Saúde do RS vai abrir concurso público com mais de 900 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Saúde

Karolini Bandeira*- A Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS) vai abrir um novo concurso público. O órgão já definiu, em dispensa de licitação, a banca organizadora do certame que vai oferecer 948 vagas imediatas. De acordo com a publicação,  a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurg) foi a escolhida.

Veja!

O certame foi autorizado pelo Governo do Estado em janeiro deste ano e a comissão organizadora já foi formada. Das vagas, 750 oportunidades serão para especialistas (de nível superior) e 198 para técnicos (de nível técnico).

De acordo com o governo, a ocupação dos cargos em vacância no quadro de servidores da SES é importante para a qualidade das ações e serviços executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, as aposentadorias previstas para este ano resulta em vacâncias que chegam a 1.069 cargos.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

Ceasa do Rio Grande do Sul deve lançar concurso público em breve

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Banca já disponibilizou a página de acompanhamento do certame

Karolini Bandeira*- Tudo indica que o edital de abertura do concurso público da Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS) deve sair em breve! A banca organizadora da seleção, Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec), anunciou o certame e a página de acompanhamento foi criada no portal.

A comissão organizadora já foi formada e é composta por cinco servidores. Confira aqui os nomes!

O concurso contará com dez vagas distribuídas entre cargos de nível médio e nível superior, com salário inicial de até R$4.379. A distribuição das vagas também foi divulgada: serão oito para analistas (dois administradores, dois advogados, um contador, um engenheiro agrônomo, um engenheiro civil e um tecnólogo em Segurança Pública) e dois para agentes técnicos (um técnico em contabilidade e um em informática).

PGE/RS com inscrições abertas

No Rio Grande do Sul, as inscrições já estão abertas para a Procuradoria Geral! O certame irá selecionar sete profissionais para o cargo de procurador, com salário inicial de R$ 20.353,06. Como pré-requisito, os participantes devem ter ensino superior completo em direito.

Os interessados poderão se inscrever pelo site da banca Fundatec até 6 de outubro, com taxa de participação no valor de R$ 323. A avaliação será composta por provas objetivas, escritas e definitivas. Saiba os detalhes.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes.

PGE-RS contrata banca de concurso com 109 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Era a última fase que faltava para a publicação do edital

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) está iminente! A última etapa precedente à publicação do edital, o processo de escolha de banca organizadora, foi finalizado nesta sexta-feira (27/8). Conforme contrato publicado no Diário Oficial do Estado, o certame ficará sob a responsabilidade da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec).

Foram autorizadas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31). Segundo as informações dadas, atualmente, a carreira de procurador do Estado tem 348 cargos e, deste número, 329 estão sendo ocupados. Há 19 cargos vagos devido a exonerações e aposentadorias.

Regulamento para procuradores publicado

São 19 vagas para a função de procurador. Conforme o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados à candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O certame contará com três etapas de provas eliminatórias e classificatórias. As provas objetivas irão cobrar questões sobre língua portuguesa e conhecimentos jurídicos, as provas escritas serão compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual) e, por fim, as provas definitivas terão quatro exames orais e um de sustentação oral. Além das avaliações, os inscritos passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Segundo o regulamento publicado, a validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer 

Brigada Militar do RS define membros de comissão organizadora do certame

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

O concurso para provimento dos cargos iniciais das carreiras de níveis superior e médio da Brigada Militar do Rio Grande do Sul avançou em mais uma etapa! O Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (6/8) traz os nomes dos membros da comissão do certame. 

De acordo com o documento, o grupo será responsável por elaborar a minuta do Edital de Abertura do Concurso e aditamentos, bem como indicar os critérios de avaliação das provas e composição de bancas e avaliadores, além de outras funções. 

A comissão será composta por Carlos Eduardo Silva Dorneles (administrativo); Letícia Dall’igna (ensino);  Andressa Prestes Stolz (saúde); Reginaldo Luciano Silveira (Logística e Patrimônio); e Marcelo Fraga Carpes (informática). 

Apesar da publicação, não há confirmação de quais serão os cargos a serem ofertados e a quantidade de vagas disponíveis. 

