Governo adia lançamento de edital para concurso de delegado em Alagoas

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, segurança, Sem categoria

O secretário de Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques, anuncia prorrogação na data de lançamento de edital, que estava previsto para o fim de abril

Por Raphaela Peixoto*

A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas (Seplag AL) adiou o lançamento do edital do concurso da Polícia Civil do estado para carreira de delegado. O anúncio foi realizado, em uma live nas redes sociais, pelo secretário Fabrício Marques. A nova previsão de publicação é para primeira quinzena de maio. “Não deve de hipótese alguma passar do dia 15”, afirma Marques.

O concurso foi autorizado em janeiro desde ano, no qual a previsão de lançamento do edital era para o fim de abril. A prorrogação ocorreu, de acordo com Fabrício Marques, por questões de nomenclaturas de carreiras. “Isso atrasou um pouquinho o nosso planejamento.” No dia da live, o documento estava em fase final e a banca do certame, Cebraspe, enviaria para a comissão organizadora na sexta-feira passada (22/4).

São 40 vagas para a função de delegado. O candidato precisa ter nível superior em direito. A remuneração de delegados da PCAL é próximo a R$ 30 mil. O concurso contará com as fases de provas objetivas e discursivas, Teste de Aptidão Física (TAF), exames laboratoriais e médicos, avaliações psicológica e de títulos, investigação social e curso de formação policial.

Alagoas também está com previsão para lançamento de um outro edital. O concurso é destinado à Perícia Oficial. O certame abrange vagas para as seguintes carreiras: perito criminal, perito médico legista, perito odontolegista, técnico forense, auxiliar de perícia e papiloscopista.

O estado tem três concursos em andamento: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil, por terem sido cancelados após irregularidades, mas acabaram retomados após ordens judiciais.

*Estagiária sob supervisão de Roberto Fonseca

Perícia de Alagoas forma nova comissão para concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, segurança

Karolini Bandeira*- A comissão mista responsável pela organização do próximo concurso da Perícia Oficial de Alagoas foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (10/2). Agora, para a publicação do edital, que havia sido prometida para o início do ano, falta apenas a contratação da banca organizadora.

O secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos, reforçou, nas redes, que o edital sairia este mês. Ao que tudo indica, a Cebraspe será a banca escolhida. “Nós estamos trabalhando em um cenário em que o Cebraspe fique com todos os concursos. Nós já temos o entendimento da PGE pela contratação mais simples da banca. Mas, claro, isso pode ter alguma modificação se eventualmente nós tivermos alguma dificuldade”, disse Marques em 2021.

Em fevereiro de 2021, foram autorizadas 81 vagas para o concurso da perícia no Estado. Para o nível médio, está previsto abertura de chances para técnico forense; para o superior, devem ser ofertadas vagas de perito criminal, perito médico legista, perito odontolegista e papiloscopista.

Nove anos sem concurso

Em 2013 foram ofertadas 37 vagas para os cargos de cargos de perito criminal – várias especialidades (20), perito médico legista (oito), papiloscopista (cinco) e técnico forense (quatro). Essa foi a última seleção para provimento de vacâncias na Perícia de alagoas.

A remuneração do último certame para foi de R$2.704,59 e a exigência para este cargo foi o nível médio. As demais carreias tinham o nível superior como requisito e vencimentos iniciais de  R$6.320,77, exceto para papiloscopista cujo valor era de R$2.704,59.

Com a Lei de 2014, a carreira de papiloscopista passou a contar com iniciais de R$3.254,59, assim como o técnico forense, podendo chegar a R$4.949,82.

Os candidatos foram avaliados por exame objetivo, que contou com 120 questões de múltipla escolha.

 

Detran-AL: sem concurso há 21 anos, servidores falam sobre greve

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Com um alto número de cargos vages, o Departamento de Trânsito de Alagoas (Detran-AL) pode sofrer com uma greve de servidores. O órgão não tem concurso público há 21 anos e a carência atual é de cerca de 250 vagas. O vice-presidente do Sindicato dos Servidores do Detran AL (Sinsdal) informou que a reunião que determinará se vai haver greve geral ou não está marcada para a próxima terça-feira (15/2).

“Não funcionará a vistoria veicular, exames de direção, nenhum serviço presencial do órgão. Na terça (15), faremos uma assembleia para deliberar os rumos do movimento. Se não houver nenhuma proposta do governo, nós poderemos, deflagrar greve por tempo indeterminado no Detran de Alagoas, o que será, certamente, a maior e mais longa greve da história do órgão”, informou o vice, Roberto Martins, ao Gazeta Web.

Martins ressaltou que, com o déficit, o serviço à população fica completamente comprometido: “Hoje, para marcar o exame prático, demora quatro meses, então, se for olhar no site (do Detran), só tem vaga para o mês de junho. Se tivesse mais dez servidores novos na banca examinadora, o exame poderia ser marcado em quinze dias.”

Em janeiro de 2021, o Ministério Público do Estado entrou abriu uma ação civil solicitando um novo concurso público para o Departamento. Um ano depois, entretanto, não há nenhuma atualização sobre um novo edital.

De acordo com a Lei 7.823/2016, o cargo de assistente de trânsito tem como salário inicial R$ 3.024,82. Já analistas de trânsito recebem, inicialmente, R$ 5.041,37

PCAL forma comissão para concurso com 40 vagas para delegado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos Públicos, segurança

Edital previsto para março

O concurso previsto para delegados da Polícia Civil de Alagoas (PCAL) teve comissão organizadora formada e publicada nesta quarta-feira (9/2). O grupo foi divulgado no Diário Oficial do Estado e agora deve acompanhar e auxiliar no planejamento para a publicação do edital de abertura, previsto para março.

São previstas 40 vagas para a função de delegado. Para a carreira, é necessário nível superior em direito. A remuneração de delegados da PCAL é de R$ 20.944,97. Segundo o Conselho Superior da PCAL, o concurso contará com as fases de provas objetivas e discursivas, Teste de Aptidão Física (TAF), exames laboratoriais e médicos, avaliações psicológica e de títulos, investigação social e curso de formação policial.

Em entrevista, Marques afirmou que a intenção do Governo de Alagoas é convocar todos os candidatos aprovados no Ciclo de Concursos ainda dentro deste mandato. Com os certames, o Estado deve receber mais de 6 mil novos servidores até o início de 2022.

“Nossa missão é chamá-los imediatamente. Esperamos finalizar toda a seleção até o final do ano para que possamos convocar todos os candidatos até o início do ano que vem. Estamos correndo contra o tempo para selecionar os melhores quadros, que vão nos ajudar a estruturar as políticas públicas para essa década. Com trabalho sério, proximidade e dedicação, é possível mudar a realidade e melhorar as condições de vida do povo alagoano”, pontuou o titular da Seplag.

Governador de Alagoas autoriza concurso para delegados

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Polícia civil, segurança

Karolini Bandeira*- O concurso para delegados da Polícia Civil de Alagoas (PCAL) está finalmente autorizado pelo governador, Renan Filho! O aval foi publicado no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (21/1). Em janeiro, o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques,  anunciou que o edital de abertura sairia ainda este mês.

São previstas 40 vagas para a função de delegado. Para a carreira, é necessário nível superior em direito. A remuneração de delegados da PCAL é de R$ 20.944,97. Segundo o Conselho Superior da PCAL, o concurso contará com as fases de provas objetivas e discursivas, Teste de Aptidão Física (TAF), exames laboratoriais e médicos, avaliações psicológica e de títulos, investigação social e curso de formação policial.

Em entrevista, Marques afirmou que a intenção do Governo de Alagoas é convocar todos os candidatos aprovados no Ciclo de Concursos ainda dentro deste mandato. Com os certames, o Estado deve receber mais de 6 mil novos servidores até o início de 2022.

“Nossa missão é chamá-los imediatamente. Esperamos finalizar toda a seleção até o final do ano para que possamos convocar todos os candidatos até o início do ano que vem. Estamos correndo contra o tempo para selecionar os melhores quadros, que vão nos ajudar a estruturar as políticas públicas para essa década. Com trabalho sério, proximidade e dedicação, é possível mudar a realidade e melhorar as condições de vida do povo alagoano”, pontuou o titular da Seplag.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Perícia de Alagoas tem comissão formada para novo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, segurança

Karolini Bandeira*- A comissão organizadora que ficará responsável pelo próximo concurso da Perícia Oficial de Alagoas foi oficializada no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (20/1). Agora, para a publicação do edital, que havia sido prometida para janeiro, falta apenas a contratação da banca organizadora.

O secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos, reforçou, nas redes, que o edital sairia este mês. Ao que tudo indica, a Cebraspe será a banca escolhida. “Nós estamos trabalhando em um cenário em que o Cebraspe fique com todos os concursos. Nós já temos o entendimento da PGE pela contratação mais simples da banca. Mas, claro, isso pode ter alguma modificação se eventualmente nós tivermos alguma dificuldade”, disse Marques em 2021.

Em fevereiro de 2021, foram autorizadas 81 vagas para o concurso da perícia no Estado. Para o nível médio, está previsto abertura de chances para técnico forense; para o superior, devem ser ofertadas vagas de perito criminal, perito médico legista, perito odontolegista e papiloscopista.

Nove anos sem concurso

Em 2013 foram ofertadas 37 vagas para os cargos de cargos de perito criminal – várias especialidades (20), perito médico legista (oito), papiloscopista (cinco) e técnico forense (quatro). Essa foi a última seleção para provimento de vacâncias na Perícia de alagoas.

A remuneração do último certame para foi de R$2.704,59 e a exigência para este cargo foi o nível médio. As demais carreias tinham o nível superior como requisito e vencimentos iniciais de  R$6.320,77, exceto para papiloscopista cujo valor era de R$2.704,59.

Com a Lei de 2014, a carreira de papiloscopista passou a contar com iniciais de R$3.254,59, assim como o técnico forense, podendo chegar a R$4.949,82.

Os candidatos foram avaliados por exame objetivo, que contou com 120 questões de múltipla escolha.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Aditivo que impedia retomada dos concursos da PCAL e PMAL é assinado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, segurança

Karolini Bandeira*- O aditivo de contrato entre a Secretaria de Planejamento e Gestão de Alagoas (Seplag) e a banca organizadora Cebraspe, que estava atrasando a retomada e divulgação de um novo cronograma dos certames da Polícia Civil e Militar (PCAL e PMAL), foi assinado nesta quarta-feira (17/1). Agora, os cronogramas com o restante das etapas dos concursos já podem ser publicados.

O comunicado foi dado pelo secretário da Seplag, Fabrício Marques, nas redes. Segundo o representante, os novos editais de retomada deverão ser publicados até 21 de janeiro.

“Nós fomos comunicados ontem a noite sobre a decisão judicial do juiz, doutor Manoel Cavalcante, em relação ao nosso concurso da Polícia Militar para o cargo de oficial. Hoje pela manhã nós analisamos o teor completo da decisão e em cumprimento nós iremos retomar e publicar o edital de retomada até o dia 21 de janeiro, já com a data provável da próxima etapa do concurso que é o TAF”, informou Marques.

São 1.560 vagas

O concurso da PMAL oferece 1.060 vagas de nível médio, sendo 1.000 para soldados e 60 para oficiais. Os contratados receberão remuneração de R$4.250,06 (soldado) e R$2.768,17 (oficial). As inscrições foram aceitas até 28 de junho de 2021. Os inscritos passarão por prova de conhecimentos, teste de aptidão física, avaliação médica das condições de saúde física e mental, avaliação psicológica, comprovação documental, investigação social e exame toxicológico.

Para a PCAL, são 500 vagas para as carreiras de escrivão e agente. Do quantitativo total de vagas, 368 são para agentes de polícia e 132 para escrivães. Os contratados receberão ganhos mensais de R$ 3.971,76.

Ambos os certames foram suspensos após a Operação Loki. A investigação constatou a atuação de um esquema nacional criminoso de fraude.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Aditivo de contrato com a banca atrasa retomada do concurso da PCAL

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- Segundo informado pelo secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos, um aditivo no contrato com o Cebraspe atrasou a retomada do concurso público da Polícia Civil do Estado (PCAL). Devido a isso, os que aguardam a continuidade do certame terão que aguardar um pouco mais.

A divulgação do novo cronograma estava previsto para a última sexta-feira (14/1), mas foi adiado para data que ainda não foi confirmada.

Operação constatou esquema de fraude

A decisão de suspensão do concurso e cancelamento das provas aplicadas ocorreu após o resultado da primeira fase da Operação Loki, deflagrada pela Polícia Civil. De acordo com a nota, a investigação constatou a atuação de um esquema nacional criminoso que estaria agindo contra a lisura das provas da PCAL, PMAL e CBMAL. Os três certames foram organizados pelo Cebraspe.

500 vagas

O certame da PCAL conta com 500 vagas para as carreiras de escrivão e agente. Do quantitativo total de vagas, 368 são para agentes de polícia e 132 para escrivães. As vagas são imediatas e exigem nível superior em qualquer área de formação. Os contratados receberão ganhos mensais de R$ 3.971,76 e serão lotados em unidades da corporação em qualquer município, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Concurso do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas é retomado e resultado do TAF já tem data marcada

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, segurança

Karolini Bandeira*- O concurso público do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), suspenso em novembro, foi oficialmente retomado e já tem novas datas publicadas. A publicação do resultado do Teste de Aptidão Física (TAF), conforme divulgado pelo Cebraspe, está prevista para 21 de janeiro. Ainda segundo a banca, também serão divulgadas as novas datas das etapas de avaliação médica das condições de saúde física e mental, avaliação psicológica, comprovação documental e investigação social.

O TAF foi realizado em outubro de 2021 e contou com seis exercícios:

  • Natação (50 metros);
  • Velocidade (corrida de 300 metros)
  • Flexão de braços na barra fixa (homens)
  • Flexão de braços com seis apoios (mulheres)
  • Abdominal supra;
  • Resistência aeróbica (corrida de 1.600m)

São 170 vagas para bombeiros

O edital do CBMAL foi publicado em maio de 2021 e abriu 170 vagas efetivas — sendo 150 para soldado e 20 para oficial, ambos de nível médio. Durante o curso de formação, os selecionados receberão salário de R$ 1.649.35 a R$ 3.303,94. Após a nomeação, o salário base aumenta para R$ 4.250,06 a até R$ 9.602,72. Os contratados deverão atuar em jornada de trabalho de dedicação exclusiva em Grupamentos Bombeiro-Militar sediados em diversas cidades de Alagoas.

Os inscritos já passaram por provas objetivas, provas discursivas e teste de aptidão física. Ainda farão avaliação médica das condições de saúde física e mental; avaliação psicológica; comprovação documental e investigação social; e exame toxicológico. Saiba mais sobre o concurso.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Perícia Oficial de Alagoas vai lançar novo concurso público

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

O edital do concurso Perícia Oficial AL terá sua data de lançamento divulgada este mês, segundo o titular da Secretaria de Planejamento.

Jéssica Andrade – Mais um edital anunciado para 2022. O secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos utilizou as redes sociais nesta quarta-feira (05/01) para anunciar que o edital do concurso Perícia Oficial AL segue previsto e deve ter data de publicação divulgada entre os próximos dias 10 e 14 de janeiro.

“Nós iremos publicar agora no início do ano alguns concursos, em especial o da carreira de delegados e da Perícia Oficial. Nós estamos trabalhando todos os dias para organizar as datas […] e até o dia 10 e 14 será feito o pronunciamento com as datas previstas dos lançamentos dos editais”, disse o secretário.

O estado de Alagoas tem mantido a política de concursos prometida para este ano. Além da seleção para Perícia Oficial, estão previstos certames para a polícia Civil e Militar   

Em agosto de 2021, o titular da Seplag AL já havia adiantado que o edital seria publicado em janeiro. Sendo assim, é possível que o documento seja anunciado na próxima semana, com data de publicação ainda este mês.

Inicialmente previsto para 2021, o concurso Perícia Oficial AL teve que ser adiado por conta da Lei Complementar 173/2020, que restringiu a realização de seleções para novos cargos, caso do órgão em questão.

Mais de 80 vagas autorizadas

Em fevereiro foram autorizadas 81 vagas para o concurso Perícia Oficial AL.  Estão previstos os seguintes cargos para o próximo edital:

Nível médio

  • técnico forense

Nível superior

  • perito criminal (diversas especialidades);
  • perito médico legista;
  • perito odontolegista; e
  • papiloscopista.

Segundo Fabrício Marques, o governo trabalha para que a banca responsavel pela organização do certame seja o Cebraspe. “Nós estamos trabalhando em um cenário em que o Cebraspe fique com todos os concursos. Nós já temos o entendimento da PGE pela contratação mais simples da banca. Mas, claro, isso pode ter alguma modificação se eventualmente nós tivermos alguma dificuldade”, explicou.

Última seleção foi em 2013

Em 2013 foram ofertadas 37 vagas para os cargos de cargos de perito criminal – várias especialidades (20), perito médico legista (oito), papiloscopista (cinco) e técnico forense (quatro). Essa foi a última seleção para provimento de vacâncias na Perícia de alagoas. 

A remuneração do último certame para foi de R$2.704,59 e a exigência para este cargo foi o nível médio.As demais carreias tinham o nível superior como requisito e vencimentos iniciais de  R$6.320,77, exceto para papiloscopista cujo valor era de R$2.704,59.

Com a Lei de 2014, a carreira de papiloscopista passou a contar com iniciais de R$3.254,59, assim como o técnico forense, podendo chegar a R$4.949,82.

O exame objetivo contou com 120 questões. Comum a todos os cargos, foram cobradas as disciplinas de:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Ética no Serviço Público; e
  • Noções de Direito Processual Penal.