Concurso SEDF: lei modifica nomenclatura de cargos de nível médio e superior 

Sala de aula - educação
Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O texto sancionado vai impactar o próximo concurso da pasta. A previsão é que a seleção ocorra até julho, devido à lei eleitoral

Atenção, concurseiros! Uma lei sancionada pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, alterou a denominação de 4 cargos da Secretaria de Educação. A Lei nº 7.142/2022 foi publicada no Diário Oficial do DF, nesta sexta-feira (20/5). 

Com a lei, ficam alteradas as nomenclaturas dos cargos de Técnico de Gestão Educacional, Analista de Gestão Educacional, Monitor de Gestão Educacional e Agente de Gestão Educacional. O concurso da SEDF é um dos mais aguardados da capital. O edital está previsto para julho. Confira as mudanças:

 

Cargo Nova nomenclatura Novos requisito 
Técnico de Gestão Educacional Analista em Políticas Públicas e Gestão Educacional Nível superior
Analista de Gestão Educacional Gestor em Políticas Públicas e Gestão Educacional Nível superior
Monitor de Gestão Educacional Monitor em Gestão Educacional  Nível superior
Agente de Gestão Educacional Técnico em Políticas Públicas e Gestão Educacional Nível médio

Impacto no próximo concurso

A Secretaria de Educação tem edital previsto para julho. Já no próximo certame o cargo de analista de Gestão Educacional, agora gestor em Políticas Públicas e Gestão Educacional será contemplado com 274 vagas, sendo 16 para contratação imediata e 258 para cadastro de reserva. 

A carreira exige nível superior e oferece remuneração inicial de R$ 4.076,99 para 40 horas de trabalho semanais. 

Além disso, antes da lei, os cargos de  técnico e monitor exigiam apenas o nível médio. Com a aprovação do novo texto, os mesmos cargos passaram a exigir nível superior. 

Concurso SEDF

A Secretaria de Educação do Distrito Federal vai ofertar 3.980 vagas para as carreiras de professor e pedagogo – orientador educacional. Confira as principais informações até agora: 

Professor de educação básica

O certame vai ofertar 3.880 vagas para professor de educação básica, sendo 776 para contratação imediata e 3.104 para cadastro de reserva. As oportunidades serão divididas entre diversas disciplinas. 

O cargo tem como requisito Licenciatura em uma das áreas contempladas no edital. A remuneração inicial para uma jornada de 40 horas por semana é de R$ 5.016,53.

Pedagogo – orientador educacional: 

Segundo o projeto básico, serão ofertadas ainda 100 vagas para pedagogo – orientador educacional, das quais, 20 serão para ingresso imediato e 80 para cadastro de reserva. A remuneração inicial para a carreira de coordenador é de R$ 5.016,53 para jornada de 40 horas de trabalho por semana.

Para se inscrever, é necessário ter nível superior em pedagogia, com habilitação específica ou pós-graduação em orientação educacional.

Última seleção

O último concurso para efetivos da Secretaria de Educação do Distrito Federal foi realizado em 2016. O prazo de validade deste venceu em 31 de dezembro de 2021. 

Organizada pelo Cebraspe (Cespe, na época), a última seleção ofertou 2.900 vagas para as carreiras do magistério público e apoio à educação, sendo 1.170 imediatas e 1.730 para cadastro reserva e contou com 152.111 inscritos. Segundo o levantamento mais recente disponível pela Seplag DF, já foram nomeados 3.212 candidatos.

 

Concurso SEDF: projeto básico traz distribuição das 4.000 vagas

Sala de aula - educação
Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O novo concurso da SEDF vai contratar de forma efetiva professor de educação básica, analista de gestão educacional e pedagogo-orientador educacional.

Jéssica Andrade – A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal prepara um novo concurso SEEDF para 4.254 vagas efetivas. A seleção foi autorizada em agosto e já tem banca confirmada. O projeto básico da seleção traz informações sobre os cargos contemplados, a escolaridade exigida e a estrutura de provas. Confira!

O novo concurso da SEEDF vai contratar de forma efetiva professor de educação básica, analista de gestão educacional e pedagogo-orientador educacional.

Do total de vagas, 3.880 serão para professor de educação básica, sendo 776 para contratação imediata e 3.104 para cadastro de reserva. Tais chances estão divididas entre 51 disciplinas diferentes.

A carreira de professor do magistério tem como requisito a Licenciatura em uma das áreas contempladas no edital. A remuneração inicial  é de R$5.016,53 para uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

As outras 274 vagas são para a carreira de analista de gestão educacional, das quais 16 serão imediatas e 258 para cadastro de reserva.

A carreira exige nível superior nas áreas que serão determinadas no edital. O salário inicial é de R$4.076,99 para 40 horas de trabalho semanais.

