ANM é autorizada a realizar concurso com 40 vagas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Governo federal

Karolini Bandeira*- A Agência Nacional de Mineração (ANM) foi autorizada a abrir novo concurso público! O aval foi publicado no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (19/07) e permite o preenchimento de 40 vagas na função de especialista em recursos minerais, de nível superior.

De acordo com a publicação, o edital de abertura deverá ser divulgado em até seis meses a partir da data da autorização, ou seja, até janeiro de 2022.

Para a nomeação dos candidatos aprovados serão analisados as seguintes condições:

  • Existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público;
  • Autorização, em anexo próprio, da Lei Orçamentária Anual (LOA) e a observação das restrições impostas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO); e
  • Declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira.

Último concurso ANM foi há mais de dez anos

último concurso público do Departamento Nacional de Produção Mineral (DPM) foi realizado há 11 anos, em 2009. O certame ficou sob a organização da banca organizadora Instituto Movens. Foram oferecidas 256 vagas com oportunidade nos níveis médio e superior. A seleção contou com prova objetiva e prova discursiva.

Aos profissionais admitidos, foi oferecido salário de até R$ 5.209, além de gratificações. Os admitidos foram lotados nas unidades regionais e na sede do DPNM.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

ANM solicita novos editais de concursos públicos com vagas efetivas

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos, Governo federal

Karolini Bandeira*- A Agência Nacional de Mineração (ANM) confirmou ter encaminhado à Economia pedido de autorização para realizar dois concursos públicos para servidores efetivos. Ainda segundo o órgão, um dos pedidos, que solicita 40 vagas para o cargo de segurança de barragens, já está sendo analisado pelo ministério. A outra solicitação, para 150 vagas na carreira de especialista, ainda não começou a ser analisada.

Atualmente, a Agência está com processo seletivo em andamento para profissionais temporários. A seleção conta com 40 vagas para técnicos de segurança de barragens, que exige nível superior. O salário é de R$ 8.300, para 35 horas de trabalho semanal. Os inscritos passarão por prova objetiva, discursiva e de títulos e os contratados serão lotados em Belo Horizonte-MG , Belém-PA, Cuiabá-MT, São Paulo-SP e Distrito Federal-DF. Saiba mais!

Último concurso ANM foi há mais de dez anos

último concurso público do Departamento Nacional de Produção Mineral (DPM) foi realizado há 11 anos, em 2009. O certame ficou sob a organização da banca organizadora Instituto Movens. Foram oferecidas 256 vagas com oportunidade nos níveis médio e superior. A seleção contou com prova objetiva e prova discursiva.

Aos profissionais admitidos, foi oferecido salário de até R$ 5.209, além de gratificações. A atuação dos cargos tiverem lotação nas unidades regionais e na sede do DPNM.

 

 

 

 

 

*Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Agência Nacional de Mineração define banca organizadora do próximo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Governo federal

Karolini Bandeira*– Previsto para o início de 2021, o próximo concurso público da Agência Nacional de Mineração (ANM), terá o Cebraspe como banca organizadora. O contrato foi assinado e publicado em uma dispensa de publicação nesta quarta-feira (23/12). De acordo com a autorização, divulgada em novembro, a banca tem até seis meses para publicar o edital de abertura — ou seja, até maio de 2021.

 

O concurso ofertará 40 vagas temporárias para o cargo de técnico em segurança de barragens de mineração. A função exige ensino superior em uma das seguintes áreas: geologia, engenharia geológica, engenharia de minas, engenharia civil, engenharia ambiental e engenharia florestal. Os candidatos passarão por uma prova objetiva e uma prova de títulos.

 

Os profissionais contratados receberão remuneração no valor de R$ 8.300, por um contrato com duração de quatro anos. A contratação poderá ser prorrogada, ainda, por mais um ano. Os contratados serão lotados em Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Mato Grosso, Bahia, Pará e Santa Catarina.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Edital federal: Agência Nacional de Mineração é autorizada a abrir seleção pelo Ministério da Economia

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Ministério da Economia

Ainda segundo a portaria, o prazo para a publicação do edital é de até seis meses após autorizado

 

Karolini Bandeira*- Pela portaria publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (24/11), o Ministério da Economia autorizou a realização de um novo processo seletivo para a Agência Nacional de Mineração (ANM). De acordo com o documento, o certame deverá oferecer 40 vagas de caráter temporário para o cargo de técnico em segurança de barragens de mineração.

 

Ainda segundo a portaria, o prazo para a publicação do edital é de até seis meses após autorizado. A remuneração dos profissionais ainda será definida pela ANM.

 

Último concurso ANM foi há mais de dez anos

O último concurso público do Departamento Nacional de Produção Mineral (DPM) foi realizado há 11 anos, em 2009. O certame ficou sob a organização da banca organizadora Instituto Movens. Foram oferecidas 256 vagas com oportunidade nos níveis médio e superior. A seleção contou com prova objetiva e prova discursiva.

 

Aos profissionais admitidos, foi oferecido salário de até R$ 5.209, além de gratificações. A atuação dos cargos tiverem lotação nas unidades regionais e na sede do DPNM.

 

 

*Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco