixou escapar, numa frugal conversa no bar, que estava impressionado com a quantidade de atoardas que se espalham diariamente. Se ele falasse que estava abismado com tanta fake news, embora poucos no recinto falem inglês, ninguém estranharia, mas atoarda é hoje uma palavra que só se encontra nas palavras cruzadas de A Recreativa. […]

Sexo por toda parte

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A culpa é da colocação das mesas, muito próximas, e não do ouvido comprido. As duas mulheres já haviam se servido e, antes mesmo de tirar os talheres do saquinho de papel, começaram a conversar. Não era um papo barato, como se podia notar pelo semblante fechado das duas; havia uma crise ali – não a crise de todos nós, […]

A ficção na vida real

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Quase todo mundo conhece alguém que tem certeza de que o pouso da Apolo 11 na lua, assim como os pequenos grandes passos de Neil Armstrong foram uma farsa. São pessoas que garantem que tudo foi uma produção de Hollywood, dirigida por Stanley Kubrick, num evidente desrespeito com o diretor de 2001 Uma Odisseia no Espaço, diante da pobreza das […]

Direito à besteira

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Chicão gostava de comparar algumas mulheres a livros de matemática: só têm problema, dizia corajosamente e em voz alta – muito alta. Hoje seria crucificado. Chicão nos deixou há alguns anos; frequentador assíduo do bar do Luizão, no Lago Norte, era dono de um finíssimo mau humor, além de ser diletante observador de passarinhos – a prova de que Dr. […]

E quem explica?

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O rapaz de penugem no rosto e suco de uva no copo começa a conversar sobre a vida. Tenta achar sentido nas coisas que estão em volta dele e até no que tem que fazer para se inserir nesse mistério. Não tem muito desses jovens por aí; eles preferem ir para a balada ou jogar videogame. E eu abri os […]