Imagem: Cecília Bastos/USP
Imagem: Cecília Bastos/USP

Secretaria de Educação de Santa Catarina anuncia concurso para contratação de mil novos profissionais

Publicado em Concursos

Do CorreioWeb – O governador Raimundo Colombo e o secretário de educação, Eduardo Deschamps anunciaram que o governo realizará um novo concurso público para contratação de 1.000 novos profissionais de educação. Os alunos da rede pública estadual retornam às aulas na próxima segunda (31), o semestre começa com 40.675 professores atuando na rede estadual, dando aula para 518.916 estudantes.

Serão 1.000 novas oportunidades, sendo 600 vgaas para o cargo de professor efetivo e 400 para cargos administrativos, como assistentes educacionais, administradores e supervisores escolares. “É um investimento necessário para qualificar cada vez mais a educação no nosso estado, que já tem ótimos resultados. Foi realizado um grande esforço financeiro para isso, porque a área da educação é essencial para desenvolver a sociedade plenamente”, afirmou Colombo.

As inscrições serão realizadas entre 14 de agosto e 12 de setembro, com prova em outubro e convocação ainda em dezembro deste ano. A validade do concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

O último concurso ofereceu 2 mil vagas, mas foram chamados cerca de 5 mil professores. Os candidatos foram submetidos a uma prova objetiva e de títulos. Todas as vagas eram para candidatos de nível superior, para dar aula no ensino fundamental e médio, com remuneração de R$ 1.490,40, além de vale-alimentação e regência de classe. “O novo concurso é uma grande conquista, resultado de muito esforço e de muita responsabilidade com o equilíbrio das contas da secretaria e de todo o governo”, declarou o governador.

Investimentos em infraestrutura

Além da contratação de novos profissionais, o governador também anunciou que serão feitas melhorias na infraestrutura, que somam mais de R$ 350 milhões pelo programa de Pacto pela Educação. O secretário de educação, Deschamps, destacou que 15 escolas já foram inauguradas no primeiro semestre, outras oito serão inauguradas na próxima semana e mais 28 até dezembro deste ano.

  • Lucho

    Essa ajuda de custo como salário? Deviam valorizar mais os professores. Uma pena, porque os jovens não tem a ambição de trabalhar e de seguir na carreira do magistério. Quem é professor, policial ou exerce alguns cargos na área da saúde, o faz por dedicação, pois não é bem remunerado, é sobrecarregado de serviço, além de faltar tudo. Sinceramente, é melhor ficar na iniciativa privada.