Concurso PMERJ: extrato do contrato com a banca organizadora é divulgado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, DOU, PMERJ, Polícia Militar

O extrato foi publicado no Diário Oficial do Rio de Janeiro desta quarta (3/8)

A abertura do concurso da Polícia Militar do Rio de Janeiro para a área da saúde avançou mais uma etapa. Nesta quarta (3/8), foi divulgado no Diário Oficial, o extrato do contrato com o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), a banca organizadora do certame.

Diário Oficial do Rio de Janeiro – 03/08/2022

A assinatura do acordo entre a PMERJ e o Ibade ocorreu em 1 de agosto, mas a divulgação do extrato ocorreu somente nesta quarta.

Agora, os próximos passos são finalizar os cronogramas de inscrições e provas, além de finalizar o edital, que até o momento ainda não possui uma data oficial para ser lançado.

O concurso terá o quantitativo de 67 vagas disponíveis para nível técnico e superior, sendo 25 para a carreira de Cabo PM Especialista e as 42 restantes para o cargo de Oficiais Médicos.

Para se candidatar, é necessário possuir a graduação completa em medicina e os documentos que comprovem a realização do curso.

Leia também: Concurso da Polícia Civil de Roraima é adiado após extravio de caminhão

Leia também: IBGE: termina hoje prazo de inscrição em concurso de recenseador

Servidores da educação protestam em frente ao Palácio Guanabara (RJ)

Publicado em Deixe um comentárioRio de Janeiro, Salário servidor público, Sem categoria, servidores públicos

Servidores da educação promoveram ato em frente ao Palácio Guanabara (RJ) reivindicando convocação de concursados, reajuste e implementação do 1/3 extraclasse

Os profissionais da educação da rede estadual do Rio de Janeiro (RJ), manifestaram em frente ao Palácio Guanabara (RJ). O ato foi na última quarta-feira (22/6), no qual era reivindicado convocação de concursados, reajuste e implementação do 1/3 extraclasse.

De acordo com o Sindicato dos Profissionais da Educação do Estado do Rio de Janeiro (SEPE-RJ), no final da manifestação o sindicato se reuniu com a Secretária de Educação do estado (SEEDUC- RJ), no qual foram apresentadas as propostas do governo referente à implementação do 1/3 extraclasse.

O governo ficou de mandar o Projeto de Lei à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) em caráter de urgência, nos próximos dias úteis. No próximo sábado (25/6), ocorrerá às 10h uma assembleia híbrida com o governador, Claudio Castro. “A direção do Sepe vai acompanhar os debates e incidir na discussão junto com o presidente da Casa e demais deputados”, ressaltou o sindicato.

Governador autoriza convocação de 600 aprovados

Em maio deste ano, foi publicado no Diário Oficial do estado o Despacho que autoriza a convocação de 600 aprovados no concurso público de 2013 e 2014 para provimento do quadro de docentes da Seeduc-RJ.

O documento não informou as especialidades e a respectiva quantidade de vagas contempladas, nem sobre a lotação. Em relação à remuneração, é no valor de  R$ 1.795,07, já acrescido de auxílio-alimentação e auxílio-transporte.

Ademais, a secretária também possui o aval de 303 vagas para docentes com lotação em diversos centros educacionais, no qual são distribuídas para 15 especialidades:

  • Artes – 13 vagas
  • Biologia – oito vagas
  • Pedagógicas – cinco vagas
  • Educação física – 15 vagas
  • Espanhol – 18 vagas
  • Filosofia – 29 vagas
  • Física – 24 vagas
  • Geografia – 27 vagas
  • História – 23 vagas
  • Inglês – 20 vagas
  • Matemática – 32 vagas
  • Língua Portuguesa – 32 vagas
  • Química – 27 vagas
  • Sociologia – 27 vagas
  • Ciências

À ocasião foi publicada uma tabela que constam 300 das 303 vagas. Segundo a secretaria a divulgação do destino das três vagas restantes seriam em breve. Ao que indica, o número poderá ser destinado à disciplina de ciências, que ainda não tem vagas definidas.

*Estagiária sob supervisão de…

PL prevê adaptação dos TAFs para incluir candidatos PcDs nos concursos do RJ

Publicado em Deixe um comentárioAcessibilidade, Concursos, Concursos Públicos, Sem categoria

“Trata-se de tratamento discriminatório que deve ser rechaçado”, justifica o deputado estadual, Rodrigo Amorim, idealizador do Projeto

Raphaela Peixoto* — Rodrigo Amorim, deputado estadual do Rio de Janeiro, apresentou à Assembleia Legislativa do estado (Aslerj) uma proposta que visa a inclusão de candidatos portadores de deficiências (PcD) nos concursos do estado em que possuir dentre as etapas de avaliação o Teste de Aptidão Física (TAF).

