Após 30 anos, concurso para a Assembleia Legislativa de Rondônia é autorizado

Publicado em 1 ComentárioPoder Legislativo

Do CorreioWeb – Foi aprovado o Projeto de Resolução que autoriza a realização de concurso público na Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE/RO). Ainda não foi definido o número de vagas e os cargos, mas o site do órgão está fazendo um levantamento para ajudar na escolha, para que os atuais servidores analisem a defasagem de seu setor.

O quadro de pessoal está com uma grande discrepância. O último concurso aconteceu em 1986, então quase a totalidade dos servidores estatutários estão completando o tempo de serviço e requerendo suas aposentadorias, ou seja, a seleção é urgente.

O deputado Maurão de Carvalho (PMDB/RO) afirma que, ao realizar o certame, o órgão estará dando oportunidades para as novas gerações, possibilitando-as de fazer parte do novo quadro de servidores da casa. “Estamos contribuindo significativamente para a vida e os sonhos de tantos jovens que estão se preparando para concorrer a uma oportunidade de emprego”, afirma Maurão.

O Ministério Público fez também uma recomendação ao órgão para realização urgente do concurso, pela necessidade de reoxigenar seu quadro de pessoal.

Veja mais: Secretaria de Rondônia escolhe banca para concurso; salário de até R$ 25,3 mil

Assembleia Legislativa do Tocantins vai abrir 91 vagas

Publicado em 4 ComentáriosSem categoria

Do CorreioWeb – A Assembleia Legislativa do Tocantins vai realizar novo concurso público para o provimento de 91 vagas e cadastro de reserva em breve. As chances serão para os cargos de assistente legislativo especializado, auxiliar legislativo, procurador jurídico, assistente legislativo e consultor legislativo. Poderão disputar as oportunidades candidatos de todos os níveis de escolaridade. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, os salários são a partir de R$ 3 mil, mas ainda não há data para a publicação do edital.

Última seleção
O último concurso da instituição foi realizado em 2005, para consultor legislativo (superior), assistente legislativo e assistente legislativo especializado (médio), auxiliar legislativo e auxiliar legislativo especializado (fundamental).

As remunerações ofertadas variavam de R$ 360 a R$ 1.660 – na época, o salário mínimo vigente tinha o valor de R$ 300. As oportunidades eram divididas por perfis como os de manutenção e conservação, fotografia, locução, programação de computadores, jornalismo, assistência social e contabilidade.