Erramos

Publicado em Deixe um comentárioErramos, Geral

  “Representantes do conselho de preservação denunciam à Unesco alterações no plano urbanístico de Lúcio Costa. Brasília, porém, ainda permanece fora da lista negra da instituição”, escrevemos na pág. 28. Viu o desperdício? Ainda indica continuidade. Permanece também. Juntas, as duas palavras representam enorme desperdício. Melhor economizar. Fiquemos com uma ou outra: Brasília, porém, permanece fora da lista negra da instituição. Brasília, porém, ainda está […]

Modismo

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  A coisa começou devagar. Ganhou adeptos. Cresceu. Como água morro abaixo e fogo morro acima, virou praga. A preposição em usurpou o lugar da companheira de. É um tal de blusa em seda pra lá, estátua em mármore pra lá, jóia em outro pracolá que se tem a impressão de que de morreu sem deixar herdeiros. Falso. Pra indicar o material de que alguma coisa é […]

Time invariável

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  A campanha eleitoral está nas ruas e no ar. Preste atenção aos discursos. Nove entre 10 candidatos têm especial apreço por locuções conjuntivas. Dizem a torto e a direito “de formas que”, de “maneiras que”. Os ouvidos dos eleitores reclamam. Os loucos por excelência não estão nem aí.   Os trios são locuções conjuntivas. Jogam no time das conjunções. Invariáveis, não aceitam o plural nem […]

Cada um entende o que quer

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Duas peruas se encontram. Uma olha pra outra. Num átimo, comparam-se. A mais escolada toma a frente. Comenta:   ­– Querida! Que blusa mais linda!   –­ É lã especial. Foram necessárias oito ovelhas para confeccioná-la. ­ — Que chique! Nem sabia que já tinham ensinado ovelhas a costurar.

Verbos incompletos

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Há verbos e verbos. Alguns são muito especiais. Defectivos, têm a marca da preguiça. Não se conjugam em todas as pessoas ou tempos. São, por isso, incompletos.   Por quê? Por muitas razões. Alguns, por eufonia. Não são agradáveis ao ouvido. Soam mal. Eu coloro”, do verbo colorir, está nesse grupo. “Eu abolo”, de abolir, também. Feios, não?   Outros perdem guerras. É o […]

Parecido não é igual

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  Dá? Dar? Está? Estar? A pronúncia se parece. Aí, não dá outra. Na hora de escrever, pinta a confusão. A saída? Ligar as antenas. E lembrar os macetes:   1. Use dar e estar quando o verbo:   1.1. forma locução verbal. No caso, vem acompanhado de outro verbo:   1.2. aparece em orações reduzidas de infinitivo. Vem, então, antecedido de  preposição: Trabalha para […]

Olha a distância

Publicado em Deixe um comentárioGeral

  A turma se preparava para o vestibular. Um grupo de dez jovens resolveu estudar um pouco mais que os colegas. Reunia-se todos os domingos na casa de um deles. O objetivo era tirar dúvidas sobre assuntos que pegavam a moçada pelo pé e roubavam preciosos pontinhos na prova. Um deles: a crase.   A dúvida do momento era a palavra distância. Mais precisamente: a […]