PGE-RS contrata banca de concurso com 109 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Era a última fase que faltava para a publicação do edital

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) está iminente! A última etapa precedente à publicação do edital, o processo de escolha de banca organizadora, foi finalizado nesta sexta-feira (27/8). Conforme contrato publicado no Diário Oficial do Estado, o certame ficará sob a responsabilidade da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec).

Foram autorizadas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31). Segundo as informações dadas, atualmente, a carreira de procurador do Estado tem 348 cargos e, deste número, 329 estão sendo ocupados. Há 19 cargos vagos devido a exonerações e aposentadorias.

Regulamento para procuradores publicado

São 19 vagas para a função de procurador. Conforme o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados à candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O certame contará com três etapas de provas eliminatórias e classificatórias. As provas objetivas irão cobrar questões sobre língua portuguesa e conhecimentos jurídicos, as provas escritas serão compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual) e, por fim, as provas definitivas terão quatro exames orais e um de sustentação oral. Além das avaliações, os inscritos passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Segundo o regulamento publicado, a validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer 

Procuradoria-Geral do Amazonas confirma dois novos concursos públicos

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- A Procuradoria-Geral do Amazonas (PGEAM) teve dois novos concursos confirmados em resolução publicada no Diário Oficial do Estado. De acordo com a publicação assinada pelo procurador-geral do Estado, Giordano Bruno, um dos certames é para procuradores e outro para servidores do quadro de apoio.

Ainda segundo o documento, a comissão organizadora que ficará responsável pelo trâmites iniciais dos editais já foi definida. O grupo é composto por três membros. São eles:

  • Carlos Alexandre de Matos (presidente)
  • Eugênio Augusto Carvalho (secretário)
  • Renan Taketomi de Magalhães (membro)

Outras informações ainda não foram divulgadas.

Último concurso ofereceu R$ 20 mil

O último concurso da PGEAM, realizado em 2016, ofertou oito vagas imediatas e formação de cadastro de reserva para procuradores. Os ganhos iniciais, na época, foram de R$ 20.322,30. A seleção, organizada pela Cespe, foi composta por três etapas avaliativas.

Candidatos passaram pelas etapas de prova objetiva, prova discursiva e prova de títulos. Os exames objetivos continham 150 questões sobre a área de direito e suas especialidades. As fases foram aplicadas em Manaus.

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Procuradoria-Geral do Pará é autorizada a abrir concurso público de nível superior

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

A Procuradoria Geral do Estado do Pará informou que um novo concurso público está previsto. A informação foi confirmada pela secretária de Planejamento e Administração do Pará, Hana Ghassan, por meio das redes sociais.

“Um dos mais difíceis e cobiçados de cargas na área do Direito, o concurso para o ingresso na carreira de Procurador Geral do Estado, foi autorizado pelo Governador Helder Barbalho. #boraestudar”, disse a chefe da pasta.

O governador Helder Barbalho já autorizou o certame para procuradores e agora a expectativa é seja publicada a portaria no Diário Oficial.

O último concurso da PGE do Pará foi em 2015 e contou com 20 vagas.

Mais chances para o Pará

A comissão organizadora do próximo concurso da Secretaria de Planejamento e Administração do Estado do Pará (Seplad PA) foi definida! Os nomes dos membros do grupo foram divulgados em uma portaria publicada nesta quinta-feira (28/7) no Diário Oficial do Estado.

O grupo, composto por Maria Cristina Roma de Jesus – presidente; Edmar Silva Pereira Filho; Odilene Fernandes da Conceição Santos; e Paula Franssinetti Gonçalves Campello, deve iniciar os trabalhos relativos à organização e acompanhamento de todas as etapas do certame.

A próxima etapa agora é a publicação do edital. Segundo o órgão, a expectativa é a de que ele seja lançado ainda este ano. Isso porque o contrato com a banca organizadora já foi assinado. A empresa escolhida foi o Centro de Extensão, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cetap). Apesar disso, ainda não se sabe a quantidade exata de vagas que serão abertas.

 

Publicado regulamento para procuradores do próximo concurso da PGE/RS

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso público da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE/RS) pode estar próximo! O órgão publicou, no Diário Oficial desta quarta-feira (14/7), o regulamento básico do certame para o cargo de procurador. O próximo passo é oficializar a banca organizadora para que o edital seja divulgado.

Estão autorizadas 109 vagas para carreiras de níveis médio e superior, sendo 19 para a função de procurador. Conforme o regulamento, para concorrer à carreira será necessário ser brasileiro, ter bacharel em Direito, estar no gozo dos direitos políticos e quite com o serviço militar e não registrar antecedentes criminais. Do quantitativo total de vagas, 10% serão destinados à candidatos com deficiência, enquanto outros 16% serão reservados às pessoas negras.

O certame contará com três etapas de provas eliminatórias e classificatórias. As provas objetivas irão cobrar questões sobre língua portuguesa e conhecimentos jurídicos, as provas escritas serão compostas por seis exames dissertativos e um de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual) e, por fim, as provas definitivas terão quatro exames orais e um de sustentação oral. Além das avaliações, os inscritos passarão por análise de títulos e sindicância sobre a vida pregressa.

Ainda segundo o regulamento, a validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

O concurso

Foram autorizadas 109 vagas de nível médio e superior para os cargos de procurador (19), analista (59) e técnico administrativo em informática (31). Segundo as informações dadas, atualmente, a carreira de procurador do Estado tem 348 cargos e, deste número, 329 estão sendo ocupados. Há 19 cargos vagos devido a exonerações e aposentadorias.

O concurso contará com duas equipes organizadoras, sendo uma para carreira de procurador e outra para o quadro de pessoal dos serviços auxiliares. Os membros, inclusive, já foram definidos! Confira!

Último concurso

O último concurso público da PGE/RS foi realizado em 2014, com 73 oportunidades entre nível médio e nível superior. Foi aplicada uma prova objetiva obrigatória para todos os cargos, além de prova discursiva para candidatos de nível superior. O salário inicial oferecido na ocasião foi de R$ 2.685,79 e R$ 5.960,40, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. Já o cargo de procurador recebe, de salário básico, R$ 18.460,82. Saiba mais!

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Regulamento de concurso para procuradores em Rondônia é publicado; inicial de R$ 11,7 mil

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

A PGE/RO irá ofertar vagas imediatas e formação de cadastro reserva

Karolini Bandeira*- O edital de abertura do próximo concurso para procuradores substitutos da Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE/RO) está próximo de ser publicado! O órgão publicou, no Diário Oficial, o regulamento básico do certame. O próximo passo é oficializar a banca organizadora para que o edital seja divulgado.

De acordo com o regulamento, serão ofertadas cinco vagas imediatas para o cargo, além de formação de cadastro de reserva. Os inscritos deverão possuir ensino superior em direito, inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil e experiência profissional mínima de dois anos em atividade jurídica. Os contratados irão receber salário inicial no valor de R$11.724,12. Com o tempo de trabalho, o valor pode subir para R$24.117,62.

O regulamento também confirma que os candidatos passarão por prova objetiva, prova escrita (teórica e prática), entrevista e exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos. As provas objetivas serão constituídas por 100 questões sobre conhecimentos gerais de história e geografia de Rondônia e direito em diversas subáreas.

Dez anos sem concurso

último certame para procuradores substitutos da PGE/RO foi aberto em 2011 e ofereceu 15 oportunidades para a função. Do número total de vagas disponíveis, 10% estavam reservadas aos portadores de necessidades especiais. O concurso foi composto por quatro fases avaliativas, constituídas por teste escrito objetivo, prova escrita subjetiva, prova oral e prova de títulos. O certame foi regido pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

 

Concurso da PGEAL tem comissão alterada; edital pode sair em junho

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- Prestes a ter o edital de abertura publicado, o concurso público da Procuradoria Geral do Estado de Alagoas (PGEAL) teve comissão organizadora alterada. Conforme publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (17/6), a modificação foi na presidência da equipe.

