Senado se pronuncia sobre projeto básico de concurso que vazou na internet

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Senado Federal

Projeto trouxe informações como as etapas do concurso, as disciplinas da prova, taxas de inscrição e salários para os aprovados

Os concurseiros, cursinhos preparatórios e a mídia especializada em concursos públicos ficaram em polvorosa, na última quarta-feira (29/7), quando vazou na internet o suposto projeto básico do super aguardado concurso público do Senado Federal. Naquele dia, nós chegamos a publicar trechos do documento, que trazia etapas e disciplinas que seriam cobradas nas provas da seleção, mas alertamos nossos leitores de que não tínhamos conseguido contato com o Senado para confirmar a veracidade do documento.
.
A Casa, porém, acabou nos respondendo e confirmou que se trata, de fato, do projeto básico simplificado do concurso, que havia sido enviado à diversas organizadoras de concursos, para que estas apresentassem propostas de preços ao Senado Federal. Confira nota enviada ao Papo de Concurseiro
.
”A Assessoria de Imprensa do Senado Federal informa:
 
A Comissão Examinadora do Concurso Público do Senado Federal esclarece que o “Projeto Básico Simplificado”, que circula em sites de concursos públicos na Internet  foi enviado à diversas organizadoras de concursos, para que estas apresentassem propostas de preços ao Senado Federal. 
.
Ressaltamos, por tanto, tratar-se de um documento preliminar produzido para a finalidade mencionada e que apenas revela, em linhas gerais, o modelo de contratação pretendido, bem como os critérios de escolha da futura banca organizadora do certame e as informações indispensáveis para cotação de preços. 
.
O Projeto Básico original sofreu ajustes para melhor adequação técnica aos objetivos pretendidos. Assim sendo, o documento divulgado deve ser visto com cautela pelos interessados. A divulgação oficial das etapas, provas, conteúdo programático e outros aspectos do certame somente ocorrerá depois da aprovação final do projeto básico e da contratação da instituição organizadora, ainda não definidos. 

Atenciosamente, 
Assessoria de Imprensa do Senado Federal” 
.

O projeto básico do concurso do Senado

Em resumo, de acordo com o projeto básico do concurso do Senado Federal, a banca organizadora (a disputa está entre Cebraspe, Idecan e FGV) deverá ser escolhida por meio de dispensa de licitação. O órgão teria estimado que 67 mil candidatos se inscreveriam no concurso com 40 vagas para técnicos e analistas do Senado e a arrecadação das taxas chegaria a R$ 13,5 milhões. O documento ainda elenca as possíveis etapas do concurso e as disciplinas que serão cobradas nas provas, assim como as remunerações dos cargos autorizados e as respectivas taxas de inscrição.
.
Segundo o documento, as provas objetivas e discursivas serão realizadas nas capitais dos Estados e no Distrito Federal. As demais etapas serão realizadas exclusivamente no Distrito Federal, inclusive a prova discursiva para o cargo de advogado. Há ainda a determinação da posição de aprovados nas provas objetivas que terão as provas discursivas corrigidas, e as fases do TAF e prova prática, que serão fases exigidas para alguns cargos.

Enquete sincerona: Especialistas no concurso do Senado dão opinião sobre bancas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Senado Federal

Professores servidores do Legislativo federal avaliam Cebraspe, FGV e Idecan e dão notas de 0 a 5, para cada, de acordo com seu grau de dificuldade. Confira!

 

Enquanto a comissão do próximo concurso público do Senado Federal não se decide sobre qual será a banca organizadora da seleção, que ofertará 40 vagas com inacreditáveis salários iniciais de R$ 18 a R$ 32 mil, o Papo de Concurseiro resolveu fazer uma enquete sincerona com alguns especialistas no concurso da Casa! Os especialistas são do Direção Concursos e ainda servidores no próprio Senado, Câmara dos Deputados e Tribunal de Contas da União (TCU) – todos órgãos do Poder Legislativo federal. Abaixo você consegue ouvir a opinião deles sobre as três bancas que estão no páreo:  CebraspeIdecan FGV.

 

É só dar o play:

 

 

 

 

E para você, concurseiro, quais as notas você daria para cada um das bancas de acordo com sua preferência e nível de dificuldade, hein? Comente abaixo!

 

Concurso Senado Federal: faça simulado gratuito e comentado 

Saiba mais sobre o concurso do Senado aqui! 

O “novo normal” dos concursos: especialistas analisam cenário de provas e bancas se pronunciam sobre aplicações  

 

Comente ainda no FórumCW!