Apagão e blecaute: etimologia

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O Amapá sofreu apagão ou blecaute? São duas nacionalidades. Apagão é espanhola. Blecaute, inglesa. Ambas dizem a mesma coisa e fazem os mesmos estragos. Apagam a luz, descongelam o freezer, deixam os noveleiros a ver navios. Valha-nos, Deus! Mega O apagão foi tão sério que a imprensa o chama de mega-apagão.  Assim, com tracinho. Mega obedece à regra dos prefixos. Pede o hífen em duas […]

Empatia é isto

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Empatia A comunicação pode romper ou fortalecer vínculos. O cooperativismo joga no segundo time. Por isso, nas entrelinhas, é preciso estar explícito o valor das relações. Ponha-se no lugar do outro sem julgamentos. A escuta respeitosa tem requisitos: abertura e vontade real de compreender o que é indispensável para todos conviverem, produzirem e inovarem juntos no cotidiano e nos processos estabelecidos de trabalho. Trata-se de […]

A turma do pega bem: cinco diquinhas úteis

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Que tal entrar na turma do pega bem? Pega bem dar bom-dia ao entrar no elevador. Pega bem pedir desculpas ao perturbar alguém. Pega bem usar o cinto de segurança. Pega bem respeitar a faixa de pedestres. Pega bem, sobretudo, reverenciar a língua. Dois mandamentos A internet revolucionou a leitura e a escrita. É tal a avalanche de informação que ser lido tornou-se o luxo […]

Que ou quê? Teste

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Acento e pronúncia formam par inseparável. Agudo e circunflexo só caem sobre a sílaba tônica. Em dissílabos, trissílabos e polissílabos, descobrir a fortona é fácil como passar criança pra trás na fila. Com os monossílabos, porém, a história muda de enredo. Os pequeninos obedecem às mesmas regras das oxítonas. Acentuam-se os terminados em a, e e o seguidos ou não de s: está (dá), estás […]

Pronúncia, belezas e mesas: gratuito & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Carla é linda. Loura, olhos azuis, peso de manequim, pernas longas, andar ondulado como as ondas do mar. Ela tem um sonho. Quer fazer televisão. Qualidades não lhe faltam. Submeteu-se a teste na CNN. Fotogênica, ultrapassou o primeiro obstáculo. Depois, veio a prova de locução. O texto era simples, mas cheio de ciladas. Numa, ela caiu como sereia: — A entrada é gratuita. A bela […]

Por que, por quê, porque ou porquê? Depende.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Lucas Matos é leitor atento do jornal. Presta atenção às notícias e à forma como são contadas. Outro dia, escreveu um desabafo: “O blogue falou mais de uma vez sobre o emprego dos porquês. Mas repórteres nem sempre leem as lições. Até o chargista se descuida”. Que tal um repeteco?” Leitor manda, não pede. Lá vai. 4 caras Por que? Por quê? Porque? Porquê? É […]

Hino da Bandeira tim-tim por tim-tim

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Viva! Hoje é Dia da Bandeira. O pendão da esperança tremula no ar. O símbolo nacional nasceu em 1889, pouco depois da Proclamação da República. A obra não se deve a um só homem.  Vários brasileiros ajudaram na tarefa. Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos se encarregaram do projeto. Décio Valadares, da arte. Desenhou o retângulo verde, o losango amarelo, o círculo azul e a […]