PMGO ratifica banca organizadora para próximo concurso e edital fica iminente

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

A nova seleção tem aval para preencher 1.670 para cargos de soldado combatente, cadete e tenente

Jéssica Anfrade – A Polícia Militar do estado de Goiás (PM GO) está prestes a publicar o novo edital do concurso PM GO 2022. A banca organizadora foi confirmada nessa segunda-feira (21), por meio de uma nova portaria divulgada no Diário Oficial do estado. 

O Instituto AOCP foi o escolhido para organizar as etapas da seleção. A empresa já havia sido confirmada em fevereiro e teve seu contrato assinado no início de março.

O documento, denominado “extrato da portaria de gestor”, contém a assinatura de alguns representantes. A assinatura do contrato é a última burocracia antes da publicação do edital. 

Embora esteja iminente, ele ainda não tem uma data definida para ser divulgado. 

O novo concurso PM GO tem aval para preencher 1.670 para cargos da área policial. As oportunidades serão todas efetivas e imediatas:

  • 1.500 vagas para o cargo de soldado de 2ª classe – combatente;
  • 20 vagas para o cargo de soldado de 2ª classe – músico;
  • 100 vagas para o cargo de cadete; e
  • 50 vagas para o cargo de 2º tenente (médicos, odontólogos e psicólogos).

A corporação também já informou que as 1.670 vagas autorizadas  serão preenchidas em três fases, até 2024, conforme consta no anúncio de autorização feito pelo secretário de Administração do Estado, Bruno D’Abadia.

  • 2022: 870 convocações;
  • 2023: 500 convocações;
  • 2024: 300 convocações.

Último Concurso

A Polícia Militar de Goiás (PMGO) realizou o último concurso em 2016. Na ocasião, foram oferecidas 2.500 vagas, sendo 2.420 oportunidades para soldado de terceira classe e 80 para cadete. As remunerações iniciais variaram de R$ 1.500 a R$ 5.401,43, respectivamente. Para participar, foi exigido formação superior completa para os dois cargos, sendo que o posto de cadete só pode ser preenchido por bacharel em direito.

Goiás planeja abrir nove concursos públicos com até 8.900 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, educação, Goiás, segurança

O Governo de Goiás informou, nesta terça-feira (15/2), que planeja realizar pelo menos nove concursos públicos em 2022, com a oferta de aproximadamente 8.900 vagas. Das previsões, dois editais já foram publicados: da Secretaria de Estado da Administração (Sead), com 329 chances no cargo de analista de gestão governamental, e da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), com 10 oportunidades para gestor de engenharia.

De acordo com o governo, grande parte das vagas previstas para este ano está concentrada no setor da Segurança Pública, com previsão de quatro seleções, sendo ao todo 3.376 oportunidades. A autorização da realização dos concursos foi realizada em outubro de 2021 e, no momento, os certames estão em fase de definição junto às comissões dos órgãos.

Confirmada pelo Estado, há previsão de provimento de 1.670 vagas para Polícia Militar de Goiás (PMGO) e 612 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO). Haverá ainda concurso para provimento de cargos pertencentes ao quadro de pessoal da Delegacia-Geral da Polícia Civil (DGPC), em um total de 850 vagas distribuídas entre delegados, agentes, escrivães e papiloscopistas.

Ainda na área da Segurança Pública, está autorizada a realização do certame que visa a contratação de auxiliares de autópsia, peritos e médicos legistas para a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que deve trazer a abertura de 230 vagas.

Outras oportunidades

Também estão autorizados pelo governador Ronaldo Caiado e em fase de planejamento outros dois concursos públicos com editais serão publicados em 2022. São eles: Secretaria de Estado da Educação (Seduc) – 5.050 vagas para Professores (nível III) e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) – 98 vagas, sendo 63 para Analista Ambiental e 35 para Técnico Ambiental.

A Universidade Estadual de Goiás (UEG) também tem previsão de seleção com 94 vagas para docentes de Medicina, com a contratação de forma parcelada dos novos professores.

Abertos

As inscrições para o certame da Sead já podem ser feitas no site da banca organizadora. O concurso disponibiliza 329 vagas de analista de gestão governamental, cujo vencimento mensal é R$ 4.838,66, mais auxílio alimentação de R$ 500.

A seleção dos candidatos será realizada em duas etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e prova de títulos, de caráter classificatório. As chances são para agrimensura, arquitetura, engenharia, gestão e desenvolvimento de pessoas, licitações e contratos, tecnologia da informação, contabilidade e orçamento e finanças. As inscrições seguem abertas até 14 de março.

Para o concurso da Goinfra será necessário formação superior em engenharia civil. A seleção dos candidatos terá três etapas: prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório; prova dissertativa de caráter classificatório e eliminatório; e prova de títulos, de caráter classificatório. A taxa é de R$ 140 e o período para inscrição será de 23 de fevereiro a 24 de março.

