Argentina: etimologia e curiosidade

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O presidente argentino visita o Brasil. Não deu outra. O país que Mauricio Macri governa ganhou espaço em rádios, jornais, tevês e internet. Muitas notícias e uma curiosidade — a etimologia de Argentina. A história vem de longe, da mitologia romana. Argentarius era o deus que guardava as moedas de prata. Com o tempo, se tornou o deus do dinheiro. Na terra dos Césares, argentum […]

Bolsonaro e o eufemismo

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O presidente Bolsonaro acaba de baixar o decreto que libera a posse de arma. No pronunciamento, cumprimentou deputados da Bancada da Bala. São parlamentares que defendem o direito de o cidadão ter em casa revólver & cia. Mas Sua Excelência apelou para o eufemismo. Em vez de Bancada da Bala, chamou-a de Bancada da Legítima Defesa. Eufemismo é isto: adocicamento do termo. Em vez de […]

Chamar: regência

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Eta verbinho versátil! Chamar tem diferentes regências: 1. na acepção de mandar vir, é transitivo direto: chamar o médico, chamar o secretário, chamar Maria, chamar os filhos 2. na acepção de dar nome, é transitivo direto ou indireto: chamaram-no salvador ou chamaram-lhe salvador 3. na acepção de invocar, é transitivo indireto com preposição por: Chamou por Deus. Chamou pelo filho antes de desaparecer   Álvaro […]

Material: sem plural

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

As férias se aproximam do fim. A moçada curte os últimos dias. Os pais vão atrás de matrícula, uniforme, material escolar. Fica aqui uma dica: material significa conjunto de componentes. Por isso não deve ir para o plural em locuções como material de construção (não materiais de construção), material hospitalar, material dentário, material bélico, material escolar. E por aí vai.

Hífen e curiosidade: chave

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Na composição,  chave se escreve com hífen. Admitem-se dois plurais: peça-chave (peças-chaves, peças-chave), testemunha-chave (testemunhas-chaves, testemunhas-chave), palavra-chave (palavras-chaves, palavras-chave). Curiosidade Conhece a expressão a sete chaves? A história nasceu no século 12. Naquele, tempo, os reis de Portugal guardavam joias e documentos importantes da corte em um baú com quatro fechaduras. Cada  chave era distribuída a um alto funcionário do reino. As preciosidades ficavam tão […]

Caber: conjugação

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Eu cabo? Eu caibo? Cuidado com a conjugação do verbo caber. Ele é irregular: caibo, cabe, cabemos, cabem; coube, coube, coubemos, couberam; cabia, cabia, cabíamos, cabiam; coubesse, coubesse, coubéssemos, coubessem; couber, couber, coubermos, couberem; cabendo; cabido. Não caibo em mim de contente. E você? Espero que caiba.

Crase: nome de cidade

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“O avião seguiu rumo à Roma.” Ops! A crase sobra. Como saber? Basta descobrir se o nome da capital italiana pede ou não pede artigo. É fácil. Siga estes passos: 1. Construa uma frase com o verbo voltar: Voltei de Roma na semana passada. 2. Oriente-se por esta quadra: Se, ao voltar, volto da, Craseio o a. Se, ao voltar, volto de, Crasear pra quê? […]

Posar e pousar: diferença

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

No alvoroço da captura de Cesare Battisti, sites, blogues e jornais bobearam. Esqueceram-se de pormenor pra lá de importante. Uma letra faz senhora diferença. É o caso de posar e pousar. Muitos trocaram as bolas. Bobearam. A modelo posa para a foto. O avião pousa na pista do aeroporto. Ontem, dois aviões decolaram de lugares diferentes rumo ao mesmo destino. Uma aeronave brasileira e uma […]

Preso e prendido: quando usar

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Eta! Parece novela. Cesare Battisti passou 40 anos pra lá e pra cá. Cometeu crimes na Itália. Foi condenado a prisão perpétua. Fugiu. Morou na França. Com risco de voltar pra casa, caiu fora. Foi para o México. Depois, veio para o Brasil. Aqui, permaneceu por mais de 10 anos. Recebeu refúgio no governo Lula. No fim do ano passado, o cerco se fechou. Michel […]