Agora, o cargo é assumido pela procuradora Vanessa Oiticica de Paiva Tenório Guimarães, membro do Conselho Superior do órgão. Além da representante, o grupo é formado por outros cinco profissionais. São eles:  Sérgio Henrique Tenório de Sousa Bonfim, Alysson Paulo Melo de Souza, Luís Fernando Demartine Souza e Helder Gonçalves Lima.

O edital está em fase final e, segundo já informado pela Secretaria de Planejamento, Gestão e Patrimônio do Estado (Seplag AL), poderá ser publicado no fim de junho.

O concurso será organizado pelo Cebraspe e contará com 15 vagas destinadas ao cargo de Procurador do Estado, que tem como pré-requisito nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O último edital não cobrou experiência profissional em atividades jurídicas. O salário inicial da carreira é de R$ 30.404,42.

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Cebraspe á oficializado como banca de dois novos concursos em Alagoas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- Atenção, concurseiros: o Cebraspe foi oficializado como banca organizadora de dois novos concursos públicos previstos em Alagoas! De acordo com dispensas de licitação publicadas no Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (31/05), a empresa foi a contratada para organizar os certames da Procuradoria Geral (PGEAL) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz AL).

Conforme autorizado, concurso da Sefaz AL contará com 35 vagas. A autorização foi divulgada no Diário Oficial de Alagoas e, de acordo com o governador Renan Filho, serão 25 vagas para auditores fiscais e 10 vagas para auditor de finanças e arrecadação. O secretário da Fazenda, George Santoro, informou, também, que os auditores serão lotados prioritariamente na capital do Estado e o edital será o mesmo do último concurso  — sem nenhuma regra alterada. As matérias e conteúdos cobrados também serão as mesmas, apenas com algumas alterações pontuais de legislação atualizada.

Já o concurso da PGE contará com 15 vagas destinadas ao cargo de Procurador do Estado, que tem como pré-requisito nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O último edital não cobrou experiência profissional em atividades jurídicas.

Cebraspe foi definido como banca de outros seis editais

Em abril, o Cebraspe foi divulgado como empresa escolhida para organizar cinco concursos públicos em Alagoas. A decisão foi divulgada por meio do Despacho 1418/2021 da Seplag, publicado no Diário Oficial do Estado. Segundo a publicação, a empresa ficará responsável pelos editais da Polícia Militar (PMAL), Polícia Civil (PCAL), Corpo de Bombeiros Militar (CBMAL), Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris AL), Secretaria de Educação (Seduc AL) e Secretaria de Estado de Saúde (Sesau/AL).

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Concurso com mais de 30 vagas da PGE/PA tem banca definida

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- Foi divulgada, nesta quarta-feira (19/05), a empresa responsável pelo próximo concurso público da Procuradoria-Geral do Estado do Pará (PGE/PA). Conforme publicado no Diário Oficial do Estado, a Fundação Cetap foi a banca escolhida! A previsão é de que o edital ofereça 36 vagas imediatas, sendo 24 chances de nível superior e 12 de nível médio.

O último concurso do órgão foi realizado em 2006. Organizado pelo Cebraspe, o certame contou com 124 vagas distribuídas entre os níveis fundamental, médio e superior. As provas objetivas contaram com 40 questões sobre conhecimentos básicos e específicos do cargo escolhido. Confira os detalhes!

Governo do Pará se compromete a realizar 19 concursos em 2021

Em janeiro, o Governo do Pará se comprometeu a realizar nada menos do que 19 concursos públicos para mais de 15 órgãos da administração direta e indireta este ano. Por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), o governo ressaltou o “compromisso com o plano de melhorias na prestação de serviços e o aumento do quadro de servidores públicos”. O governo informou, também, que todos os concursos previstos para 2021 vão ofertar vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior. Conforme anunciado, estão previstos certames para:

  • Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad)
  • Junta Comercial do Pará (Jucepa)
  • Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap)
  • Procuradoria-Geral do Estado (PGE)
  • Auditoria-Geral do Estado (AGE)
  • Corpo de Bombeiros Militar (CBM)
  • Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa)
  • Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV)
  • Hospital Ophir Loyola (HOL)
  • Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa)
  • Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas)
  • Instituto de Metrologia (Imetropará)
  • Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev)
  • Secretaria de Estado da Fazenda do Pará (Sefa)
  • Fundação Santa Casa (FSCMPA)
  • Polícia Civil (área administrativa)
  • Polícia Civil (área finalística)
  • Polícia Militar
  • Detran

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

Governador do Ceará confirma aval para concursos da PGE e Semace

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Karolini Bandeira*- Nesta quinta-feira (6/05), o governador do Ceará, Camilo Santana, tornou a falar sobre os concursos públicos previstos para o Estado. Desta vez, Camilo anunciou que os próximo concursos da Procuradoria-Geral do Estado (PGE/CE) e da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) foram autorizados por ele!

“Também já autorizei o concurso, que já está em elaboração, para a Procuradoria Geral do Estado […] Semace e PGE são concursos já autorizados por mim”, afirmou o governador.

Mesmo com a confirmação do governador, os certames da PGE e da Semace ainda precisam de um aval oficial para serem realizados.

Ceará volta a permitir aplicação presencial de provas

Um novo decreto que torna a autorizar a aplicação das etapas de provas presenciais de concursos públicos foi publicado no Diário Oficial do Ceará no último sábado (1°). O decreto nº 34.058 mantém as medidas de biossegurança impostas pelo Estado para controlar o contágio de covid-19, mas libera a realização de provas presenciais de concursos e seleções. A decisão foi sancionada pelo governador do Ceará, Camilo Santana e entrou em vigor na data de publicação.

 

 

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer

PGE/MS vai abrir concurso público e divulga regulamento que antecipa detalhes

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Karolini Bandeira*- Atenção, concurseiros do centro-oeste! O novo concurso público da Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (PGE/MS) para procuradores, autorizado pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja, em agosto de 2020, teve regulamento publicado nesta sexta-feira (30/4)! A publicação, feita no Diário Oficial do Estado, oficializa as etapas da seleção.

Segundo o documento, os candidatos irão passar por seis fases: prova objetiva, prova escrita (teórica e prática), prova oral, prova de títulos, investigação social e exames de saúde física e mental.

A comissão responsável pelo planejamento do concurso foi estabelecida em 14 de abril. A equipe é formada por oito membros — quatro da comissão organizadora e quatro da comissão de apoio. Confira os nomes!

Além de ter sido autorizado pelo governador, a realização do certame está prevista na LOA 2021 do Estado e no Plano Plurianual 2020-2023 (PPA).

Segundo publicação no portal oficial da Aprems, o novo concurso não irá delimitar um total de vagas e formará cadastro de reserva. Apesar da confirmação, ainda não há informações de quando o edital de abertura será lançado.

Para exercer o cargo de procurador-geral, é necessário possuir ensino superior completo em direito, registro geral como advogado na OAB do Mato Grosso do Sul e dois anos anos de prática de atividades jurídicas.

Último concurso

O último certame, de 2016, contou com dez vagas imediatas, sendo três vagas destinadas a candidatos autodeclarados negros e uma destinada à pessoas com deficiência. O valor do salário base era de R$ 23.845,67 — remuneração esta que deve se manter igual ou superior, levando em conta que a última seleção foi há poucos anos.

O concurso conteve quatro fases:

  • Prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório
  • Provas escritas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório
  • Análise de títulos, de caráter classificatório

As avaliações cobraram conteúdos de direito constitucional, direito da seguridade social, direito administrativo, direito civil e empresarial, direito processual civil, direito tributário, direito do trabalho, direito processual do trabalho e direito ambiental.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob a supervisão de Mariana Niederauer