Hífen: norte, sul e centro

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Norte-americano, norteamericano ou norte americano? Entre no cassino de Donald Trump e faça sua aposta. Escolheu a primeira opção? Acertou. Norte e sul pedem hífen na formação de adjetivos pátrios: norte-americano, norte-coreano, norte-rio-grandense, sul-americano, sul-coreano, sul-vietnamita, sul-asiático, sul-africano. Centro Entre os extremos, fica o meio. Como lidar com ele? Do mesmo jeitinho. Centro exige tracinho na formação de adjetivos: centro-americano, centro-asiático, centro-africano, centro-direita, centro-esquerda.  

Urna: etimologia e curiosidade

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Em época de eleição no norte e no sul, fala-se em ir às urnas. A palavra é tão familiar que, quando usada, dispensa explicações. Sabemos que é o recipiente onde se depositam (ou a máquina onde se digitam) os votos de uma eleição: O americano foi às urnas ontem. Os governantes têm de ouvir a voz das urnas. Esperamos o resultado das urnas. Nem sempre […]

Voto: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Foi dada a partida. A sorte está lançada. Candidatos suaram a camisa e gastaram sola de sapato com um único objetivo. Eleger-se. Pra chegar lá, precisam conquistar o eleitor e, com ele, o voto. O objeto de desejo tão cobiçado tem duas acepções e duas origens. A primeira veio do latim votum. Quer dizer promessa, desejo. O padre faz voto de castidade. Os noivos, voto de […]

Tio Sam: quem é?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Tio Sam personifica os Estados Unidos. De barbicha e bigode, trajada de casaca e calças listradas como a bandeira americana, a criatura nasceu lá por 1812. Dizem que a imagem é reprodução de uma figura de carne e osso. De quem? É aí que a porca torce o rabo. Certeza não há. Uns dizem que é Samuel Wilson, poderoso inspetor federal que tirava o sono […]

EUA: singular ou plural?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Os Estados Unidos foram às urnas. A disputa entre Biden e Trump incendeia a política. Pela primeira vez, um candidato pôs em xeque o sistema eleitoral americano. Se perder, o presidente ameaça recorrer à Suprema Corte. E daí? Enquanto a resposta não vem, vale a questão: por que a potência do planeta exige o verbo no plural? Porque, nos nomes próprios escritos no plural, o […]

4 epitáfios originais

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Aqui jaz Fernando Sabino, que nasceu homem e morreu menino.”  (Fernando Sabino) “Nada de monumento coberto de elogios. Meu epitáfio será meu nome, nada mais.” (Lord Byron) “Assassinado por imbecis de ambos os sexos.” (Nélson Rodrigues) “Aqui estão meus ossos à espera dos vossos.” (citado por Millôr Fernandes)

Epitáfio: origem curiosa

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Epitáfio? É a inscrição que aparece nas lápides. A palavra nasceu na Grécia. Deu uma voltinha em Roma. E chegou aqui. Tem duas partes. Uma: epi, que significa acima. A outra: táphos, que quer dizer túmulo. A propósito, Machado de Assis escreveu: “Gosto dos epitáfios; eles são, entre a gente civilizada, uma expressão daquele pio e secreto egoísmo que induz o homem a arrancar à […]