Ceilândia covid-19
Ceilândia covid-19 Minervino Junior/CB/D.A.Press Ceilândia covid-19

GDF não descarta lockdown em regiões mais impactadas pela covid-19

Publicado em GDF, Notícias

O avanço no número de casos e mortes da covid-19 em algumas regiões administrativas, como Ceilândia, Pôr-do-Sol, Samambaia e Estrutural, preocupa a equipe do Governo do Distrito Federal. A possibilidade de fechamento total dessas áreas — lockdown — não está descartada, apesar da medida ser considerada uma alternativa para casos extremos pelo Executivo.

No entanto, qualquer decisão só deve ser tomada a partir da análise dos dados desta semana.

A avaliação do GDF é de que os casos aumentaram muito nessas regiões administrativas e de que parte significativa da população não cumpre as regras estabelecidas pelo governo para flexibilização das atividades comerciais, como o uso de máscaras, e as recomendações da Secretaria de Saúde.

No domingo, uma força-tarefa do governo fez ações nessas quatro regiões com distribuição de máscaras, desinfecção de locais e fiscalização.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) publicou um vídeo, também no domingo, em que faz um apelo para que a população fique em casa sempre que possível e siga as recomendações contra a covid-19. Ele citou essas regiões como locais que preocupavam.

Ibaneis também fez um alerta aos comerciantes ao dizer que a reabertura das atividades deve ser feita com responsabilidade para evitar decisões mais drásticas.

Um relatório da Universidade de Brasília com análise dos dados até a última sexta (29/5) indicava relação indireta entre os decretos que afrouxaram as regras de isolamento e o aumento do número de óbitos no DF.

Ao comentar o estudo, o epidemiologista da UnB Jonas Brant afirmou que as projeções indicam que o lockdown pode ser necessário no Distrito Federal como um todo pela tendência de aumento de casos.