Serão disponibilizadas também 100 vagas para pedagogo – orientador educacional. Desse total, 20 serão para ingresso imediato e 80 para cadastro de reserva. Os ganhos iniciais são de R$5.016,53 para jornada de 40 horas de trabalho por semana.

O cargo tem como requisitos: nível superior em Pedagogia, com habilitação específica ou pós-graduação em Orientação Educacional.

Os aprovados serão contratados pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia dos servidores.

A escolha da banca organizadora da seleção está em andamento. As instituições interessadas puderam enviar as propostas e documentações até sexta-feira (25/3)

Em razão da lei eleitoral, o certame deve ser homologado até junho de 2022.

Em entrevista recente aos veículos de comunicação, a secretária da Educação, Hélvia Paranaguá, anunciou que os aprovados podem ser convocados ainda no segundo semestre de 2022.

“Eu preciso homologar até 30 de junho por causa da lei eleitoral. Posso chamar [os aprovados] no segundo semestre, mas não posso homologar depois do dia 30. Então, temos de fazer neste semestre ainda”, explicou Paranaguá.

O última seleção

O último concurso para efetivos da Secretaria de Educação do Distrito Federal foi realizado em 2016. O prazo de validade deste venceu em 31 de dezembro de 2021.

Organizada pelo Cebraspe (Cespe, na época), a última seleção ofertou 2.900 vagas para as carreiras do magistério público e apoio à educação, sendo 1.170 imediatas e 1.730 para cadastro reserva e contou com 152.111 inscritos. Segundo o levantamento mais recente disponível pela Seplag DF, já foram nomeados 3.212 candidatos.

Secretaria de Educação do DF anuncia edital com mais de 4 mil vagas  para abril

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

A Secretária da Educação, Hélvia Paranaguá, anunciou que os aprovados podem ser convocados ainda no segundo semestre de 2022.

A Secretaria de Educação do Distrito Federal informou que o edital do concurso SEDF 2022 deve ser publicado até o mês de abril deste ano. Em razão da lei eleitoral, o certame deve ser homologado até junho 2022.

A previsão foi confirmada ao Papo de Concurseiro pela pasta. Em entrevista recente aos veículos de comunicação, a secretária da Educação, Hélvia Paranaguá, anunciou que os aprovados podem ser convocados ainda no segundo semestre de 2022.

“Eu preciso homologar até 30 de junho por causa da lei eleitoral. Posso chamar [os aprovados] no segundo semestre, mas não posso homologar depois do dia 30. Então, temos de fazer neste semestre ainda”, explicou Paranaguá. 

A empresa que vai organizar o certame, porém, ainda não está definida. Secretaria tem aval para oferecer 812 vagas imediatas, mais 3.442 vagas para a formação de cadastro de reserva. Os cargos contemplados serão os de professor, pedagogo e analista de gestão educacional, distribuídos da seguinte forma:

  • Professor de Educação Básica: 776 vagas imediatas + 3.104 cadastro de reserva
  • Pedagogo-Orientador Educacional: 20 vagas imediatas + 80 cadastro de reserva
  • Analista de Gestão Educacional: 16 vagas imediatas + 258 cadastro de reserva

Os aprovados e nomeados vão receber remuneração que varia entre os valores de R$ 2.508,26 a R$ 5.016,53 inicias, composta do vencimento básico e da gratificação GAPED. A jornada de trabalho desses servidores também varia entre 20h ou 40h. Veja como fica a remuneração :

  • Carga horária de 20h: R$ 1.929,43 (vencimento) e R$ 578,83 (GAPED)
  • Carga horária de 40h: R$ 3.858,87 (vencimento) e R$ 1.157,66 (GAPED)

O quadro remuneratório é composto de 25 padrões, tanto para aqueles que atuam 20h, como para aqueles que atuam 40h. Ao final da carreira, um servidor ocupante do cargo de professor por fazer jus ao valor de R$ 7.757,60.

O última seleção

O último concurso para efetivos da Secretaria de Educaçãod o Distrito Federal foi realizado em 2016. O prazo de validade deste venceu em 31 de dezembro de 2021. 

Organizada pelo Cebraspe (Cespe, na época), a última seleção ofertou 2.900 vagas para as carreiras do magistério público e apoio à educação, sendo 1.170 imediatas e 1.730 para cadastro reserva e contou com 152.111 inscritos. Segundo o levantamento mais recente disponível pela Seplag DF, já foram nomeados 3.212 candidatos.

 

Educação do DF altera comissão organizadora da próxima seleção de professores

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal publicou nesta quinta-feira (29/7) a portaria que determina a retomada dos trabalhos da comissão organizadora instituída para realização de Processo Seletivo Simplificado visando a contratação temporária de Professores Substitutos para atuar no órgão. A informação foi publicada no Diário Oficial do DF. E, o documento alterou novamente a composição da comissão, que passa a ser composta pelos seguintes membros, sob a presidência do primeiro:

  • Subsecretaria de Gestão de Pessoas – SUGEP: MARINA DA COSTA SOTERO DE OLIVEIRA e LEONARDO DE OLIVEIRA DOURADO MARINHO;
  • Subsecretaria de Administração Geral – SUAG: DANILO FERNANDES DOS SANTOS;
  • Subsecretaria de Educação Básica – SUBEB: LÍLIAN RODRIGUES LIMA;
  • Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral – SUBIN: JANE DOS SANTOS CARRIJO e STEPHANIE CAROLINE SOARES GURGEL;
  • Subsecretaria de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação – SUPLAV: ÂNGELA DE OLIVEIRA PEREIRA;
  • Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação – EAPE: MOEMA DE ROSA E RAMOS;
  • Subsecretaria de Infraestrutura Escolar – SIAE: BRUNO RODRIGUES DUARTE.

Autorização

A Secretaria de Economia do Distrito Federal autorizou a contratação temporária de professores substitutos para atuação no ano letivo de 2022! Conforme informado em Portaria no Diário Oficial do DF, a Secretaria de Educação (SEEDF) irá selecionar os profissionais mediante processo seletivo simplificado, que não teve oferta de vagas especificada.

Segundo o documento,  as  contratações poderão ser prorrogadas para o ano letivo de 2023, com a anuência prévia desta Secretaria de Estado, limitado a 340.000 horas semanais e ao montante anual autorizado para o presente exercício.

A contratação ainda estará condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira no exercício e deverá seguir as adequações orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Seleção para a Saúde é autorizada

A economia do DF também tornou pública a autorização de uma nova seleção para contratação temporária de profissionais de saúde no combate à covid-19. Por meio de processo seletivo simplificado, serão contratados até 435 profissionais. Os aprovados serão contratados temporariamente, pelo período inicial de 12 meses. Confira a distribuição de vagas!

Último concurso SEEDF – professor efetivo

O último concurso público para profissionais de educação efetivos do DF foi aberto em 2016. Foram disponibilizadas, ao todo, 1.770 vagas de nível médio e superior, com salários que variam de R$ 2.068,43 a R$ 5.237,13. Para a ampla concorrência foram disponibilizadas 946 vagas e 225 vagas para candidatos portadores de deficiência. Além disso, foram disponibilizadas ainda 1.726 vagas para formação de cadastro reserva.

Do total de vagas, 800 foram para o cargo de professor de educação básica, para as disciplinas de: artes, biologia, ciências naturais, filosofia, física, geografia, história, letras – espanhol, francês, inglês, japonês e língua portuguesa -, matemática, química e sociologia.

Também foram abertas 40 vagas para analista de gestão educacional, destinada a graduados em tecnologia da informação (TI) ou diploma de qualquer área com especialização em TI, psicologia, economia, direito, contabilidade, comunicação social, biblioteconomia, arquivologia e administração. Os postos de técnico de gestão educacional (230) e monitor de gestão educacional (100) puderam ser preenchidos por candidatos com nível médio.

 

Secretaria de Educação do DF forma comissão para organizar novo processo seletivo

Publicado em Deixe um comentárioautorização, cadastro reserva, Distrito Federal, DODF, educação, GDF, Magistério, Poder Executivo, temporário

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) publicou portaria, no Diário Oficial local (DODF) desta sexta-feira (19/6), instituindo a comissão organizadora para a realização do novo processo seletivo simplificado da pasta para professores substitutos.

A comissão ficará responsável pela análise das propostas das instituições interessadas em realizar o processo seletivo simplificado; pela escolha da instituição que apresentar a melhor proposta de acordo com critérios pré estabelecidos; por acompanhar a elaboração do edital que norteará o certame; e por acompanhar todas as fases do processo.Após concluídos os trabalhos, a Comissão Organizadora deverá apresentar relatório detalhado das atividades desenvolvidas.

Os nomes dos membros da comissão podem ser conferidos a partir da página 23 do DODF. 

 

Autorização recente

A autorização para realização da seleção foi dada pelo secretário de Economia do DF em 28 de maio passado.

o objetivo é a contratação temporária de professores substitutos à Carreira Magistério Público para o ano letivo de 2021. Há ainda a possibilidade de que os contratados sejam também convocados para o ano letivo de 2022, com a anuência prévia desta Secretaria de Estado.

O quantitativo total de professores substitutos será terá o limite de 340.000 horas semanais, e ao montante anual de R$ 683.083.698,20.

Leia também

Vagas em Brasília: FUB, UnB e IFB estão com editais abertos! 

SES DF lança seleção de níveis técnico e superior com salários até R$ 6,3 mil