Concordância: cor-de-rosa & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Quem diria! Cor-de-rosa ganhou as manchetes e as mídias sociais. É que a ministra Damares Alves trouxe a 2019 assunto que o movimento feminista deixou pra trás há 50 anos. “Menino usa azul, menina usa rosa”, disse ela. O tema é velho. Mas a língua continua vivinha. Impõe-se, pois, lembrar a concordância dos trios pra lá de usados: Estando subentendida a expressão cor de, o […]

Marina Silva: tropeço na contagem de tempo

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Hoje, fazem 50 anos da edição do AI-5, o início dos anos mais violentos da ditadura”, postou Marina Silva no Twitter. Seguidores da ex-senadora estranharam a flexão do verbo fazer. Com razão. Ao exprimir fenômeno da natureza ou contagem de tempo, fazer não tem sujeito. É impessoal. Só se conjuga na 3ª pessoa do singular: Faz frio no inverno. Neste verão, faz mais calor que […]

Verbo ser: 7 dicas de adeus às dúvidas

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Quase sempre o verbo ser joga em dois times. Pode concordar com o sujeito ou o predicativo (complemento do verbo). Mas há preferências. Observe a precedência seguinte: da pessoa sobre a coisa: Os filhos são sua alegria. do substantivo próprio sobre o comum: Helena era as delícias da casa. do concreto sobre o abstrato: A sua paixão são os livros. Os livros são sua paixão. […]

Nome próprio no plural: concordância

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O país mais citado na imprensa mundial? É, sem dúvida, os Estados Unidos. Na semana passada, com as eleições legislativas, as referências se multiplicaram. Os falantes, porém, nem sempre respeitam a concordância da maior potência do planeta. Muitos põem o verbo no singular. Nada feito. A duplinha Estados Unidos joga no time dos nomes escritos no plural acompanhados de artigo. O verbo concorda com o […]

Sérgio Moro: a crase e a concordância

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Antônio Carlos, de Curitiba, escreveu: “Li a nota de Sérgio Moro com atenção. Vi tropecinhos linguísticos aqui e ali. Numa passagem, o juiz abusou. Além da concordância, desrespeitou a crase: `No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão´. Pode comentar? Ops! O sujeito de levar é […]