Falta a trilha sonora

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Em outros tempos bicudos a música nos salvou. Compositores interpretavam a frustração das pessoas, transformada em canções que, de alguma forma, serviam de consolo ou mesmo desabafo. A repressão combatia por meio da censura oficial, mas havia alguma resistência, o que bastava para aplacar a angústia coletiva. Nos tempos do Estado Novo de Vargas, o samba era um inimigo tão […]

O mistério musical   

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Desde início do século passado sabe-se que “samba é como passarinho que voa: é de quem pegar primeiro”. Pelo menos foi o que disse Sinhô, um dos sambistas pioneiros, ao ser acusado de roubar Gosto Que Me Enrosco, de Heitor dos Prazeres. Sinhô mandou imprimir abaixo do nome, no cartão de visitas, o epônimo “rei do samba”, mas era mesmo […]

O poeta e a cobiça 

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Os vândalos foram um dos mais violentos e destruidores povos na época do império romano. Como godos, visigodos, ostrogodos e suevos, desceram da Escandinávia para barbarizar e só foram vencidos pelos hunos, ainda mais bárbaros. Essa história tem mais de 1.500 anos, mas alguns deles ainda estão por aí. Há dias alguns deles atacaram a estátua de Noel Rosa, no Rio […]

Folia brasiliense

Publicado em Deixe um comentárioCrônica, MPB

Dez meses depois da inauguração, Brasília viveu seu primeiro carnaval, já com músicas próprias e um concursos que elegeu as melhores do ano. O samba Me Ajude, Doutor, de autoria do servidor público, Lauro Passos, venceu sua categoria com a interpretação de Fernando Lopes, que na Rádio e TV Nacional cantava apenas boleros. O samba faz referência a um dos […]