 

*Com informações da Sead-GO

Editais para a Segurança de Goiás estão autorizados, afirma secretário

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Concursos Públicos, Goiás, segurança

Karolini Bandeira*- Em entrevista nesta terça-feira (14/12), o secretário de Administração de Goiás, Bruno DÁbadia, informou que o Governo do Estado autorizou a abertura de concursos para a Segurança ao longo de 2022. De acordo com o secretário, os editais devem contemplar vagas na Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Técnico-Científica e Corpo de Bombeiros Militar.

“Temos autorização para concursos públicos ao longo de 2022 para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica, além de mais de 300 vagas de analistas administrativos em diversas áreas, como estações de contratos, gerenciamento de recursos humanos e folha, para trabalhar na área de engenharia e tecnologia da informação”, disse DÁbadia.

Os concursos vêm sendo comentados pelo governador Ronaldo Caiado (Democratas) desde outubro. Estão previstas 1.580 vagas para quatro corporações de Segurança do Estado. Confira a distribuição, conforme informado pelo governo:

  • Polícia Militar: 720 para soldado e 150 para oficiais
  • Corpo de Bombeiros: 140 para soldados e 20 para oficiais
  • Polícia Civil: 350 para agentes, 100 para escrivães e 20 para papiloscopistas
  • Polícia Técnico-Cientifica: dez vagas para peritos, 35 para legistas e 35 para auxiliares de autópsia

Nomeações

As nomeações serão feitas até outubro de 2022, conforme prevê o LOA. A informação foi confirmada pelo secretário da Economia do Estado, Francisco Sérvulo Freire Nogueira, em resposta a parlamentares na Assembleia Legislativa (Alego) em novembro. As nomeações, segundo Nogueira, serão realizadas a partir de maio. Confira:

PMGO: maio de 2022

PCGO: outubro de 2022

CBMGO: julho de 2022

Mais de 2 mil vagas

Além dos três editais para a Segurança, Caiado confirmou a realização de outros cinco concursos. Juntas, as seleções anunciadas somam 2.033 vagas distribuídas em oito editais.

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) tem previsão para contratar 329 analistas para o Poder Executivo. A Procuradoria Geral do Estado (PGE-GO) vai selecionar 32 procuradores. Já a Secretaria de Economia de Goiás vai empossar os 28 auditores fiscais aprovados em concurso público no final da gestão passada. E, também em 2022, a UEG vai selecionar 94 docentes para aulas de Medicina; enquanto a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes deve abrir concurso para 10 gestores de engenharia.

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

 

Concursos da Segurança de Goiás têm editais assinados, anuncia governador

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Goiás, segurança

São mais de 1.500 vagas previstas

Karolini Bandeira*- Oba! O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou que os editais dos concursos da área da segurança no Estado já foram assinados! “Quero mandar um recado aos concurseiros de Goiás. Podem se preparar! Estudem bastante! Porque o edital já foi assinado e nós teremos em breve o(s) concurso(s) para poder chegar mais policiais em todas as áreas da Segurança Pública”, celebrou Caiado na última segunda-feira (11/10).

Estão previstas 1.580 vagas para quatro corporações de Segurança do Estado. Confira a distribuição, conforme informado pelo governo:

  • Polícia Militar: 720 para soldado e 150 para oficiais
  • Corpo de Bombeiros: 140 para soldados e 20 para oficiais
  • Polícia Civil: 350 para agentes, 100 para escrivães e 20 para papiloscopistas
  • Polícia Técnico-Cientifica: dez vagas para peritos, 35 para legistas e 35 para auxiliares de autópsia

LOA prevê mais de 2 mil vagas

Divulgada na última quinta-feira, a LOA 2022 prevê a abertura de oito concursos em Goiás. A expectativa é de que sejam 2.033 vagas em sete órgãos diferentes:

  • Polícia Militar – 720 vagas para soldado e 150 vagas para oficiais
  • Corpo de Bombeiros Militar – 140 vagas para soldados e 20 para oficiais
  • Polícia Civil – 350 vagas para agentes, 100 para escrivães e 20 para papiloscopistas
  • Politec – dez vagas para peritos, 35 para legistas e 35 vagas para auxiliares de autópsia
  • Secretaria de Fazenda – 20 vagas para auditores fiscais
  • Secretaria de Estado da Administração – 329 vagas para analistas
  • UEG – 94 vagas para docentes
  • Goinfra – 10 vagas de gestores de engenharia

A distribuição de todos os concursos foi confirmada pelo governador do Estado na última sexta-feira. “Como prevê a LOA, não há previsão de déficit no Estado, com a superação de dívidas deixadas pela gestão anterior”, escreveu Caiado.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

PMGO terá novo edital de concurso ainda em outubro, informa deputado

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Goiás

Karolini Bandeira*- O deputado e delegado Humberto Teófilo (PSL) informou, em transmissão ao vivo nas redes nesta quinta-feira (7/10), que o concurso público para a Polícia Militar de Goiás (PMGO) para soldados e oficiais está mais próximo do que nunca e o edital deverá ser publicado ainda em outubro.

