Hífen: recém-

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Além de ir na contramão da transparência de informações exigida pela sociedade, a MP afronta parte da Lei 13.818, recém aprovada pela Câmara e pelo Senado e sancionada pelo próprio presidente da República em abril”, escreveu a Associação Nacional de Jornais (ANJ). Reparou? A ANJ se esqueceu de pormenor importante. Recém sempre se escreve com hífen: recém-casados, recém-nascido, recém-eleito, recém-aprovada. Sem bobeira Recém joga no […]

Neymar e o estupro

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Mulher acusa Neymar de estupro. Neymar nega. O assunto, claro, virou manchete. Frequenta os noticiários de Europa, França e Bahia. Esta terra tropical não foge à regra. Mas aqui ganhou um ingrediente extra. Trata-se da pronúncia. Muitos trocam letras de lugar. Dizem “estrupo”. O r, contrariado, bate pé e exige o lugar que o dicionário lhe dá — a última sílaba. “Os últimos serão os […]

A quaresma das letras: dígrafo

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

As letras têm a própria quaresma. Como os religiosos, submetem-se a sacrifícios. As ortodoxas chegam ao extremo. Emudecem. Escrevem-se, mas não se pronunciam. Chamam-se dígrafos. O nome diz tudo. São duas letras, mas um som. Dia, por exemplo, tem três letras. As três se pronunciam. Cada uma forma um fonema. Velha tem cinco letras. Mas quatro fonemas. O lh tem companheiros: ch (chefe), nh (tamanho), […]

Pronúncia: estupro

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O médium João de Deus é acusado de vários crimes. Entre eles, estupro. Muitos tropeçam na pronúncia do vocábulo — trocam o lugar das letras. Dizem “estrupo”. Nada feito. Pra respeitar os ouvidos dos outros, faça um treino pra lá de simples. Diga em voz alta sílaba por sílaba da palavra. Três vezes: es-tu-pro.