Publicado regulamento para procuradores do próximo concurso da PGE/RS

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) pode estar próximo! O órgão publicou, no Diário Oficial desta quarta-feira (14/7), o regulamento básico do certame para o cargo de procurador. O próximo passo é oficializar a banca organizadora para que o edital seja divulgado.

Estão autorizadas 109 vagas para carreiras de níveis médio e superior, sendo 19 para a função de procurador. Conforme o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados à candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O certame contará com três etapas de provas eliminatórias e classificatórias. As provas objetivas irão cobrar questões sobre língua portuguesa e conhecimentos jurídicos, as provas escritas serão compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual) e, por fim, as provas definitivas terão quatro exames orais e um de sustentação oral. Além das avaliações, os inscritos passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Ainda segundo o regulamento, a validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

O concurso

Foram autorizadas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31). Segundo as informações dadas, atualmente, a carreira de procurador do Estado tem 348 cargos e, deste número, 329 estão sendo ocupados. Há 19 cargos vagos devido a exonerações e aposentadorias.

O concurso contará com duas equipes organizadoras, sendo uma para carreira de procurador e outra para o quadro de pessoal dos serviços auxiliares. Os membros, inclusive, já foram definidos! Confira!

Último concurso

O último concurso público da PGE/RS foi realizado em 2014, com 73 oportunidades entre nível médio e nível superior. Foi aplicada uma prova objetiva obrigatória para todos os cargos, além de prova discursiva para candidatos de nível superior. O salário inicial oferecido na ocasião foi de R$ 2.685,79 e R$ 5.960,40, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. Já o cargo de procurador recebe, de salário básico, R$ 18.460,82. Saiba mais!

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Projeto que institui Polícia Penal no RS é pauta da reunião na Assembleia Legislativa do Estado

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul discutiu, em reunião da presidência na última quarta-feira (9/6), sobre a proposta de emenda à Constituição  (PEC) 291/2021  que trata sobre compor  a força de segurança local com servidores chamados em concurso público e com a incorporação de agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). O encontro foi solicitado pelo vereador de Torres Igor Beretta (MDB), que acompanhou a agenda.
Na ocasião, o presidente do Legislativo, deputado Gabriel Souza (MDB), recebeu em seu gabinete o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado do Rio Grande do Sul (Amapergs), Saulo Felipe Basso dos Santos, e outros membros da entidade para debaterem o tema.
O Governo do Estado protocolou a proposta na Casa na última segunda-feira (7). Pelo texto da PEC, a Polícia Penal do Rio Grande do Sul será formada por funcionários que desempenham funções de vigilância, custódia e segurança de presos e instituições penais.

Os servidores que desempenham atividades administrativas serão classificados como pessoal de apoio e de assistência à execução penal. “Uma proposta que busca valorizar os servidores da área e aperfeiçoar o sistema prisional gaúcho é importante e deve ser apreciada pelos parlamentares”, destacou o presidente Gabriel.

Com informações da Assembleia Legislativa do RS.

Projeto que suspende prazo de validade de concursos públicos no RS é protocolado

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Coronavírus, servidores públicos, suspensão

Karolini Bandeira*- O projeto de lei que suspende o prazo de validade dos concursos públicos do Rio Grande do Sul durante o período de calamidade pública, devido à pandemia, foi protocolado e recebido nesta terça-feira (1/06) pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Gabriel Souza (MDB).

Segundo a Assembleia, o texto, texto, entregue pelo secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior e por deputados, foi autorizado para seguir os trâmites do Legislativo. Enviado em regime de urgência, o projeto irá trancar a pauta de votações daqui a 30 dias.

A proposta abrange todos os concursos públicos estaduais já homologados, bem como os da administração direta ou indireta. O projeto não impede a convocação dos aprovados nos certames, nem a realização de suas demais etapas. “A suspensão beneficia os aprovados em concursos que tiveram suas convocações paralisadas em razão das restrições impostas pela pandemia de covid-19”, disse o presidente da Assembleia.

Um dos deputados que propôs o texto, Neri (Solidariedade) explica que a proposta também visa a economia em novos concursos e valoriza a dedicação dos candidatos aprovados que aguardam a nomeação. “Por isso a importância de suspender o prazo de validade dos concursos no período da pandemia. É nítido também que os órgão públicos necessitam de mais efetivos em seus quadros para atender a nossa população. Este projeto é importante também para manter a motivação dos futuros servidores e de todos aqueles que desejam trabalhar em prol de todos os gaúchos”, destacou o parlamentar.

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Com banca contratada, TJRS altera comissão organizadora de próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Tribunal de Justiça

Karolini Bandeira*- O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS) alterou, na última segunda-feira (5/4), a comissão organizadora responsável pelo próximo concurso público para analistas e técnicos. Os novos membros da equipe foram oficializados em Portaria publicada no Diário da Justiça Eletrônico. São eles:

  • Maria Cláudia Mércio Cachapuz
  • Eliane Garcia Nogueira
  • Antonio Braz da Silva Neto
  • Giovani Lino
  • Alan Gabriel Tedesco
  • Clairton Buligon

O Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBGP) foi a banca escolhida para organizar o certame, que será destinado aos cargos de analista – engenheiro civil, desenhista e técnico em informática. Segundo súmula publicada no Diário da Justiça Eletrônico em outubro de 2020, a taxa de participação será de R$ 76 para engenheiro civil e R$ 42 para desenhista e técnico em informática. As remunerações dos cargos variam de R$ 4.712,55 a R$ 7.352,93.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Novo concurso DPE/RS tem banca organizadora e número de vagas confirmados

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Defensoria Pública

Karolini Bandeira*- É oficial! A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) realizará um novo concurso público com dez vagas para defensores! A quantidade de vagas foi confirmada em extrato de contratação publicado no Diário Eletrônico da Defensoria nesta quarta-feira (24/3). O documento também oficializa o Cebraspe como banca organizadora do certame.

Para ser defensor, é necessário possuir ensino superior em direito e experiência mínima de três anos em atividade jurídica.  O último concurso da DPE/RS foi aberto em 2018, com 50 vagas imediatas para a carreira de defensor púbico do estado. A remuneração inicial para o cargo é de R$ 22.213,43. O concurso foi organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

Os candidatos passaram por cinco etapas de avaliação:

Primeira fase:
 prova com questões objetivas e de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;

Segunda fase:
 provas escritas, com questões discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;

Terceira fase: sindicância da vida pregressa do candidato; exames de sanidade física, psiquiátrica e aptidão psicológica para o exercício do cargo; entrevista, de caráter eliminatório; e provas orais, de caráter eliminatório e classificatório;

Quarta fase: prova de tribuna, de caráter eliminatório e classificatório;

Quinta fase: prova de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva contou com 100 questões sobre as disciplinas de língua portuguesa, direito constitucional, direito civil, direito processual civil, direito do consumidor, direito penal, direito processual penal, criminologia, direito das execuções penais, direito da criança e do adolescente, direito tributário, direito administrativo, direitos humanos, direito institucional. Saiba mais! 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

Rio Grande do Sul: comissão formada para concurso da Educação com 1.500 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, educação

Karolini Bandeira*- Oba! Foi publicada, no Diário Oficial do Rio Grande do Sul desta terça-feira (23/3), a Portaria nº 47/2021, que oficializa os membros que deverão compor a comissão organizadora do próximo concurso da Secretaria da Educação (Seduc/RS), autorizado pelo governador Eduardo Leite para 1.500 vagas para professores.

A equipe é formada por 12 servidores, sendo sete titulares e cinco suplentes. São eles:

Titulares

  • Cleusa Maria Pereira da Silva Flesch
  • Alexandre Zanatta Batista
  • Itanajara Risther da Silveira Silva
  • Mireila Brasil Boulanger
  • Rodrigo Allegretti Venzon
  • Renata Hoher de Oliveira
  • Rejane Maria Holz

Suplentes

  • Lisane Gayger Klein
  • Mario Daniel de Souza Pinto
  • Mirian Bulsing
  • Wellington Cardoso Moraes
  • Adriana Zacharias Mangan

Atualmente, a Seduc/RS tem elevado número de aposentadorias, com 3.463 publicadas em 2019 e 559 publicadas em 2020. Outras 2 mil aguardam análise e publicação, sendo necessária a substituição do quadro para o atendimento às 2.384 unidades escolares. O último concurso para professores foi em 2013, tendo sido nomeados até 2017 um total de 9.469. Na Educação, o governador ainda informou que há cerca de 19.980 professores em contrato temporário.

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer