GasolinaIra Foto: Rafaela Gonçalves/ CB.Press

Depois de pesarem a mão em reajuste, postos aliviam bolso dos consumidores com gasolina por R$ 3,899 no App

Publicado em Economia

Os postos de gasolina do Distrito Federal decidiram dar um alívio no bolso dos consumidores depois de pesarem a mão nos reajustes. Há estabelecimentos ofertando o litro do combustível por R$ 3,899 por meio do App. São R$ 0,20 a menos do que o observado no início da semana.

 

Para os motoristas, no entanto, não há motivo para comemoração, mas a recente redução dos preços da gasolina é bem-vinda. “No posto que costumo abastecer, o litro da gasolina estava R$ 4,259. Agora, caiu para R$ 4,099”, afirma Antonio Soares, 45 anos, servidor público.

 

Sílvio Santiago, 36 anos, motorista de aplicativo, diz que tem rodado muito pelo Distrito Federal e observou que a diminuição dos preços da gasolina é generalizada. “Em média, os preços nas bombas caíram entre R$ 0,20 e R$ 0,30”, afirma.

 

Santiago, no entanto, não acredita que essa aparente boa vontade dos postos vá perdurar por muito tempo, até porque a Petrobras tem anunciado aumentos seguidos da gasolina nas refinarias. E a tendência dos postos é de repassarem tudo aos consumidores.

 

Consumo da gasolina caiu nesta semana

 

O motorista de aplicativo acredita que, com a recente redução dos preços da gasolina nas bombas se deve à queda do consumo. “Como estamos na última semana do mês e muita gente está sem dinheiro, o consumo de gasolina caiu. Então, os preços mais baixos funcionam como chamativo”, ressalta.

 

Segundo os especialistas, quem está precisando encher o tanque do carro, que aproveite o bom momento, pois qualquer economia vale pena, sobretudo, nesses momentos de pandemia, que a grana anda curta. Eles entendem que gasolina acima de R$ 4 veio para ficar.

 

Gerentes de postos dizem que, depois de sofrerem muito com a pandemia do novo coronavírus, a determinação é recompor as margens de lucro sempre que possível. Isso significa dizer que as promoções serão mais esporádicas, sempre com o intuito de desovar estoques.

 

Brasília, 10h17min