De acordo com o deputado e com a LOA 2022, serão abertas 720 vagas para soldados e 150 para oficiais. O quantitativo liberado pela Lei Orçamentária é menos da metade do quantitativo solicitado na Assembleia Legislativa em fevereiro, de 2.000 vagas.

Mais de 2 mil vagas no estado

Também pelas redes sociais, Teófilo anunciou os concursos previstos na LOA 2022, divulgada nesta quinta. Ao todo, estão previstas 2.033 vagas em oito concursos diferentes. Serão contemplados sete órgãos. Confira a distribuição:

  • Polícia Militar – 720 vagas para soldado e 150 vagas para oficiais
  • Corpo de Bombeiros Militar – 140 vagas para soldados e 20 para oficiais
  • Polícia Civil – 350 vagas para agentes, 100 para escrivães e 20 para papiloscopistas
  • Politec – dez vagas para peritos, 35 para legistas e 35 vagas para auxiliares de autópsia
  • Secretaria de Fazenda – 20 vagas para auditores fiscais
  • Secretaria de Estado da Administração – 329 vagas para analistas
  • UEG – 94 vagas para docentes
  • Goinfra – 10 vagas de gestores de engenharia

A previsão ainda precisa ser confirmada pelo governador do Estado.

Último concurso PMGO

último concurso para a PMGO foi realizado em 2016, com 2.500 vagas de nível superior, divididas entre os cargos de soldado de terceira classe (2.420 vagas ) e cadete (80 vagas). Na ocasião, as remunerações iniciais foram de R$ 1.500 a R$ 5.401,43. A seleção contou com aplicação de prova objetiva e discursiva, teste de aptidão física, avaliação médica, exames psicológicos, avaliação de vida pregressa e investigação social.

Para ser soldado ou cadete, é preciso ter entre 18 e 30 anos de idade na data da inscrição. A altura mínima é de 1,65m (homens) e 1,60m (mulheres). Para ambos os cargos é necessário ter formação superior completa, sendo que o posto de cadete só pode ser ocupado por bacharel em direito.

Governador de Goiás promove mais de 3 mil soldados da Polícia Militar

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), anunciou a promoção de  3.130 soldados (praças) da Polícia Militar do Estado (PMGO). A assinatura do documento aconteceu, na última terça-feira (21/9), durante um encontro com o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, e o Comandante da Polícia Militar de Goiás, Renato Brum.

Segundo Caiado, esta promoção ficou marcada como a maior da história da corporação. “Esse é o reconhecimento da nossa gestão pelo trabalho e a competência dos nossos policiais militares. Afinal, para se ter a melhor Polícia do País, é preciso valorizar e respeitar aqueles que fazem isso acontecer”, disse em uma publicação nas redes sociais.

O chefe do Executivo local aproveitou o momento para revelar que, em breve, o mesmo acontecerá com profissionais ligados às Polícias Técnico-Científica e Penal. 

Previsão de novos concursos 

Em fevereiro deste ano, a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) solicitou a publicação de três editais para a área estadual de Segurança Pública. Foram solicitadas 3.418 vagas para três corporações: 2.000 para a PMGO; 418 para a Polícia Civil (PCGO); e 1.000 para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO).

Caiado afirmou, em julho, que a realização de um novo concurso para a PMGO depende da União. De acordo com ele, o governo aguarda a liberação do Tesouro Nacional. “Estamos trabalhando fortemente para esse objetivo. Temos que pagar dívidas acumuladas anteriormente”.

Último concurso PMGO

O último concurso para a PMGO foi realizado em 2016, com 2.500 vagas de nível superior, divididas entre os cargos de soldado de terceira classe (2.420 vagas ) e cadete (80 vagas). Na ocasião, as remunerações iniciais foram de R$ 1.500 a R$ 5.401,43. A seleção contou com aplicação de prova objetiva e discursiva, teste de aptidão física, avaliação médica, exames psicológicos, avaliação de vida pregressa e investigação social.

 

Para ser soldado ou cadete, é preciso ter entre 18 e 30 anos de idade na data da inscrição. A altura mínima é de 1,65m (homens) e 1,60m (mulheres). Para ambos os cargos é necessário ter formação superior completa, sendo que o posto de cadete só pode ser ocupado por bacharel em direito.

Assembleia Legislativa publica lei que autoriza novas convocações na PMGO

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Karolini Bandeira*- A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), promulgou a Lei nº 21.035/21, que dá aval à nomeação dos candidatos aprovados em vagas para formação de cadastro de reserva nos últimos concursos públicos da Polícia Militar do Estado (PMGO). De acordo com o regulamento, os certames devem ter sido realizados e homologados em data anterior às seguintes situações:

  • I – Inclusão do Estado de Goiás no Regime de Recuperação Fiscal, disciplinado pela Lei Complementar federal n° 159, de 19 de maio de 2017;
  • II – Publicação de decreto de calamidade financeira ou similar.

Os profissionais só poderão preencher cargos vagos resultantes da exoneração, demissão, exclusão, aposentadoria e morte de servidores, desde que haja disponibilidade financeira.

Alego solicita 3.418 vagas para a Segurança

Três editais para a Segurança Pública do estado foram solicitados pela Alego em fevereiro. De acordo o deputado estadual Delegado Humberto Teófilo, foram pedidos certames para a Polícia Militar (PMGO), Polícia Civil (PCGO) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO). Ainda de acordo com o deputado, o Comando de Gestão de Finanças da PMGO se manifestou favorável à proposta.

Ao todo, foram solicitadas 3.418 vagas para as três corporações. Do número total, 2.000 para a PMGO (sendo 1.900 para o cargo de soldado QPPM 2ª Classe e 100 para cadete), 1.000 para o CBMGO (sendo 900 para o Quadro de Praças e 100 para o Quadro de Oficiais) e 418 para a PCGO (115 escrivães de polícia e 303 agentes de polícia).

Último concurso PMGO

O último concurso para a PMGO foi realizado em 2016, com 2.500 vagas de nível superior, divididas entre os cargos de soldado de terceira classe (2.420 vagas ) e cadete (80 vagas). Na ocasião, as remunerações iniciais foram de R$ 1.500 a R$ 5.401,43. A seleção contou com aplicação de prova objetiva e discursiva, teste de aptidão física, avaliação médica, exames psicológicos, avaliação de vida pregressa e investigação social.

Para ser soldado ou cadete, é preciso ter entre 18 e 30 anos de idade na data da inscrição. A altura mínima é de 1,65m (homens) e 1,60m (mulheres). Para ambos os cargos é necessário ter formação superior completa, sendo que o posto de cadete só pode ser ocupado por bacharel em direito.

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Goiás: 3.418 vagas são solicitadas para PC, PM e CBM

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Entorno, Goiás, segurança

Comando de Finanças da PM se demonstrou favorável ao pedido

 

Karolini Bandeira*- Atenção, goianos: três editais para a Segurança Pública do estado foram solicitados pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego)! De acordo com transmissão ao vivo, feita nas redes do deputado estadual Delegado Humberto Teófilo,nesta terça-feira (23/2), foram pedidos certames para a Polícia Militar (PMGO), Polícia Civil (PCGO) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO). Ainda de acordo com o deputado, o Comando de Gestão de Finanças da PMGO já se manifestou favorável à proposta.

Ao todo, foram solicitadas 3.418 vagas para as três corporações. Do número total, 2.000 para a PMGO (sendo 1.900 para o cargo de soldado QPPM 2ª Classe e 100 para cadete), 1.000 para o CBMGO (sendo 900 para o Quadro de Praças e 100 para o Quadro de Oficiais) e 418 para a PCGO (115 escrivães de polícia e 303 agentes de polícia).

 

Veja as publicações:

 

Últimos concursos

O último concurso para a PMGO foi realizado em 2016, com 2.500 vagas de nível superior, divididas entre os cargos de soldado de terceira classe (2.420 vagas ) e cadete (80 vagas). Na ocasião, as remunerações iniciais foram de R$ 1.500 a R$ 5.401,43. A seleção contou com aplicação de prova objetiva e discursiva, teste de aptidão física, avaliação médica, exames psicológicos, avaliação de vida pregressa e investigação social.

Para ser soldado ou cadete, é preciso ter entre 18 e 30 anos de idade na data da inscrição. A altura mínima é de 1,65m (homens) e 1,60m (mulheres). Para ambos os cargos é necessário ter formação superior completa, sendo que o posto de cadete só pode ser ocupado por bacharel em direito.

Já para a PCGO, o último concurso foi lançado em 2018. O edital abriu a oferta de 100 vagas para delegados de polícia, sendo cinco reservadas a pessoas com deficiência. A remuneração para o cargo é de R$ 19.242,52, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para ocupar o cargo, é preciso possuir nível superior completo em direito.

A última seleção do CBMGO também foi aberta em 2016. O concurso teve 290 vagas de nível superior distribuídas entre as carreiras de soldado terceira classe e cadete. A remuneração ofertada chegou a até R$ 5.401,43. Como avaliação, foram aplicadas provas objetivas e discursivas, além de teste de avaliação física, médica, análise da vida pregressa e investigação social. 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco