Meu pai

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Meu pai, também Severino Francisco, sertanejo pernambucano quixotesco, me deixou muitos legados, os maiores talvez sejam o amor à cultura e à natureza. A sua lembrança é nítida, pois era um personagem fantástico, que parecia ter saído diretamente de um folheto de cordel. Contava o dinheiro em termos de quantos livros e revistas podia comprar.   […]

Mestre das plantas

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   Cada vez fico mais impressionado e enlevado com a obra e as ideias de Burle Marx. Ele fica a cada dia mais atual pela consciência que tinha do meio ambiente. É pena que ele não teve uma participação ainda mais ampla na construção de Brasília.   Burle concebeu um plano paisagístico para Brasília, mas que não se […]

Volta às aulas

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   A decisão de retomar as aulas nas escolas particulares e públicas deveria preocupar a todos em razão das graves consequências que pode acarretar. Estamos na fase do normal fake, em que não existe mais pandemia.   Como se não bastasse a precipitação, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro (Sinepe) veiculou, no início da […]

Maioria inteligente

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

Severino Francisco   O dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906) teve dois leitores apaixonados no Brasil: Nelson Rodrigues e Dias Gomes. Nelson viveu na pele o drama da solidão extrema em face da estupidez da opinião pública, enquanto Dias Gomes buscou inspiração na peça clássica do teatro moderno O inimigo do povo (1882), uma das obras-primas de Ibsen, para compor a telenovela Roque Santeiro. […]

Ataque de abelhas

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   A advogada Luana Vieira, a mãe, de 72 anos, e dois cachorros da família, viveram um momento dramático na manhã de domingo, no Parque da Cidade. Eles foram atacados por um exame de abelhas à altura do Estacionamento 7. Tufão, um dos cachorros, não resistiu e morreu. Provavelmente, salvou a família de consequências mais graves.Luana tem […]

Conversa com Clarice 2

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

    Severino Francisco   Na passagem dos 100 anos de Clarice Lispector, esta coluna conseguiu nova entrevista mediúnica com a autora de A paixão segundo G.H. Fala, Clarice! Clarice, como você se definiria? Sou uma tímida audaz. Tudo que consegui na vida foi à custa de ousadias, embora pequenas.   Escrever é destino? Escrever é também abençoar uma vida […]

Nascente de Seu Estrelo

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Certa noite, Vladimir Carvalho estava no Espaço Cultural da 508 Sul quando ouviu um batuque chegando. Apurou o ouvido e percebeu algo de maracatu, de bumba-meu-boi, de cavalo-marinho, de reisado ou de samba. Era tudo isso misturado no mesmo caldeirão de ritmos, de ritos e de mitos. Vladimir teve uma intuição fulminante: esse é o som […]

Blusa de lã

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Neste período, as noites brasilianas quase que clamam por uma festa de são-joão para aquecer o corpo e a alma. Definitivamente, sou tropical e solar; a estação fria me deixa meio deprimido; ela me transmite uma sensação metafísica gélida na alma.   Percebo que as sogras são alvos preferenciais de piadas. Mas, de minha parte, confesso […]

Protocolo da insensatez

Publicado em Deixe um comentárioCrônicas

  Severino Francisco   Mesmo se os governos tomassem todas as decisões corretas, a luta contra o coronavírus seria titânica. Mas, no Brasil, o vírus tem um aliado poderoso: o negacionismo de alguns governantes. Por isso, a todo momento, somos obrigados a lutar para que prevaleça o óbvio: o respeito à vida, a primazia da ciência e o cuidado com […]