Concurso PCRN com 301 vagas a delegado, agente e escrivão pode sair a qualquer momento

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos

“As ações rumo à divulgação seguem caminhando com passos firmes”, assegurou a governadora do Estado

 

Karolini Bandeira*- Quem aguardava atualizações do concurso público da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PCRN), já pode se preparar! A governadora Fátima Bezerra deu ótimas notícias em seu Instagram nesta segunda-feira (16/11): o edital será lançado a qualquer momento!

 

O comunicado foi feito durante vídeo com participação da delegada-geral Ana Cláudia Saraiva. “A publicação pode acontecer a qualquer momento, continuem acompanhando em nossas redes sociais”, assegurou a governadora. Fátima Bezerra também ressaltou que “as ações rumo à divulgação seguem caminhando com passos firmes e toda a atenção necessária para que o certame ocorra com tranquilidade e fluidez, sem maiores entraves”.

 

Na publicação, a governadora e a delegada falaram sobre a importância do trabalho dos policiais civis, além de relembrarem a a lei, em vigor desde 1º de novembro, que reestrutura as carreiras de delegados, agentes e escrivães. Veja o vídeo aqui. 

O concurso

O certame contará com  cinco etapas. São elas:

I – a primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, compreenderá a avaliação de conhecimentos teóricos gerais e específicos, por meio de prova escrita objetiva, com base em matéria objeto do programa definido em
Edital, publicado no Diário Oficial do Estado;

II – a segunda etapa será constituída de prova escrita discursiva, com base em matéria objeto do programa constante do Edital referido no item anterior;

III – a terceira etapa será a avaliação física

IV – a quarta etapa consistirá no exame psicotécnico;

V – a quinta etapa consistirá na habilitação em curso de formação específico, promovido pela Academia de Polícia Civil ou órgão oficial congênere.

O concurso está em processo desde 2019 e terá a Fundação Getúlio Vargas (FGV) como banca organizadora. Serão ofertadas 301 vagas, sendo 47 para delegado, 230 para agente e 24 para escrivão. A principal exigência é possuir nível superior. Para concorrer a delegado, cargo com o maior salário, é necessário possuir graduação em Direito. A remuneração inicial varia de R$ 4.731,91 a R$ 16.670,59.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

 

Diretor-geral da PCDF comenta demora para liberar concursos de escrivão e agente

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, GDF, PCDF

“Batalhei muito para conseguir as autorizações,” afirma o delegado Robson Cândido

 

Karolini Bandeira*- O diretor-geral da Polícia Civil do DF (PCDF), delegado Robson Cândido, respondeu a algumas dúvidas de seus seguidores no Instagram sobre os concursos da corporação. Segundo comentário feito na última quinta-feira (5/11) pelo diretor, o concurso será sim realizado, a PCDF só aguarda a redução no contágio de coronavírus para isso. Confira:

 

 

 

Em outubro, Robson Cândido se pronunciou no Instagram garantiu que a instituição estava se esforçando para realizar os concursos: “Boa tarde, estamos trabalhando para realizarmos o mais breve possível as provas dos concursos de Agente e Escrivão da PCDF!! Continuem com os estudos”.

 

Dois concursos no aguardo

São dois os concursos públicos da PCDF com provas suspensas desde setembro: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal.

Saiba tudo sobre os concursos aqui! 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Provas do PCDF suspensas. E agora, o que fazer?

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, PCDF, suspensão

Érico Palazzo, professor de Direito Penal e delegado da PCDF, relembra que a seleção, adiada devido à covid-19, é uma oportunidade única e dá dicas aos concurseiros. Confira:

Os concursos públicos da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), para agente e escrivão, estão sendo muito aguardados por concurseiros. As seleções trazem a oportunidade perfeita: ao todo, 2.100 vagas oferecidas para um salário inicial que ultrapassa R$ 8 mil. Entretanto, a suspensão das provas objetivas e discursivas não deve ser motivo de desestimulação. Em uma entrevista ao Papo de Concurseiro, o professor de Direito Penal do Gran Cursos Online e delegado da PCDF, Érico Palazzo, deu dicas aos candidatos de como prosseguir neste momento:

“Primeiro, é bom ressaltar que as provas foram suspensas, mas não foram canceladas”, relembrou o delegado. Segundo Palazzo, a expectativa é que o exame prossiga em 2021. Desta forma, há mais tempo para os candidatos se prepararem: “Não é hora de se desesperar. Vários candidatos gostaram da decisão, principalmente por causa dos riscos da covid-19. Não é momento de desespero, e sim um momento de se manter a sobriedade e estudar”.

O delegado também ressaltou a importância de continuar focado: “É fundamental que o candidato se mantenha motivado durante esse período, estudando durante os meses que vão se seguir até a realização da prova”. As provas podem ter sido suspensas, mas isso não significa que o concurso deixará de acontecer. No momento, revisar conteúdos e estudar partes que faltaram é uma boa estratégia. “Não tem outro caminho a não ser estudar e persistir. É uma oportunidade única com uma remuneração de quase dez mil reais”, reafirma Palazzo.

Ainda segundo o delegado, a suspensão do exame devido à pandemia causada pelo coronavírus não foi uma grande surpresa para os candidatos: “Os alunos já sabiam dessa possibilidade, não foi surpresa para ninguém. Vai ter mais tempo para se preparar agora, então temos que enxergar uma possibilidade de estudar e se dedicar mais”.

Vantagens e desvantagens da suspensão

A boa notícia é que os candidatos terão mais tempo de estudo. Em contrapartida, a falta de previsões e um cronograma pode ser um fator desmotivador os participantes, segundo Érico: “Sem uma data da prova já designada, os candidatos terão que manter um bom ritmo de estudo para continuar estudando até uma nova data ser divulgada”.

Provas objetivas

Serão 120 questões (50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos) na prova objetiva. A prova discursiva valerá 30 pontos, consistidos em uma redação de texto dissertativo.

Cronograma

Sobre a atualização das datas, Érico Palazzo ressaltou que ainda não há previsão: “A PCDF e o Cebraspe irão aguardar a diminuição de contágio e mortes por coronavírus para estabelecerem um novo cronograma”. Porém, o delegado afirmou várias vezes que as provas serão aplicadas: “Existe uma incerteza sobre a data da prova, mas o concurso será realizado”.

Os concursos

A PCDF está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal.

 

TCDF determina retificação do edital de concurso para agente da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial

A PCDF tem 10 dias de prazo para inserir, no edital, um subitem contendo a data provável de divulgação da homologação do resultado final do concurso

 

O Plenário do Tribunal de Contas do Distrito Federal determinou que a Polícia Civil do DF (PCDF) retifique o edital que regula o concurso público para preenchimento de 600 vagas do cargo de agente de polícia. A decisão ocorreu na sessão ordinária desta quarta-feira (26/8).

A PCDF tem 10 dias de prazo para inserir, no edital, um subitem contendo a data provável de divulgação da homologação do resultado final do concurso, que deve ocorrer após o resultado final do terceiro grupo do Curso de Formação Profissional. A Polícia deve deixar claro que somente a partir daí começa a contagem do prazo de validade do certame.

Além disso, será necessário retificar ou excluir o subitem 8.5.8 do edital, para eliminar a menção à Lei/DF nº 5.769/2016, tendo em vista que essa Lei foi declarada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), na ADI 8970-7.

O prazo de 10 dias para as modificações conta a partir da notificação oficial.

 

PCDF retoma concurso para escrivão! Veja nova data das provas 

Concurso agente PCDF: Faça simulado de disciplina que está tirando sono dos concurseiros 

PCDF: Já está craque em contabilidade? Faça simulado gratuito e descubra 

 

 

 

*Informações do TCDF 

Delegado-geral altera regulamento de concursos públicos da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial

O Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta quarta-feira (13/5), trouxe uma nova portaria, assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil local (PCDF), Robson Cândido da Silva, alterando o regulamento dos concursos públicos para o provimento de cargos de agente de polícia, agente policial de custódia, escrivão de polícia, papiloscopista policial, perito criminal e perito médico-legista.

CNH

Agora, para concorrer aos postos, é preciso possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria B ou superior em plena validade.

 

Vagas para negros

Ficam reservadas aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos. Poderão concorrer às vagas reservadas a candidatos negros aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição no concurso público, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na hipótese de constatação de declaração falsa, o candidato será eliminado do concurso.

Os candidatos negros aprovados dentro do número de vagas oferecido para ampla concorrência não serão computados para efeito do preenchimento das vagas reservadas. Em caso de desistência de candidato negro aprovado em vaga reservada, a vaga será preenchida pelo candidato negro posteriormente classificado.

A nomeação dos candidatos aprovados respeitará os critérios de alternância e proporcionalidade, que consideram a relação entre o número de vagas total e o número de vagas reservadas a candidatos com deficiência e a candidatos negros.

 

Provas para deficientes e mulheres que amamentam

Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude de afastamento de candidato da sala de prova, salvo para os candidatos com deficiência que necessitarem de tempo adicional e para as candidatas mães que, fizerem uso do direito de amamentarem seus filhos de até seis meses de idade.

A prova da idade da criança será feita mediante declaração no ato de inscrição para o concurso e apresentação da respectiva certidão de nascimento durante sua realização. Deferida a solicitação, a mãe deverá, no dia da prova ou da etapa avaliatória, indicar uma pessoa acompanhante que será a responsável pela guarda da criança durante o período necessário.

A mãe terá o direito de proceder à amamentação a cada intervalo de duas horas, por até 30 minutos, por filho. Durante o período de amamentação, a mãe será acompanhada por fiscal, preferencialmente do sexo feminino. O tempo despendido na amamentação será compensado durante a realização da prova, em igual período.

A gravidez não dispensa a realização da prova física, que deve ser realizada no prazo máximo de 120 (cento e vinte) dias, após o parto ou o fim do período gestacional, sem prejuízo da participação nas demais fases do concurso.

Leia também -> 1.800 vagas para agentes: PCDF publica contrato com banca de concurso no Diário Oficial

Diretor-geral da PCDF faz live para explicar andamento de concursos para escrivão e agente

TAF

A prova de capacidade física, regulamentada por edital, consistirá nos seguintes testes:

  • teste de corrida de 12 minutos;
  • teste de barra fixa;III – teste de flexão abdominal;
  • teste de meio-sugado, exigido a critério da Escola Superior da PCDF;
  • teste de natação, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal;
  • corrida de ir e vir (Shuttle Run), exigido a critério da Escola Superior da PCDF.

Veja a portaria em sua íntegra aqui.

1.800 vagas para agentes: PCDF publica contrato com banca de concurso no Diário Oficial

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Distrito Federal, DODF, GDF

Saiu no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta sexta-feira (8/5), o extrato do contrato firmado entre a Polícia Civil (PCDF) e o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Segundo a publicação, o contrato tem por objeto a contratação de empresa especializada na prestação de serviços técnicos de organização e realização de concurso público, para o provimento de 600 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva de duas vezes o número de vagas para o cargo de agente de polícia.

O contrato foi assinado há dois dias e divulgado em uma live transmitida no perfil oficial do Instagram da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Na transmissão, Silverio Andrade, diretor de Administração-Geral da corporação, afirmou que a PCDF e o Cebraspe agora têm um prazo de aproximadamente 30 dias para que o edital de abertura fique pronto para publicação. Depois disso, serão 90 dias para a aplicação da primeira prova, ou seja, em meados de setembro. Saiba mais aqui.

Segundo o extrato de contrato, a cobertura dos custos com a realização do concurso, bem como do Curso de Formação Profissional, será feita mediante captação integral das taxas a serem cobradas dos candidatos no momento da inscrição, sem qualquer tipo de ônus para a PCDF. O contrato terá vigência de 48 meses.

 

 

Compartilhe a notícia no FórumCW!

PCDF assina contrato com banca; edital com 1.800 vagas para agentes deve sair em junho

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Distrito Federal, GDF

Em uma live transmitida no perfil oficial do Instagram da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o diretor-geral da corporação, delegado Robson Cândido, divulgou que o contrato com a banca Cebraspe foi assinado. O objetivo é a abertura do novo concurso público para agente de polícia, que ofertará 1.800 vagas.

Na transmissão, Silverio Andrade, diretor de Administração-Geral da corporação, afirmou que a PCDF e o Cebraspe agora têm um prazo de aproximadamente 30 dias para que o edital de abertura fique pronto para publicação. Depois disso, serão 90 dias para a aplicação da primeira prova, ou seja, em meados de setembro.

As autoridades disseram que ainda não há data para as provas do concurso já lançado para escrivão, que oferta 300 vagas. Saiba mais.

Diretor-geral da PCDF faz live para explicar andamento de concursos para escrivão e agente

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Distrito Federal, GDF

Nesta quarta-feira (29/4), o diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), delegado Robson Cândido, usou seu perfil pessoal no Instagram para comunicar aos candidatos dos concursos públicos de escrivão e de agente da corporação sobre o andamento dos certames.

Segundo o delegado – que estava ao lado Silverio Andrade, diretor de Administração-Geral da PCDF e responsável pela execução financeira e orçamentária da corporação, além de ser responsável pelos contratos com as bancas que realizam seus concursos públicos – o concurso para escrivão continuará assim que a pandemia de coronavírus for controlada.

Com relação ao concurso de agente, foi informado que o processo voltou da Procuradoria sem muitos reparos. A coisa tá pronta para efetivar a contratação com a banca, estamos trabalhando na minuta contratual, possivelmente na semana que vem estaremos aptos a firmar o contrato.”

Cabe agora ao Cebraspe receber a minuta, analisar o contrato e devolver para a assinatura. “Na semana que vem, se Deus quiser, estaremos assinando esse contrato para a execução do concurso público. Espero que todos estejam estudando, e que o mais breve possível estaremos com vocês aqui na nossa PCDF,” finalizou Cândido.

Já Andrade terminou dizendo que depois da assinatura, será elaborado o edital do concurso e após 90 dias da publicação do edital a prova será aplicada. Veja o vídeo completo aqui.

Clique aqui para saber mais sobre o concurso de escrivão e aqui para o concurso de agente.

 

Autorização do concurso da PCDF sai no Diário Oficial; prazo limite para o edital é março de 2020

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Distrito Federal, Poder Executivo, segurança

Após muita expectativa, a autorização para realização do concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi finalmente publicada no Diário Oficial local (DODF)! O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, disse que tinha pressa em assinar o edital, na sessão solene que anunciou o concurso, nesta quinta-feira (5/9), e a autorização veio um dia depois.

Assim, serão 1.800 vagas para agentes de polícia, sendo 600 imediatas e 1.200 para formação de cadastro reserva. O prazo limite para publicação do edital de abertura é de 180 dias, o que corresponde a março de 2020. Mas a expectativa é de que o regulamento saia antes.

Leia também: Ibaneis tem pressa e diz que deve assinar edital da PCDF nos próximos dias