O trhiller de estreia de Paulo Scott reeditado e revisado

Renato Parada/Divulgação
Publicado em Deixe um comentárioliteratura policial, Sem categoria

Há uma simplicidade na estrutura narrativa de Voláteis da qual Paulo Scott se orgulha bastante. Publicado em 2005, o primeiro romance do escritor gaúcho envelheceu bem e ganhou nova roupagem em reedição da Alfaguara e revisão do autor. Scott trocou nomes de alguns personagens e reformulou a descrição de algumas expressões que hoje, aos 55 anos, ele diz compreender melhor. 

Novo livro de Bernardo Carvalho imagina o mundo pós-pandemia

Publicado em Deixe um comentárioabsurdo, apocalipse, democracia, distopia, drama, internet, lançamento, leitura, literatura, livro, pandemia, quarentena, romance, Sem categoria

O último gozo do mundo começou a tomar forma como uma novela curta feita sob encomenda. O escritor Bernardo Carvalho estava em casa, isolado por causa da pandemia, e topou a encomenda de um produtor de cinema para escrever uma história que se passasse logo após a quarentena. O combinado era o produtor pagar uma quantia mensal em troca do trabalho do autor. O contrato não seguiu adiante, mas o livro, sim. O romance que chega às livrarias pela Companhia das Letras é descrito como uma distopia, mas é tão próximo da realidade atual que pode ser lido como uma visão catastrófica para o que nos espera após a pandemia, caso ela acabe. 

A casa e as incertezas da pandemia na poesia de José Luís Peixoto

Publicado em Deixe um comentárioliteratura, pandemia, poesia, quarentena, Sem categoria, viagens

A pandemia tem colocado em causa muitas certezas e o escritor português José Luís Peixoto anda pensando sobre isso. Além de levá-lo para um estado de fragilidade e medo, o mesmo que acometeu o mundo, o caos gerado pelo novo coronavírus também levou Peixoto de volta à poesia. Regresso a casa é um livrinho de poemas nascido da pandemia, gestado durante a primeira quarentena em Portugal e repleto de reflexões sobre o ser humano, o pertencimento, a individualidade, a convivência e a percepção do outro.

Patricio Pron, literatura e passado: uma mescla latino-americana

Publicado em Deixe um comentáriohistória, leitura, literatura, livro, política, real, romance, Sem categoria, violência, vítimas

Convidado para falar na 4ª Bienal Brasil do Livro de da Leitura, Pron sobe ao palco do auditório Cora Coralina nesta sexta (24/08), às 19h, para a mesa O passado literário, ao lado do colombiano Juan Gabriel Vasquez. O impacto da história na literatura latino-americana é tema que aparece na obra dos dois autores e rende discussão com reflexos na produção contemporânea.

Ladainha, novo livro de Bruna Beber, é cheio de sutilezas

foto da poeta Bruna Beber
Publicado em Deixe um comentárioliteratura, livro, poesia

Sabe aquela poesia cheia de oralidade, cheia de imagens que evocam o tempo, os cheiros, os lugares, os gostos, tudo isso inserido em momentinhos do cotidiano que podem ser muito concretos ou simplesmente abstrações do pensamento? Então, é mais ou menos para um mundo assim que a poesia de Bruna Beber carrega o leitor em Ladainha, novo livro de poesia […]