Lobo-guará

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Crédito: Marcelo Kuhlmann/Arquivo pessoal. Encontro com o lobo-guará nas trilhas do cerrado.   Severino Francisco   O lobo-guará vai figurar nas notas de R$ 200. Chega precisamente no momento em que está faltando um zero no salário dos trabalhadores brasileiros, como reza um samba de Ary Barroso. Ouvi várias conjecturas sobre o destino da nova cédula. Alguns dizem que facilitará […]

Manoel e Rosa

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   No final da década de 1990, soube que o poeta Manoel de Barros estava em Brasília, numa exposição no Congresso Nacional. Peguei um gravador e fui lá para entrevistá-lo. Ele me recebeu de maneira muito cordial, com os olhos faiscantes de menino que aprontou alguma. No entanto, negou a entrevista ao vivo, de maneira delicadamente firme: […]

Dulcina resiste

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Como todas as instituições particulares de ensino, a Faculdade Dulcina viveu (e ainda vive) um momento dramático durante a pandemia. Havia o receio de que os alunos debandassem e, com isso, inviabilizassem o funcionamento da instituição. Afinal, ela trabalha com as artes cênicas, que são, essencialmente, presenciais.   O que distingue a arte ancestral do teatro […]

Meu pai

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Meu pai, também Severino Francisco, sertanejo pernambucano quixotesco, me deixou muitos legados, os maiores talvez sejam o amor à cultura e à natureza. A sua lembrança é nítida, pois era um personagem fantástico, que parecia ter saído diretamente de um folheto de cordel. Contava o dinheiro em termos de quantos livros e revistas podia comprar.   […]

Mestre das plantas

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   Cada vez fico mais impressionado e enlevado com a obra e as ideias de Burle Marx. Ele fica a cada dia mais atual pela consciência que tinha do meio ambiente. É pena que ele não teve uma participação ainda mais ampla na construção de Brasília.   Burle concebeu um plano paisagístico para Brasília, mas que não se […]

Volta às aulas

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   A decisão de retomar as aulas nas escolas particulares e públicas deveria preocupar a todos em razão das graves consequências que pode acarretar. Estamos na fase do normal fake, em que não existe mais pandemia.   Como se não bastasse a precipitação, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro (Sinepe) veiculou, no início da […]

Maioria inteligente

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   O dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906) teve dois leitores apaixonados no Brasil: Nelson Rodrigues e Dias Gomes. Nelson viveu na pele o drama da solidão extrema em face da estupidez da opinião pública, enquanto Dias Gomes buscou inspiração na peça clássica do teatro moderno O inimigo do povo (1882), uma das obras-primas de Ibsen, para compor a telenovela Roque Santeiro. […]

Ataque de abelhas

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   A advogada Luana Vieira, a mãe, de 72 anos, e dois cachorros da família, viveram um momento dramático na manhã de domingo, no Parque da Cidade. Eles foram atacados por um exame de abelhas à altura do Estacionamento 7. Tufão, um dos cachorros, não resistiu e morreu. Provavelmente, salvou a família de consequências mais graves.Luana tem […]

Conversa com Clarice 2

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

    Severino Francisco   Na passagem dos 100 anos de Clarice Lispector, esta coluna conseguiu nova entrevista mediúnica com a autora de A paixão segundo G.H. Fala, Clarice! Clarice, como você se definiria? Sou uma tímida audaz. Tudo que consegui na vida foi à custa de ousadias, embora pequenas.   Escrever é destino? Escrever é também abençoar uma vida […]