CGU assina contrato com FGV e edital pode sair a qualquer momento

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

A expectativa é que o edital saia nas próximas semanas

O extrato de contrato entre a Controladoria Geral da União e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi publicado nesta sexta-feira (19/11) no Diário Oficial da União. Agora, com mais esse passo concluído no processo do concurso, o edital pode sair a qualquer momento. Conforme informado ao Papo de Concurseiro nesta semana, a CGU trabalha para ter a publicação do edital “o mais breve possível”.

O concurso da CGU é um dos mais aguardados do ano. O certame vai oferecer 375 vagas para auditores e técnicos. Desse total, 300 são para o cargo de nível superior de auditor federal de finanças e controle. As outras 75 são para técnico federal de finanças e controle (nível médio).

As provas serão aplicadas nas capitais da região norte, no Distrito Federal, em São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e em Recife (PE). Os candidatos poderão concorrer a qualquer localidade com vaga — sem a necessidade de fazer a prova na respectiva região de lotação. “Ex: Posso fazer prova para o Acre em Brasília e vice-versa”, explicou Rosário nas redes sociais

Desde o início dos trâmites para o concurso, o ministro Wagner Rosário interagiu com os concurseiros no twitter e deixou claro que o edital não demoraria para sair.

Provas da CGU não serão aplicadas em todas as cidades do norte, conforme ministro havia informado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal

Karolini Bandeira*- As provas do concurso público da Controladoria-Geral da União (CGU) não serão realizadas em todas as cidades da região norte, conforme o ministro Wagner Rosário havia afirmado nas redes no último dia 19. Em resposta ao Papo de Concurseiro, o órgão corrigiu Rosário e informou que, na verdade, os exames serão aplicados nas capitais da região. A etapa também será feita no Distrito Federal, em São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e em Recife (PE).

A previsão, segundo o ministro, é de edital na segunda quinzena de novembro e provas em fevereiro. “Estamos trabalhando para novembro. Espero que dê certo. Um conselho importante: prova em fevereiro. O resto é resto. Segure a ansiedade e estude. O que faz passar é estudar a matéria.”

A autorização é para 375 vagas de auditores e técnicos. Do quantitativo aprovado, 300 vagas são para o cargo de nível superior de auditor federal de finanças e controle. As outras 75 são para técnico federal de finanças e controle, de nível médio.

O cargo de técnico exige formação em nível médio e oferece salário inicial de R$ 7.283,31. Já para auditores, é necessário curso superior e a remuneração é de R$ 19.197,06. Confira aqui a autorização!

 

*Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader

Provas da CGU serão aplicadas em todas as regiões, confirma ministro

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal

Karolini Bandeira*- O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, voltou a falar sobre o concurso do órgão nas redes. Desta vez, em resposta a internautas. Rosário confirmou que as provas do certame serão aplicadas em todas as regiões do país.  Além do Distrito Federal, os exames serão realizados em todas as cidades do norte e em uma cidade do sul, sudeste e nordeste. Ainda de acordo com o ministro, os candidatos poderão concorrer a qualquer localidade com vaga — sem a necessidade de fazer a prova na respectiva região de lotação. “Ex: Posso fazer prova para o Acre em Brasília e vice-versa”, explicou.

No último sábado (16/10), Rosário informou, nas redes, que a intenção do órgão é publicar o edital de abertura na segunda quinzena de novembro. Já as provas, segundo ele, serão aplicadas em fevereiro? “Estamos trabalhando para novembro. Espero que dê certo. Um conselho importante: prova em fevereiro. O resto é resto. Segure a ansiedade e estude. O que faz passar é estudar a matéria.”

Auditores irão atuar no Distrito Federal

Também em resposta a internautas, Wagner Rosário informou que os candidatos aprovados no certame serão lotados em Brasília-DF. “Teremos vagas de auditor-direito para todas as capitais do Norte ou só Brasília, ministro?”, perguntou um concurseiro ao ministro, que esclareceu: “PREZADO Tales, as áreas específicas, como a de conhecimentos jurídicos, serão centralizadas em Bsb.”

Mais de 300 vagas

A autorização é para 375 vagas de auditores e técnicos. Ao Papo de Concurseiro, o órgão adiantou que já deu início aos procedimentos para realização do certame e está realizando esforços para que o edital seja lançado ainda neste ano. O cargo de técnico exige formação em nível médio e oferece salário inicial de R$ 7.283,31. Já para auditores, é necessário curso superior e a remuneração é de R$ 19.197,06.

Do quantitativo aprovado, 300 vagas são para o cargo de nível superior de auditor federal de finanças e controle. As outras 75 são para técnico federal de finanças e controle, de nível médio. Confira aqui a autorização!

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Roberto Fonseca

Concurso CGU está previsto para 2ª quinzena de novembro, diz ministro

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, Governo federal

São mais de 300 vagas para Brasília

Karolini Bandeira*- O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, que já havia dado informações sobre o concurso público previsto para o órgão, afirmou, nas redes, que a intenção é publicar o edital de abertura na segunda quinzena de novembro. “É o plano”, publicou Rosário no último sábado (16/10).

Em resposta a um concurseiro em setembro, o ministro afirmou que as provas serão aplicadas em fevereiro. Na ocasião, Rosário já havia comentado sobre a possibilidade de edital em novembro. “Estamos trabalhando para novembro. Espero que dê certo. Um conselho importante: prova em fevereiro. O resto é resto. Segure a ansiedade e estude. O que faz passar é estudar a matéria.”

Profissionais irão atuar no Distrito Federal

Também em resposta a internautas, Wagner Rosário informou que os candidatos aprovados no certame serão lotados em Brasília-DF. “Teremos vagas de auditor-direito para todas as capitais do Norte ou só Brasília, ministro?”, perguntou um concurseiro ao ministro, que esclareceu: “PREZADO Tales, as áreas específicas, como a de conhecimentos jurídicos, serão centralizadas em Bsb.”

Redução do prazo entre edital e provas

O Ministério da Economia autorizou a redução do prazo entre o edital de abertura e os exames do concurso da CGU para dois meses. A informação foi publicada no Diário Oficial da União em agosto. Veja:

“Autorizar a redução, para dois meses, do prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital do concurso público e a realização da primeira prova no certame, autorizado pela Portaria SEDGG/ME nº 8.949, de 26 de julho de 2021, para provimento de 375 (trezentos e setenta e cinco) cargos do quadro de pessoal da Controladoria-Geral da União.”

Mais de 300 vagas

A autorização é para 375 vagas de auditores e técnicos. Ao Papo de Concurseiro, o órgão adiantou que já deu início aos procedimentos para realização do certame e está realizando esforços para que o edital seja lançado ainda neste ano. O cargo de técnico exige formação em nível médio e oferece salário inicial de R$ 7.283,31. Já para auditores, é necessário curso superior e a remuneração é de R$ 19.197,06.

Do quantitativo aprovado, 300 vagas são para o cargo de nível superior de auditor federal de finanças e controle. As outras 75 são para técnico federal de finanças e controle, de nível médio. Confira aqui a autorização!

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader

Concurso da CGU será publicado ainda em 2021, diz ministro

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Governo federal

Foram autorizadas 375 vagas para cargos de nível médio e superior

Karolini Bandeira*- O próximo concurso público da Controladoria-Geral da União (CGU), autorizado pelo Ministério da Economia nesta terça-feira (27/7), terá edital publicado ainda este ano! A informação é do ministro do órgão Wagner Rosário, em resposta a internautas nas redes sociais.

O aval, publicado no DOU, é para 375 vagas para auditores e técnicos. Do quantitativo aprovado, 300 vagas são para o cargo de nível superior de auditor federal de finanças e controle. As outras 75 são para técnico federal de finanças e controle, de nível médio. Confira aqui a autorização!

Recentemente, o ministro Wagner Rosário afirmou, em entrevista dada à TV Brasil, que o concurso deve sair ano que vem com o objetivo de recuperar um pouco dos servidores. “Temos um corpo técnico bastante qualificado, servidores extremamente preparados. Temos aí perto de 1.900 servidores, é um número pequeno para a realidade brasileira. Graças a Deus ano que vem vamos ter um concurso para tentar recuperar um pouco da quantidade de servidores”, confirmou o ministro.

São mais de seis anos sem concurso. No último certame, aberto em 2014, foram oferecidas 50 vagas para analistas de finanças e controle. Mais de 19 mil candidatos se inscreveram. De acordo com o documento, a remuneração para o posto atingia R$ 12.960,77. A Esaf contabilizou uma concorrência média de 79 pessoas por cada chance. A área que mais recebeu inscrições foi a administrativa (5.848). Saiba todos os detalhes do concurso!

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

 

CGU terá concurso em 2022, afirma ministro Wagner Rosário

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal

Karolini Bandeira*- Em entrevista dada à TV Brasil, o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, se demonstrou favorável à abertura de um novo concurso público para a CGU. De acordo com Rosário, o certame deverá acontecer no próximo ano, dependendo apenas do aval da Economia para os estudos terem início.

“Temos um corpo técnico bastante qualificado, servidores extremamente preparados. Temos aí perto de 1.900 servidores, é um número pequeno para a realidade brasileira. Graças a Deus ano que vem vamos ter um concurso para tentar recuperar um pouco da quantidade de servidores”, confirmou o ministro.

Confira o trecho!

CGU encaminha pedido com mais de 300 vagas à Economia

Em maio deste ano, a CGU confirmou, ao Papo de Concurseiro, que encaminhou ao Ministério da Economia solicitação para aval de concurso público com 375 vagas efetivas, sendo 300 para auditores federais de finanças e controle e as outras 75 para técnicos federais de finanças e controle.

O quantitativo já havia sido indicado pelo  ministro da CGU, Wagner Rosário, em entrevista. ”Se Deus quiser, eu tive reunião essa semana com o ministro Paulo Guedes, nós vamos estar abrindo concurso ano que vem para 300 auditores e 75 técnicos”, informou o ministro à Jovem Pan.

O último concurso da CGU foi realizado em 2012 e atualmente há 3.129 cargos vagos no órgão. Do total de vagas desocupadas, há 1.718 cargos vagos de técnico federal de finanças e controle (TFFC) e 1.411 cargos vagos de auditor federal de finanças e controle (AFFC).

Mais de seis anos sem concurso

A CGU realizou em 2014 um concurso público que ofereceu 250 vagas para analistas de finanças e controle.  Mais de 19 mil candidatos se inscreveram. De acordo com o documento, a remuneração para o posto atingia cifra de R$ 12.960,77. A Esaf contabilizou uma concorrência média de 79 pessoas por cada chance. A área que mais recebeu inscrições foi a administrativa (5.848).

Para participar da seleção, foi necessário possuir nível superior completo em curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Há chances nas áreas administrativa, de correição, comunicação social, auditoria e fiscalização, tecnologia da informação e prevenção e auditoria.

Os servidores foram lotados no órgão central, no Distrito Federal, e nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima. Veja o edital.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer