Prejuízo: acento por quê?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Casamento é bom? Muita gente gosta. Junta os trapinhos e compartilha alegrias, tristezas, sucessos, fracassos. Mas, como repetia Nelson Rodrigues, a unanimidade é burra. Há os que rejeitam a união desde sempre. E há os que se arrependem no caminho. O jeito? Um vai pra lá; o outro, pra cá. É o caso de prejuízo. A duplinha ui forma ditongo. Inseparáveis, as duas letras se […]

Temer sucedeu Dilma ou sucedeu a Dilma?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A regência do verbo suceder dá nó nos miolos de falantes e escritores. Temer sucedeu Dilma? Sucedeu a Dilma? As duas formas aparecem a torto e a direito. Mas a norma culta tem preferência. Morre de amores pela preposição a. Na acepção de substituir, vir depois, o objeto indireto é pra lá de bem-vindo. Assim: Temer sucedeu a Dilma. A noite sucede ao dia. Ninguém […]

Doar & cia.: conjugação

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Falta sangue nos hemocentros. Campanhas para incentivar a doação invadem as redes sociais. A moçada quer fazer o bem sem olhar a quem. Pra fazer bonito, deu uma espiadinha na conjugação do verbo doar. Descobriu que o dissílabo joga no time de voar, perdoar, abençoar & cia. No presente do indicativo, a equipe dá nó nos miolos. A razão: a reforma ortográfica cassou o acento […]

Maria Clara Machado: dica para escrever

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Numas férias arrumei um namorado em Vitória, o mais lindo e cobiçado da turma. Durante todo o ano foi uma troca de cartas esperadíssimas — e minha palavra tinha que ser suficientemente sedutora para fazer com que aquele garoto me esquecesse e suspirasse pela minha volta. Alguém quer melhor motivação para a escrita? No ano seguinte, outros gatos, em outros cenários, faziam parte do grêmio […]

Bem-vindo, Benvindo

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Bem-vindo se escreve com hífen. É com o tracinho que deve aparecer nas placas das cidades: Bem-vindo a João Pessoa. Bem-vindo ao Recife. Bem-vindo a Brasília. De vez em quando, o vocábulo vem juntinho. Aí tem outro significado. Benvindo é nome de gente. Não tem nada com mensagem de boas-vindas: Bem-vindo, Benvindo.

Fim ou final? Cada macaco no seu galho

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

 “O fim chegou ao fim?”, perguntam leitores atentos. E explicam: “Parece que a palavra morreu e foi muito bem enterrada. No lugar da falecida, só dá final. Preste atenção. Na sexta-feira, deseja-se bom final de semana. Contado o último voto, o locutor anuncia que chegou o final da apuração. O juiz apita depois de 90 minutos de jogo. É o final da partida. E por […]