Edital em breve! Concurso da Politec RO tem banca examinadora escolhida

Publicado em Deixe um comentárioConcursos Públicos

Concurso Politec RO tem Cebraspe como organizador e oferece 60 vagas.

O concurso da Polícia Técnica- Científica de Rondônia tem o Cebraspe como banca examinadora, como declarou a  Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania ( SESDEC). Assim, está cada vez mais próximo a publicação do edital.

Também serão abertos outros concursos para a área de segurança do Estado e em ambos o Cebraspe será a banca examinadora. “O próximo passo será a realização do edital, sob a supervisão da Comissão do Concurso, nomeada pelo Governo do Estado.” Alegou a SESDEC.

São ofertadas no total 60 vagas para a Politec RO, mas a divisão de cargos e nível de escolaridade para o concurso ainda não foi informada.

Defensoria de Rondônia publica regulamento de novo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Defensoria Pública

O documento detalha as etapas, número de vagas e estrutura do certame

O concurso público para defensores públicos substitutos da Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE/RO) teve regulamento publicado. O documento revela informações importantes, como as fases de avaliação e requisitos. A primeira confirmação importante é que o edital deve trazer a oferta de nove vagas imediatas para a carreira.

Das vagas, haverá reserva de vagas para pessoas negras e com deficiência. Para participar, será obrigatório idade mínima de 18 anos; e nível superior em Direito e exercício de atividade jurídica por, pelo menos, três anos. O salário inicial dos novos servidores será de R$ 24.221,17.

A seleção será composta por cinco etapas. São elas:

  1. Prova escrita com questões objetivas de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;
  2. Provas escritas com questões discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  3. Exame psicotécnico, de caráter eliminatório;
  4. Provas orais, de caráter eliminatório e classificatório;
  5. Prova de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva contará com 100 questões sobre as disciplinas de Direitos Humanos; Direito Constitucional, Administrativo e Tributário; Direito Penal e Criminologia; Direito Processual Penal; Direito Civil; Direito do Consumidor; Direito Processual Civil; Direito da Criança e do Adolescente; Direito Sanitário; Execução Penal; Tutela Coletiva, Direitos dos Idosos e das Pessoas com Deficiência; Princípios e funções institucionais da Defensoria Pública; Sociologia Jurídica e Teoria Geral do Estado; e Direito Urbanístico e Fundiário.

Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que, obtiverem 60% de acertos na prova global; obtiverem no mínimo de 30% de acertos em cada grupo de disciplinas; considerando o total de acertos da prova objetiva, exclusivamente, estiverem classificados até a 210ª posição.

Comissão formada

A comissão organizadora do concurso foi formada em janeiro. O grupo será responsável pelo projeto básico e planejamento do certame, além da contratação da banca organizadora.

A comissão é formada por três servidores. São eles: Kelsen Henrique Rolim dos Santos, Victor Hugo de Souza Lima e Elizio Pereira Mendes Junior.

Para ser defensor, é necessário possuir ensino superior me direito e experiência com atividades jurídicas de pelo menos três anos. As iniciais são de R$ 24.221,17 para carga semanal de 40 horas.

Último concurso foi realizado em 2017

Para o cargo de defensor, o último concurso da DPE/RO foi realizado em 2017. O edital abriu cinco vagas imediatas e formação de cadastro reserva para a função. A banca organizadora foi a Fundação Vunesp. Como avaliação, os concorrentes passaram por cinco fases. São elas:

  • Prova objetiva com questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Duas provas escritas com questões discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação psicológica, de caráter eliminatório;
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova de títulos, de caráter classificatório.

Concurso para defensores em Rondônia tem comissão formada

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Defensoria Pública

Karolini Bandeira*- O concurso público para defensores públicos substitutos da Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE/RO) teve comissão organizadora nesta quarta-feira (26/1). O grupo será responsável pelo projeto básico e planejamento do certame, além da contratação da banca organizadora.

A comissão é formada por três servidores. São eles: Kelsen Henrique Rolim dos Santos, Victor Hugo de Souza Lima e Elizio Pereira Mendes Junior.

Para ser defensor, é necessário possuir ensino superior me direito e experiência com atividades jurídicas de pelo menos três anos. As iniciais são de R$ 24.221,17 para carga semanal de 40 horas.

Último concurso foi realizado em 2017

Para o cargo de defensor, o último concurso da DPE/RO foi realizado em 2017. O edital abriu cinco vagas imediatas e formação de cadastro reserva para a função. A banca organizadora foi a Fundação Vunesp. Como avaliação, os concorrentes passaram por cinco fases. São elas:

  • Prova objetiva com questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Duas provas escritas com questões discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação psicológica, de caráter eliminatório;
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova de títulos, de caráter classificatório.

Polícia Civil de Rondônia anuncia banca de concurso com 270 vagas

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, segurança

Karolini Bandeira*- Autorizado pelo governo em 2020, o concurso público da Polícia Civil de Rondônia (PCRO) teve o Cebraspe anunciado como banca organizadora nesta terça-feira (25/1), por meio das redes sociais. Segundo a publicação, a banca também será a responsável pelos próximos concursos da Polícia Militar e Técnico-Cientifica do Estado (PMRO e Politec-RO).

Agora, segundo a corporação,  “o próximo passo será a elaboração e divulgação dos editais”. Inicialmente, o edital da PCRO teria 379 vagas, entretanto, em anúncio recente, o secretário de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia, José Hélio Pachá, o número foi ajustado em 270 para redistribuir as vagas entre as corporações da Segurança. Ainda segundo Pachá, os editais devem sair nos próximos dias.

As oportunidades serão divididas entre os cargos de delegado, médico legista, agente de polícia, escrivão de polícia, papiloscopista e técnico em necropsia.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Concursos Segurança RO: secretário fala sobre banca e editais

Publicado em Deixe um comentárioConcursos Públicos

A previsão do representante da pasta é de que, mesmo com pouco tempo para todos os trâmites,  os aprovados sejam convocados já em março desse ano

Jéssica Andrade – Rondônia deve ter novos concursos na área de segurança do Estado ainda neste trimestre. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, José Hélio Pachá, em entrevista publicada na última segunda-feira (10/01), nas redes sociais (veja o vídeo aqui).

O titular da pasta informou ainda que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) está avaliando o contrato com a banca organizadora. Com o aval da PGE e o anúncio da banca, o processo de publicação dos editais pode ser iniciado.

A previsão de Pachá é que os aprovados já sejam convocados já em março deste ano. Em resposta a alguns seguidores que questionaram a previsão, lembrando que concursos da Segurança costumam ter diversas etapas, como provas objetivas, físicas e psicológicas, o secretário respondeu que “o tempo é justo mesmo”.

Saiba como serão os concursos Segurança RO

Concurso Polícia Civil RO

O concurso da Polícia Civil de Rondônia tem 379 vagas previstas mais cadastro de reserva. Ao todo, serão 10 vagas para delegado; 10 para médico legista; 175 para agente de polícia; 120 para escrivão; 50 para papiloscopista e 14 para técnico de necrópsia.

Segundo a corporação, todos os cargos possuem jornada de 40 horas semanais e exigem nível superior. Conforme os dois últimos concursos realizados pela instituição, em 2009 e em 2014, os candidatos devem ser avaliados por meio de provas, exame de títulos e frequência e aprovação no curso de formação da Academia de Polícia, além de outras etapas mediante resolução.

A instituição tem a cultura de promoções da atividade, que ocorrem de quatro em quatro anos de efetivo exercício pelos critérios de antiguidade (maior tempo de efetivo exercício na classe) e merecimento (demonstração positiva durante a sua permanência na classe).

Concursos PM e Bombeiros RO

Os concursos PM RO e Bombeiros RO foram autorizados pelo governador do estado, coronel Marcos Rocha, em dezembro de 2020.
Para o concurso do Corpo de Bombeiros de Rondônia serão abertas oito vagas, sendo cinco para oficiais combatentes, de nível médio, e três para o quadro complementar, com exigência de curso superior nas áreas de Engenharia ou Arquitetura.

Já para a Polícia Militar de Rondônia estão previstas 20 vagas para oficiais combatentes, cargo que tem o nível superior em Direito como requisito. Além disso, devem ser exigidos idade entre 18 e 30 anos para civis ou até 35 anos para militares. A altura mínima exigida para homens é a1,65 e 1,60 para mulheres.
Além da escolaridade, com base nos últimos concursos das corporações, devem ser exigidas:

“Nós teremos, para o Corpo de Bombeiros, cinco oficiais combatentes e três para o quadro complementar […] para as áreas de Engenharia ou Arquitetura. Para a Polícia Militar (serão) 20 vagas para oficiais combatentes, que farão o curso em Goiás e não Roraima”, disse o governador sobre o concurso Bombeiros RO.

Os últimos concursos Bombeiros RO e PM RO foram realizados em 2014, com remuneração inicial de R$5.480,72 e R$7.257,28, respectivamente. A Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) foi a banca organizadora.

Em ambas as seleções, os candidatos foram avaliados em duas etapas. A primeira fase foi composta por prova objetiva, redação, análise de títulos (oficiais), Teste de Aptidão Física (TAF), avaliação psicológica e exames médicos. Já a segunda foi realizada por meio de um curso de formação.

Rondônia poderá ter primeiro concurso público para assistência social

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

O governo de Rondônia encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto de lei complementar que institui o Plano de Carreira, Cargos e Remunerações (PCCR) para os servidores públicos pertencentes à Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas). Com isso, o estado caminha para o primeiro concurso da área de assistência social.

A proposta foi enviada por sugestão da secretária da Seas, Luana Rocha, e foi aprovada em sessão plenária realizada no dia 22 de novembro. Outros projetos de interesse da secretaria também foram aprovados. A secretária comemorou a aprovação e  orientou a equipe técnica para a preparação do primeiro concurso público da Seas,  que deverá ocorrer após sanção do governador Marcos Rocha. Atualmente, a Seas conta apenas com servidores cedidos e em comissão.

Ao pedir a aprovação do projeto, o governador destacou que o concurso ajuda a garantir o princípio da continuidade do serviço público, mesmo após mudanças de gestões. “A realização do concurso público possibilitará o aumento de servidores qualificados no corpo técnico da Seas, elevando o nível de qualidade das entregas à sociedade”, completou.

IFRO se prepara para concurso com 41 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Karolini Bandeira*- O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de Rondônia (IFRO) contratou o Instituto AOCP para organizar o novo concurso público com 41 vagas efetivas. Conforme informações da Coordenação de Exames e Admissão (CEA), o concurso será dividido em dois editais: um com 28 vagas para o cargo de professor e um com 13 para técnico administrativo em educação. A expectativa é de que os documentos sejam publicados ainda em 2021.

Segundo a Diretora de Gestão de Pessoas, Débora Gonçalves de Lima, a banca organizadora foi escolhida depois de um longo trabalho com estudos “sobre a melhor modalidade de contratação do serviço, pesquisa de mercado, reunião com empresas do ramo e análise das propostas, que atendessem aos requisitos do Projeto Básico e que fossem vantajosas para a administração pública”.

Ainda segundo a CEA, os trabalhos para a elaboração do edital de abertura e do cronograma de atividades já foi iniciado e o planejamento para o certame está avançado. Parta os professores contratados, a remuneração inicial será de R$ 4.472,64 para carga semanal de 40 horas, quanto técnicos farão jus a ganhos de R$ 2.904,97 para a mesma carga horária.

*Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader

Regulamento de concurso para procuradores em Rondônia é publicado; inicial de R$ 11,7 mil

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

A PGE/RO irá ofertar vagas imediatas e formação de cadastro reserva

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso para procuradores substitutos da Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE/RO) está próximo de ser publicado! O órgão publicou, no Diário Oficial, o regulamento básico do certame. O próximo passo é oficializar a banca organizadora para que o edital seja divulgado.

De acordo com o regulamento, serão ofertadas cinco vagas imediatas para o cargo, além de formação de cadastro de reserva. Os inscritos deverão possuir ensino superior em direito, inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil e experiência profissional mínima de dois anos em atividade jurídica. Os contratados irão receber salário inicial no valor de R$11.724,12. Com o tempo de trabalho, o valor pode subir para R$24.117,62.

O regulamento também confirma que os candidatos passarão por prova objetiva, prova escrita (teórica e prática), entrevista e exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos. As provas objetivas serão constituídas por 100 questões sobre conhecimentos gerais de história e geografia de Rondônia e direito em diversas subáreas.

Dez anos sem concurso

último certame para procuradores substitutos da PGE/RO foi aberto em 2011 e ofereceu 15 oportunidades para a função. Do número total de vagas disponíveis, 10% estavam reservadas aos portadores de necessidades especiais. O concurso foi composto por quatro fases avaliativas, constituídas por teste escrito objetivo, prova escrita subjetiva, prova oral e prova de títulos. O certame foi regido pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

 

STF decide que Estados devem considerar sistema dos subtetos para remunerar servidores

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Salário servidor público

O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou inconstitucional uma emenda à Constituição do Estado de Rondônia que instituiu, como o teto remuneratório dos servidores públicos do estado, o valor da remuneração mensal dos ministros do Supremo. A emenda, aprovada Assembleia Legislativa de Rondônia, submetia todos os servidores público do estado a um único parâmetro financeiro.

A ação foi ajuizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Para a PGR, a norma contraria o preceito constitucional. A ministra Rosa Weber ressaltou que a Constituição Federal prevê dois parâmetros diferentes para definir o teto remuneratório dos servidores públicos. Um dos parâmetros estabelece os subtetos, limites setoriais para cada um dos poderes nos estados do país.

Para a ministra, o teto remuneratório estipulado pela Assembleia Legislativa de Rondônia resulta em um “verdadeiro hibridismo normativo”, pois os limites apontados na Constituição Federal são “distintos e excludentes entre si”. A decisão, julgada em sessão virtual, foi unânime.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Concurso da PGE/RO para procuradores poderá ser publicado nos próximos 30 dias

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira judiciária, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- O próximo concurso para procuradores da Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE/RO) está mais próximo do que você imagina! Conforme informado pela assessoria do órgão ao Papo de Concurseiro, a previsão é de que nos próximos 30 dias o edital de abertura seja publicado no Diário Oficial.

O concurso já foi autorizado pelo governador de Rondônia, Marcos José Rocha, com cinco vagas para a carreira de procurador substituto. Ainda segundo a assessoria, o último andamento para elaboração do certame foi a aprovação do Regulamento do concurso pelo Conselho Superior da PGE. A banca ainda não foi contratada.

A carreira exige bacharelado em direito e, no mínimo, dois anos de experiência com atividades jurídicas. A remuneração mensal dos procurados substitutos em Rondônia é de R$11.724,12. Segundo o Portal da Transparência, o salário pode ultrapassar R$24.100 na Classe Especial.

Dez anos sem concurso

O último certame para procuradores substitutos da PGE/RO foi aberto em 2011 e ofereceu 15 oportunidades para a função. Do número total de vagas disponíveis, 10% estavam reservadas aos portadores de necessidades especiais. O concurso foi composto por quatro fases avaliativas, constituídas por teste escrito objetivo, prova escrita subjetiva, prova oral e prova de títulos. O certame foi regido pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer