Ex-diretor comenta sobre possível adiamento de provas do concurso da PRF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, PRF, segurança

Karolini Bandeira*- O antigo diretor-executivo da Polícia Rodoviária Federal, José Lopes Hott, agora na Subchefia de Análise e Acompanhamento de Políticas Públicas da Casa Civil, voltou a falar sobre o adiamento das etapas do concurso público da corporação, decisão tomada devido ao aumento de casos de covid-19. Em vídeo postado nas redes sociais, Hott informou que a primeira etapa do certame, prova objetiva, segue prevista para 9 de maio, mas que não sabe se a data será mantida.

“Sei que boa parte de vocês seguem na dúvida se a prova acontece ou não acontece. Nós também ainda não sabemos. Eu não sei, mas quero ficar aqui com vocês, com o compromisso de, tão logo a gente tenha a decisão da gestão da PRF sobre a realização da prova no dia 9 ou no eventual adiamento, de a gente voltar a conversar aqui”, comunicou o ex-diretor e atual subchefe adjunto especial da Casa Civil.

O novo cronograma foi publicado pela banca Cebraspe em março. De acordo com o documento, na data provável de 30 de abril de 2021, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no site da banca edital com local e horário de realização da prova objetiva e da prova discursiva. Já as provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data provável de 9 de maio.

A partir de junho de 2021, serão realizadas as outras etapas do certame, como a matrícula para o curso de formação e a realização dos exames físico e psicológico. Por fim, a primeira convocação para o curso de formação está prevista para 15 e 16 de setembro de 2021. Saiba mais! 

O concurso

São 1.500 vagas para o cargo de policial rodoviário federal. O salário inicial de profissionais da PRF é de R$ 9.899,88, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. O Cebraspe é o organizador. As provas objetivas e discursivas, que compõem a primeira etapa do concurso, após serem adiadas, serão aplicadas provavelmente em 9 de maio. As provas objetivas serão compostas por três blocos.

A prova dissertativa será de até 30 linhas, valerá 20 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo. Vale ressaltar que o candidato terá 4 horas e 30 minutos para fazer ambas as avaliações, que serão aplicadas no mesmo dia. A segunda etapa do concurso é composta pelo Teste de Aptidão Física (TAF), que conta com cinco testes.

O concurso registrou  um total de 303 mil inscritos para 1.500 vagas. A relação foi divulgada pela corporação nas redes sociais. Desta forma, a seleção conta com uma concorrência de 202 candidatos por vaga. Saiba todos os detalhes sobre o certame aqui!

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

Concurso PRF: diretor-executivo comenta situação do cronograma de provas previsto para maio

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Coronavírus, PRF

José Hott pediu calma aos concurseiros que questionam possível adiamento dos exames e disse que, por enquanto, data seque prevista para 9 de maio

 

Karolini Bandeira*- Em transmissão ao vivo realizada nesta segunda-feira (05/4), o diretor-executivo da Polícia Rodoviária Federal, José Lopes Hott, voltou a falar sobre o adiamento das etapas do concurso da corporação, decisão tomada devido ao aumento de casos de covid-19. Em resposta aos internautas,  Hott pediu calma e informou que os exames seguem com aplicação prevista para 9 de maio.

“Não adianta achar, pessoal. A gente tem que trabalhar com informação a partir de dados concretos. O dado concreto hoje é que o cronograma está divulgado conforme o edital publicado. Provas dia 9 de maio, estamos chegando perto de 30 dias para a prova. A gente segue acompanhando o cenário”, informou.

O policial ainda falou que acredita na melhora e evolução do cenário com a vacinação da população. Veja a transmissão na íntegra! 

O novo cronograma foi publicado pela banca Cebraspe em março. De acordo com o documento, na data provável de 30 de abril de 2021, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no site da banca edital com local e horário de realização da prova objetiva e da prova discursiva. Já as provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data provável de 9 de maio.

A partir de junho de 2021, serão realizadas as outras etapas do certame, como a matrícula para o curso de formação e a realização dos exames físico e psicológico. Por fim, a primeira convocação para o curso de formação está prevista para 15 e 16 de setembro de 2021. Saiba mais! 

O concurso

São 1.500 vagas para o cargo de policial rodoviário federal. O salário inicial de profissionais da PRF é de R$ 9.899,88, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. O Cebraspe é o organizador. As provas objetivas e discursivas, que compõem a primeira etapa do concurso, após serem adiadas, serão aplicadas provavelmente em 9 de maio. As provas objetivas serão compostas por três blocos.

A prova dissertativa será de até 30 linhas, valerá 20 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo. Vale ressaltar que o candidato terá 4 horas e 30 minutos para fazer ambas as avaliações, que serão aplicadas no mesmo dia. A segunda etapa do concurso é composta pelo Teste de Aptidão Física (TAF), que conta com cinco testes.

O concurso registrou  um total de 303 mil inscritos para 1.500 vagas. A relação foi divulgada pela corporação nas redes sociais. Desta forma, a seleção conta com uma concorrência de 202 candidatos por vaga. Saiba todos os detalhes sobre o certame aqui!

Você sabia que a PRF reabriu inscrições para pessoas com deficiência? Confira! 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

Finalmente! Concurso PRF é autorizado pelo Ministério da Economia

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos Públicos, DOU, Governo federal, Ministério da Economia, Ministério da Justiça, Poder Executivo, Polícia Federal, PRF

Serão abertas 1.500 vagas para policiais. Edital de abertura deverá publicado em até seis meses

 

A espera acabou. Finalmente! Após meses aguardando a autorização oficial do próximo concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF), saiu no Diário Oficial da União (DOU), desta quinta-feira (24/12), que o Ministério da Economia autorizou a seleção. O quantitativo veio menos do que o esperado, serão abertas 1.500 vagas para policiais – cogitava-se 2 mil.

 

O edital do concurso da PRF, e também da Polícia Federal (PF), vem sendo especulado ao longo de todo o ano, com declarações de integrantes da própria corporação e do presidente Bolsonaro, o que aumentou ainda mais o clima de ansiedade entre os concurseiros do país.

 

Recentemente, o diretor executivo da corporação, José Hott, informou que o edital deve cumprir um cronograma que torne possível a realização de todas as fases da primeira etapa do concurso no primeiro semestre de 2021 e logo em sequência, no segundo semestre, seja realizado o curso de formação.

 

 

Leia também: PRF: policial consegue remoção somente após entrar com ação na Justiça 

Ex-loira do Tchan passa no concurso da PRF, posa com Bolsonaro, mas é alvo de comentários machistas

Primeiro colocado no curso de formação da PRF ganha privilégio inédito 

 

Polícia Federal

O próximo concurso público da Polícia Federal foi autorizado e também ofertará 1.500 vagas! A portaria que autoriza a realização do certame foi publicada em 9 de dezembro. De acordo com o documento, as vagas serão distribuídas entre os cargos de delegado (123), escrivão (400), papiloscopista (84) e agente (893). O edital de abertura deverá ser lançado até, no máximo, seis meses após a publicação da portaria. Ou seja, o certame deverá ser aberto até junho de 2021. Saiba mais aqui!