Se o Projeto de Lei nº 5893/2022 for aprovado no estado, as bancas organizadoras e processos seletivos públicos terão que adaptar os TAFs, quando previsto em edital, atendendo as necessidades de candidatos portadores de deficiência ou adotar outros critérios de avaliação.

A proposta está disponível no Diário Oficial da Aslerj da quarta-feira (11/5). Dentre as justificativas apresentadas, o deputado indica: “Trata-se de tratamento discriminatório que deve ser rechaçado. Qualquer pessoa com deficiência, possui a capacidade de ingressar em qualquer área do serviço público, visto que, se for o caso, poderá desempenhar serviço administrativo”.

A inclusão já está prevista em seis editais destinados para concurso da Polícia Civil do estado. Os editais juntos destinam vagas para auxiliar e técnico de necropsia, inspetor, investigador, peritos criminal e legista. Juntos somam mais de 270 mil inscritos. A primeira fase aconteceu nos meses de dezembro de 2021, somente para os cargos de peritos, e em janeiro para os demais.

De acordo com os editais, os inscritos que concorrem às vagas reservadas às PcD que desejarem a adaptação dos TAF poderá solicitá-la por meio do site da FGV, banca organizadora, dentro do prazo de cinco dias corridos, a partir do resultado definitivo da avaliação biopsicossocial. O resultado preliminar do concurso para peritos já foi publicado em fevereiro deste ano.

Os testes de aptidão física irá cobrar flexão de cúbitos (braços), flexão abdominal, corrida de velocidade, corrida de resistência. Tanto o índice nível, repetições e distâncias mínimos, quanto o tempo estipulado variam entre os gêneros feminino e masculino.

*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes

3.256 vagas: prefeitura de Nova Iguaçu RJ vai retomar concursos públicos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Do total de vagas, 2.270  vão contemplar a Secretaria de Saúde e 986 para a Secretaria de Educação

Os concursos previstos para a cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, devem ser retomados no segundo trimestre de 2022, segundo os planos da prefeitura. A informação foi confirmada ao Papo de Concurseiro pelo executivo municipal. 

Ainda não há previsão para as publicações dos editais. Mas, segundo o município, a prefeitura já retomou os estudos para dar continuidade aos concursos públicos que estavam em andamento antes da pandemia.

“Devido à dificuldade financeira que todos os municípios estão passando em decorrência da pandemia, estão sendo realizadas análises financeiras-orçamentárias para a realização do concurso público”, explicou a Prefeitura de Nova Iguaçu.

Apesar disso, o município informou que segue prevista a seleção, com vagas para a Saúde e a Educação. “Ainda estão previstos, mas sem data, pois estão sendo reanalisados devido à dificuldade financeira que o município se encontra”, concluiu a Prefeitura.

Já  sobre a previsão de retomada do concurso da Guarda Municipal, o executivo informou que o cronograma está sendo refeito e previsão de retomada é para o segundo trimestre de 2022

 “As inscrições não serão reabertas. Quando o concurso foi suspenso, o prazo de inscrição já estava encerrado e a lista de candidatos inscritos divulgada. A próxima etapa será a divulgação dos locais da provas aos inscritos e a sua realização”, disse a prefeitura..

3.256 vagas previstas

Ao todo, a prefeitura oferece 3.256 vagas de concursos públicos. Desse total, 2.270  vão contemplar a Secretaria de Saúde e 986 para a Secretaria de Educação. 

“A Prefeitura de Nova Iguaçu esclarece que o contrato com a RBO para a organização dos concursos da Saúde e da Educação ainda é válido. O número de vagas previsto permanece o mesmo, 2.270 para a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e 986 para a Secretaria Municipal de Educação (Semed)”, disse a Prefeitura em 2021.

Além dos editais confirmados, a Prefeitura de Nova Iguaçu tem o concurso da Guarda Municipal aguardando a retomada. Esta seleção está suspensa desde 2020 devido à pandemia de Covid-19.

 

Concurso CBMERJ para oficiais terá banca diferente dos últimos anos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O contrato com a banca, inclusive, está prestes a ser assinado. A expectativa da corporação é realizar o concurso ainda neste semestre

Jéssica Andrade – O próximo concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, com vagas para o Curso de Formação de Oficiais de 2022, terá a Fundação Getulio Vargas (FGV) como banca organizadora. Nos últimos anos, quem organizou o certame foi a Uerj.

A mudança consta no processo interno, que já definiu a FGV como organizadora. O contrato com a banca, inclusive, está prestes a ser assinado. A expectativa da corporação é realizar o concurso ainda neste semestre.

Ao todo, serão oferecidas 40 vagas para o CFO 2022. Como a seleção ocorrerá por meio da FGV, os candidatos serão avaliados apenas por provas objetivas, não havendo previsão de um exame discursivo.

As demais etapas, no entanto, devem ser realizadas pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, sendo elas: 

  • exame físico (corrida de meio fundo – 2.400 m em 12 minutos; natação – 100 m em dois minutos e meio; flexão e extensão de MMSS – barra fixa; abdominal – 35 repetições em um minuto);
  • exame de de saúde; e 
  • pesquisas documental e social.

Conforme os últimos editais publicados para o CFO, os candidatos devem ter apenas o nível médio completo. Além disso, não há limite de idade. Esses critérios serão aplicados no próximo concurso, como consta no processo interno do CBMERJ.

De acordo com o Corpo de Bombeiros RJ, o salário bruto de um cadete (militar em formação para se tornar oficial) é de, aproximadamente, R$3.200. Após três anos de formação, os vencimentos, já como aspirante, chegam a R$6 mil. 

Veja como foi o último concurso Bombeiros RJ

O último concurso Bombeiros RJ para o CFO 2021 teve seu edital publicado em novembro de 2020, com 25 vagas para o quadro de oficiais. As oportunidades foram para homens e mulheres, sem divisão por sexo.

A principal exigência foi o nível médio completo. Não houve limite de idade. 

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas mais uma redação. Os exames foram aplicados por meio de um vestibular isolado da Uerj.

Os aprovados foram convocados para a segunda etapa da seleção, que teve a organização do CBMERJ.

 

Secretário fala sobre editais de concursos públicos para a Saúde do Rio

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Saúde

O secretário de Saúde do município do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, informou em entrevista que ainda em 2022 a Prefeitura irá abrir diversas oportunidades para profissionais da área. A previsão é que a Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro (RioSaúde) e a Secretaria Municipal de Saúde abram um concurso para efetivos.

A expectativa é que haja vagas para médicos, enfermeiros e técnicos, mas os estudos ainda estão em fase inicial. Segundo Soranz, existe previsão orçamentária para a realização dos certames no setor.

Última seleção foi para temporários

No último processo seletivo da Secretaria Municipal de Saúde do Rio, foram abertas 69 vagas para preenchimento de cargos temporários de nível superior. O edital foi publicado em 2021 e todas as oportunidades eram para a carreira de médico, em diversas especialidades.

Aos profissionais contratados, foi oferecido ganho de R$ 6.892,06 a R$ 7.918,03 por mês. A carga horária semanal é de 24 horas. Os candidatos foram avaliados em análise de títulos e experiência profissional e os aprovados foram lotados em várias unidades de saúde do município.

Concurso PCRJ: proposta prevê que todos os aprovados na prova façam o TAF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, segurança

A comissão de candidatos aprovados no concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) pede, em uma nova proposta, para que o governo retire a cláusula de barreira que limita o número de convocados para o teste de aptidão física (TAF) na seleção da corporação. Desta forma, o concurso teria mais aprovados para a formação e cadastro reserva.

Devido à medida de restrição, no cargo de inspetor, com oferta de 100 vagas imediatas, apenas os 500 mais bem pontuados na prova objetiva serão convocados para o TAF. Para a comissão de candidatos, o limite reduz o número de aprovados no resultado final do concurso e afeta na formação de cadastro reserva. A ideia da proposta é derrubar a restrição para que todo os candidatos com a pontuação mínima para aprovação nas provas sejam chamados para o teste físico.

A comissão foi recebida pelo assessor especial do Governo do Rio de Janeiro, comissário Marcio Garcia, no Palácio Guanabara na última quarta-feira (10/2). No encontro, foi protocolado um documento pleiteando a retirada da cláusula. O objetivo é que a proposta seja analisada pelo secretário de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Allan Turnowski.

“O pleito é justo e aparentemente viável, iremos levar essa necessidade de maior número de vagas junto ao governador e secretário, uma vez que a chamada dos convocados está bem restrita para uma carência histórica de policiais civis. Assim haverá essa oportunidade de aproveitar o máximo possível de aprovados nesse concurso que está se mostrando um dos mais difíceis do Brasil”, disse Marcio Garcia.

350 vagas

Os editais foram publicados em 2021. Ao todo,  são 350 vagas para profissionais de todos os níveis de escolaridade, com salários que chegam até R$ 10 mil. Confira a distribuição:

  • 10 vagas para Auxiliar de necropsia (nível fundamental), com salários de R$4.506,27;
  • 10 vagas para Técnico de necropsia (nível médio), com salários de R$5.277,59;
  • 200 vagas para Investigador (nível médio), com salários de R$5.740,38;
  • 100 vagas para Inspetor (nível superior em qualquer área), com salários de R$6.280,31;
  • 5 vagas para Perito criminal (nível superior em Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Química), com salários de R$10.149,55;
  • 25 vagas para Perito legista (nível superior em Medicina), com salários de R$10.149,55.

Saiba mais sobre o concurso aqui!

Plano de recuperação fiscal do Rio de Janeiro prevê 13 concursos públicos

Publicado em Deixe um comentárioRio de Janeiro

Jéssica Andrade – Novidade para os concurseiros da cidade maravilhosa! Foi publicado no Diário Oficial do Rio de Janeiro o Plano de Recuperação Fiscal do estado. O documento confere um diagnóstico financeiro do exercício anterior e as projeções financeiras, detalhamento das medidas de ajuste, metas e compromissos fiscais.

O Plano de Recuperação Fiscal admitiu ressalvas nos dois primeiros anos de vigência do novo Regime para concursos nos seguintes órgãos:

  1. Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPE RJ)
  2. Procuradoria-Geral do Rio de Janeiro (PGE RJ)
  3. Fundação Centro Universitário da Zona Oeste do Rio de Janeiro (UEZO)
  4. Secretaria de Estado de Polícia Militar (SEPM)
  5. Fundação Santa Cabrini (FSC)
  6. Secretaria de Estado de Polícia Civil (SEPOL)
  7. Secretaria de Estado de Saúde (SES)
  8. Secretaria de Estado de Defesa Civil (SEDEC)
  9. Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro (CBMERJ)
  10. Secretaria de Estado da Casa Civil (SECC)
  11. Ministério Público do Rio de Janeiro (MP RJ)
  12. Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE RJ)
  13. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ RJ)

O Plano de Recuperação Fiscal do Rio de Janeiro prevê ainda a nomeação dos aprovados nos concursos da Rioprevidência, Corpo de Bombeiros, PMERJ, TCE RJ, MP RJ e TJ RJ. 

Ainda há previsão de adequação de remuneração na Polícia Militar, Secretaria de Estado de Defesa Civil e Secretaria de Estado de Casa Civil. 

O Regime de Recuperação Fiscal (RRF), aprovado pela Lei Complementar 159/2017, foi criado para fornecer aos Estados com grave desequilíbrio financeiro os  instrumentos para o ajuste das  contas. Dessa forma, ele complementa e fortalece a Lei de Responsabilidade Fiscal, que não trazia até então previsão para o tratamento dessas situações.  

 

TCE-RJ oficializa banca de concurso público para efetivos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Tribunal de contas

Karolini Bandeira*- O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) oficializou o Cebraspe como banca organizadora do próximo concurso para servidores efetivos. A contratação havia sido aprovada durante sessão do Conselho do órgão no último dia 8 e a contratação foi assinada e publicada no Diário Oficial do Estado na sexta-feira (17/12).

A expectativa é de que o concurso seja publicado ainda em 2021. Serão abertas 20 vagas imediatas, sendo dez para analista de Tecnologia de Informação (TI) e dez para técnico de controle externo. Os candidatos passarão por provas objetivas e provas discursivas.

O concurso foi autorizado pelo presidente do TCE-RJ, Rodrigo Nascimento, em junho. O cargo de técnico exige ensino médio completo, enquanto a função de analista de TI exige nível superior na área. De acordo com o Portal da Transparência do Tribunal, as remunerações iniciais dos servidores efetivos variam de R$ 4.400 e R$ 10.300.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

TCE-RJ vai abrir novo concurso para efetivos e banca é escolhida

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Tribunal de contas

Karolini Bandeira*- E vem novo edital  por aí! O Cebraspe foi escolhido como banca organizadora do concurso público previsto para servidores efetivos do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE RJ). A contratação foi aprovada durante sessão do Conselho do órgão nesta quarta-feira (8/12).

Agora, a contratação seguirá para análise da Secretaria Geral de Administração do Tribunal e, após o processo, as assinaturas poderão ser oficializadas.

A expectativa é de que o concurso seja publicado ainda em 2021. Serão abertas 20 vagas imediatas, sendo dez para analista de Tecnologia de Informação (TI) e dez para técnico de controle externo. Em regulamento publicado no Diário Oficial do Estado em novembro, foram confirmadas as etapas de provas objetivas e provas discursivas.

O concurso foi autorizado pelo presidente do TCE-RJ, Rodrigo Nascimento, em junho. Durante a sessão na quarta, Nascimento reafirmou a importância de se ter constância na realização de concursos. “Ressalto a importância para que sejam realizados concursos regulares no âmbito deste tribunal. É importante essa oxigenação. Esses concursos públicos devem ser realizados periodicamente para reposição de cargos vagos.”

O cargo de técnico exige ensino médio completo, enquanto a função de analista de TI exige nível superior na área. De acordo com o Portal da Transparência do Tribunal, as remunerações iniciais dos servidores efetivos variam de R$ 4.400 e R$ 10.300.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes